WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


:: ‘Covid-19’

Servidores da Prefeitura de Feira de Santana devem se vacinar contra a Covid-19

Servidores da Prefeitura de Feira de Santana devem se vacinar contra a Covid-19

Foto: Thiago Paixão

Os servidores da Prefeitura de Feira de Santana terão que submeter-se à vacinação contra a Covid-19. A obrigatoriedade da imunização consta na publicação do Diário Oficial Eletrônico, edição desta quarta-feira, 15.

A medida aplica-se para quem exerce também funções públicas, como as do Conselho Tutelar, estagiários, os contratados temporariamente e os prestadores de serviços.

Caso recuse em receber a vacina será considerado “violação aos deveres do funcionalismo municipal, caracterizando-se infração disciplinar, passível da aplicação das sanções previstas na Lei Municipal Complementar Nº 01/94”.

Conforme o decreto, entre as penalidades previstas, a suspensão com perda de vencimentos. O servidor público também não pode escolher o imunizante que receberá. :: LEIA MAIS »

Fisioterapia é o serviço mais procurado no Centro de Tratamento Pós-Covid

Fisioterapia é o serviço mais procurado no Centro de Tratamento Pós-Covid

Foto: Thiago Paixão

Mais de 80 pessoas que venceram o coronavírus e tiveram sequelas da doença foram atendidas no Centro de Tratamento Pós-Covid, em Feira de Santana. Desse total, 60 buscaram o serviço de fisioterapia. O equipamento completou o primeiro mês de funcionamento nesta sexta-feira, 10.

Em parceria com a Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), a Prefeitura de Feira, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, oferece assistência para a reabilitação de pacientes sequelados pela doença. O atendimento fica por conta de uma equipe multidisciplinar de apoio composta por mais de 60 profissionais e estudantes da UEFS, que têm a oportunidade de vivenciar na prática a profissão que estuda.

“A procura foi muito grande e temos uma equipe alinhada e focada em oferecer o melhor para essas pessoas que precisam de apoio nesse momento complicado. Foram 39 atendimentos só com pneumologista. Então consideramos que o serviço está sendo bem procurado e esperamos ajudar ainda mais a população neste momento”, explica a coordenadora do Centro de Tratamento Pós-Covid, Marluce Oliveira. :: LEIA MAIS »

Decreto libera eventos para até mil pessoas com exigência de certificado de vacinação

Um novo decreto publicado na versão online do Diário Oficial do Estado deste sábado (11) autoriza em toda a Bahia, até o dia 21 de setembro de 2021, a realização de atividades com a presença de público de até mil pessoas. Estão permitidas cerimônias de casamento, eventos urbanos e rurais em logradouros públicos ou privados, circos, parques de exposições, solenidades de formatura, feiras, passeatas e afins, além do funcionamento de zoológicos, parque de diversões, museus e teatros. Os museus, parques de exposições e afins poderão funcionar garantindo o distanciamento mínimo de um metro entre as pessoas, sendo proibida a realização de excursões.

Pelo decreto nº 20.704, que entra em vigor neste sábado (11) e altera o decreto de nº 20.658, está permitida também a realização de eventos com venda de ingressos, limitando a presença de público de até mil pessoas. Para a realização destes eventos, todos os envolvidos, entre artistas, público, equipe técnica e colaboradores, deve comprovar ter tomado as duas doses de vacina ou dose única, apresentando o documento de vacinação fornecido no momento da imunização ou o certificado obtido através do aplicativo ‘CONECT SUS’ do Ministério da Saúde. Além disso, devem ser respeitados todos os protocolos sanitários estabelecidos pelos municípios, especialmente o distanciamento e uso de máscaras. :: LEIA MAIS »

Deputado entrega Arco Cirúrgico e anuncia mais de R$ 1 milhão de emenda para o Hospital Dom Pedro

Deputado entrega Arco Cirúrgico e anuncia mais de R$ 1 milhão de emenda para o Hospital Dom Pedro

Foto: Divulgação/Ascom

O deputado federal Zé Neto (PT) entregou, na manhã desta quinta-feira (9), um aparelho Arco Cirúrgico (Arco C) para o Hospital Dom Pedro de Alcântara, em Feira de Santana, e anunciou mais R$ 1,25 milhão de emenda parlamentar para construção do novo Centro Cirúrgico e de um moderno aparelho de ecocardiograma 3D para o hospital. A aquisição do equipamento é fruto de uma parceria firmada com o deputado estadual Robinson Almeida (PT).

“Essa nova emenda de R$ 1,25 milhão para o Hospital Dom Pedro ajudará não só na construção do novo Centro Cirúrgico, que contará com 6 salas de cirurgias gerais, mas também dará um suporte maior na realização de cirurgias gerais, principalmente de transplante de rins, contribuindo como requisito para cirurgias de coração na cidade. Além disso, vai possibilitar a compra de equipamento para exames de ecocardiograma 3D, aperfeiçoando ainda mais os atendimentos”, explica Zé Neto. :: LEIA MAIS »

José de Arimateia indica implantação de Centro de Atendimento Pós-Covid em Salvador

Deputado estadual José de Arimateia

Foto: Divulgação/ALBA

Preocupado com os impactos causados pela pandemia do coronavírus na saúde e bem-estar físicos da população soteropolitana, quanto com as consequências econômicas disso para o estado da Bahia, o deputado estadual José de Arimateia (Republicanos) acaba de indicar ao prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM), a implantação de um Centro de Atendimento Pós-Covid na capital baiana.

Ao justificar a Indicação, o parlamentar se mostrou preocupado com a projeção do cenário pós-pandêmico, que já começa a se refletir desde agora. Ele citou as diversas variantes do vírus, que pode causar uma variedade de condições, que vão desde o resfriado comum até doenças mais graves, como a síndrome respiratória do Oriente Médio (MERS-CoV) e a síndrome respiratória aguda grave (SARS-CoV).

“O que nos chama a atenção é o número de pessoas afastadas das suas atividades laborais e vida social. Por conta das sequelas, não temos a real dimensão”, salientou Arimateia, ao enumerar as sequelas que podem ser adquiridas após a infecção por covid, como problemas cardiológicos, fragmentação de memória, surdez, problemas circulatórios e ainda psiquiátricos. A intenção do republicano é que, para minimizar essas consequências, o centro a ser implantado em Salvador conte com uma equipe multiprofissional para acolhimento, atendimento e reabilitação destes pacientes. :: LEIA MAIS »

Pela primeira vez desde o início da pandemia, 20 estados registram taxa de ocupação de leitos inferior a 50%

Pela primeira vez desde o início da pandemia, 20 estados registram taxa de ocupação de leitos inferior a 50%

Foto: Divulgação / MS

Pela primeira vez, desde o início da pandemia do coronavírus, 20 estados brasileiros registraram taxa de ocupação em leitos Covid-19 (clínicos e de UTI) inferior a 50%, índice considerado normal. Na prática, isso significa que a rede hospitalar desses estados está menos sobrecarregada e registrando menos casos graves ou gravíssimos de Covid-19, ou seja, situações que demandam internação e intervenção médico-hospitalar.

Os estados que registraram taxa de ocupação de leitos abaixo de 50% são: Acre, Pará, Amazonas, Rondônia, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins, Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Bahia, Minas Gerais, Espírito Santo, São Paulo e Santa Catarina.

Com menos internações e menos leitos ocupados, os hospitais desses estados passam a ter mais condições e estrutura para receber pacientes com outros problemas de saúde, além de permitir a retomada segura de cirurgias e procedimentos eletivos, por exemplo.

Atualmente, os estados de Goiás, Paraná e Rio Grande do Sul estão na zona de alerta, com 51% a 69% nas taxas de ocupação, Rio de Janeiro na faixa de emergência, com 70% a 80%, e apenas Roraima na zona grave, com ocupação entre 80% a 94%. :: LEIA MAIS »

Camaçari: Prefeitura desmobiliza leitos do Centro Intermediário de Enfrentamento ao Coronavírus

Camaçari Prefeitura desmobiliza leitos do Centro Intermediário de Enfrentamento ao Coronavírus

Foto: Divulgação / Ascom

Com a redução dos casos da Covid-19 em toda a Bahia, a Prefeitura de Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador, realiza a desmobilização do Centro Intermediário de Enfrentamento ao Coronavírus (CIEC) nesta segunda-feira (30).

Inaugurada em março deste ano, a unidade administrada pelo Instituto Baiano para o Desenvolvimento da Saúde (IBDS), conta com 21 leitos e cerca de 110 colaboradores realizando o trabalho ininterruptamente ao longo da semana, representando um importante equipamento assistencial aos pacientes da cidade durante o pico da pandemia.

Desde sua inauguração, quase 4 mil pessoas receberam atendimento no local, que oferece todo suporte necessário para estabilização dos casos da doença, inclusive os graves. Além dos espaços para internamento, o CIEC possui também atendimento por demanda aberta aos pacientes sintomáticos com realização de testes rápidos 24h, após avaliação médica. :: LEIA MAIS »

Feira de Santana: Primeiro caso da variante delta é diagnosticado em pessoa não vacinada

Feira de Santana Primeiro caso da variante delta é diagnosticado em pessoa não vacinada

Foto: ACM

O primeiro caso da variante Delta, diagnosticado em Feira de Santana, trata-se de um homem, 51 anos, que ainda não recebeu nenhuma dose da vacina contra a Covid-19. Os primeiros sintomas surgiram em 20 de julho, o que significa que ele está recuperado. A Prefeitura de Feira investiga a possibilidade de transmissão comunitária.

Os sintomas são semelhantes aos da Covid-19, e o diagnóstico foi feito por amostragem – quando o Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen) analisa determinadas amostras por processo de genotipagem, o que tem ocorrido com vários municípios.

“O paciente mora sozinho, não precisou ser internado por ter sintomas leves e até o momento não houve caso ativo em pessoas próximas a ele. Ele não tem histórico de viagem, nem contato com alguém que viajou. Ainda assim, a Vigilância Epidemiológica iniciou as investigações para determinar se há transmissão comunitária no município”, informa a infectologista Melissa Falcão, coordenadora do Comitê Gestor Municipal de Controle ao Coronavírus, durante coletiva de imprensa realizada na manhã desta sexta-feira, 27.

A infectologista destacou ainda que não há motivo para a população entrar em pânico, mas ressaltou que o momento é de redobrar a atenção para os cuidados preventivos, com o uso da máscara, higienização das mãos e distanciamento social. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia