WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


:: ‘São João’

Bahiatursa é orientada a condicionar repasses de recursos aos municípios para a realização de lives de São João

O Ministério Público estadual, por meio do GT Coronavírus, recomendou à Superintendência de Fomento ao Turismo do Estado da Bahia (Bahiatursa) que condicione o repasse de recursos aos municípios para a realização de lives de São João à observância de normas de segurança sanitária em razão da pandemia do coronavírus.

De acordo com o documento, os municípios devem, qualquer que seja o procedimento de contratação utilizado, seguir os princípios da Administração Pública e da licitação, em especial da impessoalidade, publicidade, transparência, economicidade, isonomia e julgamento objetivo. A recomendação foi assinada pelos promotores de Justiça coordenadores do GT Coronavírus Luciano Taques, Patrícia Medrado, Rita Tourinho, Rogério Queiroz e Frank Ferrari.

‘A excepcionalidade da inexigibilidade de licitação para a contratação de artistas deve seguir o disposto na Lei no 8.666/93, sendo possível a utilização desta contratação direta apenas nos casos de profissionais consagrados pela crítica especializada ou pela opinião pública, devendo constar a justificativa pertinente’, destacaram os promotores de Justiça. :: LEIA MAIS »

Transporte intermunicipal na Bahia será suspenso três dias antes e depois do São João

Foto: Carlos Henrique Almeida/Agerba

A circulação de ônibus do transporte intermunicipal será suspensa três dias antes e três dias depois do São João, para evitar que as pessoas viajem no período e aumentem as taxas de transmissão do novo coronavírus. O anúncio foi feito pelo governador Rui Costa, na noite desta terça-feira (25), durante o programa Papo Correria.

“Eu me reuni hoje com o secretário de Infraestrutura [Marcus Cavalcanti] e ele irá publicar a portaria com os detalhes nos próximos dias. Alguns dias antes do São João, vamos proibir a colocação de horários extras e estipular a lotação máxima dos ônibus de 70%. Nos dias mais próximos ao São João, três dias antes e depois, nós vamos suspender totalmente o transporte. Então, funcionará dessa forma para não prejudicar quem precisa fazer uma viagem por necessidade de saúde ou de trabalho, sem estimular que as pessoas se locomovam com a intenção de se aglomerarem em festas e reuniões vinculadas ao período das festas juninas”, afirmou o governador.

Rui também fez um apelo aos comerciantes em decorrência do aumento das taxas de contaminação na Bahia. “Nos ajudem a reduzir os casos de covid-19. Não deixem entrar nas suas lojas quem estiver sem máscara, higienize a mão das pessoas ao entrarem e mantenha a higienização e o álcool gel acessível a todos. Vamos fazer um mutirão pela vida, um mutirão pela saúde, um mutirão pela redução dos casos. Com a sua participação, a gente chega lá, com fé em Deus”, disse. :: LEIA MAIS »

“Não permitiremos qualquer festa no São João”, afirma governador

Governador Rui Costa – Foto: Fernando Vivas/Gov-BA

O governador Rui Costa afirmou, na manhã desta segunda-feira (17), que as festas não serão permitidas no período do São João. Ele fez essa declaração durante a entrega de uma encosta no bairro de Boa Vista do Lobato, em Salvador. “Não permitiremos qualquer festa no São João, em nenhuma região, em nenhuma cidade. Não será permitida nenhuma comemoração no São João. Nós temos que ter responsabilidade. Chamo a atenção de todas as pessoas: esse é o momento que a gente tem que demonstrar a nossa fé em Deus, o exercício da nossa fé e da nossa religião”, disse Rui Costa.

Ele ainda disse que não consegue entender uma pessoa que se diz cristã, se diz católica, evangélica ou espírita, nesse momento não prestar o mínimo de solidariedade com a vida humana. “Fazer festa, fazer aglomeração nesse momento é desrespeitar completamente a vida humana e àquelas famílias que estão com parentes internados ou perdendo parentes. Não podemos achar que, porque conseguimos reduzir um pouco as taxas de ocupação em UTIs, podemos nos acomodar”, relatou.

Deputado quer criar feriado estadual em dezembro para comemorar o São João

Deputado estadual Marcell Moraes

Deputado estadual Marcell Moraes (PSDB)

Sem condições de realizar a tradicional Festa de São João na Bahia no mês de junho, em razão da pandemia do covid-19, o deputado estadual Marcell Moraes (PSDB) propõe uma solução alternativa para resolver o problema que afeta diretamente a economia de municípios baianos. O parlamentar apresentou na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA) o Projeto de Lei 23.853/2020, instituindo o dia 12 de dezembro de 2020 como feriado estadual, data destinada ao fomento da cultura, economia e lazer, em especial para incentivo às comemorações juninas das cidades de pequeno e médio porte.

No Art. 2º do PL, o legislador determina que caberá ao governador Rui Costa decretar, em todo o território da Bahia, caso possível, ponto facultativo nos dias 10 e 11 de dezembro, após a administração pública verificar o controle da crise sanitária de saúde. Marcell ressalta que, diante da impossibilidade de realização dos festejos no meio do ano, resolveu encaminhar a proposta, “que visa devolver o período de festividades àqueles que vivem deste brilhante movimento cultural”.

Pensando também no lado econômico, o socialdemocrata estima que, apenas em Salvador, o comércio de fogos de artifício movimente mais de R$ 3,2 milhões de reais durante o São João, gerando renda e emprego.  Ele acrescenta que o aquecimento da economia também se reflete nos hotéis, pousadas e albergues, bares e restaurantes, no comércio dos alimentos típicos e ainda nas atividades da classe artística, que faz muitos shows nesta época de forró. :: LEIA MAIS »

Governador anuncia cancelamento do São João e prorrogação da suspensão das aulas

Governador anuncia cancelamento do São João e prorrogação da suspensão das aulas

Foto: Divulgação / Secom

Não haverá festejos juninos na Bahia neste ano. O anúncio do cancelamento do São João, em 2020, foi feito pelo governador Rui Costa durante o #PapoCorreria desta terça-feira (28), que ainda tratou de outras medidas relacionadas ao combate do coronavírus, no território estadual. Uma delas é a nova prorrogação do decreto que determina a suspensão das atividades escolares, nas redes pública e privada, por mais 15 dias, a partir de 3 de maio.

Acompanhado pelo secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas-Boas, Rui destacou que as ações são motivadas pelo atraso na chegada dos respiradores adquiridos pelo governo baiano para a montagem de 1,3 mil leitos exclusivos para o tratamento da Covid-19, em todo o estado. “Se as projeções se mantiverem até o fim de maio, serão necessários, ao menos, mil leitos exclusivos para tratamento da Covid-19. Compramos respiradores de diferentes fornecedores justamente para garantir a chegada dos equipamentos, mas, até o momento, nenhuma das cargas chegou, impedindo a montagem desses novos leitos para pacientes com sintomas graves da doença”, explicou.

Para o governador, este cenário impede o relaxamento das medidas restritivas, inclusive a volta às aulas e a realização das festas juninas, este ano. “Com todos os dados que possuímos, é possível anunciar que, em 2020, não haverá festejos juninos em qualquer cidade da Bahia. Se permitirmos a realização de festas, em qualquer um dos municípios, é possível que pessoas de cidades vizinhas e até mais distantes queiram fazer esses deslocamento e este não é o momento para grandes aglomerações”, avaliou Rui, que também informou que “a princípio, as atividades letivas serão adiadas por mais 15 dias, período que deve ser suficiente para a chegada dos respiradores e, ainda, para acompanhar a progressão da doença em todo o território estadual”. :: LEIA MAIS »

São João de Jequié terá queima de fogos sem efeito sonoro

São João de Jequié terá queima de fogos sem efeito sonoro

Foto: Reprodução

Pela primeira vez, a festa pública de São João será executada pela Prefeitura de Jequié, através da Secretaria de Cultura e Turismo, no período de 19 a 23 de junho, na Praça Rui Barbosa, com fogos de artifício que não produzem barulho. De acordo com o secretário de Cultura e Turismo, Alysson Andrade, a decisão do prefeito de Jequié, Sérgio da Gameleira, de contratar artefatos pirotécnicos sem o efeito sonoro, para que sejam utilizados durante os festejos juninos deste ano, se dá em razão do estampido ser considerado nocivo às pessoas com Transtorno do Espectro do Autismo, bebês, idosos e, ainda, aos animais de estimação.

A prática de utilizar fogos de artificio apenas com o efeito visual ou com o menor barulho possível vem sendo, recentemente, adotada pelas administrações públicas ao redor do país, a exemplo do município de São Paulo, durante a festa de confraternização no tradicional ‘Réveillon da Avenida Paulista’. Desse modo, a Prefeitura de Jequié, através da Secretaria de Cultura e Turismo, aderiu à ideia objetivando, sobretudo, incluir as pessoas com autismo na festa junina, já que os ruídos causados pelas explosões têm sido motivo de pânico para eles.

“Sabemos que as pessoas com autismo são mais sensíveis aos sons, a exemplo do barulho típico da explosão dos fogos de artifício, ocasião em que se observa uma brusca mudança de comportamento, passando a ter reflexos mais agitados e de pânico mesmo. Reconhecendo que a administração pública tem o dever de atentar para a melhoria da qualidade de vida dos cidadãos, e não apenas dos autistas, o prefeito de Jequié, Sérgio da Gameleira, nos orientou para esta prática durante os festejos juninos de nossa cidade, que também será importante para as pessoas que possuem animais de estimação, pois muitos deles acabam sofrendo com o barulho.”, disse o secretário de Cultura e Turismo, Alysson Andrade. :: LEIA MAIS »

Estruturas para São João e o São Pedro estão sendo concluídas

Estruturas para São João e o São Pedro estão sendo concluídas

Foto: Abnner Kaique

Palcos e outras estruturas para o São João – em Maria Quitéria, Tiquaruçu, mais o São Pedro – em Humildes, já estão sendo finalizadas pela Prefeitura de Feira de Santana, que realiza as festas. Terão as mesmas características do ano passado. Em Feira de Santana o São Pedro também é comemorado nos distritos de Bonfim de Feira e Jaíba. Em Maria Quitéria e Tiquaruçu, a festa vai acontecer nos dias 22 e 23, e o nos demais distritos o forró está marcado para os dias 28 e 29. Todos com grandes atrações contratadas pelo Governo do prefeito Colbert Martins Filho.

Os palcos para o São João de São José e a festa em Humildes será duplo. Assim, não haverá problema de continuidade nas festas – enquanto uma atração ocupa um dos lados, no outro a próxima atração monta o cenário e passa o som.

Em Maria Quitéria também já está pronto o palco na área onde acontecem as apresentações culturais – quadrilhas juninas e outras manifestações, mais os grupos de forró tradicional, formado por sanfoneiro, zabumbeiro e tocador de triângulo. Em todos os locais serão montadas dezenas de barracas, onde serão vendidas comidas e bebidas típicas do período. Operários também estão reforçando a iluminação do espaço do forró, em Maria Quitéria, com a instalação de potentes refletores no poste central, iniciativa importante para a segurança de quem vai participar da festa. A área da festa é equivalente às medidas de dois campos oficiais de futebol.

Detran e Polícia Militar lançam Operação São João

A Operação São João, para ações integradas de segurança viária e combate à criminalidade, nos dias de festa, será lançada na próxima segunda-feira (17), às 9h, na saída de Salvador pela BR-324, próximo ao Shopping Bela Vista. A iniciativa conjunta do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e Polícia Militar (PMBA) tem o objetivo de reduzir o número de acidentes nas estradas baianas e coibir o tráfico de armas e drogas, no período junino.

Os dirigentes das instituições irão apresentar a programação para o São João, em diversas regiões do estado, e os equipamentos que serão utilizados nas atividades de fiscalização da Lei Seca e enfrentamento da violência. Uma blitz educativa ocorrerá no local, para alertar os condutores sobre a importância do respeito às leis de trânsito.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia