WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


PMFS-Fala Feira 156

:: ‘Centro Industrial do Subaé’

Colbert Filho vai se reunir com a direção da FIEB

Prefeito de Feira pede que deputados rejeitem o projeto de extinção do CIS

Foto: Reprodução

Atendendo aos apelos das classes produtoras de Feira de Santana, preocupadas com as consequências decorrentes da extinção do Centro Industrial do Subaé (CIS), conforme consta da reforma administrativa anunciada pelo governador Rui Costa, o prefeito Colbert Martins Filho se reunirá com a Direção da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (FIEB), na próxima segunda-feira (10), em Salvador. A interlocução do prefeito de Feira de Santana junto à FIEB e o governador Rui Costa, foi externada em carta aberta à comunidade,  subscrita por uma comissão formada por lideranças de instituições representativas do comércio e da indústria locais, cujo conteúdo foi reiterado na manhã desta quinta-feira (06), durante reunião ocorrida num restaurante da cidade.

O prefeito Colbert Filho, que defende a manutenção do Centro Industrial do Subaé enquanto autarquia, ponderou que o órgão “é de grande importância para a política de desenvolvimento industrial de Feira de Santana, e vamos buscar o apoio dos setores produtivos do Estado, para que o CIS não seja extinto”, disse.

Prefeito de Feira pede que deputados rejeitem o projeto de extinção do CIS

Prefeito de Feira pede que deputados rejeitem o projeto de extinção do CIS

Foto: Reprodução

O prefeito da cidade de Feira de Santana, Colbert Martins Filho (MDB), visitou a sede do Centro Industrial do Subaé (CIS) na manhã desta quarta-feira (05). Colbert lamentou o fato de que o CIS possa não existir mais nesta quinta-feira por decisão do governador Rui Costa. “O governador quer exterminar, acabar e sepultar o CIS. São mais de 550 médias, pequenas e grandes indústrias. O segundo maior centro do Estado. Isso é uma ação contra Feira de Santana. Estamos apelando à sensibilidade do governador para que ele evite isso e estamos pedindo para os deputados da Assembleia Legislativa da Bahia para que rejeitem essa posição de extinção do Centro Industrial do Subaé. Essa é uma posição contra o povo de Feira de Santana”, lamentou.

Targino reclama da extinção do CIS por parte do Governo do Estado

Deputado Targino Machado

Deputado Targino Machado (DEM)

O deputado estadual Targino Machado (DEM), reclamou mais uma vez da falta de atenção do Governo do Estado com a cidade de Feira de Santana. De acordo com o deputado, o fechamento do Centro Industrial Subaé (CIS) é um absurdo. “Rui Costa, mais uma vez, mostrou que não se importa com a população de Feira de Santana e vai fechar o Centro Industrial do Subaé. Quero ver como os deputados ditos feirenses vão votar. Mas eu estarei lá para defender o povo de Feira de Santana e região. Toma vergonha na cara, governador”, pediu.

Prefeito de Feira quer movimento contra extinção do CIS

Colbert Martins Filho

Foto: Jorge Magalhães

O prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins Filho (MDB), não está nada satisfeito com a decisão do governador Rui Costa (PT), anunciada este fim de semana, de extinguir o Centro Industrial do Subaé. Em entrevistas concedidas na imprensa local, o prefeito disse considerar um “enorme prejuizo acabar com a autarquia”. Ele está na expectativa de que o governador faça uma reflexão sobre o assunto e procure ouvir os diversos segmentos interessados. “Ainda há tempo de se discutir esse tema. Creio que não deve ser algo a ser sacramentado assim, sem um mínimo debate”, diz o gestor municipal. O prefeito diz que este seria um “presente de grego” do governador ao povo de Feira de Santana menos de dois meses após ter sido reeleito e bem votado  no  município.

Colbert lembra que a autarquia CIS foi criada em 1983, conta com cerca de 200 empresas e mais de 2.500 funcionários. Ele conclama as representações do empresariado, das classes trabalhadoras e dos diversos organismos da sociedade feirense a lutar contra a medida. O Centro Industrial do Subaé, diz o prefeito, é um órgão interlocutor deste setor importante da economia com o Governo do Estado, “que não pode ser encerrado assim, de forma abrupta, em apenas uma canetada do governador”.

“Centro Industrial do Subaé está abandonado pelo Governo do Estado”, denuncia vereador

Centro Industrial do Subaé

Centro Industrial do Subaé (CIS)

O vereador Cadmiel Pereira (PSC) em seu discurso na tribuna da Câmara Municipal de Feira de Santana na sessão desta terça-feira (06), afirmou que o Centro Industrial do Subaé (CIS) está abandonado pelo Governo do Estado.

Cadmiel lamentou a falta de incentivos para o setor e cobrou providências por parte do Governo do Estado. “Muitas empresas deixaram de se instalar Centro Industrial do Subaé por falta de incentivos. O CIS está abandonado, são ruas esburacas, sem iluminação e tomadas pelo lixo e sujeira”, denunciou.

Ainda segundo o edil, foi estabelecido um valor que deveria ser pago pelos empresários instalados no complexo para realização de melhorias na infraestrutura do local. “Os empresários passaram a pagar mais para ter o asfalto, mas as ruas continuam esburacadas. Foram realizadas várias reuniões, as entidades que representam a classe empresarial se mostraram contrárias à cobrança, mas nada foi feito”, criticou.

Centro Industrial do Subaé terá avenidas pavimentadas pelo Governo do Estado

Centro Industrial do Subaé terá avenidas pavimentadas pelo Governo do EstadoEm reunião com o secretário de Infraestrutura do Estado, Marcus Cavalcanti, na tarde desta quarta-feira (18) e com o diretor do Centro Industrial do Subaé (CIS), José da Paz, o deputado estadual Zé Neto (PT) disse ter discutido a pavimentação do Centro Industrial Subaé (CIS). Segundo o deputado, já há recursos oriundos do Fundo Estadual de Manutenção das Áreas Industriais da SUDIC (FUNEDIC) e um projeto do Governo do Estado que faz com que o Centro funcione como um condomínio.

“Hoje conversamos sobre a Avenida Sudene e a Avenida dos Operários que são dois trechos importantes, e que infelizmente a Prefeitura de Feira de Santana não tem colaborado, mas já estamos buscando outras saídas  Essa duas avenidas servem ao CIS, mas também ligam toda região do Terminal Sul, do bairro Tomba, do bairro São João, dentre outros. Estamos viabilizando soluções, mesmo sem o apoio da Prefeitura, que deveria estar ajudando, porque é quem cobra o IPTU de todas aquelas indústrias. O desafio está posto e nós estamos trabalhando com o Governo do Estado para solucionar essa questão. O projeto já foi entregue, se encontra em trâmite e logo haverá a liberação para que possamos fazer as intervenções e recuperações dessas avenidas”, afirmou.

CÂMARA DE VEREADORES_somos parceiro_banner de site Política in Rosa - 500x500 gif


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia