WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


:: ‘Coronavírus’

Lauro de Freitas adere à segunda fase do PlanificaSUS

Prefeita de Lauro de Freitas, Moema Gramacho

Prefeita de Lauro de Freitas, Moema Gramacho – Foto: Maína Diniz

A prefeita de Lauro de Freitas e presidente do Consórcio Público Interfederativo de Saúde da Região Metro Recôncavo Norte, Moema Gramacho, participou nesta segunda-feira (04) da mesa de abertura do Workshop sobre a segunda fase do PlanificaSUS e assinou o termo de compromisso que confirma a adesão do município às ações da iniciativa. A metodologia utiliza a Planificação da Atenção à Saúde para integrar o serviço em todas as unidades com a realização de oficinas, tutoriais e capacitações, seja na Atenção Primária ou Especializada.

Moema Gramacho reafirmou a importância da retomada do PlanificaSUS, enfatizando o momento como mais crítico que estamos vivendo com a pandemia do coronavírus. “Desde o início da pandemia temos criado estratégias em Lauro de Freitas, como a destinação de cinco das 16 Unidades de Saúde da Família (USF) para atender casos de síndromes gripais e um Pronto Atendimento exclusivo para Covid-19. Atualmente Lauro de Freitas tem 87% de cobertura da Atenção Básica”, afirmou.

Durante a primeira fase do PlanificaSUS, realizada em Lauro de Freitas em meados de 2019, mais de 400 profissionais da rede de Atenção Básica e Especializada de Saúde participaram de oficinas, orientações, trabalhos em grupos, estudos dirigidos e dramatizações do Workshop para a implementação do programa. “Essas oficinas treinaram os servidores de saúde para organizar melhor o processo de trabalho, voltado para a linha de cuidado ao paciente e, assim, poder ofertar um serviço do SUS com mais qualidade”, completou. :: LEIA MAIS »

Primeiro caso da variante Delta é registrado em Guanambi

Primeiro caso da variante Delta é registrado em Guanambi

Foto: Divulgação/PMG

A Secretaria de Saúde de Guanambi comunicou, nesta segunda-feira (04), que foi identificado no município o primeiro caso da variante SARS-COV-2 da linhagem B.1.617.2 (Variante DELTA), através do sequenciamento genético por amostragem em caso confirmado de Covid-19, realizado pelo Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen-BA).

Segundo a Secretaria, o caso identificado com a variante trata-se de uma mulher de 34 anos, sem comorbidades, diagnosticada com Covid-19 no dia 13 de setembro, com sintomas leves (Coriza, dor de cabeça, dor no corpo, tosse, distúrbios olfativos e distúrbios gustativos), não sendo necessário internação.

Ainda segundo a Secretaria, a mulher cumpriu o isolamento domiciliar no período de 10 dias e hoje encontra-se recuperada. Apresentou histórico de viagem para Salvador onde há circulação da variante Delta. A paciente havia tomado a 1ª dose da vacina Pfizer no dia 13 de agosto de 2021. A partir da investigação epidemiológica, identificou-se cinco (05) contatos que realizaram também isolamento, destes apenas um (01) testou positivo para Covid-19, apresentando sintomas leves e recuperado. :: LEIA MAIS »

Prefeitura de Alagoinhas amplia para 750 pessoas o limite de público em eventos

Prefeitura de Alagoinhas

Foto: Divulgação / PMA

A Prefeitura de Alagoinhas publicou novo decreto, com validade até o dia 13 de outubro, em que prorroga as medidas preventivas de combate à pandemia previstas no decreto 5.644/202, porém altera regras relativas ao distanciamento social e amplia o limite de público em eventos.

Pelas novas determinações, o distanciamento mínimo entre as pessoas, incluindo clientes e funcionários, e nas filas do lado de fora dos estabelecimentos, caso necessário, passa de 1,5 m para 1 metro.

O novo decreto também liberou a realização eventos e atividades como cerimônias de casamento, eventos urbanos e rurais em locais privados, circos, parques, teatros, formaturas, passeatas e afins, e eventos privados com venda de ingressos, com presença de público de até 750 pessoas.

Todas as atividades mencionadas só poderão ocorrer desde que sejam cumpridas por artistas, público, equipe técnica e colaboradores, os seguintes requisitos: :: LEIA MAIS »

Hospital de Campanha de Feira de Santana será desativado

Hospital de Campanha de Feira de Santana começa a funcionar

Foto: Washington Nery

O Hospital de Campanha de Feira de Santana vai encerrar as atividades no próximo dia 30, em decorrência da grande redução de internamentos por Covid-19. Nesta sexta-feira, 24, por exemplo, a unidade está com apenas um paciente na UTI e outro na enfermaria. O investimento da Prefeitura Municipal para manter o hospital é de cerca de R$ 3 milhões mensais.

“Até agora, em setembro, a UTI teve uma ocupação máxima de 60% e uma média de 30%. Na enfermaria, a média de ocupação foi de 30%”, explicou o diretor médico do hospital, Francisco Mota.

O Hospital de Campanha de Feira de Santana começou a funcionar no dia 4 de junho de 2020, com 10 leitos de UTI e 50 de enfermaria, mas houve uma variação nesses números em razão de altos e baixos no volume de casos e internações. Logo em julho de 2020 foi ampliado, com a UTI passando para 18 leitos. A unidade chegou em setembro de 2021 com 10 leitos na UTI e 10 na enfermaria. :: LEIA MAIS »

Governador afirma que está preocupado com aumento de casos ativos de coronavírus na Bahia

Governador Rui Costa – Foto: Reprodução / Redes Sociais

O governador da Bahia, Rui Costa, usou suas redes sociais nesta sexta-feira (24), para afirmar que está preocupado com o aumento de casos ativos de coronavírus no Estado.

“Estou preocupado porque, em uma semana, constatamos o aumento de 700 casos ativos de coronavírus na Bahia. Isso não é um bom sinal”, disse.

Rui ainda falou que não quer desanimar ninguém. “O vírus ainda não foi embora. Precisamos acelerar a vacinação e continuar com a prevenção, usando máscaras”, pediu.

Mais dez amostras da variante Delta são detectadas na Bahia

Mais dez amostras da variante Delta são detectadas na Bahia

Foto: Divulgação / Sesab

O Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen-BA) detectou, por meio de sequenciamento genético, mais dez amostras da variante Delta da Covid-19, no estado. Estes novos casos foram identificados em pacientes diagnosticados com Covid-19 residentes nos municípios de Senhor do Bonfim (2), Sapeaçu, Conceição do Almeida, Salvador (2), Vereda, Medeiros Neto (2) e Vitória da Conquista. Um dos casos evoluiu para óbito. A idade dos pacientes varia de 1 a 45 anos. São três homens e sete mulheres.

Com estes novos registros, a Bahia tem ao todo 14 casos da variante, com dois óbitos. Os quatro primeiros foram identificados em residentes dos municípios de Feira de Santana, Vereda e Prado, além de um tripulante de um navio ancorado em Salvador. Apesar da detecção desses novos casos da Delta, a variante Gamma (antiga P.1, originária em Manaus) ainda é responsável por quase 80% das infecções no estado.

A escolha das amostras para o sequenciamento foi baseada na representatividade de todas as regiões geográficas do estado da Bahia, casos suspeitos de reinfecção, amostras de indivíduos que evoluíram para óbito, contatos de indivíduos portadores de variantes de atenção (VOC) e indivíduos que viajaram para área de circulação das novas variantes com sintomas clínicos característicos. :: LEIA MAIS »

Comissão Intergestores Bipartite da Bahia recomenda retomada imediata da vacinação de adolescentes contra a Covid-19

Comissão Intergestores Bipartite da Bahia recomenda retomada imediata da vacinação de adolescentes contra a Covid-19

Foto: Divulgação / Sesab

Os 417 municípios da Bahia devem retomar imediatamente a vacinação de adolescentes de 12 a 17 anos contra a Covid-19, independentemente de terem ou não comorbidades ou deficiência permanente. A decisão da Comissão Intergestores Bipartite da Bahia (CIB), que é uma instância deliberativa do SUS e reúne representantes de todos os municípios baianos e o Estado, foi tomada na manhã desta sexta-feira (17).

A medida é sustentada por evidências científicas e manifestações de diversas entidades nacionais e internacionais, incluindo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). “O Ministério da Saúde implementou unilateralmente decisões sem respaldo técnico e científico. Diferente da posição ministerial, a Bahia reuniu especialistas, a exemplo da presidente da Sociedade Baiana de Infectologia, Miralba Freire, bem como do diretor da Sociedade Brasileira de Infectologia, Antônio Bandeira. Ambos refutam a iniciativa do Ministério da Saúde de suspender a vacinação de adolescentes sem comorbidade ou deficiência permanente”, ressalta a secretária da Saúde da Bahia em exercício, Tereza Paim.

Outras entidades, como o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems), também se posicionaram contrárias a decisão do Ministério da Saúde. :: LEIA MAIS »

Servidores da Prefeitura de Feira de Santana devem se vacinar contra a Covid-19

Servidores da Prefeitura de Feira de Santana devem se vacinar contra a Covid-19

Foto: Thiago Paixão

Os servidores da Prefeitura de Feira de Santana terão que submeter-se à vacinação contra a Covid-19. A obrigatoriedade da imunização consta na publicação do Diário Oficial Eletrônico, edição desta quarta-feira, 15.

A medida aplica-se para quem exerce também funções públicas, como as do Conselho Tutelar, estagiários, os contratados temporariamente e os prestadores de serviços.

Caso recuse em receber a vacina será considerado “violação aos deveres do funcionalismo municipal, caracterizando-se infração disciplinar, passível da aplicação das sanções previstas na Lei Municipal Complementar Nº 01/94”.

Conforme o decreto, entre as penalidades previstas, a suspensão com perda de vencimentos. O servidor público também não pode escolher o imunizante que receberá. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia