WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


:: ‘Coronavírus’

“Não permitiremos qualquer festa no São João”, afirma governador

Governador Rui Costa – Foto: Fernando Vivas/Gov-BA

O governador Rui Costa afirmou, na manhã desta segunda-feira (17), que as festas não serão permitidas no período do São João. Ele fez essa declaração durante a entrega de uma encosta no bairro de Boa Vista do Lobato, em Salvador. “Não permitiremos qualquer festa no São João, em nenhuma região, em nenhuma cidade. Não será permitida nenhuma comemoração no São João. Nós temos que ter responsabilidade. Chamo a atenção de todas as pessoas: esse é o momento que a gente tem que demonstrar a nossa fé em Deus, o exercício da nossa fé e da nossa religião”, disse Rui Costa.

Ele ainda disse que não consegue entender uma pessoa que se diz cristã, se diz católica, evangélica ou espírita, nesse momento não prestar o mínimo de solidariedade com a vida humana. “Fazer festa, fazer aglomeração nesse momento é desrespeitar completamente a vida humana e àquelas famílias que estão com parentes internados ou perdendo parentes. Não podemos achar que, porque conseguimos reduzir um pouco as taxas de ocupação em UTIs, podemos nos acomodar”, relatou.

Deputado quer prioridade na contratação de músicos locais para realização de lives no período do São João

Deputado estadual Jurandy Oliveira (PP) – Foto: Divulgação / ALBA

Sensibilizado com o momento de redução de trabalho da classe artística, o deputado estadual Jurandy Oliveira (PP) saiu em defesa dos músicos locais e sugeriu ao governador Rui Costa e ao superintendente da Bahiatursa, Diogo Medrado, a prioridade na contratação desses artistas para a realização de lives no período do São João 2021. Segundo o parlamentar, com o isolamento social causado pela pandemia da Covid-19, muitos festivais previstos para esta época foram cancelados e desfeitos, o que deve impactar no sustento desses profissionais.

“O público deve evitar qualquer tipo de aglomeração ou proximidade com outras pessoas a fim de reduzir a velocidade de contágio do coronavírus. Nesse contexto, a classe artística musical, sofreu uma grande queda no seu orçamento, atingindo principalmente os cantores e as bandas locais, os artistas de pequeno porte. Não podemos deixá-los desamparados”, ressaltou.

O mês de junho é, tradicionalmente, marcado pelos festejos a Santo Antônio, São João e São Pedro. Apesar da origem cristã, no Brasil, os eventos se transformaram em uma celebração multicultural que movimenta, anualmente, a indústria da música. No entanto, em decorrência da pandemia do coronavírus, neste ano de 2021 não teremos os festejos juninos presenciais, e os artistas estão apostando no digital para trabalhar esse ativo e levar o São João para perto do público. :: LEIA MAIS »

Governo prorroga até 25 de maio toque de recolher em toda a Bahia

Foto: Fernando Vivas/GOVBA

O Governo do Estado decidiu prorrogar a restrição da locomoção noturna de pessoas das 21h às 5h, em toda a Bahia e em conformidade com as condições estabelecidas nos respectivos decretos municipais, até o dia 25 de maio. A medida, que tem como objetivo conter a disseminação do novo coronavírus, foi publicada em decreto neste domingo (16), na versão on-line do Diário Oficial do Estado (DOE).

Em 227 municípios (ver lista abaixo), o toque de recolher vale das 20h às 5h. Já nos municípios integrantes de região de saúde em que a taxa de ocupação de leitos de UTI vier a se manter igual ou inferior a 75%, por cinco dias consecutivos, a restrição na locomoção será válida das 22h às 5h. Por ter alcançado esta meta, o toque de recolher em Salvador continua em vigor das 22h às 5h.

A venda de bebida alcoólica em quaisquer estabelecimentos fica proibida, inclusive por sistema de entrega em domicílio (delivery), das 18h de 21 maio até as 5h de 24 de maio.

Para a comercialização de bebida alcoólica aos fins de semana, continua a valer a determinação de que as regiões de saúde precisam alcançar a taxa de 75% ou menos de ocupação de leitos de UTI, por cinco dias consecutivos. Por isso, em Salvador, segue permitida a venda de bebidas alcoólicas durante o fim de semana. :: LEIA MAIS »

Lacen conclui 225 sequenciamentos genéticos de Covid-19 e confirma dispersão de variantes mais agressivas

Foto: Sesab

O Laboratório Central de Saúde Pública Professor Gonçalo Muniz (Lacen-BA), usando o que existe de mais moderno em pesquisa e sequenciamento genético, sequenciou 225 genomas completos do Sars-CoV-2 em pacientes residentes de 88 municípios baianos. O trabalho, que vem sendo realizado há oito meses, já detectou 21 linhagens em circulação na Bahia, entre elas oito cepas e três variantes de atenção apontadas pelo Ministério da Saúde: a P.1 (Manaus), P.2 (Rio de Janeiro) e B.1.1.7 (Reino Unido). O boletim divulgado nesta sexta-feira (14), que analisa casos de abril deste ano, confirma a predominância das variantes mais agressivas em toda a Bahia, sobretudo, a P.1.

Na avaliação do secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, isso é um alerta para a população. “As amostras foram baseadas na representatividade de todas as regiões geográficas do estado e identificar a dispersão de variantes mais contagiosas mostra que existe um risco aumentado para a internação e rápido agravamento do quadro clínico”, ressalta Vilas-Boas.

Todas as amostras avaliadas eram de pacientes com sintomas clínicos característicos, como dificuldade de respirar, cansaço, Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) ou pneumonia, bem como eram casos suspeitos de reinfecção e óbitos. Com investimento superior a R$ 20 milhões nos últimos anos pelo Governo do Estado, o Lacen-BA tornou-se referência nacional para fazer o sequenciamento genético de amostras da Bahia e de outros cinco estados (Sergipe, Alagoas, Piauí, Pernambuco e Rio Grande do Norte). :: LEIA MAIS »

Secretário informa que não há registros de reação adversa pós vacina em grávidas em Feira de Santana

Foto: Thiago Paixão

A decisão de suspender a vacinação contra a Covid-19 com doses da AstraZeneca/Oxford em grávidas em Feira de Santana obedece à nota técnica da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), sendo uma medida preventiva. Até o momento não há registro de reação adversa pós vacina em mulheres grávidas no município, informa o secretário de Saúde, Marcelo Britto.

“As pessoas vacinadas não precisam ficar preocupadas. Tivemos um único caso no Brasil inteiro de evento adverso em decorrência da vacina e a Anvisa está estudando o caso. Em breve o órgão vai publicar novas orientações”, esclarece o secretário de Saúde.

Quem apresentar qualquer reação adversa deve retornar à unidade de saúde que aplicou a dose. Em casos mais graves, a orientação é procurar uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) para ser atendido.

“Se houver casos do tipo, a nossa obrigação é enviar o relatório para a Anvisa. Essa é uma estratégia de monitoramento natural em situações como essa”, afirma Marcelo Britto. :: LEIA MAIS »

Reabertura de praças e quadras poliesportivas é cobrada por vereadores

Vereadores Correia Zezito e Lulinha – montagem site Política In Rosa

A reabertura das praças e quadras esportivas existentes nos bairros de Feira de Santana foi solicitada pelos vereadores Correia Zezito (Patriota) e Lulinha (DEM) na sessão desta quarta (12) da Câmara Municipal. A quebra de alguns protocolos de prevenção e combate ao coronavírus foi pontuada por Lulinha. Segundo ele, se já foram revistos, pelo governo municipal, esses protocolos para a reabertura de bares e restaurantes, o mesmo deve ser feito quanto à prática do esporte na cidade.

“Concordo com Correia sobre a questão da reabertura das praças poliesportivas do município, principalmente aquelas que podem ser controladas com todo cuidado, seguindo os protocolos. Essa é uma cobrança constante dos desportistas. Está na hora de começar a reabrir, porque esporte é saúde, vida e lazer. Já foram quebrados muitos protocolos para a reabertura de bares e restaurantes, mas não houve ainda a reabertura das praças poliesportivas”, disse.

Lulinha pontuou que a comunidade está cobrando tal feito, especialmente no que se refere às praças e quadras públicas. “Precisam reabrir para que a população possa praticar esportes e cuidar da sua saúde. Peço ao prefeito Colbert Martins Filho e ao secretário de saúde, Marcelo Britto, que possam estudar uma maneira para reabrir, aos poucos, as praças esportivas, quadras e campos de futebol de Feira de Santana”. :: LEIA MAIS »

Vereador propõe instauração de mais uma CPI na Câmara de Feira de Santana

Vereador Jhonatas Monteiro (PSOL)

A instauração de mais uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) na Câmara Municipal de Feira de Santana foi proposta pelo vereador Jhonatas Monteiro (PSOL) durante a sessão ordinária desta quarta-feira (12). A comissão, desta vez, investigaria a situação do transporte coletivo na cidade. De acordo com o vereador, a situação caótica do transporte público é vivida forçosamente pela população há alguns anos.

“Nós iniciamos este trabalho no Legislativo tratando sobre o transporte coletivo em Feira. Os primeiros requerimentos tiveram como tema o cenário caótico vivido recentemente, que não é apenas por conta da pandemia do coronavírus, pois o sistema de transtorno, como é chamado, é vivido pela população há muitos anos. O melhor remédio é uma nova CPI nesta Casa, para que trate da situação mafiosa do transporte público feirense”, disse.

De acordo com Jhonatas, o cenário do transporte público é pior na pandemia, por conta da superlotação existente nos ônibus. “Esse problema não foi resolvido, apesar de todos os apelos, proposições e requerimentos. O governo municipal continua deixando a situação correr solta, e permitindo que o sistema de transporte coletivo seja um vetor de contaminação da Covid-19 no município, sem levar nada do que foi discutido em consideração”. :: LEIA MAIS »

Hospital Dom Pedro de Alcântara inaugura oito leitos de UTI Covid nesta quinta-feira (13)

Foto: Izinaldo Barreto

O Hospital Dom Pedro de Alcântara (HDPA) inaugura na próxima quinta-feira, 13, oito leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), exclusivos para o tratamento de pacientes com Covid-19.

Construídos em tempo recorde através de um contrato de cooperação técnica com a Prefeitura de Feira, os leitos possuem todos os equipamentos necessários para o tratamento da doença, além de monitores de última geração.

“A construção desses leitos é resultado de muito esforço para que possamos dar a assistência adequada às pessoas que precisam de atendimento. O objetivo da gestão pública municipal é reduzir a mortalidade e aumentar a recuperação de pacientes”, explicou o secretário de Saúde, Marcelo Britto, além de ressaltar o compromisso e parceria do Hospital Dom Pedro com o Governo Municipal na luta contra a Covid-19.

A nova unidade foi nomeada em homenagem ao médico Dr. Benício Cunha Cavalcante, morto em julho de 2019, devido a complicações da Covid-19. Ele trabalhou por 40 anos no Dom Pedro.

“Foram muitos anos de dedicação e luta. Ele tem uma história na instituição e essa é uma forma de homenagear quem viveu boa parte da sua vida aqui dentro”, explica Sandra Peggy, diretora administrativa da unidade hospitalar. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia