WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


CMFS - ECONOMIA DE VERBA - BANNER SITE POLÍTICA IN ROSA 729X90PX PMSE-BANNER 728x90- POLITICA IN ROSA - AÇÕES

:: ‘Bahia’

Lacen registra aumento de 234% no número de casos positivos de Covid-19 na Bahia

Lacen registra aumento de 234% no número de casos positivos de Covid na Bahia

Foto: Camila Souza/GOVBA

O crescimento do número de casos de positivos para o vírus da Covid-19 voltou a acender um alerta na Bahia. Com mais de 3 mil exames de RT-PCR analisados diariamente, o Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen-BA) registrou um aumento de 234% na positividade dos testes para detecção da doença em relação aos exames realizados no período entre 1º a 12 de janeiro de 2022. A última vez que o estado atingiu essa marca foi em outubro de 2021.

A coordenadora Técnica dos Laboratórios de Vigilância Epidemiológica, Felicidade Pereira, explica que o dado mostra que, a cada 100 exames, o número saltou de 6,55 para 21,93 casos positivos. “A gente vê hoje que o percentual tem se elevado diariamente e isso atribuímos a essa nova variante Ômicron, o que é muito preocupante. Tínhamos índices baixos de positividade, mas agora já estamos vendo um reflexo de um novo cenário epidemiológico no estado”, alerta.

Até esta quinta-feira (13), o Lacen detectou, por meio de sequenciamento genético, 12 amostras da variante Ômicron na Bahia. Esse total representa 12,5% dos 96 sequenciamentos realizados em amostras coletadas no mês de dezembro. Além da identificação da Ômicron, foram detectadas 81 amostras da variante Delta e nas outras três não foi possível realizar a análise.

“É algo a ser monitorado de forma muito cautelosa para que as medidas sejam baseadas no cenário que venha a se instalar. Mas, de qualquer forma, é necessário destacar que, apesar do aumento da positividade, a gente tem que avaliar também o cenário do atendimento da rede hospitalar”, afirma a coordenadora. :: LEIA MAIS »

Mais de 100 quilômetros de rodovias baianas passarão por obras de infraestrutura

Mais de 100 quilômetros de rodovias baianas passarão por obras de infraestrutura

Foto: Divulgação/Seinfra

O Governo da Bahia, por meio da Secretaria de Infraestrutura (Seinfra), irá restaurar ou pavimentar mais de 100 quilômetros de rodovias estaduais. Os avisos de licitação para a realização de obras em sete diferentes trechos foram publicados no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quarta-feira (12). Os serviços serão feitos nas regiões do Recôncavo, Piemonte Norte do Itapicuru, Médio Sudoeste, Sudoeste Baiano, Litoral Sul e Extremo Sul do estado. Os envelopes com as propostas das empresas interessadas serão abertos na primeira quinzena de março.

O secretário de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti, destaca as principais ações da Seinfra neste início de 2022. “Começamos o ano licitando a recuperação de 135 quilômetros da ligação de Itambé com Floresta Azul. Agora, publicamos o aviso para a execução de obras em mais 106 quilômetros. São 241 quilômetros de rodovias estaduais que passarão por melhorias e facilitarão o deslocamento entre os municípios baianos”, ressalta o secretário.

Trechos que vão passar obras: :: LEIA MAIS »

Preços dos Combustíveis em Feira registra queda em dezembro, mas o índice fecha 2021 com alta de 44,63%

Foto: Reprodução/Sindicombustíves

No mês de dezembro o índice de preços dos combustíveis em Feira de Santana apresentou uma leve queda de 1,25% em relação ao mês de novembro, mas fechou 2021 com alta de expressivos 44,63%.  Esta variação negativa do índice, na comparação mensal, foi impactada pelo preço do etanol que caiu 5,29%, e pelos preços do GLP, gasolina e diesel que variaram 1,42%, 0,89%, e 0,84%, respectivamente. Somente o preço do GNV apresentou aumento (2,62%). Os preços médios de cada combustível no mês de dezembro foram R$ 6,65/l para a gasolina, R$ 5,31/l para o diesel, R$ 5,33/l para o etanol, R$ 4,11/m³ para o GNV e R$ 90,07 por botijão de 13 Kg de GLP.

A equipe do Programa Conhecendo a Economia Feirense destaca que é improvável que haja uma queda sustentada nos preços dos combustíveis em Feira de Santana neste início de 2021. Isto porque o preço do Petróleo no mercado internacional tem subido desde dezembro, o dólar norte-americano ainda está bastante caro em moeda doméstica e há forte correlação positiva entre o preço do Petróleo em Reais e o preço do combustível pago pelo consumidor final em Feira de Santana.

Veja AQUI o Boletim :: LEIA MAIS »

Atacadão é condenado a pagar indenização de R$ 100 mil por vender produtos com agrotóxicos proibidos pela Anvisa

Atacadão S.A

Foto: Atacadão S.A / Redes Sociais

O Atacadão S.A foi obrigado pela Justiça a pagar R$ 100 mil em indenização por danos morais causados à sociedade com a venda de frutas e hortaliças contendo resíduos de agrotóxicos proibidos ou acima dos limites máximos permitidos pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A decisão, da Quarta Câmara Cível do Tribunal de Justiça, confirma sentença de primeiro grau e atende aos pedidos apresentados pelo Ministério Público do Estado da Bahia. Segundo o MP, laudos laboratoriais comprovaram que o Atacadão vendeu aos consumidores morangos e alface impróprios ao consumo humano. O processo transitou em julgado no final do ano passado e o MP requereu hoje, dia 12, o cumprimento da sentença.

Na ação civil pública apresentada pela 3ª Promotoria de Justiça do Consumidor de Salvador, o MP registrou que ofício proveniente da Diretoria de Vigilância Sanitária e Ambiental (Divisa), da Secretaria de Saúde do Estado da Bahia, informou que foram encontrados em morangos comercializados pelo supermercado dois ingredientes ativos não autorizados pela Anvisa: a captana e a piraclostrobina. :: LEIA MAIS »

Governo do Estado amplia ações emergenciais para 177 municípios

Governo do Estado amplia ações emergenciais para 177 municípios

Foto: Divulgação/Prefeitura de Itacaré

Com a ampliação no número de municípios com decreto de emergência, o valor de R$ 12,4 milhões garantido pelo governo estadual para a recuperação das estradas vicinais vai aumentar nos próximos dias. As ações para promover a trafegabilidade às comunidades rurais e escoar a produção de agricultores familiares, via convênios com as prefeituras municipais, estão avançando. Mais de 60 planos de trabalho já foram entregues e alguns já publicados no Diário Oficial do Estado.

Os municípios vão receber de R$ 50 mil a R$ 120 mil, a depender da extensão territorial de cada um. Os valores emergenciais serão destinados para a aquisição de combustíveis e apoio na locação de maquinários para a recuperação de estradas vicinais.

A celeridade na operacionalização dos convênios é resultado de uma metodologia implantada pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), para evitar o excesso de burocracia e dar segurança jurídica ao processo.

O chefe de gabinete da SDR, Jeandro Ribeiro, disse, em reunião com prefeitos municipais e representantes dos consórcios dos Territórios de Identidade Sertão Produtivo, Bacia do Paramirim, Sudoeste Baiano e Velho Chico, que a expectativa é iniciar os pagamentos o mais rápido possível. :: LEIA MAIS »

Casos de infecções com HIV aumentaram mais de 50% em 10 anos

Men holding red ribbons. Conceptual awareness. HIV. World AIDS D

Foto: Reprodução

O caso de uma mulher argentina de 30 anos cujo organismo pode ter eliminado o vírus HIV por conta própria chamou a atenção da sociedade no final do ano passado. Episódio raro, o segundo em todo o mundo, esse acontecimento representa expectativas positivas para a descoberta de uma possível cura da Aids, entretanto, especialistas lembram que a prevenção ainda é a melhor arma contra essa e outras Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs).

A professora de Enfermagem da Estácio, Tallita Adriano, destaca que “tanto a camisinha masculina quanto a feminina têm o mesmo parâmetro de proteção durante o ato sexual”. Logo, mulheres também devem ser incentivadas a buscar o preservativo nos postos de saúde e testar seu uso. “O uso da camisinha feminina é interessante porque ela pode ser colocada até oito horas antes do ato sexual, o que previne de esquecimentos ou impulsos desprotegidos, mas sempre lembrando que as duas não devem ser usadas juntas: ou o homem usa, ou a mulher usa”, esclarece a profissional de saúde.

Nos últimos dez anos, o número de casos de HIV/Aids aumentou 64,9% na faixa etária de 15 a 19 anos, de acordo com o Boletim Epidemiológico HIV/Aids do Ministério da Saúde de 2020. Para Tallita, é essencial que os jovens saibam se proteger dessa e das outras ISTs antes de começarem sua vida sexual, porque é principalmente pelo ato sexual desprotegido que a transmissão acontece. “É importante promover ações de saúde para conscientizar o adolescente, mas é preciso que esse assunto também seja trabalhado em casa, os pais com seus filhos, para desmistificar esse tabu em torno da vida sexual que só colabora para a desinformação e para aumentar o risco de contaminação desses jovens”, afirma.

Hoje, muitas ISTs têm tratamento e cura, como a sífilis, tricomoníase, clamídia e gonorreia. Porém, a Aids não é uma delas. :: LEIA MAIS »

Zé Neto afirma que decreto limitando transporte de vans intermunicipais pode destruir o sistema na região

Deputado federal Zé Neto - Foto: Anderson Dias/Siite Política In Rosa

Deputado federal Zé Neto – Foto: Anderson Dias/Site Política In Rosa

O deputado federal Zé Neto (PT-BA) criticou a atuação gestão municipal que, sem ouvir adequadamente as colocações dos trabalhadores do transporte intermunicipal, estabeleceu um decreto que cria um grande impacto econômico e social na cidade, para dar serventia a um projeto de Novo Centro que sepulta o BRT, utilizando de forma inadequada as estações.

“Ninguém é contra que se construa uma estação de transbordo no Shopping Popular, mas sim contra a proibição da circulação desse transporte dentro do município. Há mais de 20 anos, desde o início da minha caminhada como Deputado Estadual acompanho as pautas do sistema de transporte, buscando junto ao Governo do Estado a regulamentação das atividades da categoria e melhorias no serviço prestado as comunidades. Nunca fomos contra a modernização, porém elas deveriam ser administradas com eficiência, diálogo e respeito para servir ao povo. A decisão precisa ser revista até porque como está, vai triplicar o número de transporte precarizado e clandestino na cidade, destruindo o sistema regular e piorando ainda mais a situação do trânsito além de sobrecarregar a fiscalização do município que já não dá conta das demandas internas e agora terá que cuidar da situação intermunicipal”, declarou o deputado.

Zé Neto destaca que o transporte coletivo em Feira está vivendo a pior crise da história, inclusive com o Transbordo Central fechado tendo em vista que os trabalhadores e trabalhadoras da Empresa Rosa paralisaram de forma justa por falta de pagamento, e agora, com o Transporte Intermunicipal indo no mesmo caminho. :: LEIA MAIS »

Decreto reduz para 3 mil pessoas o número máximo de público em eventos e estádios na Bahia

Após reunião realizada no fim da manhã desta segunda-feira (10), o governador Rui Costa decidiu reduzir para até 3 mil o número máximo de pessoas em eventos em todo o território baiano, incluindo estádios de futebol. O novo decreto será publicado na edição desta terça-feira (11) do Diário Oficial do Estado (DOE) e substitui o atual, que permite até 5 mil pessoas em eventos e teria validade até o dia 14 de janeiro.

De acordo com o governador, dois parâmetros foram determinantes para a decisão. “Estamos lidando com uma situação de pré-colapso nas emergências municipais, UPAs, postos de saúde e nas emergências dos hospitais estaduais, assim como uma verdadeira explosão do número de casos ativos. Estamos lidando com essa pandemia desde março de 2020 e, com a experiência desse tempo, ficou comprovado que toda vez que se restringe o contato, restringimos o contágio. Esperamos que essa medida sirva de alerta também para quem organiza eventos, que passem a exigir o atestado de vacinação com maior rigor”, afirmou.

Além do número máximo de 3 mil pessoas, os eventos devem obedecer à regra de lotação máxima de 50% da capacidade de cada local. Serão mantidas no novo decreto as obrigatoriedades da comprovação de vacinação contra a Covid-19 e do uso de máscara pelo público e demais participantes dos eventos. Essa exigência se estenderá para bares e restaurantes que, a partir de agora, devem exigir dos clientes o comprovante de vacinação.

“É importante que todos ajudem, comerciantes, donos de bares e restaurantes, que exijam o uso de máscara e o comprovante de vacinação para entrada em seus estabelecimentos. Dessa forma, vocês estarão protegendo a saúde das pessoas e também os seus negócios, sua atividade econômica. Se todo mundo ajudar, a gente sai dessa situação rapidamente”, acrescentou Rui. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia