WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


PMFS-Matricula 2019

:: ‘chuva’

Prefeitura de Feira de Santana deflagra ações emergenciais para impactos da chuva

Prefeitura de Feira de Santana deflagra ações emergenciais para impactos da chuva

Foto: Divulgação

A Prefeitura de Feira de Santana está deflagrando ações emergenciais para fazer frente aos impactos causados pelas chuvas torrenciais que vêm caindo na cidade desde o fim de semana. De acordo com o Governo Municipal, as intervenções estão sendo coordenadas pelo Comitê de Crise, que já acionou homens e máquinas para promover intervenções em diversos pontos da zona urbana e rural.

Ainda de acordo com o Governo Municipal, as ações são coordenadas pelos secretários de Prevenção à Violência e Promoção dos Direitos Humanos, Pablo Roberto; de Serviços Públicos, Justiniano França; de Desenvolvimento Urbano,  José Pinheiro; de Transportes e Trânsito, Saulo Figueiredo; o superintendente de Trânsito, Maurício Carvalho; e o coordenador da Defesa Civil, Pedro Américo Lopes. Eles se reuniram na Seprev, na tarde desta segunda-feira, 03, para definir ações emergenciais e os pontos de atuação.

Logo em seguida, o Comitê de Crise inspecionou alguns pontos da cidade onde as ações emergenciais estão sendo deflagradas. No canal de drenagem do Parque Linear, próximo ao condomínio Recanto dos Pássaros, máquina retroescavadeira já está realizando a limpeza com a remoção de lixo e mato para facilitar o escoamento da água da chuva. Nesta terça-feira (04), as equipes de técnicos e máquinas estarão nas ruas para acelerar as ações emergenciais.

Defesa Civil inspeciona estragos das chuvas em Ilhéus

Defesa Civil inspeciona estragos das chuvas em Ilhéus

Defesa Civil em Ilhéus

Após solicitação feita pelo prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, o superintendente da Defesa Civil do Estado, Paulo Sérgio Luz, enviou nesta segunda-feira (28), ao município, uma equipe técnica para inspecionar os locais mais danificados pelas fortes chuvas que caíram sobre a cidade, nos últimos dias, e elaborar parecer técnico. Na tarde desta segunda-feira, a engenheira Caroline Martins, acompanhada pelo coordenador da Defesa Civil no Município, Joandre Neres, visitou os danos registrados no Alto do Nerival e na Avenida Palmares, no Alto do Basílio. No Alto do Nerival, na zona norte da cidade, houve deslizamento de terra e um rompimento na adutora da Embasa (Empresa Baiana de Águas e Saneamento), que ocasionaram a queda de parte da contenção de encostas no local. O episódio atingiu um imóvel, que motivou a retirada de uma famíliada residência e o isolamento completo de toda a área afetada.

De acordo com o coordenador da Defesa Civil de Ilhéus, no período de 22 a 27 de maio, o município somou 146,7mm de chuvas. Foram constatados diversos deslizamentos de terra em oito dos 48 pontos de riscos mapeados na cidade. Neste último final de semana, houve ocorrências na Avenida Dois de Julho, no Alto do Carvalho e na Rua Uruguaiana, no Bairro do Malhado. Neres afirma que, nesse cenário, oito famílias tiveram que ser resgatadas e abrigadas em casas de amigos e parentes.

A equipe realizará novas visitas e inspeções nesta terça-feira, 29, nos demais locais onde foram registradas as ocorrências. A engenheira Caroline Martins, da Defesa Civil do Estado, vai elaborar um parecer técnico sobre os prejuízos causados na cidade. Segundo o coordenador municipal, JoandreNeres, há possibilidade técnica do prefeito Mário Alexandre decretar Estado de Emergência em decorrência dos estragos causados pelas chuvas.

Defesa Civil de Ilhéus faz alerta após volume de chuvas fazer estragos na cidade

Defesa Civil de Ilhéus faz alerta após volume de chuvas fazer estragos na cidade

Ilhéus

Com as fortes precipitações ocorridas nas primeiras horas desta quarta-feira (12), choveu o equivalente à média esperada para uma semana no município, de acordo com os dados do monitoramento do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden). Em Ilhéus, foi registrado nas últimas 24 horas, o índice pluviômetro de 55 milímetros e o clima de medo sobreveio nos moradores que residem em áreas de risco. Em condições normais, o volume correspondente do mês é de 240 milímetros. Segundo a Defesa Civil, as chuvas causaram transtornos em vários bairros. No Alto da Tapera, localidade sob constantes alertas, houve desabamento do muro de uma casa. O órgão civil segue em alerta durante os próximos dias. No bairro Teotônio Vilela, zona oeste, houve alagamentos em diversas ruas do bairro. Alagamentos também na zona sul. Os bairros Nossa Senhora da Vitória e Loteamento Faelba, estão entre os mais atingidos. Já na zona norte, quatro famílias tiveram suas casas alagadas. Ainda na zona norte, foi registrada pelo órgão, queda de árvores na altura da avenida Ubaitaba e na rodovia Ilhéus-Itabuna, próximo ao bairro Banco da Vitória. Houve registro também de deslizamento de terra que atingiu um imóvel na altura da Rua do Cano, na Avenida Esperança. O trânsito ficou congestionado nas principais artérias por cerca de uma hora e meia.

Estado de alerta – Segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), poderão ocorrer pancadas de chuva localizadas, que podem ser fortes e vir acompanhadas de trovoadas a qualquer hora do dia. O coordenador da Defesa Civil no município, Joandre Neres disse que “o estado de alerta leva em consideração a previsão, o que preocupa moradores e autoridades. A preocupação maior agora é com os imóveis que se encontram nas áreas de risco”, salienta.

O coordenador solicita aos moradores que atualmente ocupam áreas de risco e que foram contemplados no programa Minha Casa, Minha Vida no município, que procurem deixar os imóveis notificados e se mudem para as novas moradias. A Defesa Civil no município disponibiliza um plantão para atender a população em situações de risco. A população que necessitar de ajuda deve acionar a Defesa Civil pelo fone (73) 988362753.

Defesa Civil poderá acompanhar em Jequié danos causados pela chuva

Defesa Civil poderá acompanhar em Jequié danos causados pela chuvaEm razão das fortes chuvas que caíram no município de Jequié, durante a madrugada e manhã desta quarta-feira, 29, o prefeito Sérgio da Gameleira solicitou da Defesa Civil do Estado, audiência com o governador Rui Costa para relatar os danos causados pelas chuvas em Jequié, e sensibilizar o governador a destinar mais recursos para obras de infraestrutura do município.

Com o secretário da Casa Civil do Governo da Bahia, Bruno Dauster, Sérgio da Gameleira buscou orientações diante da situação e da possibilidade em decretar situação de emergência em Jequié, caso seja necessário, além de solicitar a vinda para Jequié, de uma equipe da Infraestrutura do Estado para auxiliar as secretarias municipais na ajuda às famílias atingidas.

“Estamos buscando recursos junto ao governo federal para que a nossa população não fique, de forma alguma, desassistida. Os próximos dias, segundo a meteorologia, serão de chuva e isso muito me preocupa. Mas temos a responsabilidade em encarar a situação sempre buscando a rápida e necessária solução.” disse o prefeito de Jequié, Sérgio da Gameleira.

Vereadora diz que Salvador não está preparada para chuva

Vânia GalvãoA líder do PT na Câmara Municipal de Salvador e presidente da Comissão de Reparação da Casa, vereadora Vânia Galvão, critica o que considera “falta de preparo” da capital baiana para a chuva. Ela aponta ruas alagadas, ineficiência de serviços de macrodrenagem e das obras entregues pela atual gestão municipal.

Conforme observa a vereadora, um dos principais terminais rodoviários de Salvador, a Estação da Lapa, entregue em março, está cheia de infiltrações. “A prefeitura prefere usar os recursos públicos para fazer calçadão no Rio Vermelho, inclusive contra a vontade de muitos moradores, local que também não resiste à chuva. Até parte da cobertura do Mercado do Peixe desabou em pouquíssimo tempo de inaugurado”, pontua Vânia Galvão.

A vereadora demonstra preocupação também com as regiões periféricas e bairros populares. “Já entregamos à Conder (Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia) uma relação com vários pedidos dos cidadãos para a execução de serviços de manutenção”, afirma.

Vânia Galvão ressalta que a grande preocupação dos moradores das regiões mais íngremes é com obras de contenção de encostas. “Se não fosse o governador Rui Costa e os recursos liberados pelo governo Federal petista, Salvador enfrentaria situações ainda piores”, avalia.

 

CÂMARA DE VEREADORES_somos parceiro_banner de site Política in Rosa - 500x500 gif ZÉ NETO - BOAS FESTAS - BANNER SITE - POLÍTICA IN ROSA - 500X500PX - FINAL Deputado José Nunes Boas Festas 2018 RON DO POVO Luiz da Feira Boas Festas Gerusa Boas Festas 2018 Vereador Bililiu Natal e Ano Novo Gilmar Amorim Boas Festas


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia