WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


CMFS - ECONOMIA DE VERBA - BANNER SITE POLÍTICA IN ROSA 729X90PX PMSE-BANNER 728x90- POLITICA IN ROSA - AÇÕES

:: ‘SMT’

Marcos Lima afirma que pode contribuir na SESP, SEMMAM ou SMT

Vereador Marcos Lima

Vereador Marcos Lima (DEM)

O vereador Marcos Lima (DEM), que não conseguiu a sua reeleição nas eleições do último dia 15 de novembro, falou com o site Política In Rosa sobre o seu futuro político e o motivo de não ter logrado êxito em sua corrida. Questionado sobre se a liderança do Governo lhe prejudicou na sua tentativa de reeleição, Marcos respondeu que com os momentos difíceis que a cidade vem passando nesses últimos anos, principalmente com a pandemia, houveram muitas manifestações, muitos ataques ao Governo Municipal. Mesmo assim ele sempre confiou e defendeu o Governo.

“De certa forma, a gente acaba sendo prejudicado. Todos que nos acompanham sempre nos alertaram para isso, mas temos uma lealdade e um compromisso com o grupo político que nós trabalhamos, que é o grupo do ex-prefeito José Ronaldo e do prefeito Colbert Martins Filho. Acreditamos que estávamos dando a nossa contribuição para que o grupo permanecesse firme e forte para poder quando chegar nas eleições não ser decepcionado. Sabia que poderia ser prejudicado? Sabia. Mas mesmo assim permaneci firme, busquei os objetivos, fiz minha campanha e a do prefeito buscando votos também para ele. Sempre acreditei no grupo e o importante é que fomos vencedores”, disse.

Legislativo, Secretaria ou Superintendência

Marcos Lima informou que ainda não sentou com o prefeito para tratar sobre o seu futuro no Governo Municipal. Ele disse que o Democratas tem a sua participação, como sempre teve. “É um partido que esteve firme e forte com o prefeito. Acredito que o partido terá o seu espaço e dentro dele poderei ser contemplado, porém, se me perguntarem o que eu prefiro, escolheria uma Secretaria ou até mesmo uma Superintendência para que eu possa atuar e fazer um bom trabalho para a população. Me coloco a disposição. Não estou pedindo nada nem exigindo nada, mas me coloco a disposição do Governo como sempre me coloquei sendo líder do Governo, base, apoiador e cabo eleitoral do Governo. Então, continuo batalhando pelo que acreditamos”, declarou.

Ele não escondeu as suas preferências. “Tem a Secretaria de Serviços Públicos (SESP), que me identifico muito; a Secretaria de Meio Ambiente (SEMMAM), pois já fui presidente da Comissão de Meio Ambiente na Câmara e tenho conhecimento; a Superintendência de Trânsito (SMT), que sou formado na área como instrutor de trânsito e também tenho conhecimento da área. São locais que acho que poderia contribuir com a cidade. Não adianta estar em uma Secretaria que não possa contribuir. Quero um local que possa contribuir e ajudar a cidade”, finalizou.

Coligação ‘A Mudança Que Feira Quer’ aciona SMT na Justiça contra apreensões irregulares durante votação

Foto: Divulgação / Ascom

Após tomar conhecimento de operações de fiscalização da Superintendência Municipal de Trânsito (SMT) para apreender veículos particulares na zona rural de Feira de Santana, sob falsa acusação de transporte irregular durante votação do segundo turno das eleições, a Coligação ‘A Mudança Que Feira Quer’ (PT, PP, PDT, PCdoB e AVANTE) entrou com uma representação no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA) contra a prática abusiva do órgão.

De acordo com a coligação, as apreensões, segundo relatos e denúncias de eleitores dessas localidades recebidas pela coligação, estariam acontecendo nos distritos de Jaíba e São José (Maria Quitéria), zonas eleitorais onde o atual prefeito e candidato à reeleição obteve menor votação.

A representação, conforme a Assessoria Jurídica da Coligação, pretende “assegurar que as eleições municipais transcorrem de forma transparente e sem irregularidades, assim como ocorreu no primeiro turno e como Coligação ‘A Mudança Que Feira Quer’ vem fazendo desde o início do processo eleitoral”. :: LEIA MAIS »

SMT informa mudanças no trânsito por conta de obras do Projeto Novo Centro

SMT informa mudanças no trânsito por conta de obras do Projeto Novo Centro

Foto: Divulgação / PMFS

Em razão das obras do Projeto Novo Centro, que estão sendo realizadas pela Prefeitura de Feira de Santana visando a requalificação de todo o centro comercial da cidade, a Superintendência Municipal de Trânsito (SMT) solicita aos motoristas que evitem, na medida do possível, circular pelo centro da cidade. “As obras estão avançando cada vez mais, o que dificulta a circulação de veículos”, explica o superintendente de Trânsito, Euclides Artur Andrade.

Na próxima segunda-feira ocorrerão mudanças no trânsito no centro da cidade. Quem trafega pela rua Conselheiro Franco não vai poder acessar a direita sentido praça da Bandeira – terá que seguir em frente e as opções serão a Praça dos Remédios ou a Praça Fróes da Mota.

Outra mudança: quem circula pela rua Marechal Deodoro não poderá seguir até a Praça da Bandeira; terá que entrar antes, a direita, na rua Comendador Targino, podendo seguir adiante pela avenida Sampaio. :: LEIA MAIS »

Prefeitura de Feira diz como recursos arrecadados com multas estão sendo investidos

Prefeitura de Feira diz como recursos arrecadados com multas estão sendo investidos

Foto: Abnner Kaique

A Prefeitura Municipal de Feira de Santana, através da Superintendência Municipal de Trânsito (SMT), investiu em todo o ano de 2018 mais de R$ 15 milhões na manutenção e custeio da própria estrutura da SMT, além de campanhas educativas, como o Maio Amarelo, Semana Nacional do Trânsito, dentre outras, e melhorias no trânsito com o aprimoramento das sinalizações horizontal, vertical, eletrônica e semafórica. Segundo a gestão, houve investimento também na locação das viaturas 04 rodas e aquisição de 06 novas motocicletas, pavimentação com asfalto visando a melhoria do trânsito em alguns locais, além de todas as ações e eventos realizados durante o ano. São realizados ainda repasses para o Denatran e o Detran.

De acordo com o Superintendente Municipal, Maurício Carvalho, o valor de R$ 17 milhões divulgado na previsão orçamentária é diferente da arrecadação. “A arrecadação não alcançada na previsão orçamentária não significa nenhum tipo de ilegalidade. Como o próprio nome diz, é uma previsão. No ano de 2018 tivemos uma previsão orçamentária de 17 milhões de reais, mas arrecadamos cerca de 14 milhões. A queda de arrecadação se justifica por dois motivos: primeiro que em 2018 com a crise econômica do país, muitas multas não foram pagas dentro do próprio exercício”, explica.

Ele acrescenta que segunda grande razão para a diminuição na arrecadação se deve à queda do número de registro de multas. “Os números mostram que estamos diminuindo o número de multas no trânsito, porque estamos implantando um trabalho educativo de conscientização dos motoristas. Além disso, estamos investindo na maior eficiência da sinalização, o que colabora com a diminuição das infrações. De 2016 até agosto de 2019 houve uma queda de 30% nas notificações, o que é algo positivo, uma vez que também conseguimos diminuir em 34% o número de acidentes com vítimas”, conclui. :: LEIA MAIS »

“O poder público está botando a mão no bolso do povo de Feira de Santana”, diz vereador

Vereador José Carneiro

Vereador José Carneiro (PSDB)

O presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana, vereador José Carneiro Rocha (PSDB), em seu discurso na sessão ordinária desta terça-feira (06), repudiou as cobranças das taxas de guincho feitas pelo DETRAN e pela Superintendência Municipal de Trânsito (SMT), julgando os valores como abusivos. De acordo com Carneiro, ambos os departamentos cobram valores excessivos no reboque dos veículos para os pátios, enquanto empresas privadas de guinchos fazem o mesmo serviço por preços menores.

“O poder público está botando a mão no bolso do povo de Feira de Santana. É inadmissível que se pague tanto dinheiro pelo transporte de um veículo, de uma moto, que está sendo apreendida do centro da cidade até o pátio”. Além do preço do transporte, o edil criticou os valores cobrados pelas diárias nos pátios. “Parar em local proibido já é errado, a SMT multa, mas eles colocam o seu carro no guincho e a pessoa é multada novamente”. E completou “as pessoas que possuem carro estão sendo lesadas”.

Multas e infrações têm queda em Feira de Santana, informa superintendente

Mauricio Carvalho

Mauricio Carvalho – Foto: Reprodução

Na manhã desta quarta-feira (15), no plenário da Câmara Municipal de Feira de Santana, foi apresentada a campanha mundial Maio Amarelo. Com o tema “No trânsito, o sentido é a vida”, o movimento propõe chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito. O superintendente Municipal de Trânsito, Mauricio Carvalho, falou da importância da campanha para contribuir com a diminuição dos índices alarmantes de acidentes de trânsito em todo o país. Na oportunidade, ele mostrou que Feira de Santana vem diminuindo os índices de acidentes e mortes no trânsito, resultado do trabalho desenvolvido pelos 3 pilares de atuação da SMT: engenharia, núcleo de educação para o trânsito e fiscalização. “Estamos fazendo o nosso dever de casa mas podemos melhorar ainda mais. O prefeito Colbert Martins vem trabalhando muito para trazer mais investimentos para a mobilidade urbana. Vamos sair daqui fazendo cada um conscientes do seu papel como cidadãos e condutores por um trânsito cada vez mais seguro”, afirmou Mauricio.

De acordo com o superintendente, apesar do aumento crescente da frota de veículos na cidade, que registra mais de 300 mil veículos (incluindo os flutuantes), o trabalho que vem sendo desenvolvido pelo Governo do prefeito Colbert Martins Filho, através da SMT causa impactos positivos. O número de acidentes com vítimas de Feira de Santana vem diminuindo gradativamente conforme mostram os dados registrados pela SMT. Somente em 2016, foram registrados 742 acidentes com vítimas. Em 2017, foram registrados 606 acidentes com vítimas (Uma redução de 18,3%). Já em 2018, foram registrados 485 acidentes com vítimas (Uma redução de 33% em comparação ao ano de 2017).

Já os números de multas também vêm decrescendo, demonstrando uma maior efetividade no trabalho desenvolvido pelas equipes da Superintendência Municipal de Trânsito, através da engenharia de tráfego,  do monitoramento constante das equipes de fiscalização e operação, além do trabalho crescente da equipe de educação para o trânsito. Em 2016 foram registradas 157. 645 multas, já em 2017 foram registradas 121.411 (Uma redução de 30% em comparação à 2016). Em 2018,  115.430 multas foram registradas (Uma redução de 5.6% em comparação à 2017).

Projeto proíbe cobrança de taxas de pátio aos finais de semana e feriados em Feira de Santana

Vereador Marcos Lima

Vereador Marcos Lima (Patriota)

O vereador Marcos Lima (Patriota) apresentou na Câmara Municipal de Feira de Santana o projeto de lei 36/2019 na Câmara Municipal de Feira de Santana que dispõe sobre apreensão de veículos de duas e quatro rodas nas sextas-feiras, sábados, domingos, feriados e no último dia útil que anteceder a feriados em Feira de Santana. De acordo com o projeto, os veículos que forem apreendidos pela Superintendência Municipal de Trânsito de Feira de Santana nestes dias específicos, a diária do pátio terá início no primeiro dia útil subsequente. Na opinião do vereador, nesses dias não tem como fazer pagamento das taxas. “Então por que cobrar? Não há necessidade de cobrança nesses dias”, reafirmou o vereador.

O projeto diz ainda que, o proprietário de veículo apreendido que conseguir comprovar com documento de identificação oficial com foto será permitido retirar itens pessoais a qualquer momento. Ainda de acordo com a matéria, a SMT não poderá cobrar valores superiores aos estabelecidos pelo Estado da Bahia para a diária de pátio e guincho. A própria SMT ficaria responsável pela fiscalização da lei.

A Comissão de Constituição, Justiça e Redação da Casa deu parecer contrário a proposta. A justificativa é de que ela possui vícios que impossibilitam a sua tramitação. “A matéria diminui a receita do Município de modo que tal redução não consta na Lei Orçamentária Anual”. A CCJR ressalta ainda que esse tipo de ação compete apenas ao Poder Executivo. “A Lei Orgânica Municipal diz que compete privativamente ao prefeito municipal projetos que implicam nas receitas para o Município”.

SMT define pontos temporários de embarque e desembarque de passageiros durante Micareta

SMT define pontos temporários de embarque e desembarque de passageiros durante Micareta

Foto: Divulgação

A Superintendência Municipal de Trânsito (SMT) definiu os pontos temporários de embarques e desembarques para os passageiros do transporte público – ônibus, vans, táxi e mototáxi – durante a Micareta de Feira de Santana. A determinação do prefeito Colbert Martins Filho é garantir aos foliões um serviço de transporte público eficiente durante a festa momesca. Uma das preocupações da SMT foi, mais uma vez, instalar estes pontos, com toldos e iluminação, próximos ao Circuito Maneca Ferreira, ou numa distância segura do Circuito, para facilitar o desembarque e o embarque dos foliões. Um dos pontos de ônibus será instalado na avenida Presidente Dutra, ao lado do NRE (Núcleo Regional de Educação), antiga Direc, próximo ao Colégio Luís Eduardo Magalhães.

Segundo a SMT, outros vão funcionar no cruzamento entre a avenida Sampaio e a rua Comandante Almiro (em frente à Farmácia do Trabalhador), na avenida João Durval, entre as residências de números 1005 e 1015. Os táxis ficarão à avenida Maria Quitéria (esquina com rua General João Costa), e próximo à Aspra. Os mototáxis esperarão passageiros na Maria Quitéria (estacionamento da Faculdade Anísio Teixeira), em frente ao Encanto da Carne do Sol e na rua Frei Aureliano (próximo ao Centro de Cultura Amélio Amorim).

Já as vans ficarão estacionadas às ruas Barão de Cotegipe (Limão Drink’s), Barão de Cotegipe (Panificadora Universo) e à rua Georgina Erisman (em frente à Clínica Odontológica Sobreira).



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia