WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


PMFS-Mutirão de Negociação de Dividas 2019

:: ‘Zona Azul’

Líder do Governo pede apoio para a implementação da Zona Azul

Vereador Marcos Lima

Vereador Marcos Lima (PRP)

O vereador e líder do Governo, Marcos Lima (Patriota), em seu pronunciamento na sessão ordinária da última quarta-feira (12), na Câmara Municipal de Feira de Santana, falou sobre a implementação da Zona Azul, um sistema utilizado em grandes cidades que visa promover a rotatividade dos espaços de estacionamento, afirmando o interesse da Prefeitura de Feira e solicitando a participação das demais autoridades no processo de implementação.

O edil elogiou o Projeto de Lei de nº 58/2019, encaminhado pelo vereador Edvaldo Lima (PP), que visa a liberação da cobrança e parcelamento de impostos, taxas, contribuição e dívida ativa com o Município por cartões de débito e crédito.

Novo modelo de cobrança da Zona Azul será lançado nesta segunda

A Prefeitura de Salvador apresenta nesta segunda-feira (03), às 9h30, no Palácio Thomé de Souza, o novo modelo de cobrança da Zona Azul desenvolvido pelo sindicato ligado aos guardadores de veículos (Sindguarda). O prefeito ACM Neto e o superintendente da Transalvador, Fabrizzio Muller, estarão presentes na apresentação. A mudança, com o aval da Transalvador, envolve o fim das cartelas impressas e o uso de máquinas digitais que aceitarão dinheiro, débito e crédito. Todos os detalhes serão apresentados pelo prefeito e pelo superintendente, inclusive os primeiros bairros a adotar o novo modelo, que irá funcionar em conjunto com os 11 aplicativos já cadastrados no Zona Azul Digital.

Redução de mortes – No mesmo evento, no Palácio Thomé de Souza, a partir das 9h30, a Transalvador vai apresentar os dados atuais relativos a acidentes de trânsito e vítimas fatais na capital baiana. Ou seja, serão detalhados os números de 2018.

Vereador pede que prefeito coloque a Zona Azul para funcionar: “Não suportamos mais que as pessoas sejam donas das ruas”

Vereador Edvaldo Lima

Vereador Edvaldo Lima (PP)

O vereador Edvaldo Lima (PP) pediu para que o prefeito Colbert Martins Filho coloque a Zona Azul em Feira de Santana para funcionar. Em entrevista ao site Política In Rosa o vereador disse que o povo não suporta mais que alguns se achem donos das ruas.  “Não suportamos mais que as pessoas sejam donas das ruas. Quando não são os cavaletes que estão na porta da maioria das lojas, são os flanelinhas. E quando não são os flanelinhas são os zebrinhas (prepostos da Superintendência Municipal de Trânsito que utilizam motocicletas) do Município que não deixam você parar”, reclamou.

O edil ainda disse que não tem como aceitar isso. “Tenho certeza que o prefeito vai resolver esse problema. Prefeito, não dá para as frentes de lojas e de hospitais com placas dizendo que aquele pedaço é deles. Não temos mais lugar em Feira de Santana para parar veículos, a não ser em alguns bairros”, finalizou.

Zona Azul ganhará área isenta de tarifa para motos

Zona Azul ganhará área isenta de tarifa para motos

Foto: Divulgação

Atendendo a solicitações da comunidade, o prefeito de Alagoinhas, Joaquim Neto, em reunião com a Superintendência de Transporte e Trânsito (SMTT) e a empresa concessionária E-Parking,  determinou a implantação de um bolsão para motos sem a cobrança de tarifa (área branca), nas proximidades do perímetro da Zona Azul. De acordo com o prefeito, a área será criada, visando, preferencialmente, aos trabalhadores do centro da cidade.

Conforme a Prefeitura, a previsão de início de funcionamento já no mês de abril, a área branca ficará localizada na Rua Coronel José Olímpio e terá 80 vagas. “É preciso destacar que esta área será exclusiva para motos, e que a SMTT fará a fiscalização e autuará os motoristas, em caso de estacionamento irregular”, explica o superintendente da SMTT, Raimundo Nonato.

Segundo Marcos Vasconcelos, administrador da E-parking, concessionária da Zona Azul em Alagoinhas,  a empresa aguarda um período de estiagem para dar início à sinalização da via.

Zona Azul: Prefeitura suspende cobrança imediata da tarifa de pós-utilização

A partir do dia 1º de abril, a tarifa de pós-utilização da Zona Azul (R$20,00 para carros e R$ 6,40 para motos) não será mais cobrada nas primeiras 24h. Demanda da comunidade, a medida foi determinada pelo prefeito de Alagoinhas, Joaquim Neto, em reunião de avaliação do sistema de estacionamento rotativo no município, realizada na última quinta-feira (21), com a Superintendência de Transporte e Trânsito (SMTT) e representantes da empresa concessionária E-Parking.

De acordo com a Prefeitura, na regra atual, condutores que extrapolam a tolerância de 15 minutos sem pagar pela vaga, ou ultrapassam o tempo previsto no ticket, têm 24 h para acertar a tarifa.Nesses casos, de acordo com a nova decisão, nas primeiras 24h, o usuário pagará apenas a tarifa de utilização das primeiras 2h, e o valor relativo à cada hora excedente, conforme as regras do sistema. Na hipótese do usuário não regularizar a sua situação em 24h, será emitido o aviso de irregularidade na modalidade tarifa pós-utilização, cujo valor deverá ser pago em até 48h e não mais será revertido em créditos.

Zona Azul começa a operar em Alagoinhas nesta quinta

Zona Azul começa a operar em Alagoinhas

Foto: Divulgação

Após um período educativo iniciado no dia 14 de janeiro, a Zona Azul, sistema de estacionamento rotativo instituído para organizar e democratizar a oferta de vagas, começa a operar, nesta quinta-feira (14), em Alagoinhas. De acordo com a Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT), o aplicativo utilizado como forma de pagamento para esta modalidade de estacionamento rotativo, o Digipare, já está disponível para download nos sistemas Android e iOS. A sinalizações horizontal e vertical foram finalizadas, e nas 25 áreas incluídas, a zona azul funcionará de segunda à sexta, das 8h às 18h e aos sábados, das 8h às 13h. O prazo máximo de estacionamento na mesma vaga será de 2 horas, podendo ser prorrogada, no máximo, por mais 2 horas, não excedendo o prazo permitido de 4 horas em uma mesma vaga , exceto para áreas de interesse social (saúde e educação), que poderão permanecer por até 06 (seis) horas ininterruptas. Serão disponibilizadas na primeira fase, 970 vagas de carros e 395 vagas de motos.

O valor a ser cobrado para carros será de R$2,50, para as primeiras 2h, sendo que após esse tempo, será cobrado R$2,50 a cada 60 min, respeitando o período máximo de 4h.  Aos motociclistas será cobrada uma tarifa de R$ 0,80 para as primeiras 2 horas, e uma taxa R$ 0,80, a cada 60 min, respeitando período permitido de permanência. O sistema não funcionará aos domingos e feriados. Para utilizar o sistema é muito simples:  O usuário que não comprar crédito antecipado e não possuir acesso por meio do site www.digipare.com.br  ou aplicativo, deve adquirir um ticket , credenciar a placa do veículo e, a partir daí, comprar créditos e ativá-los sempre que estacionar nas vagas de rotativo. Além do meio digital, serão disponibilizados outras quatro formas de compra de créditos: monitores nas ruas, tendas de atendimento em áreas de grande fluxos de veículos, postos de vendas, e sede da empresa concessionária em Alagoinhas. É importante saber que a tolerância é de 15 minutos para a regularização. :: LEIA MAIS »

Fase educativa da Zona Azul será iniciada hoje

A Prefeitura de Alagoinhas inicia, nesta segunda-feira (14), ações educativas de orientação sobre a Zona Azul, sistema que estabelece a rotatividade de veículos em estacionamento de vias e espaços públicos em áreas comerciais e de grande fluxo, com o objetivo de promover o uso igualitário das vagas. O trabalho educativo sobre o funcionamento da Zona Azul será realizado por meio de panfletagem e conversa com os condutores para explicar, na prática, como fazer uso do sistema. De acordo com a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), toda a viabilidade técnica para o funcionamento da Zona Azul já está sendo finalizada. “É tudo muito novo, um sistema rotativo de primeiro mundo, e precisamos orientar os condutores ao máximo. Para isso, teremos operadores nas ruas para tirar todas as dúvidas e todas as áreas estão sendo devidamente sinalizadas”, comunicou o superintendente da SMTT, Raimundo Nonato.

A Zona Azul começa a operar em caráter definitivo a partir do dia 13 de fevereiro. Nas 25 áreas incluídas, o sistema funcionará de segunda à sexta, das 8h às 18h e aos sábados, das 8h às 13h. O prazo máximo de estacionamento na mesma vaga será de 2 horas, podendo ser prorrogada, no máximo, por mais 2 horas, não excedendo o prazo permitido de 4 horas em uma mesma vaga. Serão disponibilizadas na primeira fase, 970 vagas de carros e 395 vagas de motos. O valor a ser cobrado para carros será de R$2,50, para as primeiras 2h, sendo que após esse tempo, será cobrado R$2,50 a cada 60 min, respeitando o período máximo de 4h.  Às motocicletas será cobrada uma tarifa de R$ 0,80 para as primeiras 2 horas, e uma taxa R$ 0,80, a cada 60 min, respeitando período permitido de permanência. O sistema não funcionará aos domingos e feriados.

Serviço de “Zona Azul” será administrado por Secretaria

Serviço de “Zona Azul” será administrado por Secretaria

Foto: Divulgação

Após cancelamento, em julho de 2018, do contrato vigente entre a Prefeitura Municipal de Itabuna e a empresa prestadora do Serviço de Estacionamento Rotativo de Veículos (denominado de “Zona Azul”), a Prefeitura Municipal de Itabuna prepara a sua reativação, desta vez, tendo por gestora do serviço a Secretaria de Segurança, Transporte e Trânsito – Sesttran. A retomada do serviço deverá ocorrer até o próximo dia 10 de dezembro. A Prefeitura Municipal de Itabuna, através do Departamento de Tecnologia da Informação – DTI desenvolveu um aplicativo que permitirá a aquisição prévia de créditos para o pagamento das vagas, dando agilidade ao sistema e mais comodidade aos usuários do serviço. As vagas serão diferenciadas entre Zona Azul (para estacionamento por até duas horas), Zona Branca (para a permanência por um período de até cinco horas consecutivas) e a Zona Verde (localizada em áreas residenciais, com extensão de horário para até 10h ininterruptas), sendo que os moradores residentes nas Áreas Verdes deverão cadastrar-se junto à Sesttran, no limite de um veículo por morador para ter acesso à vaga.

Segundo o titular da Sesttran, Gilberto Santana, “o objetivo é imprimir um caráter essencialmente rotativo ao serviço e para tanto, haverá fiscalização por parte da Sesttran quanto ao cumprimento do tempo contratado pelo usuário, para que o mesmo não seja excedido e gere sanções, tais como multa e até o guinchamento do veículo. Já os funcionários serão remanejados de outros setores da Prefeitura Municipal de Itabuna. A equipe contará com 70 Monitores, sendo 35 atuando em cada turno (manhã e tarde), quatro Supervisores (dois por turno) e ainda um Supervisor de Área, que será encarregado pelo acompanhamento geral do serviço. Após o retorno do Sistema Rotativo de Estacionamento a expectativa é que haja uma dinamização do comércio local, gerado por um consequente aumento do fluxo de consumidores devido à rotatividade das vagas”, finaliza Gilberto Santana.

Zona Azul começa a operar em Caetité

Zona Azul começa a operar em Caetité

Zona Azul em Caetité

A Zona Azul começou a operar em Caetité na última quinta-feira (19), nas ruas e avenidas mais movimentadas da cidade. O serviço vem sendo executado pala empresa G2 Empreendimentos que venceu a licitação feita pela Prefeitura. Para usar o estacionamento nos locais que fazem parte da Zona Azul, o motorista pagará o valor de dois reais e terá o direito de permanecer por duas horas no local. A cobrança é feita de segunda a sexta das 08h às 18h e aos sábados das 08h às 14h.

Para a realização do serviço, a empresa conta com uma equipe de bilheteiros para atender aos usuários. Eles estão espalhados pelos locais que constituem a zona. A lei que instituiu a Zona Azul em Caetité é de 2007 e objetiva disciplinar o uso do estacionamento público em locais movimentados da cidade a fim de que seja rotativo e de fácil utilização.

Zona Azul precisa voltar a ser discutida, cobra vereador

Vereador Marcos Lima

Vereador Marcos Lima (PRP)

O vereador Marcos Lima (PRP) cobrou instalação da Zona Azul na cidade de Feira de Santana. O edil garantiu que fará uma indicação ao Executivo solicitando a instalação da Zona Azul em Feira de Santana. “Já tiveram várias tentativas, mas não foi à frente. Hoje não se encontra mais espaço para estacionar no centro da cidade e tem que se pagar estacionamento, que está caríssimo. A Zona Azul precisa voltar a ser discutida e vamos cobrar do Município esta ação”, prometeu.

Zona Azul começa a funcionar em Irecê

Zona Azul começa a funcionar em Irecê

Zona Azul em Irecê

Irecê passa a contar nesta segunda-feira (9), com um sistema de organização dos estacionamentos públicos de sua região central. A ‘Zona Azul’, como é conhecido o sistema de estacionamento rotativo em vias urbanas, vai organizar a ocupação de vagas nas vias públicas pelos veículos automotores e ciclomotores com a demarcação de espaços, controle dos horários de funcionamento e cobrança de tarifa junto aos usuários. De acordo com o coordenador municipal de Trânsito e Transportes, Ronaldo Miron, nos primeiros 30 dias de funcionamento não haverá cobrança de tarifa. Somente a partir do dia 09/05 entrará em vigor o valor de R$ 2,50 por hora para carros e R$ 1 por hora para motos. “Ao todo serão oferecidas 492 vagas para carros e camionetes; e 100 vagas para motos e similares (scooters, quadriciclos etc)”, explicou. “A cobrança de tarifa será feita de segunda a sexta, entre 8h e 18h, e aos sábados de 8h a 14h”.

Miron informa ainda que a Soma Park, empresa responsável pela cobrança, disponibilizará aos usuários postos de venda espalhados pela cidade, além de 21 monitores de trânsito nas ruas, prontos para atendimento e uma tenda inflável itinerante que será montada sempre em local de grande demanda.  “Os usuários também podem efetuar o pagamento pelo aplicativo Digipare, já disponível para Android e iOS (IPhone), fazer o pagamento pela vaga no ato e também comprar créditos para serem usados posteriormente”, conta. “Além de ter direito a cobrança proporcional ao tempo de permanência, valendo a partir de 30 minutos de utilização”.

Segundo o prefeito Elmo Vaz, a Zona Azul vai gerar maior mobilidade urbana e economia. “Estamos implementando um sistema moderno. Através de um aplicativo as pessoas poderão fazer gestão do que foi pago, sendo descontado apenas o valor do tempo utilizado. Além do mais cada pessoa gasta muito mais com gasolina, rodando à procura de um estacionamento, do que com o tempo que precisará para resolver suas necessidades no centro da cidade”, enfatizou Elmo. “Irecê entra para a lista das cidades mais modernas do Brasil e do mundo, onde é possível contar com tecnologia de ponta na hora de estacionar o carro”.

Sistema de cobrança da Zona Azul será digital

Sistema de cobrança da Zona Azul será digital

Sistema de cobrança da Zona Azul

A notícia da modernização do serviço de estacionamento Zona Azul de Salvador, que passará a ser digital no mês de abril, conforme informou o superintendente da Transalvador, Fabrizzio Muller, foi comemorada pelo vereador Orlando Palhinha (DEM), autor da proposta para a implantação do novo sistema.

De acordo com Palhinha, o projeto Zona Azul Digital visa a modernização da cobrança de estacionamento em áreas controladas pela Prefeitura, conforme já vem acontecendo em outras capitais do país e, inclusive, em cidades do interior da Bahia.
O vereador disse que, desde o início da proposta, no ano passado, contou com o apoio da população e também do secretário municipal de Mobilidade Urbana, Fábio Mota, que ficou motivado pelo projeto. “Com a digitalização da cobrança, os estacionamentos delimitados como Zona Azul poderão contabilizar o tempo de permanência de forma fracionada, o que será de grande valor para quem precisa estacionar por curto período”, afirma Palhinha.

A partir dessa atualização, a Transalvador passará a disponibilizar a venda de cartelas por aplicativo de celular.  A Prefeitura já se comprometeu em capacitar os guardadores cadastrados para que utilizem o novo modelo de cobrança.

Alagoinhas regulamenta lei que autoriza o poder público a instituir Zona Azul nas vias municipais

A Prefeitura Municipal de Alagoinhas regulamentou na última segunda-feira (19), por meio do Decreto nº 4.809/2018, a Lei Municipal nº 2.381/2017, que autoriza o poder público a instituir áreas especiais para estacionamento por tempo limitado nas vias e logradouros públicos.

O sistema rotativo deverá funcionar com fiscalização de uma concessionária que irá operacionalizar o controle com profissionais treinados e uniformizados, e o pagamento da tarifa poderá ser feito através de bilhete ou débito automático, para veículos cadastrados no sistema.

De acordo com o Art. 7º do Decreto, no período de segunda-feira a sexta-feira, das 8h às 18h, os utilitários estacionados nas vias listadas pelo município estarão sujeitos ao pagamento da tarifa e, aos sábados, a cobrança será realizada das 8h às 13h, com estacionamento livre nas áreas denominadas “Zona Azul” aos domingos e feriados.

Os valores para motocicletas, motonetas e ciclomotores, conforme previsto na regulamentação, serão diferenciados, assim como as disposições para veículos de carga e descarga, que podem solicitar autorização para realizar as operações junto à Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT). O Decreto que regulamenta a Lei foi publicado em Diário Oficial e a medida ainda não começou a funcionar efetivamente no município.

 

Prefeitura de Irecê divulga edital de contratação de empresa para operar a Zona Azul

Prefeitura de Irecê divulga edital de contratação de empresa para operar a Zona AzulA Prefeitura de Irecê, através da CMTT (Coordenadoria Municipal de Trânsito e Transportes), publicou edital de licitação com o objetivo de contratar empresa para o serviço de implantação, exploração, gestão, sinalização e manutenção do estacionamento rotativo de veículos em vias e logradouros públicos, denominado Zona Azul.

Na Zona Azul, inicialmente, serão 492 vagas para veículos, 100 vagas para motocicletas que serão implantadas com o uso de sistema eletrônico, e pagamento das horas através do uso de equipamentos eletrônicos emissores de tickets de estacionamento.

“Com este tipo de licitação alcançaremos os menores valores possíveis para as tarifas, associado a um maior repasse ao Fundo Municipal de Trânsito, recursos estes que serão  aplicados integralmente no trânsito da nossa cidade”, explica o coordenador da CMMT, Ronaldo Miron.

O edital de Licitação é na modalidade concorrência e tipo “Maior oferta e menor tarifa”, e está disponível na sede da Prefeitura Municipal de Irecê, situada na Rua Lafayete Coutinho, bairro Fórum, e neste link: https://goo.gl/Cnte8L.

Interessados devem entregar os documentos até às 9h do dia 19 de dezembro no Prédio da Prefeitura, situado na Praça Teotônio Marques Dourado, Centro.

Levante a Voz - Todos contra a Dengue


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia