WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


:: ‘saúde’

Policlínica Regional de Saúde em Eunápolis é inaugurada

Policlínica Regional de Saúde em Eunápolis – Foto: Fernando Vivas/GOVBA

Exames solicitados pelo SUS estão disponíveis para mais cerca de 230 mil baianos, moradores de sete municípios do Extremo Sul do estado, por meio da 17ª Policlínica Regional de Saúde da Bahia, inaugurada nesta quinta-feira (10), em Eunápolis, pelo governador Rui Costa. Com investimento de R$ 27 milhões, entre obras e equipamentos, a policlínica vai contar ainda com seis micro-ônibus para fazer o transporte gratuito dos pacientes dos municípios de Belmonte, Guaratinga, Itabela, Itagimirim, Itapebi e Santa Cruz Cabrália até Eunápolis, e também a volta para casa. O evento de inauguração contou com a presença do secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas-Boas, de representantes dos municípios consorciados e outras autoridades.

De acordo com Rui Costa, além das obras e equipamentos, para o funcionamento da policlínica, o Governo do Estado também arca com 40% dos custos. “Os outros 60% são divididos entre os municípios consorciados, proporcionalmente à população de cada um deles. Então, as prefeituras que já aderiram aos consórcios tiveram redução da sua despesa, pois o valor pago às policlínicas leva em conta apenas o pagamento dos profissionais, a manutenção e os materiais utilizados, não inclui o que foi investido na unidade”, destacou.

Sobre Porto Seguro, município pertencente à região, que não aderiu ao consórcio, o governador garantiu que a adesão pode ser feita a qualquer momento. “As policlínicas estão de portas abertas, e o gestor pode fazer a consulta de quanto a prefeitura, proporcionalmente, vai gastar com os custos dos serviços”, explicou. :: LEIA MAIS »

Bahia registra segundo maior número de casos de Covid-19 em 24h

Bahia confirma primeiro caso importado do Novo Coronavírus (Covid-19)

Foto: Reprodução

A Bahia registrou nesta quarta-feira (9), mais um triste marco da pandemia do coronavírus (Covid-19), ao contabilizar o segundo maior incremento de casos confirmados em 24h. Foram registrados 6.733 casos de Covid-19 (taxa de crescimento de +0,6%), 5.216 recuperados (+0,5%) e 125 óbitos, no boletim epidemiológico de hoje. A maior marca é do dia em 27/06/2020, com 8.822 casos. Dos 1.048.084 casos confirmados desde o início da pandemia, 1.012.358 já são considerados recuperados, 13.662 encontram-se ativos e 22.064 tiveram óbito confirmado.

boletim epidemiológico contabiliza ainda 1.305.114 casos descartados e 236.061 em investigação. Estes dados representam notificações oficiais compiladas pela Diretoria de Vigilância Epidemiológica em Saúde da Bahia (Divep-BA), em conjunto com as vigilâncias municipais e as bases de dados do Ministério da Saúde até as 17 horas desta quarta-feira. Na Bahia, 49.668 profissionais da saúde foram confirmados para Covid-19. Para acessar o boletim completo, clique aqui ou acesse o Business Intelligence.

O número total de óbitos por Covid-19 na Bahia desde o início da pandemia é de 22.064, representando uma letalidade de 2,11%. Dentre os óbitos, 55,80% ocorreram no sexo masculino e 44,20% no sexo feminino. Em relação ao quesito raça e cor, 54,77% corresponderam a parda, seguidos por branca com 22,14%, preta com 15,52%, amarela com 0,43%, indígena com 0,13% e não há informação em 7,01% dos óbitos. O percentual de casos com comorbidade foi de 61,71%, com maior percentual de doenças cardíacas e crônicas (73,24%).

A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, pois há doenças de notificação compulsória para além da Covid-19. Outro motivo é o aprofundamento das investigações epidemiológicas por parte das vigilâncias municipais e estadual a fim de evitar distorções ou equívocos, como desconsiderar a causa do óbito um traumatismo craniano ou um câncer em estágio terminal, ainda que a pessoa esteja infectada pelo coronavírus. :: LEIA MAIS »

Feira de Santana: A partir do dia 16, imunização contra a Covid-19 passa a ser por idade

Vacina contra a Covid-19 – Foto: Carol Garcia

A aplicação da vacina contra a Covid-19, em Feira de Santana, a partir do dia 16 deste mês terá como critério apenas a idade. Até o momento, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) estava priorizando os grupos prioritários e a faixa etária. A decisão é da Secretaria Municipal de Saúde.

Enquanto isso, a vacinação contra a Covid-19 continua para pessoas com comorbidades, trabalhadores do setor rodoviário, trabalhadores da limpeza pública, trabalhadores da educação, trabalhadores da segurança pública e forças armadas, trabalhadores de saúde, grávidas, puérperas e lactantes.  Além dos grupos, estão sendo vacinadas pessoas nascidas em 1965 ou 1966.

Os grupos têm até o dia 15 para se vacinar por prioridade e, após essa data, devem respeitar o cronograma por data de nascimento.

De acordo com o titular da pasta, Marcelo Britto, a expectativa da SMS é reduzir de forma mais intensa a faixa etária a ser vacinada, podendo diminuir um, dois ou três anos por dia, dependendo da quantidade de vacina que o município receba. “A partir do dia 16 terão que respeitar a faixa etária e não mais o critério de comorbidade”, afirma. :: LEIA MAIS »

Mais de cinco mil pessoas não voltaram para receber a segunda dose da vacina contra Covid-19 em Camaçari

Foto: Carol Garcia

A Secretaria da Saúde (Sesau) de Camaçari informou que, até esta segunda-feira (07), 5.816 pessoas já deveriam ter comparecido para tomar a segunda dose da vacina contra a Covid-19. Porém, ainda não o fizeram. A pasta convoca todas essas pessoas para completarem o ciclo vacinal e com isso garantirem a eficácia do imunizante em sua plenitude.

Diretora da Vigilância à Saúde de Camaçari, Alcione Vasconcelos, explicou que, “é um quantitativo considerável de pessoas que já deveriam ter comparecido para completarem o ciclo vacinal. Com apenas a primeira dose não é possível garantir o nível de proteção esperado. Com as duas doses, o ciclo se completa e a vacina cumpre seu papel de proteção contra à Covid-19”.

Até o domingo (6/6) já foram vacinadas em Camaçari com a primeira dose, 55.163 cidadãos (24,6% da população acima de 18 anos) e com a segunda dose, 18.729 (8,36% da população acima de 18 anos). :: LEIA MAIS »

Profissionais de imprensa acima de 40 anos podem se vacinar neste sábado (05)

Foto: Wevilly Monteiro

Amanhã, 5, das 8h às 12h, profissionais de imprensa em Feira de Santana acima de 40 anos poderão se vacinar contra a Covid-19, na UniFTC. A vacinação ocorrerá em uma sala reservada para este público prioritário.

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) informa que a relação em ordem alfabética com o nome completo, número do RG e a data de nascimento dos profissionais deve ser encaminhada pelos veículos de imprensa ao e-mail secretario.sms@pmfs.ba.gov.br até 16h de hoje, 4. Apenas, serão vacinados aqueles que atuam na linha de frente realizando coberturas externas da pandemia.

Para se vacinar são essenciais documentos pessoais com foto (RG original, carteira de trabalho), CPF, comprovante de residência em nome da pessoa a ser vacinada, ou em nome de pai ou mãe ou com alguma comprovação de vínculo. Se for aluguel, um documento que comprove a locação. É importante ressaltar que deve ser comprovado a relação de trabalho com a empresa na qual atua por meio de carteira de trabalho ou contrato. :: LEIA MAIS »

Camaçari poderá ter um hospital escola

Foto: Arquivo/Ascom/PMC

Dando prosseguimento à agenda de reuniões em Brasília, o prefeito Elinaldo Araújo esteve reunido, na tarde desta quinta-feira (27/5), com o ministro da Cidadania, João Roma, e representantes do Ministério da Economia. O assunto em pauta foi a continuação das tratativas a respeito dos recursos para a construção do Hospital Municipal de Camaçari.

A novidade é que, durante o diálogo, se abriu uma possibilidade do equipamento de saúde, ao ser instalado, tornar-se também um hospital escola, considerando a grande procura de instituições de ensino em saúde e a importância da integração do ensino com serviço para a qualidade no atendimento, fortalecendo a educação de ensino superior na área de saúde para a população.

O hospital escola servirá de campo de formação para estudantes da área de saúde, visto que, de acordo com informações da Secretaria da Saúde (Sesau), existe muita procura de alunos desta área para estagiar nas unidades de saúde do município. Por conta desta grande procura de campo de estágio dos munícipes e, na tentativa de qualificar cada vez mais o SUS e o ensino superior em Camaçari, ficou acordado que o município iria elaborar estudos para apresentar a proposta da criação do hospital escola à Corporação Andina de Fomento (CAF) – autoidentificada Banco de Desenvolvimento da América Latina.

A possibilidade da criação de um hospital escola no munícipio e o ganho que Camaçari e a população terá com isso, deixou o prefeito Elinaldo bastante animado. De acordo com ele, está retornando de Brasília otimista com os desdobramentos dessas reuniões, pois foram encontros proveitosos e de sucesso. :: LEIA MAIS »

Comissão Especial de Combate ao Covid-19 fiscaliza filas gigantes para vacinação em Feira de Santana

Foto: Divulgação / Ascom

Os vereadores Professor Ivamberg e Luiz da Feira, representando a Comissão Especial de Combate ao COVID-19 da Câmara Municipal, estiveram fiscalizando a vacinação contra a COVID-19 nesta segunda-feira (25/05) que ocorreu na UniFTC, bairro SIM em Feira de Santana. Puderam tomar a vacina os trabalhadores da educação, limpeza pública e transporte rodoviário a partir de 30 anos, pessoas acima de 18 anos com comorbidades e nascidos em 1964 – 57 anos – sem comorbidades.

Segundo o Professor Ivamberg, presidente da Comissão, “existe a necessidade de outros locais para a vacinação, pois está sendo formada uma fila quilométrica com milhares de pessoas aglomerando. As pessoas estão passando uma média de 3h na fila e é necessário que haja um melhor planejamento por parte da Prefeitura e da Secretaria de Saúde do Município, pois de agora em diante, com a diminuição da idade, o número de pessoas sendo vacinadas tende a aumentar.”. :: LEIA MAIS »

Toque de recolher é prorrogado até 1º de junho em toda a Bahia

Toque de recolher – Foto: Reprodução

O Governo do Estado decidiu manter a restrição da locomoção noturna de pessoas das 21h às 5h, em toda a Bahia e em conformidade com as condições estabelecidas nos respectivos decretos municipais, até o dia 1º de junho. Nas regiões da Chapada, Oeste, Sudoeste e Extremo-Sul, as medidas de restrição de locomoção tem validade das 20h às 5h.

Nos municípios integrantes das regiões de saúde em que a taxa de ocupação de leitos de UTI vier a se manter igual ou inferior a 75%, por cinco dias consecutivos, a restrição na locomoção será válida das 22h às 5h.

O funcionamento de bares e restaurantes deve ficar limitado às 19h todos os dias, até 1º de junho. No final de semana, o funcionamento dos bares e restaurantes deve estar restrito à comercialização de alimentos e bebidas não alcoólicas, pois das 18h de 28 maio até as 5h de 31 de maio, a venda de bebida alcoólica em quaisquer estabelecimentos fica proibida, inclusive por sistema de entrega em domicílio (delivery), com exceção apenas para as regiões de saúde que alcancem a taxa de 75% ou menos de ocupação de leitos de UTI, durante cinco dias consecutivos.

A circulação das lanchinhas deve ser suspensa das 22h30 às 5h, limitada a ocupação ao máximo de 50% da capacidade da embarcação durante o fim de semana. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia