WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia







Evento pretende reunir 15 mil jovens contra as drogas em Feira

dizer nãoConsiderado um dos maiores problemas sociais da atualidade, o tráfico e o consumo indiscriminado de drogas além de causarem danos irreparáveis à saúde do usuário, têm desestruturado famílias e destruído a vida de milhares de pessoas, sobretudo dos jovens das diversas classes sociais, embora as maiores vítimas desse fenômeno destruidor tenha sido a juventude negra, de baixo poder aquisitivo e residente nas periferias das cidades.

Para combater esta cultura de morte que assola a sociedade e tem encurtado os dias de vida da juventude brasileira, cerca de 15 mil jovens de Feira de Santana estarão reunidos na Praça Olímpio Vital, em frente ao Terminal Central, no próximo domingo (24), a partir das 14 horas, para realizarem o “Saiba Dizer Não”, evento que objetiva além de levar uma mensagem de paz, vai desenvolver ações que valorizam e incentivam o protagonismo juvenil na prevenção e combate às drogas e a todo e qualquer tipo de violência.

Fonte: ASCOM vereador Eli Ribeiro

Alunos de escola estadual assistem aulas com guarda-chuvas abertos

A precária infraestrutura da escola estadual Luiz Viana Filho no bairro Cidade Nova, em Feira de Santana, está causando um fato muito curioso. A escola, uma das mais antigas da rede estadual da cidade com cerca de 40 anos, tem problemas diversos de infraestrutura nas paredes e principalmente no telhado. Com as fortes chuvas que atingiram a cidade de Feira de Santana nos últimos dias, os alunos, para assistirem as aulas, estão tendo que abrir seus guarda-chuvas dentro das salas.

A professora de Língua Inglesa, Celeste Freitas, estava na sala 18, onde os alunos realizavam trabalhos em grupos. Eles estavam com dificuldades para se livrarem do gotejamento que vinha do telhado. “Teve uma chuva forte e eu pedi aos meus alunos para abrirem os guardas chuvas e fazerem as provas. Para gente isso foi muito triste. Teve aluno que perdeu livros com a chuva, as provas molharam, as salas ficaram totalmente alagadas e tive que me juntar com outra professora na mesma sala, ela aplicava a prova de um lado e eu do outro”, relatou.

Outro problema enfrentado por professores e alunos é a falta de água, que de acordo com Celeste Freitas, já dura uma semana.

Fonte: Tribuna da Bahia

Confusão entre vereadoras marcou manhã de hoje na Câmara de Feira

As vereadoras Cíntia Machado (PSL) e Eremita Mota (PDT)

As vereadoras Cíntia Machado (PSL) e Eremita Mota (PDT)

E a manhã foi de troca de farpas entre as vereadoras Eremita Mota (PDT) e a vereadora Cíntia Machado (PSL). Na sessão desta terça-feira (19) a vereadora Eremita reclamou das constantes ausências da colega, que é também Corregedora da Câmara Municipal de Feira de Santana. Eremita foi dura com Cíntia, afirmando inclusive que os atestados médicos que ela dava poderiam ser forjados. Cíntia se defendeu na manhã de hoje, ameaçando inclusive de processo a colegas pelas acusações feitas a ela. Eremita ressaltou que não se intimidaria e prometeu que continuaria as cobranças.

Após o termino do grande expediente, o presidente Ronny (PSDB) chamou todos os vereadores para uma reunião a portas fechadas. Subtende-se que o mote foi à confusão. Ronny sempre procura entendimento entre os colegas.

Vereador reclama de ruas recém-pavimentadas com calçamento “sonrisal”

Carro cai em cratera e moradores reclamam das condições de estrada. O carro caiu no domingo (17) e só foi retirado do local por volta das 11h da manhã desta segunda-feira (18), no bairro Asa Branca, em Feira de Santana.

Carro cai em cratera e moradores reclamam das condições de estrada. O carro caiu no domingo (17) e só foi retirado do local por volta das 11 horas da manhã desta segunda-feira (18), no bairro Asa Branca, em Feira de Santana.

Uma reclamação justa foi feita por parte do vereador Edvaldo Lima (PP) na manhã desta terça-feira (19) na Câmara de Feira de Santana. O vereador afirmou que os calçamentos novos, feitos pelo Prefeitura Municipal, estão todos se abrindo. Prova disso foi uma matéria da Rua Canápolis que correu a nível nacional, onde um pai pediu ajuda médica para sua filha que nasceu em casa e duas ambulâncias do SAMU atolaram na rua recém-pavimentada. Segundo Edvaldo, isso é comum em outros bairros como Tomba e Campo Limpo. Mas o vereador foi duramente criticado por isso.

Saindo em sua defesa, a vereadora Eremita Mota (PDT) falou que recebeu durante todo o final de semana várias ligações de eleitores com a mesma reclamação e que por isso não poderiam haver críticas ao colega. “Com isso não estamos dizendo que a culpa é do prefeito José Ronaldo. A empresa que está realizando essas obras pode ter feito falcatruas”, afirmou a vereadora. Eremita ressaltou que esse é o preço que se paga por contratar empresa por menor preço, obras de má qualidade.

A emenda saiu pior do que o soneto…

Foto: Reprodução / WhatsApp

Foto: Reprodução / WhatsApp

Lembram da denúncia que falei antes do vereador Edvaldo Lima (PP) sobre as pavimentações que vem sendo feitas pelo governo municipal nas ruas de Feira de Santana, que ele chamou de calçamentos “sonrisal”? O autor da indicação ao prefeito José Ronaldo, o vereador Eli Ribeiro (PRB), lembrou que a rua onde as ambulâncias do SAMU atolaram, a Rua Canápolis, é uma lagoa e por isso precisava de um tempo para que a pavimentação secasse. Mas a dúvida que fica é a seguinte: como se pavimenta uma lagoa? Perguntar não ofende. É, a emenda saiu muito pior do que o soneto…

Crime eleitoral pode estar acontecendo no bairro de Irmã Dulce

Crimes-EleitoraisSegundo o vereador Carlito do Peixe (DEM) existem políticos e cabos eleitorais que estão fazendo cadastramento de pessoas no bairro de Irmã Dulce para a “doação” de cestas básicas e bojões de gás. Para Carlito essa ação não é à toa. É em troca, é óbvio, de algo. No caso o voto. O vereador ressaltou ainda que está juntando provas do crime eleitoral e que, terminado isso, denunciará as pessoas ao Ministério Público. “Essas pessoas atrapalham aquelas que trabalham de forma correta”, afirmou. Carlito ainda se preocupou com o fato de não haver fiscalização dos órgãos competentes para essa ação.

Comunidade pode ser culpada por epidemia de dengue

dengueA comunidade feirense tem que ficar de olho. Pode ser que ela seja culpada por uma possível epidemia de dengue. Ao menos foi o que disse o vereador Correia Zezito (PTB) quando usou a tribuna da Câmara na semana passada. Segundo o vereador, os agentes de endemias estão fazendo a sua parte, visitando as casas, mas que eles não podem interferir na limpeza das mesmas. “Os agentes não podem fazer faxinas nas casas das pessoas para a prevenção. Tem que evitar água parada” afirmou o vereador. Então tá dito.

Presidente Ronny pode ser expulso do PSDB

Presidente Ronny: PSDB pode expulsá-lo. (Foto: Ney Silva)

Presidente Ronny: PSDB pode expulsá-lo. (Foto: Ney Silva)

Caiu como uma bomba no meio político a possibilidade de expulsão do presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana, o vereador Ronny, do PSDB. Muitos não acreditam que o partido faça isso, mas o vereador e amigo do presidente Alberto Nery (PT) deixou o partido de portas abertas para o colega. E ainda avisou que se ele quiser presidir qualquer partido da base também pode. “Isso pode ser perseguição do cacique pela postura sólida e de independência política que o senhor tem tido na defesa do Regimento Interno dessa Casa. Um comportamento exemplar”, explicou Nery.

Ronny, que é também presidente da sigla na cidade, não negou que essa seja uma possibilidade real, ressaltou que está tranquilo e que jamais será submisso a ninguém que não seja aqueles que lhe confiaram o seu mandato: Deus e os seus eleitores. Ronny espera ainda receber guarida e algum partido caso a sua expulsão se confirme. Se isso realmente acontecer, pode ser um tiro no pé “dos caciques” do PSDB.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia