WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


:: ‘Coelba’

Deputado critica Coelba pelo serviço prestado à população de Lauro de Freitas

Deputado estadual Jacó

Deputado estadual Jacó – Foto: Reprodução

O deputado estadual Jacó Lula da Silva (PT) saiu em defesa da população de Lauro de Freitas contra a Companhia de Eletricidade da Bahia (Coelba). Através de moção protocolada na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), o parlamentar criticou a empresa pelo que classificou como “descaso, desrespeito e serviços precários prestados aos munícipes”.

Segundo o petista, a empresa tem sido uma das mais denunciadas nos órgãos de defesa do consumidor por conta da má qualidade do serviço prestado. “No município de Lauro de Freitas, o desrespeito e a inoperância são as marcas dessa empresa que deveria ser acionada pela Agência Nacional de Energia Elétrica, órgão regulador deste setor econômico”, disse.

Conforme ressaltou Jacó, com lucro líquido de R$ 10 bilhões no quadrimestre de 2021, o grupo Neoenergia controlador da Coelba, tem sido um péssimo exemplo de empresa privatizada na Bahia, principalmente por fornecer um serviço essencial à população. “A distribuição de energia elétrica para o atendimento da população baiana é algo de importância singular. Não pode ser fornecida desta maneira. Está muito longe do satisfatório”, afirmou. :: LEIA MAIS »

Coelba pode ser proibida de cortar energia de sexta a domingo e em véspera de feriado

Vereador Correia Zezito (Patriota)

Poderá ser proibido por lei, em Feira de Santana, a suspensão do fornecimento de energia elétrica, por inadimplência do usuário, às sextas-feiras, no final de semana (sábado e domingo), em feriado e véspera de feriado. É o que versa o Projeto n° 39/2021, de autoria do vereador Correia Zezito (Patriota), em tramitação na Câmara Municipal de Feira de Santana, com primeira votação prevista para a sessão da próxima terça (13).

Segundo a proposta, os usuários deverão ser informados pela companhia responsável pelo serviço (a Coelba), sobre o possível corte, com pelo menos, 72 horas de antecedência, para os moradores da zona urbana. Já os moradores da zona rural, devem ser informados sobre o possível desligamento com antecedência de, no mínimo, sete dias. O aviso de corte, seja pessoal ou postal, deve conter prova de recebimento por parte do consumidor. :: LEIA MAIS »

Deputado sugere bônus de energia da Coelba para pequenas empresas da economia solidária

Deputado estadual Robinson Almeida

Deputado estadual Robinson Almeida (PT)

Depois da aprovação do projeto que permite o governo da Bahia pagar a conta de energia de 880 mil famílias de baixa renda, o vice-líder do governo do estado na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), deputado estadual Robinson Almeida (PT), sugeriu que a Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (COELBA) dê um bônus de 100 KW.H de energia aos micro e pequenos empresários da economia solidária (produtores rurais, marisqueiras, pescadores, artesãos) no período de crise causado pela pandemia do Coronavírus.

De acordo com o parlamentar, a empresa tem garantido o pagamento, sem inadimplência, de quase 900 mil contas de energia por mês, o que já lhe garante uma sustentabilidade financeira para dá contrapartida aqueles consumidores e empreendedores que têm perdas econômicas na crise. A sugestão do deputado é que o governador Rui Costa e o presidente da ALBA, Nelson Leal, cobrem da Coelba um bônus de 100 KW.H para descontar do valor original da tarifa por três meses. :: LEIA MAIS »

Embasa e Coelba lideram ranking de reclamações

Procon Feira de Santana

Procon Feira de Santana – Foto: Divulgação

A Embasa (Empresa Baiana de Águas e Saneamento) e a Coelba (Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia) lideram o ranking de reclamações recebidas pelo Procon/Fsa (Superintendência Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor). A lista, divulgada nesta terça-feira (05), pelo órgão da Prefeitura de Feira de Santana traz a relação das 20 empresas que os consumidores mais reclamaram de janeiro até outubro deste ano.

A primeira colocada, Embasa, teve 1.539 ocorrências. Logo atrás a Coelba vem com 963. O top cinco é composto pela Claro (679), Oi (606) e Tim (557). O restante da lista é composto por bancos, instituições de crédito, operadoras de telefonia, operadoras de tv à cabo, seguradoras e marcas de eletrônicos. A lista completa pode ser conferida no final da matéria.

Foram registradas 6520 reclamações neste mesmo período. O Procon vem recebendo as reclamações no atendimento presencial e também pelo seu aplicativo, disponível para IOS e Android. Atendendo a determinação do prefeito Colbert Martins Filho, o Procon tem agido com rigor junto as empresas, visando garantir os direitos dos consumidores. :: LEIA MAIS »

Defensoria obtém liminar que impede Coelba de cortar energia

Defensoria obtém liminar que impede Coelba de cortar energia

Foto: Reprodução

A Defensoria Pública do Estado da Bahia – DPE/BA em Feira de Santana obteve liminar impedindo a empresa Coelba de cortar o fornecimento de energia elétrica de usuários por débitos que se refiram aos últimos 90 dias. A liminar garante ainda que a Coelba disponibilize meios para o pagamento exclusivo dos débitos deste período em separado daqueles correspondentes a períodos anteriores. De acordo com dados divulgados nos veículos de mídia feirense, no primeiro semestre deste ano, a Coelba identificou mais de quatro mil ligações irregulares na cidade. Um dos autores da Ação Civil Pública (ACP), o defensor público Wesley Sodré de Oliveira explica que com base numa média de consumo, a empresa faz uma estimativa de quanto foi supostamente consumido por estas ligações clandestinas nos últimos três anos (36 meses). “Daí chega uma fatura com base nesta estimativa e a pessoa se vê obrigada a pagar tudo de uma vez sob pena de corte. O Superior Tribunal de Justiça (STJ) já determinou que é legal este corte, mas apenas do débito estimado nos últimos três meses. O restante poderá continuar a ser cobrado, mas já não sob pena de corte, até para que a pessoa possa contestar o débito estimado se ela não necessariamente consumiu aquele valor”, acrescenta Wesley Sodré.

Para Sodré se trata de fazer valer o que está decidido no concernente ao tema, abrindo espaço para que valores além do realmente devidos possam ser contestados. “É preciso que conste a informação nos boletos gerados pela Coelba de que, sob pena de corte, só precisam ser pagos imediatamente o consumido nos últimos três meses. É preciso que a Coelba informe isso e não exija o pagamento imediato do suposto débito integral, como se já não houvesse esse entendimento. Assim você possibilita que a parte possa contestar e discutir em juízo o débito total que é fruto de uma estimativa”, explica Sodré. :: LEIA MAIS »

Prefeitura cobra da Coelba medidas de combate a ligações clandestinas de internet

Prefeitura cobra da Coelba medidas de combate a ligações clandestinas de internet

Foto: Sérgio Augusto

Ligações clandestinas de internet na rede de energia elétrica das vias públicas de Feira de Santana, além do risco iminente de incêndio, vêm causando prejuízo ao erário, com a troca de equipamentos da iluminação pública, como reatores, bases, relês, cabos e lâmpadas. O alerta é do secretário municipal de Serviços Públicos, Justiniano França. De acordo com o secretário, este ano, mais de 100 casos de irregularidades na rede elétrica do município já foram detectados pelos técnicos do Departamento de Iluminação Pública da SESP. Em virtude dos inúmeros prejuízos, a exemplo da interrupção temporária de energia elétrica em algumas localidades afetadas, houve, recentemente, uma reunião entre prepostos da Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba), o secretário Justiniano França e técnicos do Departamento de Iluminação Pública a fim de buscar medidas para conter o avanço das empresas clandestinas de fornecimento de internet.

Segundo Justiniano França, além do corte de ligações ilegais, a Coelba ficou de passar a lista das empresas legalizadas ao Departamento de Iluminação Pública, para que as providencias possam ser tomadas contra os infratores. :: LEIA MAIS »

Secretaria solicita a Coelba laudos sobre compartilhamento de postes

Secretaria solicita a Coelba laudos sobre compartilhamento de postes

Foto: Jorge Magalhães

O Governo Municipal, através da Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Naturais de Feira de Santana (Semmam), solicitou a Coelba os laudos técnicos referentes ao compartilhamento de postes entre a distribuidora de energia elétrica e as prestadoras de serviços de telecomunicações, baseado na resolução da Aneel – Agência Nacional de Energia Elétrica. O documento encaminhado à empresa, conforme o titular da pasta, visa combater a poluição visual proveniente do emaranhado de fios fixados entre os postes, sobretudo, no centro da cidade.“Estamos preocupados com a poluição visual. Neste sentido, solicitamos a Coelba que nos encaminhe os laudos técnicos do compartilhamento dos postes com as redes de telefonia”, afirma Arcênio Oliveira.

O secretário municipal informa, ainda, que foi solicitado informações referentes a manutenção dos transformadores, cuja responsabilidade é da Coelba, visando a segurança dos transeuntes. “Pedimos o laudo de manutenção, pois sabemos que esses dispositivos podem representar perigo aos pedestres”, pontua.

‘Energia com cidadania’ é implantado nas escolas de Itabuna

O-CAIC-Jorge-Amado-é-uma-das-escolas-onde-a-substituição-de-lâmpadas-já-aconteceu-Foto-Eric-Souza

Foto: Eric Souza

Um convênio celebrado entre a Prefeitura de Itabuna e a Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (COELBA) está permitindo que escolas de Itabuna suscitem um consumo racionalizado de energia elétrica. O convênio, assinado no início do ano pelo prefeito Fernando Gomes, coloca a cidade de Itabuna e as escolas da Rede Municipal de Ensino num passo à frente na economia de energia elétrica. A assinatura dos termos de cooperação faz parte de um protocolo específico determinado pelo Projeto Energia Com Cidadania, que integra o Programa Anual de Eficiência Energética da COELBA, regulado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL). Segundo Ana Christina Romano Mascarenhas, gerente de Eficiência Energética do Grupo Neoenergia (que detém o controle administrativo da COELBA), “no caso de instituições públicas, como as escolas, unidades de saúde e instituições sem fins lucrativos, o objetivo é potencializar os benefícios à população das comunidades atendidas, com a troca da iluminação existente por lâmpadas de led mais eficientes e econômicas”.

Para participar do projeto, a Prefeitura de Itabuna e a Secretaria Municipal da Educação precisaram atender a alguns critérios, a fim de que fosse permitida a substituição das lâmpadas: só puderam ser beneficiadas escolas que funcionam no turno da noite; a prefeitura precisou disponibilizar mão-de-obra para a instalação dos equipamentos doados pela COELBA; se responsabilizar pela substituição das lâmpadas, pela aquisição de insumos (soquetes, fita isolante, abraçadeiras, brocas, etc.); as escolas precisaram entregar à COELBA as lâmpadas substituídas, para descarte; permitir a realização de medições de consumo de energia e potência de equipamentos, visando quantificar a economia de energia a ser obtida; e representantes das unidades de ensino e da Secretaria da Educação participam de palestras sobre o projeto, conscientização sobre o uso eficiente e seguro da energia elétrica em data, horário e local previamente determinados. Inicialmente, 7 unidades de ensino de Itabuna estão tendo lâmpadas substituídas: as escolas Lourival Oliveira (Ferradas), CAIC Jorge Amado (Jardim Primavera), Flávio Simões (Califórnia), Everaldo Cardoso (São Caetano), Ewerton Chaloup (São Pedro), Lions Clube (Santo Antônio) e Frederico Smith (Urbis IV). :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia