WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


PMFS-Expofeira2019

:: ‘SMTT’

Prefeitura reforça oferta de transporte público na UEFS

Prefeitura reforça oferta de transporte público na UEFS

Foto: Andrews Pedra Branca

Reforço em horários de pico na linha 087-UEFS via Maria Quitéria com o acréscimo de mais um ônibus, além de mais seis linhas distritais circulando no campus universitário e acompanhamento da operação com fiscais de transporte. Essas foram as soluções acordadas entre a Prefeitura Municipal de Feira de Santana, através da Secretaria de Transportes e Trânsito (SMTT), e a Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS) para otimizar o atendimento junto à comunidade universitária.

O encontro, ocorrido na tarde de terça-feira, 13, na sede da própria SMTT, serviu para o secretário Saulo Figueiredo e o diretor municipal de Transporte, Rodolfo Ferreira, ouvirem a pauta de reivindicações apresentada pela vice-reitora em exercício da UEFS, a professora Amali Mussi que esteve acompanhada da pró-reitora de Políticas Afirmativas e Assuntos Estudantis, Sandra Nívia, e de Jamile Lima, representante do movimento estudantil. Dados importantes sobre o novo perfil do estudante/passageiro da instituição estadual de ensino superior foram revelados pela vice-reitora e ajudarão a SMTT em um planejamento com maior precisão no  momento de ofertar ônibus na chegada e na saída de estudantes das aulas, principalmente em horários de pico quando concentra-se o volume de passageiros. “Nós temos hoje doze mil alunos, entre graduandos e pós-graduandos, e 93% destes são de Feira de Santana”, afirmou a vice-reitora. Segundo ela, o número de alunos que residem na própria cidade impacta na demanda de estudantes no campus e requer uma maior oferta para facilitar o deslocamento de estudantes dos bairros até a instituição.

Com o ajuste na operação de transporte proposta pela secretaria, a Universidade passa a contar com 18 ônibus que atenderão o usuário ao longo do dia com as linhas 003 – UEFS Direta e a linha 088 – UEFS via Sobradinho, ambas com acesso ao Terminal Central, e ainda a linha 087 – UEFS via Maria Quitéria que alimenta o Terminal Norte e se desloca também para o Terminal Central. :: LEIA MAIS »

SMTT prorroga prazo de vistoria para veículo privado que faz o transporte escolar

SMTT prorroga prazo de vistoria para veículo privado que faz o transporte escolar

Foto: Divulgação

O prazo final para primeira vistoria do transporte escolar privado, determinada pela SMTT (Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito) foi prorrogado até o dia 22. A execução é em caráter obrigatório para todos os autorizados e credenciados à prestação deste serviço. No primeiro prazo, dos 94 permissionários cadastrados na SMTT, pouco mais de 30 apareceram para submeterem seus veículos à vistoria. Quem não apareceu está prestando serviço irregularmente e, sem a devida observação dos técnicos, podem colocar em risco a segurança dos passageiros. Quem foi à SMTT e o veículo estava com pendências deverá retornar à unidade para apresentar aos técnicos os devidos consertos. Os autorizatários deverão manter sempre atualizados os documentos obrigatórios por lei e comparecer na Divisão de Concessões e Permissões, no período informado, de segunda-feira a sexta-feira, das 9h às 11h30 e das 14h às 16h30.

Deverão apresentar fotocópias e originais, do. CRV (Certificado de Registro de Veículo), CRLV Atualizado (Certificado de Registro e Licenciamento de Veiculo/DPVAT), Certificado de Inspeção do GNV (quando for o caso), Certificado de Inspeção do Tacógrafo. Mais Certidão Negativa de ISS, Antecedentes Criminais (proprietário e condutor), CNH categoria  ”D” do proprietário e/ou condutor), Certificado do Curso de Capacitação para Transporte Escolar (Proprietário e/ou Condutor), Documento oficial com foto do autorizatário, caso não seja o condutor. Deverão apresentar título eleitoral, comprovante de residência atual e comprovante de pagamento do DAM de vistoria – que deverá ser retirado na Divisão de Concessões e Permissões. O não comparecimento à vistoria no prazo previsto implicará na cassação da autorização e estarão, portanto, sujeitos a fiscalização, enquadrados na prática de transporte irregular de passageiros.

SMTT ganha nove novas viaturas para reforçar a fiscalização do trânsito

SMTT ganha nove novas viaturas para reforçar a fiscalização do trânsito-foto Política In Rosa-Anderson Dias

Foto: Política In Rosa / Anderson Dias

Na manhã desta quarta-feira (05), no Paço Municipal Maria Quitéria, nove viaturas foram entregues a Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) para ampliar a capacidade de fiscalização em Feira de Santana. “Os carros são todos zero quilômetro e foram locados, através de um processo licitatório. Vamos servir a todos os modais regulares da cidade, bem como combater a concorrência desleal do transporte clandestino”, disse o secretário Saulo Figueiredo. De acordo com o prefeito de Feira de Santana, Colbert Filho, os equipamentos vão oferecer mais segurança a todos que utilizam o transporte público.

SMTT diz economizar mais de R$ 200 mil por ano com pregão de locação de veículos

SMTT Alagoinhas

SMTT Alagoinhas

A Prefeitura de Alagoinhas, por intermédio da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT), realizou pregão para locação de veículos e diz ter alcançado uma economia de 61,3% no novo contrato, o que representa uma contenção de R$ 209.491,80 por ano. Segundo o superintendente Luiz Fernando, tal economia significa maior capacidade de investimentos em serviço para a cidade. “A SMTT não pode trabalhar apenas para manter o custeio da entidade, é preciso enxugar as despesas para que cada vez mais possamos aumentar a capacidade de investimentos e serviços para a sociedade”.

Reflexo desta economia são os investimentos em sinalização horizontal e vertical na cidade, implementação de ciclofaixas, realização de ações educativas para o trânsito e campanhas, como, por exemplo, Maio Amarelo. Prova deste compromisso é o investimento de R$ 229.709,84 com sinalização em Alagoinhas, correspondendo a 90% de cobertura, o que significa mais segurança no trânsito.

SMTT iniciou vistoria anual da frota de táxis de Feira de Santana

De ontem, 19, até o dia 23 do mês de novembro, os motoristas de táxis de Feira de Santana deverão comparecer ao pátio da Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) para realizarem a vistoria anual obrigatória de toda a frota de táxis autorizados e credenciados para a prestação do serviço no município.

Atendendo a portaria n. 018/2017, publicada no Diário Oficial Eletrônico do Município (Ano III – Edição 571), no último dia 5 de setembro, em conformidade com o decreto n.3.756/74, serão inspecionados condições de chaparia, pintura, estofado, instalações elétricas, frenagem e outros itens de segurança de 30 veículos táxis por dia.

O atendimento será feito por técnicos da SMTT das 9h às 11h30 e das 14h às 16h30, de segunda à sexta-feira. Os veículos que não comparecem nos prazos estabelecidos pela Prefeitura Municipal de Feira de Santana, através de tabela escalonada pela secretaria, poderão ter a concessão cassada.

“Escalonamos 45 datas, de setembro a novembro deste ano, para proporcionar um melhor atendimento aos autorizatários [motoristas de táxis] e, de forma programada, fiscalizar toda a documentação e itens de segurança fundamentais à garantia da qualidade dos 1350 táxis que transportam, todos os dias, passageiros em Feira de Santana”, explica Saulo Figueiredo, secretário municipal de Transportes e Trânsito.

Os motoristas de táxis devem ficar atentos para o prazo de aquisição do selo de vistoria que é de até 30 dias, sob pena de terem a inspeção obrigatória realizada anulada.

Após reunião, SMTT proíbe aumento de tarifa para transporte alternativo da zona rural

No fim da manhã desta terça-feira (12) o superintendente de Transporte e Trânsito de Alagoinhas, Luiz Fernando Souza se reuniu com representantes do transporte alternativo que fazem a linha Pindobal, Panelas, Fazenda Vitória, Espinho – zona rural de Alagoinhas, durante a conversa foi questionado o aumento da tarifa de ônibus sem o aval da autarquia e aviso prévio à população. Por se tratar de atitude arbitrária ficou determinada a revogação do aumento do preço da passagem até que o Órgão competente estabeleça, devendo ser marcada nova reunião em um momento oportuno para discutir sobre o possível aumento da passagem de transporte alternativo na Zona Rural, levando em consideração ajustes no serviço oferecido aos passageiros.

Vereador Bililiu pede que pleitos das comunidades sejam atendidos pela SMTT

Vereador João BililiuSe dirigindo a Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito, o vereador João Bililiu (PPS) solicitou quebra-molas para bairros da cidade a mais de 90 dias e até hoje a população não foi atendida. Ele pediu que o secretário Saulo Figueiredo resolvesse o problema já que está sendo cobrado. “Peço encarecidamente que os quebra-molas do Ponto Verde, Campo Limpo e Paulo Souto seja colocado por que estou sendo cobrado diariamente. Reivindiquei a Secretaria responsável, mas até hoje não fui atendido”, lamentou.

SMTT cria pontos especiais para embarque e desembarque próximos ao Circuito

Três pontos especiais de embarque e desembarque de passageiros do sistema de transporte público serão criados durante a Micareta. Todos localizados próximos ao Circuito Maneca Ferreira. O esquema de trabalho especial será iniciado nesta quinta-feira, 18.

As rotas foram alteradas para que todos os ônibus passem pelos pontos temporários, que terão estrutura para atender a demanda, como iluminação e toldos.

Funcionarão na avenida Sampaio – esquina com a rua Comandante Almiro, na rua Aristides Novis – em frente à agência da Caixa, e o terceiro na rua Cristóvão Barreto – este para os veículos que fazem as linhas para a zona sul.

Os pontos para mototaxi serão nas ruas Barão do Rio Branco (Curso Unificado) e na Georgina Erisman (lateral do G. Barbosa/Rodoviária). Já as vans ficarão nas ruas Barão de Cotegipe (Limão Drinks), Barão de Cotegipe (Panificadora Universo) e na Georgina Erisman (em frente a Clínica Odontológica Sobreira).

O esquema de transporte foi elaborado para que não falte transporte para os foliões que se dirigirão ao Circuito Maneca Ferreira, em todos os dias da festa.

Prorrogado prazo para vistoria do Transporte Escolar

A Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito prorrogou para o dia 17 deste mês o prazo para a vistoria obrigatória do transporte escolar no município. Os veículos autorizados e credenciados para a prestação de serviços, que ainda não foram vistoriados este ano, devem ser levados até a sede da SMTT das 9h às 11h30 e das 14h às 16h30.

Os veículos que não comparecerem à vistoria nos prazos previstos terão a sua autorização cassada, e estarão portanto sujeitos a fiscalização, enquadrados na prática de transporte irregular de passageiros. Os veículos com pendências terão o prazo de retorno determinado pelo vistoriador da SMTT para saná-las.

Polícia Militar apoia combate ao transporte clandestino em Feira

SMTTA Polícia Militar vai colaborar com a Prefeitura de Feira de Santana na fiscalização e combate ao transporte clandestino de passageiros. O apoio está sendo anunciado pelo secretário de  Transportes e Trânsito  do Município, Pedro Boaventura. Na manhã desta segunda-feira, 23, teve início a operação.  “É uma ação preventiva importante, diante de um cenário em que o Município necessita bastante do apoio da PM”, diz o titular da SMTT.

O trabalho está centrado, no momento, em três locais mais problemáticos, onde é maior o assédio dos responsáveis pelo transporte clandestino de passageiros na cidade. Um deles é o terminal de ônibus da conhecida praça do Nordestino, localizada no curso da avenida Senhor dos Passos.

Outro local estratégico é um ponto de ônibus que fica em frente ao prédio da Receita Federal, na avenida Getúlio Vargas. Além desses dois, a fiscalização vai atingir nos próximos dias um local de espera do ônibus na avenida Senhor dos Passos, nas imediações do supermercado Todo Dia. São pontos mais vulneráveis, onde a ação dos que operam o transporte clandestino se faz mais frequente, explica o secretário.

Para o secretário, as operações se tornam mais efetivas e seguras, a partir do envolvimento da Polícia Militar, com a sua experiência nas mais diversas intervenções visando o cumprimento do ordenamento legal. Boaventura diz que o Município agradece pelo apoio que está sendo prestado através do comando regional da corporação. “Será uma ajuda substancial nesta luta que todos travamos pela segurança do usuário de transporte público e pela legalidade do serviço”.

SMTT orienta fiscais para que não persigam suspeitos de fazer transporte clandestino

SMTT apreende vans intermunicipaisA orientação da SMTT (Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito) aos fiscais que atuam no setor de trânsito é que não façam perseguição de veículos suspeitos de estar fazendo transporte ilegal de passageiros. Perseguir veículos nas ruas, diz o titular da pasta, Pedro Boaventura, expõe ao perigo de um acidente fiscais, quem está no veículo perseguido e os transeuntes.

Entretanto, diz o secretário, as pessoas devem diferenciar perseguição de fuga, que para ele são situação distintas. “É uma situação que deve-se usar a inteligência. Quando uma das nossas equipes chega ao local onde um veículo supostamente faz o transporte ilegal e o seu motorista sai em velocidade, isto é fuga, não perseguição”, explica.

Em Feira de Santana a fiscalização de combate e prevenção ao transporte ilegal de passageiros é feita diariamente por várias equipes da SMTT, da qual faz parte um agente de trânsito.

E as multas são pesadas para quem for flagrado nesta atividade e o veículo fica apreendido por vários dias – e, como punição, a cada apreensão aumenta o valor a ser pago bem como o período apreendido.

Prejudicados por cobrança indevida de moto-táxi devem formalizar queixa na SMTT

motoAs pessoas que se sentirem prejudicadas por cobranças abusivas por parte dos moto-taxistas devem formalizar queixa junto a SMTT (Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito). A orientação é do titular da pasta, Pedro Boaventura, que pede para que estes passageiros se dirijam à sede do órgão, no Caseb, e formalizem suas queixas.

As tarifas, definidas pela Prefeitura de Feira de Santana, é de R$ 4,50 para as corridas feitas dentro do Anel de Contorno e de R$ 5,50 para as que passarem deste limite geográfico. “Apenas com as informações que as pessoas nos passarão é que vamos poder identificá-lo e chamar à responsabilidade”, afirmou o secretário. “O que se sabe é que estas queixas são feitas nos meios de comunicação e não aqui”.

Mas para que as providências sejam devidamente tomadas, a infração deve ser cometida por um dos 500 destes profissionais que desempenham suas funções legalmente em Feira de Santana.

As motocicletas dos legalizados são padronizadas. A pessoa também deverá informar o número de série do motoboy e a placa do veículo, que facilitará a identificação do permissionário.

SMTT não recebeu decisão do TJ sobre gratuidade em ônibus, diz secretário

 ônibus urbanos de Feira de SantanaAté o final desta terça-feira, 20, a SMTT (Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito) não tinha recebido a decisão liminar do Tribunal de Justiça a Bahia que concede transporte gratuito nos ônibus urbanos para portadores de transtornos mentais, cujos nomes constem na ação movida pela Defensoria Pública.

“A SMTT não terá nenhuma dificuldade para atender ao decisão judicial”, afirmou o secretário Pedro Boaventura. Mas orienta às pessoas que se julgue no direito do benefício que antes de se dirigirem à Secretaria, para solicitá-lo, e observe se o nome dela consta na lista da Ação Civil Pública protocolada pela Defensoria Pública junto ao Tribunal de Justiça.

Em Feira de Santana, alguns segmentos da sociedade local tem garantido, por lei municipal, o direito à gratuidade por motivo de saúde: os deficientes auditivos, físicos e visuais e portadores de doenças renais crônicas.

O município, de acordo com a decisão do desembargador Baltazar Miranda Saraiva, da 5ª Vara Cível, terá prazo de cinco dias úteis para a concessão de passe livre à estas pessoas, para realização de tratamento de saúde, especialmente para deslocamento a órgãos de saúde e farmácias.

SMTT apreende vans intermunicipais por transporte ilegal de passageiros

SMTT apreende vans intermunicipaisA fiscalização da SMTT (Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito) apreendeu vans autorizadas a fazer o transporte intermunicipal, mas que estavam fazendo este tipo de serviço em território de Feira de Santana, que é proibido.

A maior parte dos veículos é de São Gonçalo dos Campos. Os fiscais da SMTT constaram ser reais as denúncias que foram feitas, sobre o transporte ilegal de passageiros e agiram conforme a Lei.

“Este tipo de transporte prejudica quem está autorizado a fazê-lo”, disse o secretário Pedro Boaventura. Em um dos veículos apreendidos, passageiro entrou nas imediações dos Correios da avenida Presidente Dutra e desceu no Panorama, que configurou a ilegalidade.

A apreensão gera um processo e o dono do veículo terá amplo direito de defesa. Para ser liberado, o dono do veículo deve pagar multa de R$ 2 mil. Em caso de reincidência, o valor a ser pago será de R$ 2,5 mil e o carro permanece no pátio da SMTT por 30 dias – o valor da diária é de R$ 15.

Caso a apreensão aconteça pela terceira vez, a multa será de R$ 3,5 mil e o período de apreensão passa para 60 dias, com o consequente pagamento das diárias.

Câmara Municipal de Feira de Santana - Lado a Lado


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia