WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


.
.
PMSE---BANNER---SAO-JOAO-728x90

:: ‘segurança pública’

Bahia registra menor número de mortes violentas dos últimos 12 anos

Bahia registra menor número de mortes violentas

Foto: Divulgação/GovBA

O mês de maio de 2024 terminou com o menor número de morte violenta registrado pela Polícia Civil nos últimos 12 anos, na Bahia. Os índices criminais do período de janeiro a maio deste ano foram apresentados na manhã desta segunda-feira (10), no Centro de Operações e Inteligência (COI).

Com 347 casos, maio apresentou o menor número contabilizado para um mês nos últimos 12 anos, superando junho de 2020, quando foram computadas 348 ocorrências. No balanço dos cinco meses de 2024, a Polícia Civil registrou 1.928 casos este ano, contra 2.162 mortes em 2023, representando uma redução de 10,8%.

“A integração das Forças da Segurança, o investimento em efetivos e equipamentos, além da ampliação das ações de inteligência resultaram na redução das mortes. Fechamos 2023 com diminuição de 6% das mortes e, este ano, com muito trabalho e dedicação dos policiais e bombeiros, chegamos a 10,8% de queda dos índices”, destacou o secretário da Segurança Pública, Marcelo Werner.

Número de prisões

Com uma média de 51 prisões realizadas por dia na Bahia, o número total de capturados chegou a 7.749, nos cinco primeiros meses de 2024. Na comparação com o mesmo período do ano passado, quando foram presas 7.482, o aumento é de 3,6%. Apenas no mês de maio, operações realizadas pelas Forças Estaduais e Federais localizaram mais de 100 criminosos. :: LEIA MAIS »

Governo do Estado investe mais R$9,2 milhões em veículos para a segurança pública da Bahia

Governo do Estado investe mais R$9,2 milhões em veículos para a segurança pública da Bahia

Foto: Feijão Almeida/GOVBA

Para fortalecer as ações de segurança na capital e no interior do Estado, o governador Jerônimo Rodrigues entregou, na manhã desta segunda-feira (27), 148 veículos para a Polícia Militar e para a Superintendência de Telecomunicações (Stelecom) da Secretaria da Segurança Pública do Estado da Bahia. Com um investimento total de R$9,2 milhões, a ação aconteceu na Praça da Simpatia, em Camaçari, e integra o Programa Bahia pela Paz, que tem como missão uma sociedade mais segura, justa e inclusiva.

O reforço das ações ostensivas, de inteligência e a segurança dos policiais militares foram destaque na mensagem deixada pelo governador durante as entregas. “Escolhemos Camaçari para simbolizar essa ação importante para todo o Estado, porque a cidade teve a segurança fortalecida com 40 novas motocicletas. Estes veículos vão facilitar o deslocamento dos efetivos para atender a população da sede, da zona rural e do litoral. São heróis e heroínas que também precisam de cuidado. Entregamos aqui também, viaturas para a nossa inteligência, porque entendemos que é a nossa responsabilidade desmontar operações do crime organizado em toda a Bahia. Não podemos apenas ir atrás de um criminoso, precisamos nos antecipar a qualquer ação de violência. Estamos falando de vidas, de liberdade das pessoas, de se transitar com extrema segurança. O Estado está fazendo a sua parte”, destacou Jerônimo Rodrigues.

Para a Polícia Militar foram entregues 16 viaturas semiblindadas e 116 motocicletas para as unidades operacionais da capital e de 25 municípios do interior do Estado, além de duas caminhonetes e uma van para o Departamento de Saúde da PMBA. Para Camaçari, 40 destas motocicletas e uma Base Móvel foram destinadas ao Esquadrão de Motociclistas, que deve ganhar uma sede em junho de 2024, com um investimento de R$ 2,2 milhões.

De acordo com o comandante geral da PM, Coronel PM Paulo Coutinho, a ampliação da frota significa mais agilidade no deslocamento para atender as ocorrências. “Essa é mais uma demonstração de que o governo quer chegar em todos os locais com a presença da Polícia Militar. O policiamento com motocicletas é muito interessante pela sua economicidade e pela sua capilaridade, pois ajuda muito no tempo-resposta das ocorrências. Eu tenho certeza que será para a Camaçari e Região Metropolitana uma excelente aquisição que terá resultado ao longo do tempo”, afirmou.

Os municípios contemplados com os novos veículos foram: Salvador, Camaçari, Feira de Santana, Itapetinga, Ilhéus, Canavieiras, Vera Cruz, Barreiras, Jequié, Vitória da Conquista, Jacobina, Seabra, Riachão do Jacuípe, Capim Grosso, Santo Antônio de Jesus, Juazeiro, Itiruçú, Amargosa, Medeiros Neto, Teixeira de Freitas, Mucuri, Ibotirama, Bom Jesus da Lapa, Serrinha, Paulo Afonso, e Cipó. :: LEIA MAIS »

Governo Municipal demonstra preocupação diante do aumento nos índices de violência

Colbert Martins Filho

Colbert Martins Filho – Foto: Reprodução/Youtube

O Governo Municipal demonstra preocupação diante do recente aumento nos índices de violência na cidade de Feira de Santana. No último final de semana, foram registrados alarmantes 13 casos de homicídios, refletindo uma tendência preocupante observada nos últimos meses. Com um total de 152 mortes violentas desde o início do ano até a presente data, a urgência de ações concretas para lidar com essa questão é evidente.

O prefeito, Colbert Martins Filho, expressou consternação com a situação, enfatizando que “os números são inadmissíveis. Centenas de órfãos e famílias estão sofrendo com essa realidade devastadora. A segurança pública é uma obrigação do governo do estado, e Feira de Santana está vivendo um clima de medo que não podemos ignorar.” Ele reiterou o compromisso da administração municipal em colaborar com as autoridades competentes.

Nesse esforço conjunto pela segurança, a Prefeitura tem intensificado o apoio às Polícias Militar e Civil. A doação do prédio para a nova base da 64ª Companhia da PM, em local estratégico ao lado do Centro de Abastecimento e do shopping Cidade das Compras, demonstra o compromisso com o reforço da presença policial em áreas-chave da cidade.

Além disso, a Prefeitura investe na ampliação da iluminação pública em pontos de risco, visando coibir ações criminosas e promover maior sensação de segurança. A tecnologia também é aliada crucial: o Centro de Controle Operacional conta com 300 câmeras de videomonitoramento estrategicamente distribuídas no município, ampliando a capacidade de monitoramento e auxiliando nas ações das forças de segurança. :: LEIA MAIS »

Micareta de Feira: Reunião discute balanço da segurança pública e discute estratégias para 2025

Micareta de Feira Reunião discute balanço da segurança pública e discute estratégias para 2025

Foto: Sérgio Figueiredo

O balanço da Micareta de Feira 2024, que ocorreu entre os dias 18 e 21 de abril, foi apresentado na manhã de ontem, dia 9, na sede da Promotoria de Justiça Regional de Feira de Santana. O encontro, que foi aberto pelo promotor de Justiça Audo Rodrigues e pelo coronel PM Antônio Nascimento Lopes, comandante do Comando de Policiamento Regional Leste (CPRL), apresentou dados da segurança pública da micareta e discutiu estratégias de atuação para 2025.

“Nosso objetivo é trabalhar de forma conjunta com outras instituições para que as ações sejam aperfeiçoadas antes e durante a realização da micareta”, afirmou o promotor de Justiça Audo Rodrigues. O coronel PM Antônio Nascimento Lopes, reforçou a importância da atuação conjunta e destacou que não foi registrado nenhum Crime Violento Letal Intencional (CVLI) durante os dias de festa. Segundo a PM, também não foi registrado nenhum estupro ou lesões corporais graves.

O balanço dos dados de segurança pública contou também com a participação do promotor de Justiça Rafael Carvalho Andrade; do secretário de Cultura, Esporte e Lazer de Feira de Santana, Jairo Alfredo Carneiro Filho; Ivanildo Cirqueira, chefe da delegacia, e Lívia Marcelino, chefe do policiamento, ambos da Polícia Rodoviária Federal (PRF); Taís Borges, da Secretaria Municipal de Saúde de Feira de Santana :: LEIA MAIS »

SSP inicia implantação das câmeras corporais nas forças de segurança da Bahia

SSP inicia implantação das câmeras corporais nas forças de segurança da Bahia

Foto: Alan Dantas/SSP-BA

As câmeras corporais operacionais (CCOs) começam a ser implantadas nas fardas dos agentes das forças de segurança da Bahia, nesta terça-feira (7), pela Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSP-BA). Em coletiva de imprensa realizada esta manhã, o secretário Marcelo Werner, acompanhado dos secretários de Justiça e Direitos Humanos, Felipe Freitas, e da Promoção da Igualdade Racial, Ângela Guimarães, anunciou que, nesta fase, agentes de unidades da Polícia Militar (PMBA) serão os primeiros a utilizar a ferramenta como um equipamento de proteção individual (EPI), garantindo mais transparência e segurança, tanto para os oficiais quanto para a população baiana.

Atualmente, o estado conta com 1.300 câmeras, sendo 200 cedidas pelo Ministério da Justiça e 1.100 locadas pelo governo estadual. Na primeira etapa, serão usadas 448 câmeras em Companhias Independentes da Polícia Militar (CIPM) localizadas nos bairros de Pirajá (152 câmeras), Tancredo Neves (152) e Liberdade (144). Os locais foram estabelecidos a partir de um critério técnico, que utilizou o parâmetro de unidades com maior número de atendimentos de ocorrência, na capital.

“As câmeras vêm em um viés de transparência da ação policial, de proteção ao policial e ao cidadão, ou seja, a comunidade como um todo. É um instrumento de trabalho, de ferramenta que, inclusive, pode ser utilizado como meio probatório, evitando, também, denúncias, falsas denúncias, e esclarecendo qualquer tipo de situação que envolva aquele processo policial. Então, mais do que tudo, as câmeras corporais são proteção, segurança e transparência ao policial e à população”, frisou o titular da SSP-BA, Marcelo werner.

A implementação das câmeras será gradativa e, nas outras fases, vai contemplar, também, as Polícias Civil e Técnica, além do Corpo de Bombeiros Militar. O projeto baiano é o primeiro do país a implantar as câmeras corporais em todas as forças de segurança. :: LEIA MAIS »

Em audiência sobre PL ‘Bahia Pela Paz’, vereador cobra ações efetivas do Governo do Estado

Vereador Pedro Américo

Vereador Pedro Américo (Cidadania) – Foto: Adriele Mercês

Na manhã desta terça-feira (8), em que foi debatido em audiência pública o Projeto Lei (PL) do Programa “Bahia Pela Paz”, o vereador Pedro Américo (Cidadania), esteve presente e representou o legislativo feirense, neste projeto que tem como foco, a segurança pública em todo o estado.

Em sua análise, Pedro Américo afirma que o Governo do Estado quer ‘camuflar’ erros na condução da política de segurança pública, após décadas de poder na Bahia e no Brasil. “Falar que a responsabilidade pelo caos na segurança pública é dos municípios é tentar se excluir do problema, manter o foco único e somente na letalidade, seja entre os criminosos entre si, ou acusar a violência policial também é outra cortina de fumaça”, aponta o parlamentar feirense.

De acordo com Américo, a questão deve ter um olhar mais aprofundado, em defesa dos cidadãos baianos, que se sentem rendidos e amedrontados. “O povo está com medo de sair de casa, não saem mais á noite, nem deixam seus filhos brincarem nas ruas durante o dia. São furtos, assaltos e roubos de todas as espécies, fora e dentro de suas casas, aonde isso vai parar? Até quando o estado da Bahia vai se omitir ou tentar arranjar desculpas?”, questiona. :: LEIA MAIS »

Micareta de Feira de Santana termina sem registro de crime grave e com 700 mil pessoas de público total

Micareta de Feira de Santana termina sem registro de crime grave e com 700 mil pessoas de público total

Foto: Marcia Santana/ Ascom-SSP

Nenhum crime contra a vida foi computado nos quatro dias da Micareta de Feira de Santana, encerrada na madrugada desta segunda-feira (22). O Sistema de Reconhecimento Facial da Secretaria da Segurança Pública localizou três foragidos da Justiça e contabilizou o público total de 700 mil foliões.

Um homem com mandado expedido por homicídio e dois por não pagamento de pensão alimentícia foram alcançados pela tecnologia, quando tentaram acessar a festa. Outras três pessoas foram presas em flagrantes na folia.

Durante os quatro dias de festa também foi computada uma queda de 34% do número de roubos e furtos. As lesões corporais graves apresentaram diminuição de 100%.

Nos oito Portais de Abordagem, 373 objetos perfurocortantes foram retidos pelas equipes policiais.

Esquema

A Secretaria da Segurança Pública atuou com esquema especial na festa. Cerca de 9,5 mil policiais e bombeiros desempenharam ações preventivas, de inteligência e resgate. :: LEIA MAIS »

Polícia Civil utiliza aplicativo para investigações em tempo real na Micareta de Feira

Polícia Civil utiliza aplicativo para investigações em tempo real na Micareta de Feira

Foto: Tony Silva / Ascom-PC

A Polícia Civil da Bahia (PC-BA), de forma inédita no Brasil, está utilizando em operações especiais e grandes eventos o aplicativo CAD, e o aplicativo Agente de Campo, do Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública, Prisionais, de Rastreabilidade de Armas e Munições, de Material Genético, de Digitais e de Drogas (Sinesp), da Secretaria Nacional da Segurança Pública (Senasp).

A ferramenta, que será utilizada este ano na Micareta de Feira de Santana, vai orientar as equipes policiais em campo. Quando estiverem infiltrados ou ostensivos nos circuitos receberão, em tempo real, a geolocalização das ocorrências, com a natureza e especificação dos criminosos. A partir disso, eles vão poder diligenciar diretamente no ponto onde o fato está acontecendo.

O delegado Artur Guimarães, Coordenador de Operações de Polícia Judiciária, explica como vai funcionar o aplicativo. “O cidadão registra a ocorrência nos postos policiais e uma equipe de analistas faz a triagem da denúncia, enviado diretamente para os celulares dos policiais que estão em campo”. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia