WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


PMFS-Seminário

:: ‘Setembro Amarelo’

Hospital Estadual da Criança realiza ato público e roda de conversa com colaboradores em reflexão ao Setembro Amarelo

Hospital Estadual da Criança realiza ato público e roda de conversa com colaboradores em reflexão ao Setembro Amarelo

Foto: Divulgação

“Se te incomoda, deixa ir!”. Foi com essa reflexão que o Hospital Estadual da Criança (HEC), através do Grupo de Humanização, realizou com os colaboradores da unidade a roda de conversa ‘Diálogos sobre suicídio e saúde mental, porque viver vale a pena’, aderindo a Campanha do Setembro Amarelo – mês em que são realizadas atividades para alertar a população a respeito da realidade do suicídio, destacando suas formas de prevenção. A atividade contou com a presença do médico psiquiatra Dr. Gabriel Cedraz Filho, da psicóloga Dra. Elizama Rios, que se dedica ao estudo do Suicídio e Automutilação, da estudante de Psicologia Vanessa Lacerda e do voluntário do Centro de Valorização da Vida (CVV), Paulo Souza.  A atividade se encerrou com um ato público na área externa da unidade, com o tema ‘Se te incomoda, deixa ir!’, onde foram lançados balões amarelos para o céu representando um ato de libertação das aflições do dia a dia.

De acordo com a presidente do Grupo de Humanização, Émille Cerqueira, “realizar essa atividade no Hospital da Criança possui uma grande importância, pois demonstra a preocupação da Unidade com o bem estar dos colaboradores, que podem estar passando por momentos difíceis em sua vida pessoal e precisam ser ouvidos e instruídos por profissionais especializados e capacitados a lidar com o sofrimento do outro. Além disso, demonstra uma preocupação com o trabalho prestado pelos colaboradores para termos um atendimento cada vez mais humanizado às crianças, adolescentes e seus familiares, que estão passando por momentos difíceis e sofridos. Quando estamos bem, naturalmente, tratamos o outro com mais leveza, acolhimento, cuidado e atenção!”.

HEC adere campanha do Setembro Amarelo com realização de roda de conversa e ato público

HEC adere Campanha do Setembro Amarelo com realização de roda de conversa e ato público

Foto: Divulgação

Nesta terça-feira (10), a partir das 14 horas, o Hospital Estadual da Criança (HEC), através do Grupo de Humanização, realizará com os colaboradores, no auditório da unidade, a roda de conversa ‘Diálogos sobre suicídio e saúde mental, porque viver vale a pena’. A ação integra as atividades do Setembro Amarelo, marcado, internacionalmente, com a campanha que objetiva alertar a população a respeito da realidade do suicídio, destacando suas formas de prevenção. A programação se encerrará com um ato público na área externa da unidade, com o tema ‘Se te incomoda, deixa ir!’, onde serão lançados balões amarelos para o céu representando um ato de libertação das aflições do dia a dia.

Estarão presentes Dr. Gabriel Cedraz Filho (médico psiquiatra), Dra. Elizama Rios (psicóloga/dedica-se ao estudo do Suicídio e Automutilação) e os voluntários do Centro de Valorização da Vida (CVV), Maria Gorete e Paulo Souza. (Ascom)

Sancionada Lei do Setembro Amarelo, para promoção do combate ao suicídio em Alagoinhas

O prefeito de Alagoinhas, Joaquim Neto, sancionou esta semana, a lei que institui o ‘Setembro Amarelo’, campanha que busca conscientizar a população sobre a realidade do suicídio. O decreto municipal tem por objetivo coordenar ações de prevenção à campanha, que passa a ser realizado anualmente no dia 10 de setembro.

O decreto municipal prevê a ações como aplicação de iluminação cênica amarela e sinalização com o símbolo da campanha em edifícios públicos municipais, como forma de remeter ao tema durante todo o mês de setembro. A promoção de atividades de alerta ao suicídio, como debates que envolvam instituições públicas e privadas, e o desenvolvimento de projetos na área de educação e prevenção, além da realização de palestres, apresentações e distribuição de material informativo sobre a campanha.

“A Organização Mundial da Saúde (OMS) aponta que o suicídio, no Brasil, já faz mais vítimas que a AIDS e mata mais do que alguns tipos de câncer. Por isso mesmo, decidimos envolver todo nosso município nessa campanha de conscientização. A partir de agora realizaremos ações como as que já fizemos esse ano, para despertar a atenção desse quadro”, afirmou o prefeito.

No último mês, a Prefeitura através da Secretaria Municipal de Assistência Social (SEMAS), realizou eventos como palestras sobre abordando aspectos do Setembro Amarelo, nos Centros de Referência em Assistência Social (CRAS), da cidade, e caminhadas para alertar a população sobre a importância do tema.

Setembro Amarelo é um movimento mundial que objetiva conscientizar a população sobre a realidade do suicídio e mostrar que existe prevenção em mais de 90% dos casos. O suicídio é considerado um problema de saúde pública e mata 1 brasileiro a cada 45 minutos e 1 pessoa a cada 40 segundos em todo o mundo.

Levante a Voz - Todos contra a Dengue Câmara Municipal de Feira de Santana - Lado a Lado


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia