WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


PMFS-Matriculas 2020





“A insegurança tomou conta da zona rural na Bahia”, critica deputado

Deputado Targino Machado

Deputado Targino Machado (DEM)

Pelo menos 100 cabeças de gado foram furtadas ou roubadas em fazendas do Recôncavo da Bahia somente entre os últimos domingo (5) e terça-feira (7). De acordo com fazendeiros da região, os casos ocorreram nos municípios de São Francisco do Conde, Santo Amaro, Candeias e São Francisco do Conde e representam um grande prejuízo financeiro, uma vez que o país atravessa um momento de valorização da arroba bovina.

A situação foi criticada pelo deputado estadual Targino Machado (Democratas), líder da oposição na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), que recebeu as denúncias do fazendeiro José da Costa Falcão Junior, conhecido como Júnior Falcão, dono da fazenda Dom João. Na noite desta terça-feira (7), 20 animais da fazenda dele foram roubados. “O campo na região do Recôncavo está abandonado. De domingo para cá já foram roubadas mais de 100 cabeças de gado. Não há política de segurança para o campo. Acham que o fazendeiro tem que viver à própria sorte. A sensação é de impotência, tristeza, de saber que um negócio rentável não vai dar mais certo”, lamentou Júnior Falcão. No domingo, ele conta, outro fazendeiro teve 22 cabeças de gado roubadas.

Para Targino, estes casos ilustram a ineficiência do governo do estado no combate à violência, seja nos grandes centros urbanos ou na zona rural. “O que vemos na Bahia é uma onda de violência tomando conta da cidade e do campo, sem que o governo tome uma providência efetiva. Os baianos foram entregues à própria sorte pelo governo”, criticou. :: LEIA MAIS »

Presidente do TCE critica generalizações e prega aproximação com os cidadãos

Presidente do TCE critica generalizações e prega aproximação com os cidadãos

Foto: Divulgação

Ao tomar posse como presidente do Tribunal de Contas do Estado da Bahia (TCE/BA), em sessão solene na tarde desta terça-feira (07.01), na condição de reeleito, para o biênio 2020/2021, o conselheiro Gildásio Penedo Filho fez questão de alertar para o risco provocado por tentativas de criminalizar a administração pública brasileira e destacou que a generalização é um grande equívoco, além de ameaçar afastar da vida pública muitos homens e mulheres de bem. Acrescentou que cabe aos tribunais de contas fazer a separação do joio e do trigo, punindo os maus gestores e premiando aqueles que se conduzem de forma correta, e salientou a importância da aproximação cada vez maior entre as Cortes de Contas e os cidadãos, para que a sociedade possa contribuir para a melhoria dos serviços públicos.

A sessão solene, que marcou ainda a posse dos conselheiros, ambos também reeleitos, Marcus Vinícius de Barros Presídio, como vice-presidente, e Inaldo da Paixão Santos Araújo, como corregedor, superlotou as dependências do auditório Conselheiro Lafayette Pondé, com a presença de diversas autoridades, deputados federais e estaduais, vereadores de Salvador, secretários da administração estadual, representantes de entidades e instituições, amigos e familiares dos integrantes da Mesa Diretora, além de servidores do próprio TCE/BA. O evento foi aberto com a execução do Hino Nacional e, logo em seguida, os integrantes da Mesa Diretora foram empossados, seguindo-se o ritual do juramento e da leitura do termo de posse e compromisso e encerrando-se com a execução do Hino da Bahia. :: LEIA MAIS »

Bahia promove políticas públicas e garante acolhimento da população LGBTQIA+

Bahia promove políticas públicas e garante acolhimento da população LGBTQIA+

Foto: Michele Brito

As demandas da população LGBTQIA+ tiveram amplo espaço nos trabalhos do Governo do Estado em 2019. Uma série de ações e serviços de cidadania, saúde e cultura foram oferecidas e disponibilizadas por meio da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social da Bahia (SJDHDS) no Casarão da Diversidade, localizado em Salvador. No espaço, funcionam o Centro de Promoção e Defesa dos Direitos LGBT da Bahia (CPDD-LGBT) e o PrePara Salvador (parceria com UFBA e Uneb), que oferecem serviços à população que busca acolhimento no local. As políticas públicas da SJDHDS foram responsáveis por mais de 3,1 mil acolhimentos de indivíduos, que buscaram os serviços para realizar acompanhamento jurídico, médico e/ou psicológico.

A SJDHDS também promoveu uma ampla gama de articulações com outras secretarias de estado e universidades, com o objetivo de aprimorar e qualificar o trabalho realizado junto à população LGBTQIA+. No Maio da Diversidade, a programação contou com eventos, debates e encontros para promover e conscientizar as pessoas sobre os direitos de lésbicas, gays, bissexuais, trans e travestis.

“Nosso objetivo é potencializar ainda mais as ações de promoção e defesa dos direitos humanos para ampliarmos a proteção e coibirmos as violações de direitos, especialmente da população LGBTQIA+”, explicou o secretário de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social da Bahia (SJDHDS), Carlos Martins. :: LEIA MAIS »

Feira e seus bairros com nomes de árvores e aves

Feira e seus bairros com nomes de árvores e aves

Foto: Divulgação

Passam de uma dezena bairros e empreendimentos habitacionais que ganharam nomes de árvores em Feira de Santana. Muitos outros têm nomes relacionados ao meio rural, à fauna ou flora. Bairros que grandes foram batizados com nomes de árvores – não se sabe devido à quantidade destas espécies na região, como Parque Ipê, Limoeiro, Baraúnas, Mangabeira e Calumbi. Também têm nomes que homenageiam árvores o Jardim Sucupira, Jussara (que é uma espécie de palmeira) e os Eucaliptos e o Parque Cajueiro, que é um condomínio.

O Bem-te-vi e Parque Sabiá estão relacionados à fauna, como o Asa Branca, que é a ave símbolo do sertão. “O Morada das Árvores é uma grande homenagens a todas as espécies”, afirma o educador ambiental João Dias, da Secretaria de Meio Ambiente.

“Acredito que não foi de propósito, mas foi algo conduzido para que a cidade tivesse esta relação com o meio ambiente e o meio rural”, disse o educador. :: LEIA MAIS »

Câmara de Jequié terá energia solar em 2020, afirma presidente

Presidente da Câmara de Jequié, vereador Emanuel Campos Silva – Tinho

Presidente da Câmara de Jequié, vereador Emanuel Campos Silva – Tinho

A Câmara Municipal de Jequié começará a utilizar energia solar já nos primeiros meses de 2020. A informação é do presidente da Casa, vereador Emanuel Campos – Tinho, ao anunciar a contratação de uma empresa especializada, via processo de licitação, concluído neste mês de dezembro. A instalação de sistema de microgeração de energia fotovoltaica, para atender as necessidades do Poder Legislativo, é uma inovação importante com grande impacto positivo para o meio ambiente, a partir da geração de energia limpa, assim como também representará imensa economia ao erário, pois, o retorno financeiro virá em menos de quatro anos. A vida útil do equipamento é de 25 anos para funcionamento pleno.

Além de trazer economia e sustentabilidade ao Município, a iniciativa do presidente Tinho coloca Jequié numa posição de vanguarda na Bahia. “A nossa cidade terá seu primeiro órgão público abastecido com energia solar e o nosso Estado terá a primeira Câmara de Vereadores com Gerador Fotovoltaico, ou seja, vamos gerar energia limpa, ao mesmo tempo vamos economizar dinheiro público na casa dos milhões ao longo do tempo”, destacou o vereador.

Serão instaladas 116 placas (módulos fotovoltaicos) monocristalino 370w 72 células, capazes de gerar, em média, 42,92KW de energia mensal. O valor total para a elaboração e execução do projeto por parte da empresa RR é de R$175.000,00 (cento e setenta e cinco mil reais). O retorno do investimento deverá ocorrer em três anos e nove meses, levando em consideração a economia de energia mensal com a instalação do sistema, a tarifa de eletricidade vigente e eventuais aumentos. :: LEIA MAIS »

Licitação para Projeto Novo Centro está marcada para janeiro

Licitação para Projeto Novo Centro está marcada para janeiro

Foto: Abnner Kaique

A licitação que vai contratar empresa de engenharia para executar a primeira parte das obras de requalificação do centro comercial de Feira de Santana, o Projeto Novo Centro, será realizada no dia 6 de janeiro. A autorização para a publicação do processo licitatório foi assinado na manhã da última terça-feira (24), pelo prefeito Colbert Filho, em evento prestigiado por várias autoridades municipais. Já está publicada em edição extra do Diário Oficial do Município – www.diariooficial.feiradesantana.ba.gov.br, da última terça-feira. Esta etapa da requalificação do centro está orçada em R$ 37 milhões. A execução do projeto está previsto para oito meses.

Colbert Filho afirmou que todo o governo está diretamente envolvido no projeto de requalificação do centro da cidade. “Vamos trabalhar, respeitando as normas ambientais, para que a área central tenha as feições desejadas por todos”.

Ele destacou a necessidade de se promover a mudança estrutural. Citou a transferência da grande feira livre para o Centro de Abastecimento como ato de coragem – a mesma que está tendo agora, da administração municipal da época. “Estamos fazendo o que é preciso ser feito”. :: LEIA MAIS »

Câmara Municipal de Feira de Santana - Lado a Lado Vereador Alberto Nery - Boas Festas - site Política In Rosa Luiz da Feira Natal e Ano Novo - SITE POLÍTICA IN ROSA Vereador João Bililiu - Boas Festas Vereador Ron do Povo - BOAS FESTAS Gilmar-Amorim-Boas-Festas


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia