WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


:: ‘Eleições 2022’

Pablo Roberto fala sobre eleições 2022, cenário nacional e Câmara de Feira de Santana

Pablo Roberto foto Anderson Dias site Política In Rosa

Pablo Roberto – Foto: Anderson Dias / site Política In Rosa

O secretário de Agricultura, que é também declarado como pré-candidato a deputado estadual, Pablo Roberto (DEM), concedeu uma entrevista ao site Política In Rosa em uma das suas visitas ao Legislativo feirense. Pablo falou sobre o cenário nacional, sobre a sua saída da Secretaria para concorrer às eleições e também sobre a Câmara Municipal de Feira de Santana.

Sobre o cenário nacional, Pablo afirmou que ele está bastante conturbado. Para o secretário, o país está vivendo um ano e meio de pandemia todos os brasileiros tem criado expectativas de dias melhores. “E não é diferente aqui no Estado da Bahia e também do município de Feira de Santana. Nós estamos acompanhando toda essa movimentação e, claro, nesse momento muitas já começam acontecer com vistas no processo eleitoral do ano que vem. Mas sou muito otimista, pois quero sempre acreditar que nós vamos ter dias melhores”, relatou.

Eleições 2022

Perguntado sobre quem apoiaria na eleição para presidente, se Bolsonaro ou outro candidato, Pablo falou que o governo Bolsonaro tem pontos positivos como também pontos negativos, que é natural no processo de qualquer governo. “Volto a dizer: acho que ainda falta muito tempo para eleição do ano que vem e, claro, vamos tomar uma decisão juntamente com o nosso grupo, em especial as lideranças políticas aqui em Feira. O prefeito Colbert Filho, o ex-prefeito José Ronaldo e as pessoas que nos acompanham”, disse.

Pablo, se quiser ser candidato em 2022, deverá sair da Secretaria de Agricultura para iniciar os trabalhos de sua pré-candidatura a deputado até abril de 2022. Quem pode assumir um lugar no Governo Municipal é um dos seus liderados políticos, o vereador Pedro Américo. Acerca disso, Pablo foi enfático. “Quem decide quem vai para o governo, quem fica ou quem substitui é o prefeito Colbert. Claro que nós temos uma relação de muito respeito e amizade e estamos conversando muito. Meu prazo para ficar no governo é até abril, mas isso depende do prefeito Colbert. Eu tenho o desejo de sair um pouco antes”, falou. :: LEIA MAIS »

“Alguém vai ter que ceder”, diz presidente da ALBA sobre montagem de chapa

Deputado estadual Adolfo Menezes foto Anderson Dias site Política In Rosa

Deputado estadual Adolfo Menezes – Foto: Anderson Dias / site Política In Rosa

O deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, Adolfo Menezes (PSD), em entrevista coletiva nesta segunda-feira (13), na inauguração da 21ª Policlínica Regional de Saúde em Serrinha, falou que acredita que nas próximas eleições o candidato a governador será Jaques Wagner (PT) ou Otto Alencar (PSD). Adolfo crê também que o governador Rui Costa ficará até o final do seu mandato. “Caso Otto não seja candidato ao governo, será candidato a reeleição ao Senado. É isso que eu vejo. Claro que nós temos o nome do vice-governador João Leão e que tem todas as condições políticas e técnicas de ocupar qualquer cargo, mas só tem três vagas e onde tem três não cabe quatro. Tem uma vaga de Senador, uma para Governador e uma para Vice-governador. Alguém vai ter que ceder. Mas faz parte, isso é pelo bem da Bahia”, relatou.

Sobre a possibilidade da base rachar, Adolfo disse que não acredita até porque o projeto, que se iniciou há mais 14 anos com governador Jaques Wagner, é exitoso e de muitas realizações. “O povo da Bahia está vendo o que está acontecendo no Brasil quando você não tem um gestor competente. Mesmo o governador Rui Costa sendo contra o presidente Bolsonaro e sem receber recursos federais, ele faz uma administração espetacular. É claro que não estou dizendo com isso que não temos problemas nas estradas, saúde, educação, mas ele tem feito o que ninguém nunca fez. Então esses homens são experientes e irão querer continuar aonde é melhor para o povo da Bahia. Como deputado e presidente da Assembleia, estarei nesse projeto que tem levado desenvolvimento para toda Bahia”, afirmou.

Descontentamento de Marcelo Nilo

Adolfo também comentou a situação do deputado estadual Marcelo Nilo (PSB) que parece não estar satisfeito com a sua situação na base. “Na vida sempre falta alguma coisa e nós nunca vamos dizer que tem tudo. É a vida. E, se todo mundo tivesse tudo, a vida não tinha graça e sempre vai faltar alguma coisa. Nilo é meu amigo particular. É natural que cada um estique de um lado ou de outro, mas na hora certa tudo se acalma. Por exemplo, sou presidente da Assembleia e às vezes me perguntam se não vou ser candidato a senador porque o ex-presidente Angelo Coronel saiu da presidência da ALBA para ser senador. Eu digo sempre que querer eu quero. Também quero ser Papa, mas não vou ser. Tem que se saber qual a sua hora e o seu lugar. Sei que tenho toda competência para ocupar qualquer um desses cargos, mas sei  também que tem lideranças políticas que são mais fortes do que eu, com mais peso político e estão na minha frente”, enfatizou. :: LEIA MAIS »

Angelo Almeida diz que partido vai lutar para tentar colocar Lídice da Mata na vice de Jaques Wagner

Angelo Almeida foto Política In Rosa Anderson Dias

Deputado estadual Angelo Almeida (PSB) – Foto: Anderson Dias/site Política In Rosa

O deputado estadual Angelo Almeida (PSB) falou sobre os partidos da base que querem um espaço maior, a exemplo do seu partido. Ele disse que a “briga” por espaço na política é inerente a cada momento. “O que nós temos hoje é a aproximação de uma eleição que vai definir quem será o candidato a governador, que no meu entendimento isso já está pacificado com o nome do senador Jaques Wagner. Esse é um entendimento também do PSB, não tenho a menor dúvida. O Senado também está pacificado, pois o senador Otto Alencar é um companheiro que faz parte dessa aliança, dá sustentabilidade a ela e não tem porque tirá-lo. Até porque faz um excelente mandato e é um dos maiores senadores da história da Bahia. E agora temos a discussão da vice. É claro que a discussão da vice provoca debate. O PSB tem vontade. O que vai definir se nós teremos realmente essa possibilidade é o debate e as discussões que serão encaminhadas daqui até março ou abril de 2022, mais tardar maio”, falou.

Indagado qual seria o nome do PSB seria posto para pleitear a vaga de vice, Angelo afirmou que se o partido tiver a oportunidade de ter a vaga de vice sem dúvida será Lidice da Mata. “Faço parte da executiva, sou deputado, membro, tenho assento, meu voto, e tenho certeza que a maioria dos nossos companheiros da executiva do PSB é Lídice da Mata como vice na chapa encabeçada pelo senador Jaques Wagner”, disse. Angelo finalizou dizendo que o partido vai lutar para tentar colocar Lídice da Mata na vice do senador Jaques Wagner. “Seria uma chapa perfeita”, finalizou.

Partido Cidadania projeta crescimento audacioso nas próximas eleições na Bahia

Partido Cidadania projeta crescimento audacioso nas próximas eleições na Bahia

Foto: Divulgação / Ascom

O vereador de Salvador e presidente estadual do Cidadania na Bahia, Joceval Rodrigues, participou neste final de semana de uma extensa agenda organizados pelo partido em Itabuna, na região sul do estado.

Joceval aproveitou o momento para se reunir com lideranças partidárias locais como a presidente do Diretório Municipal, Mariana Alcântara, o vereador do Cidadania em Itabuna, Marcelo Souza, bem como com representantes do Núcleo de Juventude da agremiação. Além disso, ainda participou do encontro da Renovação Carismática Católica.

De acordo com Joceval, o partido vem crescendo nos últimos anos e deve obter o melhor resultado nas urnas na próxima eleição. O parlamentar aposta na boa articulação de lideranças municipais, aliado com uma proposta alinhada com as necessidades populares, para eleger de dois a três deputados no pleito do ano que vem. :: LEIA MAIS »

Em evento de Pablo Roberto, ACM Neto elogia força do grupo político em Feira de Santana

Em evento de Pablo Roberto, ACM Neto elogia força do grupo político em Feira de Santana

ACM Neto discursando em evento de Pablo Roberto – Foto: Divulgação/Ascom

O curso de Formação Política promovido por Pablo Roberto, na manhã deste sábado, trouxe a Feira de Santana o presidente do Democratas, ACM Neto.

Em discurso, o pré-candidato ao Governo do Estado, ACM Neto, elogiou a força política de Pablo Roberto, confirmando seu apoio ao grupo. “Estou impressionado, Pablo, com o entusiasmo das pessoas falando o seu nome. E você já provou que é um homem comprometido e que faz política com ideais. Vamos ter que pedir licença a Feira de Santana, porque chegou a hora de você dar passos ainda maiores”, afirmou Neto.

Para Pablo, as palavras de ACM Neto reforçam que o trabalho precisa continuar. “Nós fazemos parte de um grupo que pensa a política a longo prazo, quem nos conhece sabe. Temos um compromisso com Feira de Santana, há muitos anos, e seguimos honrando a confiança dos feirenses. Agora, penso que podemos fazer mais por Feira e pela Bahia”, afirma Pablo, pré-candidato a deputado estadual. :: LEIA MAIS »

Pastor Tom ganha apoio de vereador de Alagoinhas a sua pré-candidatura

Pastor Tom e Anselmo Cerqueira

Pastor Tom e Anselmo Cerqueira – Foto: Reprodução / Redes Sociais

O ex-deputado estadual Pastor Tom já começou a rodar o Estado em busca de novos apoios para a sua pré-candidatura nas eleições 2022. Em suas redes sociais, Tom divulgou que esteve na cidade de Alagoinhas com o vereador Anselmo Cerqueira (Republicanos). Na oportunidade, o vereador declarou apoio a sua pré-candidatura.

“Estive hoje na cidade de Alagoinhas onde fui recebido pelo vereador Anselmo Cerqueira. Ele declarou apoio a minha pré-candidatura a deputado estadual. Oh Glória!”, disse Pastor Tom.

“Ganharemos as eleições no primeiro turno”, diz Zé Cocá sobre eleições 2022

Prefeito de Jequié e presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB), Zé Cocá (PP) – Foto: Anderson Dias/Site Política In Rosa

O prefeito de Jequié e presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB), Zé Cocá, afirmou, em entrevista coletiva, que tem certeza de que o tripé (PT, PP e PSD) estarão juntos para disputar as eleições 2022. “Com certeza ganharemos as eleições no primeiro turno. Time que está ganhando não se mexe”, falou.

Ainda segundo Zé Cocá, se for feita uma avaliação de todas as obras que o Governo tem feito na Bahia nos últimos seis anos com certeza mudou a cara não somente da cidade de Jequié como de todos municípios baianos. “Melhorou a saúde, a educação. A Bahia foi o segundo Estado do Brasil que mais investiu na saúde pública, se comparando apenas com São Paulo que tem um PIB dez vezes maior que o nosso. Se avaliar friamente, a Bahia tem andado no caminho certo”, declara.

Sobre a possível indicação de um nome do PP para a chapa majoritária, Cocá disse que o partido está discutindo isso juntos. “Acho que o PP vai compor sim junto com o Governo. Mas isso será uma discussão junta com o Senador Otto Alencar e com o PT para avaliarmos quem serão os candidatos do Senado, Vice-Governador e quem ficará na cabeça de chapa. A intenção é que a unidade do grupo continue sendo mantida”, relatou.

Rui Costa descarta deixar governo e diz que não tem ‘ansiedade’ para ser candidato a senador

Governador Rui Costa – Foto: Fernando Vivas/Gov-BA

O governador Rui Costa (PT) afirmou nesta segunda-feira (19) que cumprirá todo seu mandato. Segundo o petista, não há por parte dele, obsessão por ser candidato ao Senado na eleição de 2022.

Em coletiva de imprensa, Rui ressaltou que terá o “maior prazer” de ficar até o último dia do seu mandato. “Eu não tenho esse desespero, essa ansiedade de ser candidato a senador. Nunca tive na minha vida essa obsessão por cargo público. Eu faço parte de um grupo político e eu estarei sempre à disposição para ajudar esse grupo, que está mudando a Bahia”, destacou.

O PP, partido do vice-governador João Leão, defende que Rui deixe o cargo para que Leão assuma o governo estadual por nove meses. (Bahia.Ba/Matheus Morais)



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia