WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


:: ‘Distrito de Maria Quitéria’

Embasa identifica ligações clandestinas de água no Distrito de Maria Quitéria 

Foto: Divulgação / Ascom

Em ação de fiscalização nos dias 27 e 28 de janeiro, realizada pela Embasa, foram identificadas três ligações clandestinas de água na região do Corredor do Chico Preto, no distrito de Maria Quitéria, em Feira de Santana. Os famosos “gatos” estavam prejudicando o abastecimento dos moradores do entorno, por causarem despressurização na rede distribuidora.  “As ligações clandestinas causam perda de pressão nas tubulações, reduzindo a força com que a água é distribuída”, explica a gerente local da Embasa, Thais Dias.

Ela também informa que os “gatos” podem causar vazamentos, além de impactar na capacidade da rede que foi projetada para atender um determinado número de clientes. “Esse tipo de fraude representa perdas para a Embasa, mas os maiores prejudicados são os moradores. Quem faz ligação clandestina consome em excesso, não se preocupa com o desperdício e a população acaba penalizada com baixas pressões e intermitência no fornecimento de água”, lamentou a gerente. As irregularidades foram retiradas. :: LEIA MAIS »

José Carneiro informa que população de Maria Quitéria teme perder acesso atual na 116 Norte

Vereador José Carneiro

Vereador José Carneiro (PSDB)

A distância do principal acesso ao Distrito de Maria Quitéria via BR 116 Norte (Feira-Serrinha), para o primeiro retorno na rodovia, que se encontra em obra de duplicação pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), está causando preocupação aos moradores do distrito. O assunto foi tratado na Câmara, nesta terça-feira (6), pelo vereador José Carneiro Rocha (MDB).

Ele teme que aquela comunidade venha a enfrentar problema semelhante ao que foi criado para os moradores do populoso conjunto Viveiros, nesta cidade, que “ficou praticamente isolado após a duplicação do Anel de Contorno (trecho da avenida Froes da Motta em direção à BR 116 sul, a rodovia Rio-Bahia)”.

Carneiro adverte para a possibilidade de que a estrada ofereça um retorno distante em vez da construção de um viaduto ou túnel no local onde historicamente as pessoas acessam a pista municipal para chegar ao distrito. “É preciso facilitar o acesso dos moradores, mantê-lo como acontece nos dias de hoje”, defende.

O edil entende que não apenas os residentes em Maria Quitéria, mas toda a sociedade, deve se mobilizar em torno da medida. Considera oportuna uma manifestação na presença do presidente Jair Bolsonaro, “que visitará Feira de Santana em breve”, sensibilizá-lo a chamar a atenção do DNIT ao possível “isolamento” do distrito. Para o vereador, é “inaceitável um projeto que prejudique um dos maiores distritos de Feira de Santana, referência da nossa cidade”. :: LEIA MAIS »

Em Maria Quitéria, Colbert Filho dá ordem de serviço para o calçamento de oito ruas

Em Maria Quitéria, Colbert Filho dá ordem de serviço para o calçamento de oito ruas

Foto: Divulgação

As obras de duplicação da BR-116 Norte, que vêm sendo tocadas em ritmo acelerado pelo Governo Federal no trecho Feira/Serrinha, deixaram o prefeito Colbert Martins Filho animado, ao se deslocar, na tarde da última sexta-feira (25) para o distrito de Maria Quitéria, onde ordenou a pavimentação de oito vias.

Os recursos da ordem de R$ 47,8 milhões para a execução destre trecho da rodovia ligando Feira de Santana ao Norte do Estado (o valor total do projeto para a conclusão dos 110 quilômetros de pista é de R$ 120 milhões), foram liberados após incontáveis gestões do chefe do Executivo Feirense ao Ministério da Infraestrutura.

Em Maria Quitéria, onde o Governo Municipal contratou mais de duas mil horas de trator para a recuperação de estradas vicinais e corredores por onde escorrem a produção rural e o tráfego de pessoas, Colbert Filho deu ordem de serviço para a pavimentação a paralelepípedo de 7.590 metros quadrados de pavimentação. Com recursos próprios do Município, as obras vão custar R$ 308.753,59, estão sendo tocadas pela MCT Empreiteira e Transportes Ltda. Os serviços têm prazo de seis meses para ser concluídos, e vão consumir 2.940 metros lineares de meio fio. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia