WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


GOVBA---POLÍTICA-IN-ROSA CMFS - BANNER SITE - INSTITUCIONAL - POLÍTICA IN ROSA 728x90 PMSE - SÃO JOÃO 2022 - POLITICA IN ROSA

:: ‘Notícias Política de Feira de Santana’

Geraldo Júnior sobre Colbert Martins: “Medidas serão tomadas caso o seu entendimento não siga a orientação do partido”

Geraldo Júnior foto site Política In Rosa

Presidente da CÂmara de Salvador e pré-candidato a vice-governador, Geraldo Júnior (MDB) – Foto: Site Política In Rosa

O presidente da Câmara Municipal de Salvador, Geraldo Júnior (MDB), esteve na manhã desta terça-feira (17) na Câmara Municipal de Feira de Santana. Geraldo é pré-candidato a vice-governador na chapa encabeçada por Jerônimo Rodrigues (PT) ao Governo da Bahia.

Geraldo Júnior afirmou em entrevista coletiva que fez uma visita de cortesia para uma troca de experiências com os parlamentares. “O presidente da Casa, Fernando Torres, é um amigo de longas datas. Tive a honra de ser seu assessor na época em que o mesmo era deputado estadual. Fui assessor dele, suplente de vereador, quatro vezes vereador da cidade do Salvador, presidente da Câmara Municipal e pré-candidato a vice-governador da Bahia”, informou.

Ele ainda destacou que tem uma relação muito próxima com a Câmara Municipal de Feira de Santana e estava conhecendo a realidade do processo legislativo de Feira de Santana. “A cidade tem um papel fundamental na história da política desta região e da baiana. Feira de Santana tem uma tradição e uma tradução do que reverberou na vida pública de grandes políticos saídos daqui”, disse.

Geraldo Júnior ressaltou que Fernando Torres é um ‘maestro na política’ e que reúne todas as condições para continuar crescendo pela sua seriedade, honradez, força e coragem. “Na política, às vezes, você não precisa apenas só ter à vontade, mas também coragem. E Fernando Torres reúne essas condições. Tenho muita honra em tê-lo como amigo e parceiro na vida pública”, relatou.

MDB Feira de Santana

Questionado se já teria conversado com o prefeito da cidade, Colbert Filho (MDB), Geraldo Júnior disse que respeita demais o prefeito. “A nossa decisão partidária, que é uma decisão nacional da executiva estadual do nosso partido, é um caminho que o MDB da Bahia e o de Feira de Santana terão que seguirem. Mas nós respeitamos as posições, pois vivemos em um Estado Democrático de Direito onde há a participação das pessoas e elas são livres para se manifestarem. Mas a decisão da executiva estadual do nosso partido é caminhar com Jerônimo Rodrigues para a candidatura do Governo do Estado da Bahia”, declarou.

Sobre o fato de o prefeito Colbert Filho seguir com ACM Neto, Geraldo disse que esse assunto será tratado pelo partido internamente. “Nós iremos tratar isso de forma interna no partido. Continuo e reitero, nós temos o maior respeito ao prefeito Colbert Martins. Ele tem uma história junto a legenda, mas poderá sofrer um processo de reavaliação e medidas serão tomadas caso o seu entendimento não siga a orientação do nosso partido a nível nacional e estadual. Essa é uma orientação da executiva nacional de nosso partido e também da executiva estadual. Nós jamais tomaríamos uma atitude como essa sem o respaldo da executiva nacional, do nosso presidente o deputado federal Beleia Rossi”, afirmou. :: LEIA MAIS »

Municípios baianos receberão R$192 milhões da cessão onerosa do pré-sal

Municípios baianos receberão R$192 milhões da cessão onerosa do pré-sal

Foto: Divulgação/UPB

Os municípios baianos receberão ainda neste mês de maio R$ 192,6 milhões em repasse relativo à segunda rodada de licitações dos volumes excedentes da cessão onerosa do pré-sal, conforme o Projeto de Lei do Congresso Nacional (PLN) 3/2022. Os valores de cada município foram divulgados pela Secretaria do Tesouro Nacional nesta terça (17/5) e informados aos gestores pela União dos Municípios da Bahia (UPB). O crédito em conta ocorrerá em duas parcelas, a primeira em 20 de maio, com base na distribuição do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). Já a segunda, em 24 de maio, tendo como cálculo para distribuição o ICMS.

Esse segundo repasse, entretanto, é bem menor e está condicionado ao envio da declaração de renúncia no Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro (Siconfi) da Secretaria do Tesouro Nacional – exigido na Lei Complementar 176/2020 para receber tanto compensações da Lei Kandir quanto arrecadação de excedentes da cessão onerosa.

A UPB alerta que outra atenção importante deve ser dada a aplicação do recurso, que os municípios não poderão destinar livremente. Conforme as regras definidas pela Lei 13.885/2019, os valores poderão ser utilizados para investimentos e/ou alocados para pagamento de encargos previdenciários. O município que receberá a menor quantia é Dom Macedo Costa, com a soma R$160 mil, e o maior repasse ficará na capital, conforme os índices que levam em consideração a população e produtividade. Salvador receberá o montante de R$17 milhões.

Verifique valores por município clicando aqui. :: LEIA MAIS »

Vereador critica Secretaria de Serviços Públicos

Vereador Galeguinho SPA (PSB)

Vereador Galeguinho SPA (PSB)

O vereador Galeguinho SPA (PSB), em pronunciamento na tribuna desta terça-feira (17), na Câmara Municipal de Feira de Santana, denunciou que é autor de mais de 150 indicações de serviços em vários bairros da cidade e que a Secretaria de Serviços Públicos (Sesp) estaria boicotando os pedidos dos vereadores de oposição ao Governo Municipal. O secretário da Sesp é o vereador licenciado, Eli Ribeiro.

“São serviços simples, como limpeza e troca de lâmpadas, mas que fazem grande diferença para a comunidade. O secretário só atende pedidos de vereadores que apoiam o prefeito”, disse Galeguinho SPA.

O vereador ainda questionou o secretário Eli Ribeiro sobre a situação e cobrou mais compromisso.

Jerônimo Rodrigues diz que continuará conversando com grupo de vereadores feirenses: “o que a gente quer é unidade”

Jerônimo Rodrigues foto Anderson Dias site Política In Rosa

Jerônimo Rodrigues – Foto: Anderson Dias / Site Política In Rosa

Jerônimo Rodrigues, pré-candidato ao Governo do Estado pelo PT, acompanhou o governador Rui Costa em visita ao município de Amélia Rodrigues na última quinta-feira (12) para a entrega de obras na área de abastecimento de água. Jerônimo falou ao site Política In Rosa sobre o encontro que teve com dez vereadores na casa do presidente da Câmara de Feira, Fernando Torres, e dias após a reunião alguns terem encontrado com o também pré-candidato ACM Neto (UB). Para ele, a política é assim.

“Nós estamos dialogando com os diversos segmentos. O presidente da Câmara, Fernando Torres, fez um ato muito bacana que juntou vários vereadores. Dialogamos bastante. Muitos deles já caminham e vão continuar caminhando com a gente. Outros estavam ali para ouvir quais são as nossas propostas e minhas preocupações com Feira de Santana. E podem ter certeza: Feira de Santana vai ter uma parceria dobrada já, já. Vamos cuidar com o Estado e com a Prefeitura do transporte público, mobilidade, zona rural, escolas e dos professores”, disse.

Jerônimo afirmou que, do grupo que esteve presente na reunião, ele continuará conversando com todos. “O que a gente quer é unidade. Nós estamos dialogando. Se todos ficarem, nós vamos nos esforçar para cumprir o combinado. E, se algum deles não tiverem interesse de caminhar conosco, vamos compreender muito bem. Mas o importante é que a gente tem a maioria na Câmara de Vereadores”, afirmou.

Ao mandar abraços a cada um que esteve na reunião, o pré-candidato salientou que quer a companhia de todos. “Queremos construir na mesa o combinado. Queremos combinar o que é que eles esperam da gente, de políticas públicas e o que esperamos deles. Queremos também dirigir Feira com um grupo coerente. Até porque nós temos que resgatar de Feira a imagem que sempre foi a cidade: a Princesa”, relatou. :: LEIA MAIS »

“Com educação municipal em crise, Colbert mostra que não sabe nem quanto paga aos professores”, afirma Zé Neto

Zé Neto foto Anderson Dias site Política In Rosa

Deputado federal Zé Neto (PT) – Foto: Anderson Dias / site Política In Rosa

O deputado federal Zé Neto (PT-BA) rebateu nesta quarta-feira (11) as informações divulgadas pelo prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins Filho, que comparou o valor da remuneração paga aos professores pelo município com o salário da Rede Estadual de ensino. De acordo com o parlamentar, não se pode confundir remuneração com salário-base.

“Com a educação de Feira em crise, Colbert tentar se desviar do problema que é dele. A educação municipal está desacreditada e tudo piora quando atrasa salário de professor, não dialoga com a categoria, não paga o piso e ainda coloca guarda municipal para bater e jogar spray de pimenta”, criticou.

Zé Neto explicou que a remuneração inicial do professor da Rede Estadual de ensino é constituída pelo vencimento base, somado à gratificação por incentivo a atividade de classe, correspondente a 31,18% sobre o vencimento inicial de cada faixa de padrão e grau. “A remuneração de entrada para o professor com 40 horas, no início da carreira, é de R$ 5.050,43 e a do professor doutor, nas mesmas condições, é de R$ 6.399,30, podendo chegar a mais de R$ 10.600. Isso sem considerar outros valores que fazem farte do que é pago efetivamente”, esclarece o deputado. :: LEIA MAIS »

Fernando Torres declara apoio a Luiz da Feira

Fernando Torres e Luiz da Feira montagem site Política In Rosa

Fernando Torres e Luiz da Feira – montagem site Política In Rosa

O presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana, vereador Fernando Torres (PSD), em seu pronunciamento na tribuna da Casa nesta terça-feira (10), declarou seu apoio ao seu colega Luiz da Feira (Avante) nas eleições deste ano. Luiz é pré-candidato a deputado estadual.

“Luiz da Feira, votarei em você. Sei que você é um guerreiro e está correndo atrás para assumir uma vaga na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA). E para deputado federal votarei em Otto Alencar Filho (PSD). Sou do grupo de Otto Alencar. Torço para que vocês dois alcancem essas vagas para fazerem um belo trabalho em prol da Bahia”, disse.

Vereador solicita demolição de estação do BRT

Vereador Edvaldo Lima

Vereador Edvaldo Lima (MDB)

Da forma como foi construída, a estação do BRT da avenida João Durval, próximo à feira da Estação Nova, pode se tornar fator de risco para a ocorrência de acidentes, pois foram construídas em local inadequado. O argumento é do vereador Edvaldo Lima (MDB), para solicitar a demolição do equipamento ao Governo Municipal.

O vereador alerta ainda que situações semelhantes podem ser observadas na estação próxima ao Boulevard Shopping, também na avenida Getúlio Vargas. “As construções foram feitas em locais impróprios e algumas estão interditadas com cones”, citou o vereador no requerimento, lembrando que as obras do BRT custaram quase R$100 milhões.

“Dinheiro público jogado na lata de lixo, pela falta de planejamento do Executivo”, afirmou Edvaldo. :: LEIA MAIS »

Fernando Torres diz que escolheu Jerônimo Rodrigues porque quer a continuidade do governo Rui Costa

Fernando Torres

Vereador e presidente da Câmara de Feira de Santana, Fernando Torres (PSD) – Foto: Divulgação / CMFS

O presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana, vereador Fernando Torres (PSD), em pronunciamento nesta terça-feira (03), disse que foi questionado no programa Acorda Cidade, da Rádio Sociedade News, sobre a posição do “Grupo dos 10” acerca da definição de apoio ao candidato a governador da Bahia.

Fernando Torres disse que cada um vereador é independente. “Os vereadores que compõem o chamado Grupo dos 10 são independentes e não agem sob minha orientação”.

No entanto, ele sugere que os mesmos comparem a atuação dos gestores anteriores a Jaques Wagner e Rui Costa em Feira de Santana antes de decidirem.

Torres disse que já escolheu Jerônimo Rodrigues por ser “um rapaz trabalhador, honesto, com passagem marcante como assessor na Assembleia Legislativa e conhece bem a Bahia”, conforme frisou, justificando que é simples avaliar a atuação dos petistas com os ex-governadores Paulo Souto, César Borges e até ACM. “Nesse período, Feira não teve uma obra”, atestou, citando como exemplo de trabalhos recentes a construção da Avenida Noide Cerqueira, ampliação do Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA) e a reubarnização da Lagoa Grande.

Integrante do PSD, partido de centro, Fernando Torres admite que escolheu Jerônimo porque deseja ver na Bahia e, sobretudo, em Feira de Santana, a continuidade do governo Rui Costa. “Nos governos de Lula e Dilma foram construídas 30 mil casas”, lembrou, ao pontuar que não acredita que nenhum membro do Grupo dos 10 vá para o “outro lado”, cuja principal característica é a traição. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia