WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


PMFS-Mobilidade - CoronaVírus X Transporte EMBASA - SITE POLÍTICA IN ROSA

:: ‘vereador João Bililiu’

Vereador governista cobra do secretário e diretor fiscalização mais séria no Centro de Abastecimento

Vereador João Bililiu

Vereador João Bililiu (PSD)

O vereador João Bililiu (PSD), em seu pronunciamento na Câmara Municipal de Feira de Santana, na manhã desta segunda-feira (11), ressaltou sua preocupação com a falta de uso de máscaras por parte de alguns feirenses neste período de pandemia do novo coronavírus. “Estive no Centro de Abastecimento hoje e vi muitas pessoas sem usar máscara. Já ficou comprovado que este coronavírus é real e é letal. Portanto, se cuidem. Vamos levar a sério esta pandemia”, disse o vereador.

João Bililiu ainda disse que “espera que o secretário Municipal do Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico, Antonio Carlos Borges Júnior, ao lado do diretor do Centro de Abastecimento faça uma fiscalização mais séria, trabalhe com mais amor e tentem prezar a vida humana. Cabe a eles orientar o povo e, talvez, até distribuir umas máscaras lá, senão, alí vai virar uma verdadeira pandemia local”.

Bililiu ainda ressaltou que espera que o prefeito Colbert Filho chame o secretário Borges Júnior e o diretor do Centro de Abastecimento o mais rápido possível antes que comece morrer gente por lá.  Se for preciso, pode dar um puxão de orelha com força’’.

Vereador diz que superintendente Municipal de Trânsito está fazendo uma administração a ‘Deus dará’

Vereador João Bililiu

Vereador João Bililiu (Cidadania)

O vereador João Bililiu (Cidadania), em seu pronunciamento na sessão ordinária desta terça-feira (19), na Câmara Municipal de Feira de Santana, criticou uma ação da Superintendência Municipal de Trânsito (SMT) e chamou a atenção do superintendente Maurício Carvalho. “Sempre vou bater nesta tribuna em quem está errado. Ontem ‘bati’ nas blitze arbitrárias do Estado e hoje vou ‘bater’ na SMT. Esse superintendente está fazendo uma administração a Deus dará. Hoje, vindo para a Câmara de Feira de Santana, passei 20 minutos parado na Rua Barão de Cotegipe porque uma viatura da SMT interditou toda a via para colocar um carro em cima de um guincho. Causou transtorno e paralisou o trânsito”, relatou.

O edil ainda chamou atenção do superintendente e pediu que ele observasse seus subordinados. “Mais uma vez eu lhe peço Maurício para que ele olhe seus subordinados e não permita que causem transtornos na cidade. Líder do Governo, vereador Marcos Lima, me ajude com isso. Sou a favor do direito e vou levar isso ao conhecimento do prefeito. Eu penso que os agentes de trânsito agem de forma arbitrária, não dão chance de explicações aos motoristas e interditam vias como se fosse uma ação policial, o que não é correto. Fica aqui meu repúdio à SMT e ao superintendente”, finalizou.

João Bililiu destina verba de subvenção para Igreja Batista Missionária Internacional

Vereador João Bililiu

Vereador João Bililiu

Mesmo não sendo evangélico, o vereador João Bililiu destinou uma verba de subvenção para a Igreja Batista Missionária Internacional de Feira de Santana. “Escolhi destinar essa verba para a Igreja pelo motivo do grande trabalho que ela vem desempenhando na nossa cidade, na Bahia e no Brasil. Venho acompanhando o trabalho deles e me identifiquei muito”, explicou.

João Bililiu reclama do descaso com a obra do Parque Lagoa Grande

Vereador João Bililiu

Vereador João Bililiu (PPS)

O vereador João Bililiu utilizou a tribuna na sessão ordinária desta segunda-feira (05) para reclamar do descaso do Governo Estadual com a obra do Parque Lagoa Grande. O edil informou que escutou uma entrevista do deputado Zé Neto (PT) anunciando a obra de uma adutora para cidade. “Mas fiquei triste de não falar nada sobre a obra da Lagoa Grande.  O Caseb, Rocinha, Parque Getúlio Vargas e adjacências estão sofrendo com a fedentina e o esgoto a céu aberto. Parece que esqueceram que lá mora gente, seres humanos”, reclamou.

“Ainda vem dizer que será o candidato do governo. A comunidade deu uma votação massiva para ele, mas parece que esqueceu. Clamo a comunidade inteira que olhe bem e vote em quem tem responsabilidade com Feira de Santana”, alertou.

“Colbert, abra o olho para diretores e secretários”, alerta João Bililiu

Vereador João Bililiu

Vereador João Bililiu (PPS)

O vereador João Bililiu (Cidadania) em seu pronunciamento na sessão ordinária da última quarta-feira (12), na Câmara Municipal de Feira de Santana, chamou a atenção do prefeito Colbert Martins Filho para o comportamento de secretários e diretores municipais.

Bililiu criticou o comportamento de alguns secretários e diretores municipais. “Colbert, abra o olho para diretores e secretários. Se estão cansados que se aposentem, vão para casa brincar com os netos, mas não podem deixar de trabalhar por nosso Município. Tome cuidado prefeito, pois como é que um secretário faz vista grossa quando encontra com um vereador em secretarias?”, alertou. :: LEIA MAIS »

Vereador pede que diretor do Zilda Arns trabalhe com coração, coragem e sem sacrificar os funcionários

Vereador João Bililiu

Vereador João Bililiu (PPS)

O vereador João Bililiu (PPS) em discurso, na sessão ordinária desta terça-feira (13), na Câmara Municipal de Feira de Santana, tratou sobre o déficit de funcionários na Comunidade de Atendimento Socioeducativo – Case Zilda Arns. “Está acontecendo um descaso muito grande naquele local. O Governo Estadual e administração do Zilda não têm consideração com os funcionários. Cuidar de adolescente infrator não é fácil e o déficit de pessoal está grande. Os reclames chegaram até mim e não posso deixar passar em branco. Peço ao colega, vereador Alberto Nery que ajude a intermediar esse problema”, pediu Bililiu.

O edil disse ainda que “o número de funcionários chega a 50% a menos do garantido por lei, o que coloca em risco a vida do que estão cumprindo suas funções. Eu preciso dizer que o diretor não está agindo como deve; está forçando muito os funcionários, que inclusive saem de férias e só recebem o pagamento 30 dias depois. Peço ao diretor que trabalhe com coração e coragem, sem sacrificar os funcionários”, relatou.

Partido Cidadania conta com dois vereadores na Câmara de Feira

João Bililiu e Fabiano da Van

João Bililiu e Fabiano da Van – montagem Política In Rosa

Em Congresso Extraordinário no último sábado (23), em Brasília, o Partido Popular Socialista (PPS) aprovou a mudança de nome para Cidadania. Após a votação, o presidente nacional do partido, Roberto Freire, destacou que o partido continuará sendo defensor da liberdade e dos povos. Freire afirmou que a transição foi feita em clima de “festa”, diferentemente do que ocorreu a 27 anos na transição do PCB (Partido Comunista Brasileiro) para PPS.

Feira de Santana

Na Câmara Municipal de Feira de Santana o partido tem dois representantes: João Bililiu e Fabiano da Van. A sigla deve ser mudada a partir da sessão desta segunda-feira. Agora resta saber se os mesmos irão continuar no partido ou vai desembarcar em outro ninho.

Cobrança de estacionamento no Centro de Abastecimento é alvo de críticas

Vereador João Bililiu

Vereador João Bililiu (PPS)

O vereador João Bililiu (PPS) voltou a criticar a cobrança de estacionamento no Centro de Abastecimento. O vereador solicitou a formação de uma comissão de vereadores para buscar informações sobre a arrecadação de valores e pediu ao secretário de Desenvolvimento Urbano, Antônio Carlos Borges Júnior, que adote providencia em relação à cobrança. “Venho a esta tribuna, mais uma vez, falar de um ato que está acontecendo no Centro de Abastecimento. Ato este que acho que o gestor municipal ou gestor do local não estão se importando, mas muitos amigos meus estão reclamando. Quem precisa ir à ceasa não tem lugar para estacionar, a não ser pago. Está existindo uma cobrança arbitrária pelo estacionamento daquele local, que varia de R$ 5 a R$ 20. Tenho certeza que o prefeito está a par disso, o que está deixando o povo chateado”, pontuou Bililiu.

“Para os caminhões que abastecem os comércios entrarem, é preciso pagar um boleto e aos clientes é cobrado o pagamento em espécie. Gostaria que o prefeito dissesse quem é o responsável por esta cobrança e para onde estão indo os recursos arrecadados”, pediu.

O edil pediu aos colegas que formem uma comissão para que possam ir ao Centro de Abastecimento apurar o destino da arrecadação do estacionamento. “Alguém, que não são os comerciantes e clientes, está sendo beneficiado. O povo não pode sofrer mais do que está sofrendo, já basta a carga tributária alta no nosso país. O feijão está caro, mas se o comerciante precisa pagar estacionamento, vai aumentar mais um pouco o preço do produto’, finalizou.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia