WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


:: ‘prefeito’

Prefeito é acusado de improbidade por “perseguição política” a servidores

Foto: Reprodução

O prefeito de Bom Jesus da Serra, Jornando Vilasboas Alves, foi acusado de improbidade administrativa pelo Ministério Público estadual em ação civil pública ajuizada ontem, dia 12, pelo promotor de Justiça Ruano Leite. Segundo a ação, o gestor realizou “perseguição política” contra 18 servidores municipais, por meio de remoção indevida de um deles e redução em até 70% das remunerações dos demais, sem lhes oferecer direito a ampla defesa. O promotor aponta que, conforme apuração, a “perseguição” foi uma “retaliação às orientações políticas” dos servidores, que não teriam apoiado a sua candidatura.

Ruano Leite solicitou à Justiça que, em decisão liminar, determine o retorno do servidor removido e suspenda os efeitos dos decretos municipais 126 e 130 de 2021 que suprimiram benefícios econômicos dos servidores. Segundo o promotor, os decretos são nulos e têm “vícios de objeto, motivo e forma”. O MP chegou a expedir recomendação ao prefeito para que ele reconhecesse a nulidade dos atos administrativos, no entanto a Prefeitura não atendeu o recomendado, nem encaminhou documentos que justificassem a publicação dos decretos e comprovassem a alegação de que os servidore teriam sido beneficiados pelo governo anterior com vantagens indevidas. :: LEIA MAIS »

“Não vou ceder a nenhum tipo de intimidação, de ameaça ou pressão”, declara prefeito de Feira de Santana

Prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins Filho – Foto: Reprodução / Redes Sociais

Dias após a CPI das Cestas Básicas ser instaurada na Câmara Municipal de Feira de Santana, o prefeito Colbert Martins Filho (MDB), que não tinha se pronunciado sobre o assunto, comentou através de um vídeo publicado em suas redes sociais na manhã desta segunda-feira (10).

“A maior responsabilidade de um prefeito é cuidar bem das pessoas e aplicar muito bem o dinheiro público. Estou com a consciência absolutamente tranquila de que tenho essa responsabilidade. Para cumprir esse objetivo precisa enfrentar grandes desafios administrativos e políticos que fazem parte do dia a dia de todo prefeito. Não tenho medo de nenhum desses desafios porque tenho muita disposição para trabalhar e enfrentar situações difíceis como estamos enfrentado”, disse o prefeito Colbert Filho.

Colbert ressaltou que continuará sendo responsável com a aplicação dos recursos públicos. “Não sou apegado a erros e garanto a vocês que não vou ceder a nenhum tipo de intimidação, de ameaça ou pressão, para satisfazer interesses pessoais de quem quer que seja. Para mim estão sempre em primeiro lugar os interesses da nossa comunidade e o bem-estar da minha gente de Feira de Santana. Com o seu apoio, com a sua força e com a força do povo da minha terra, ficaremos firmes para fazer uma Feira cada vez melhor”, declarou.

https://www.facebook.com/colbertprefeito/videos/1865412613637237

Prefeito de Jequié busca apoio técnico da CEPLAC para fomento da lavoura cacaueira do município

Foto: Divulgação / PMJ

O prefeito de Jequié, Zé Cocá, esteve na manhã desta quarta-feira, 31, em reunião com Edson Jarade Miranda, chefe do escritório da Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (CEPLAC) em Jequié. Durante o encontro foram discutidos assuntos referentes à agricultura familiar, ao incentivo técnico aos pequenos produtores rurais e sobre estratégias de apoio e fomento à lavoura cacaueira. Estiveram presentes, o secretário de Governo, Hassan Iossef; o secretário de Agricultura, Irrigação e Meio Ambiente, José Claudemiro Passos Brandão, e o secretário de Infraestrutura, Lucindo Menezes.

A proposta apresentada pelo gestor municipal visa a elaboração de um acordo de cooperação técnica entre o órgão e a Secretaria de Agricultura, Irrigação e Meio Ambiente para que, assim, os pequenos agricultores da Zona Rural de Jequié possam contar com suporte técnico, que seja fácil de executar e acessível ao produtor, pois a grande maioria espera e necessita de resultados imediatos, visando o aumento da produção do cacau, melhorar a qualidade do produto e, consequentemente, ampliar a renda familiar dessas pessoas. :: LEIA MAIS »

Ministério Público recomenda que prefeito exonere filho de vice-prefeita de cargo de assessor

Ministério Público Eleitoral da Bahia

Foto: Divulgação / MP-BA

O Ministério Público, por meio da promotora de Justiça Thays Rabelo da Costa, recomendou que o prefeito do Município de Remanso, Marcos Carvalho Palmeira, exonere Pedro Henrique Rosal do Valle do cargo em comissão de Assessor do Prefeito. Pedro é filho da vice-prefeita de Remanso, Renata Lemos Rosal do Valle. A recomendação foi expedida na última sexta-feira, dia 12, e deve ser cumprida num prazo de cinco dias.

A recomendação orienta ainda o prefeito a não nomear cônjuges, companheiros ou parentes consanguíneos até o terceiro grau do prefeito, da vice-prefeita, dos secretários municipais e de todos os demais agentes públicos que detenham a atribuição de nomear e exonerar ocupantes de cargos comissionados e funções gratificadas para os cargos comissionados de direção, chefia ou assessoramento, no âmbito da administração pública direta ou indireta. :: LEIA MAIS »

Em reunião com governador, prefeito de Barreiras cobra ampliação da oferta de leitos de UTI para combater a Covid-19

Foto: Divulgação / PMB

Na manhã desta segunda-feira (08), o prefeito de Barreiras e presidente do Consid, Zito Barbosa, vice-presidente e prefeito de Santa Rita de Cássia, Zezo Aragão, juntamente com o vice-prefeito de Barreiras, Emerson Cardoso, o secretário de saúde, Melchisedec Neves e a subsecretária Jamile Rodrigues, participaram da reunião programada pelo governador da Bahia, Rui Costa. Em pauta, foi discutido o cumprimento dos decretos e protocolos de combate à Covid-19 estabelecidos desde o início do mês e vigentes em todo estado.

A reunião via videoconferência aconteceu pela plataforma Zoom e teve a participação de 21 municípios. Dentre os questionamentos levantados, o governador falou das medidas restritivas, como o toque de recolher e a crescente ocupação de leitos. Na oportunidade, o prefeito de Barreiras apresentou o boletim atualizado do quadro epidemiológico no município e a atual ocupação de leitos.

Atualmente, a região Oeste conta com 30 leitos de Unidades de Terapia Intensiva no Hospital do Oeste (HO) e o município de Barreiras contratou 10 leitos de UTI junto à Americas Health Especialidades, no Hospital Central, totalizando 40 leitos na cidade. Desses, 35 estão ocupados com pacientes de Barreiras, de municípios da macrorregião Oeste e de outras regiões da Bahia que estão sendo encaminhados pelo Estado. Diante deste quadro preocupante, Zito Barbosa questionou ao governador a necessidade de abrir novos leitos de UTI, uma vez que a cidade e a região estão na iminência de chegar a 100% de taxa de ocupação dos leitos. A proposta do prefeito de Barreiras é que o Governo do Estado amplie de imediato mais 10 leitos de UTI no Hospital Central. :: LEIA MAIS »

Prefeito de Itabuna anuncia retorno do transporte coletivo

Foto: Divulgação / PMI

O prefeito de Itabuna, Augusto Castro, vistoriou, no início da semana, os 50 veículos do grupo empresarial Atlântico Transportes. Na última sexta-feira (12), ele anunciou que o transporte coletivo começa a operar na quarta-feira, dia 17 de fevereiro, depois de a população sofrer nos deslocamentos diários por falta de transporte na cidade. “Itabuna vai viver uma nova era no transporte público. Este é um compromisso do nosso governo com o usuário do sistema e com a cidade”, destacou.

Itabuna ficou 11 meses sem transporte coletivo por conta da pandemia do novo coronavírus. O retorno dos ônibus às ruas está sendo viabilizado depois da assinatura de um contrato emergencial pelo prefeito. “Não dava para a cidade ficar quase um ano sem transporte público. Crise no comércio, as pessoas sem acesso ao transporte público, tudo isso criava uma imagem bastante negativa”, comentou o prefeito Augusto Castro.

Com a nova frota, os veículos levarão conforto e segurança para os itabunenses. “São ônibus novos, modernos, de qualidade e confortáveis, e, o mais importante, sem aumento da tarifa, que continuará a mesma: R$3,70. É a Prefeitura de Itabuna, trabalhando e cumprindo o nosso compromisso”, afirma o prefeito. :: LEIA MAIS »

Prefeito é punido por atraso no repasse ao INSS

Tribunal de Contas dos Municípios

Tribunal de Contas dos Municípios (TCM)

Na sessão desta terça-feira (02), realizada por meio eletrônico, os conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM-BA) determinaram que seja feita representação ao Ministério Público Estadual contra o prefeito de Angical, Gilson Bezerra da Silva, pelo pagamento indevido de multas e juros em razão de atraso no recolhimento de parcelas relativas a obrigações previdenciárias, no exercício de 2019.

O prefeito terá que devolver aos cofres municipais a quantia de R$20.769,63, com recursos pessoais, que foram pagos em juros e multas. E pagar uma multa estipulada em R$1,5 mil. Os conselheiros do TCM ressaltaram que o pagamento de multa e juros só ocorre devido à omissão dos gestores, que não cumprem adequadamente a obrigação legal de repassar/recolher as contribuições previdenciárias no prazo e montante exigidos na legislação. Cabe recurso das decisões. (TCM-BA)

Prefeito de São Gonçalo dos Campos apresenta situação financeira do município à população

Foto: Felipe Garcia

O prefeito de São Gonçalo dos Campos, Tarcisio Pedreira, esteve reunido com os servidores públicos e a comunidade a fim de apresentar a situação financeira do município e a proposta de pagamento para o salário do mês de dezembro que não foi pago pela gestão passada. A reunião ocorreu nessa quarta-feira (20), no Paço Municipal. Na oportunidade, foram disponibilizados os extratos bancários, saldos e dívidas deixadas no dia 31 de dezembro do ano anterior, além dos recursos que entraram na conta da Prefeitura de São Gonçalo dos Campos neste mês.

Tarcisio afirma que, nesta sexta-feira (22), o valor pago à folha de dezembro será proporcional ao saldo que foi deixado pela gestão anterior e o salário de janeiro será pago no próprio mês corrente com o recurso que é destinado para esse período. “Estamos fazendo toda a economia necessária, trabalhando com o mínimo possível para que o município consiga ficar adimplente.”, pontuou.

Ele mostrou que a dívida com a folha de pagamento dos servidores é cerca de R $3 milhões, mas o saldo deixado corresponde a metade desse valor e pode estar comprometido com outros pagamentos já empenhados pelo governo passado.  “Só a dívida com a União é de R $100 milhões. No CAUC, que funciona como o Serasa do município, faltam cinco itens para comprovar e ainda disseram durante a live, no período da campanha, perante a população, que a cidade estava adimplente e que eu encontraria a casa arrumada, sem dívidas.”, desabafou. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia