WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


Micareta de Feira de Santana 2019

:: ‘Ilhéus’

Estrada do cacau e do Chocolate vai funcionar ainda neste verão

Estrada do cacau e do Chocolate vai funcionar ainda neste verãoO funcionamento do projeto “Estrada do Cacau e do Chocolate”, um roteiro temático onde os turistas conhecerão a cultura do cacau e a produção do chocolate por meio de visitas a fazendas existentes ao longo da BA-262, será a partir de janeiro. A garantia foi dada pelo governo da Bahia ao secretário municipal de Turismo e Esportes (Setur), Roberto Lobão, durante encontro realizado na terça-feira (21), em Salvador.

“A proposta do governo da Bahia é ainda estruturar o funcionamento do roteiro para esta alta estação e, nesse sentido, ficaram acertadas algumas medidas que visam desburocratizar o processo”, assegura Lobão. De Ilhéus, também esteve neste encontro, realizado na Secretaria Estadual de Planejamento, o presidente do Ilhéus Convention Bureau, publicitário Marco Lessa, e representantes da Secretaria Estadual de Turismo.

Ineditismo – Este será o primeiro roteiro taurístico temático da Bahia e, inicialmente, vai abranger os municípios de Ilhéus e Uruçuca, apresentando a sua potencialidade histórica nos cenários das fazendas de cacau e as belezas naturais encontradas em seu trajeto, a exemplo de rios, cachoeiras e áreas de preservação ambiental.

A Estrada do Cacau e do Chocolate ainda inclui ainda as fábricas do parque moageiro de cacau, no Distrito Industrial de Ilhéus, fazendas/fábrica de chocolate gourmet, a Estação Rio do Braço, sede do antigo distrito de Ilhéus e a Biofábrica do Cacau. A Estrada do Chocolate também resgata para os visitantes cenários da obra do escritor Jorge Amado, conhecida em todo o mundo.

Interesse – De acordo com Roberto Lobão, diversos produtores já manifestaram interesse em participar do projeto. A Secretaria Municipal de Turismo e Esportes (Setur) já realizou um cadastro de propriedades e equipamentos existentes no circuito e, em breve, um decreto estadual vai definir critérios de participação e de formatação da estrada temática.

Representantes da Diretoria de Regionalização da Secretaria Estadual de Turismo vão se reunir nas próximas semanas com dirigentes dos Sindicatos Rurais de Ilhéus e Uruçuca para apresentar as contrapartidas exigidas pelo governo para a participação no projeto. Também nas próximas semanas será iniciada a instalação dos Portais Temáticos de Marco Zero na rodovia, identificando e sinalizando o empreendimento turístico, e um estande de informação ao turista, em formato de container.

“Em dezembro, o Hospital Costa do Cacau estará funcionando”, garante secretário

Hospital Costa do CacauNa manhã do último sábado (11), o secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, esteve em Ilhéus, acompanhado da equipe técnica da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) e também do prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, para vistoriar a maior obra estruturante na saúde pública no sul da Bahia, nos últimos 35 anos – O Hospital Regional Costa do Cacau. “Vim revisar todos os detalhes para que dia 15 de dezembro, o Hospital Regional Costa do Cacau esteja em pleno funcionamento”, afirmou o titular da Sesab.

Ao percorrer por todo o hospital, Vilas-Boas observou os detalhes da estrutura de um modo geral e foi bastante criterioso quanto a revisão da unidade. Segundo ele, o Costa do Cacau é o mais moderno equipamento hospitalar implantado no sul da Bahia e um dos mais modernos do país. “O hospital possui mais de 230 leitos, e atenderá as demandas da região cacaueira em urgência e emergência. Também as cirurgias eletivas de alta complexidade, incluindo as cirurgias cardíaca, neurológica e ortopédica”, explicou.

Hospital ensino

Ainda de acordo com o secretário, “graças às políticas de integração do governo do estado, a nova unidade hospitalar servirá como um hospital ensino, e, a parceria da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) é primordial. A cada dia, os hospitais da rede estadual estão à disposição do ensino, trazendo avanços tecnológicos nas áreas da saúde”, pontuou.

O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, destacou a importância de manter uma parceria do município com o governo do estado. Na avaliação do gestor, a operação do hospital vai melhorar a saúde do município e descentralizar as demandas suprimidas nos hospitais de Ilhéus e Itabuna. “O governo do estado vai entregar para a região um grande hospital. Moderno, amplo e com um desenho arquitetônico como poucos hospitais do Brasil possuem. Esse importante equipamento, aliado com a futura Policlínica, muda o quadro da saúde em nosso município”, assinalou o prefeito.

Para a secretária municipal de Saúde, Elizângela Oliveira, a região sul da Bahia não possuía uma estrutura de alta complexidade de ponta como esta que está sendo implantado no município. “Teremos enfim, um centro de referência e atenções de alta especialidade que vai desafogar dando uma atenção melhor a população de Ilhéus, Itabuna e adjacências. Isso garante a sobrevida e o não encaminhamento à Salvador, diminuindo tempo e custos”, frisou.

Funcionamento e gestão

Segundo a Sesab, parte dos profissionais e servidores que integram o quadro de funcionários do atual Hospital Regional Luiz Viana Filho, será transferida para o novo Hospital Costa do Cacau. O Instituto Gerir é a Organização Social selecionada para administrar a unidade. “Esse formato, garante mais agilidade à gestão do hospital porque o parceiro privado não precisa seguir os mesmos trâmites burocráticos para contratação e aquisição de equipamentos. Isso garante mais rapidez no atendimento das necessidades da unidade”, disse o superintendente técnico do Instituto Gerir, José Mário Teles.

Participaram também da visita ao Hospital Regional Costa do Cacau, o prefeito e a secretaria de Saúde de Itabuna, Fernando Gomes e Lisias São Mateus, respectivamente, a reitora da Uesc, a professora Adélia Pinheiro; o vice-prefeito de Ilhéus, José Nazal Pacheco; os secretários municipais de Governo, Alisson Mendonça; de Infraestrutura Transporte e Trânsito, Hermano Fahning e de Comunicação, Alcides kruschewsky.

Cresce o interesse pelo turismo rural na região de Ilhéus

Cresce o interesse pelo turismo rural na região de IlhéusO aumento da produção de chocolate em Ilhéus, terra que mais produz cacau no Brasil, seja nas próprias fazendas ou em unidades industriais, melhor infraestrutura em propriedades agrícolas com capacidade para mostrar a cadeia produtiva do cacau, são aspectos que têm despertado o interesse de visitantes pelo turismo rural. Recentemente, o lançamento do renomado Guia de Viagens Lonely Planet para 2018 mostrou que a Bahia foi o único destino brasileiro citado na publicação, tendo, entre seus atrativos, as “plantações ricas em cacau. ”

O secretário municipal de Turismo e Esportes, Roberto Lobão, avalia que o segmento rural está com uma perspectiva muito positiva, até pela grande evidência em relação à produção do chocolate em nossa região. “Participamos, mais uma vez, do Salão de Chocolate de Paris, e o prefeito Mário Alexandre, inclusive, esteve lá e viu de perto a movimentação em torno do nosso chocolate. Além disso, temos o projeto da primeira estrada temática do estado da Bahia, que é um programa elaborado pelo Governo do Estado, cujo termo de referência está em fase de conclusão”, acrescenta Lobão.

Ele salienta que a Estrada do Cacau e do Chocolate, ao longo rodovia BR-242, entre Ilhéus e Uruçuca, será a primeira estrada temática da Bahia. O secretário adianta que a diretoria de Regionalização do Turismo do governo da Bahia, em parceria com a secretaria municipal de turismo, vai fazer um trabalho de qualificação e conscientização desses empreendimentos rurais para que eles possam ofertar uma experiência de qualidade para os turistas que os visitam.

Guia Rural – Roberto Lobão também informou que a Setur já produz um guia dos Logradouros cadastrados dentro do Programa de Turismo Rural de Ilhéus, “que será lançado, em breve, juntamente com outras informações dos nossos destinos de praia e sol”. O guia apresenta atrativos como a Lagoa Encantada, no distrito de Castelo Novo, a Estação de Rio do Braço – um dos elementos da Estrada do Chocolate, a vila histórica de Rio de Engenho e as trilhas da Mata da Esperança.

Também são destacadas no guia as propriedades rurais cadastradas no município para receber fluxo de visitantes, como as fazendas Provisão, no km 27 da rodovia Ilhéus-Uruçuca, e a Almada, no km 20 da mesma estrada; a fazenda Contendas, em Rio de Engenho; as fazendas Yrerê e Primavera, na Rodovia Jorge Amado (Ilhéus-Itabuna); a Olandy, no km 11 da rodovia Ilhéus-Itacaré, além das fazendas Leão de Ouro e Riachuelo, na estrada Ilhéus-Uruçuca.

Nesse contexto, o secretário Lobão afirma que isso fortalece a visão de que Ilhéus não é apenas um destino de praias e sol, mas também um destino rural. “Esse fato pode nos ajudar na quebra da sazonalidade para que a gente não tenha apenas o incremento do fluxo de turistas no período do verão, mas que tenhamos em outras épocas, como no outono e no inverno. Ou seja, um fluxo de visitante que busquem não apenas os atrativos da praia e do sol, mas também dos destinos rurais, de aventura, já que nós temos potencialidade para todos esses segmentos”, completa.

Ilhéus: Assinado CAC que disciplina espaço e uso de outdoor

Até o dia 31 de janeiro de 2018, as empresas detentoras de placas de publicidade em formato de outdoor terão que retirar todas as peças existentes nos trechos Praça Cairu/Viaduto Catalão e Rua Maria Quitéria/Ponte Lomanto Júnior, em Ilhéus. A despoluição visual destes trechos faz parte de um Compromisso de Ajustamento de Conduta (CAC) assinado na última sexta-feira (3) pela Prefeitura de Ilhéus, Ministério Público do Estado da Bahia e empresários do setor. Mas o acordo estabelece bem mais que esta iniciativa. O município vai reduzir espaços destinados às placas, estabelecendo normatizações para o uso do espaço público, e as empresas vão destinar um valor mensal de 75 reais por placa, como contrapartida social e ambiental que ajudará um projeto de reciclagem que será implantado no município.

“Trata-se de um momento histórico, reivindicado há décadas pela sociedade de Ilhéus. E o mais importante é que foi construído com transparência, entendendo a importância deste meio de publicidade mas respeitando o desejo da população de enxergar a cidade menos poluída e mais natural”, destacou o vice-prefeito José Nazal Pacheco Soub, secretário de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável e prefeito de Ilhéus em exercício. “Ilhéus é uma cidade histórica, turística. Podermos até estar perdendo alguma coisa sob o ponto de vista financeiro, mas entendemos que é importante a cidade reconquistar o direito de se ver, de se enxergar”, completa Tayrone Maia, presidente da Associação das Empresas de Outdoor do Sul da Bahia.

Ainda na sexta-feira (03), oito empresas do gênero atuam em Ilhéus. A cidade possui mais de 200 placas espalhadas por ruas centrais e de grande movimentação nos bairros e avenidas. Uma parte será retirada e a outra adequada ao Compromisso de Ajustamento de Conduta assinado com o MP. A Prefeitura de Ilhéus publicou decreto no Diário Oficial do Município, estabelecendo o limite de 170 placas de outdoor instaladas no município, sendo 100 delas na área periférica da cidade e 70 na área central, divididas em dois níveis: 50 para uso de empresas de publicidade cujo objeto seja a exploração comercial e 20 peças para licenciamento por empresas sem a exploração comercial dos mesmos e que representam a veiculação de anúncios locais.

 

Ilhéus: Prefeitura e Câmara discutem projeto de lei para novo contrato da Embasa

Prefeitura e Câmara discutem projeto de lei para novo contrato da EmbasaO prefeito de Ilhéus em exercício, José Nazal Soub, reuniu-se na última segunda-feira (30), com o presidente da Câmara, Lukas Paiva, demais vereadores e representantes regionais da Embasa (Empresa Baiana de Águas e Saneamento) para discussão dos termos do projeto de lei que autoriza ao Município a celebrar convênio com a empresa para prestação de serviços à população local.

O encontro aconteceu no auditório do Centro Administrativo do Município, com as presenças do secretário de Governo, Alisson Mendonça, do Procurador Geral, Márcio Cunha, dos vereadores Makrisi Angeli, Ivo Evangelista, Paulo Carqueja, Pastor Mattos e Eri Bar, além dos gerentes regionais da Embasa, Danilo Gomes e José Lavigne, e do gerente comercial, Uillas Batista.

De acordo com José Nazal – que também exerce o cargo de secretário de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável, o contrato entre o município e a Embasa expirou, mas como o serviço é de prestação continuada não há solução de continuidade. A Prefeitura protocolou o projeto de lei na Câmara de Vereadores no último dia 26 de setembro.

Na mensagem ao legislativo, o prefeito Mário Alexandre salienta que a regularização da situação contratual da Embasa proporcionará segurança jurídica para os investimentos que estão sendo realizados pelo Governo do Estado da Bahia no município, em especial, a implantação do sistema de esgotamento sanitário na Zona Sul da cidade.

Conforme o projeto, deverá ser assinado um convênio entre o município e a Secretaria de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (SIHS) do Estado da Bahia, que contemple a prestação de serviços de abastecimento de água a saneamento básico para um universo cada vez maior da população. O prefeito em exercício, José Nazal, informou que nesta terça-feira, 31, retornará à sede da Embasa, em Salvador, para esclarecer aspectos do projeto.

Por sua vez, o vereador Makrisi Angeli disse que a Câmara Municipal está empreendendo todo o esforço para votação do projeto de lei, mas considera que o debate deve ser ampliado junto à população. Segundo o presidente da Câmara, Lukas Paiva, esta matéria encontra-se em estudo e deve ser votada até o final do ano.

Plano – O prefeito em exercício ressalta que, além da segurança jurídica, o projeto de lei possibilita a elaboração do Plano Municipal de Saneamento Básico, com financiamento através do Fundo da AGERSA, através da Secretaria l de Infraestrutura Hídrica e Saneamento. “Com a aprovação da Câmara, o município pode ter acesso a financiamentos para obras de urbanização e saneamento, bem como melhorias no sistema de drenagem pluvial e coleta de resíduos sólidos, tanto na cidade como na zona rural”, acrescenta Nazal.

Serviço de mototaxistas será regularizado em Ilhéus

Serviço de mototaxistas será regularizado em IlhéusPara organizar o serviço, a Prefeitura de Ilhéus que saber quantos mototaxistas exercem a atividade no município. O pré-cadastro – acordado com as entidades representativas do segmento – vai acontecer de 1º a 30 de novembro, na sede da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (Sutran), na avenida Governador Roberto Santos, bairro Esperança.

De acordo com o edital publicado no Diário Oficial do Município, edição online, no momento do pré-cadastro o condutor deverá portar documentos pessoais e do veiculo, a exemplo de comprovante de residência, Carteira Nacional de Habilitação, Certificado de Registro do Licenciamento do Veículo, RG, CPF, Certidão de Antecedentes Criminais fornecida pela Polícia Civil.

Os inscritos, de acordo com o edital, passarão, posteriormente, por um curso de formação e capacitação para transporte de terceiros. A quantidade de inscritos vai definir, por exemplo, a formatação e o modelo da lei que passa a regulamentar o serviço.

Prefeitura e Codeba debatem atualização do Plano Mestre do Porto de Ilhéus

Prefeitura e Codeba debatem atualização do Plano Mestre do Porto de IlhéusCom a missão de promover a modernização dos portos e a integração com os demais modais de transportes, a Companhia das Docas do Estado da Bahia (Codeba), órgão ligado ao Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil (MTPAC) e a Secretaria de Portos da Presidência de República (SEP/PR), reuniu-se com representantes do poder executivo municipal, diretores, gerentes, chefes e mais a equipe técnica da Autoridade Portuária e do Laboratório de Transportes e Logística (LabTrans), da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), contratada e responsável pelo Projeto Plano Mestre do Porto de Ilhéus.

O encontro serviu também para apresentar o panorama dos avanços no quadro atual de planejamento do setor portuário, concebido de modo articulado, complementando o Plano Nacional de Logística Portuária (PNLP). Segundo o laboratório responsável, as atualizações dos Planos Mestres serão encaminhadas ao Porto de Santos, tendo como base as tendências e linhas estratégicas definidas em âmbito macro pelo PNLP.

Para os consultores, o plano está na segunda fase de atualização, acompanhado de um Plano de Ação em conjunto com os players, preparando e planejando o equipamento para o futuro. Para o LabTrans, o modelo atualizado vai orientar as decisões de planejamento na infraestrutura portuária até 2060, atendendo a uma determinação do Tribunal de Contas da União (TCU).

O prefeito em exercício de Ilhéus, José Nazal Pacheco Soub, destacou a participação do município quanto a interação com o equipamento, por possuir notória importância na economia do Estado da Bahia. “Esse Plano consiste consequentemente, em resultados na ponta não apenas para a região, mas também para o país, dando suporte aos processos de importação e exportação de produtos”, frisou.

Já participaram das escutas, os setores de ligação com as atividades portuárias como: Marinha do Brasil; Secretaria Nacional dos Portos (Praticagem); Receita Federal; Dnit, Prefeitura de Itabuna, além dos representantes da comunidade ilheense. A prévia com apresentação da conclusão do Plano Mestre do Porto de Ilhéus, está prevista para janeiro de 2018. Já a versão final, em junho do mesmo.

O Porto – O Porto de Ilhéus tem a sua história vinculada ao ciclo do Cacau. Nas últimas décadas, com o declínio da cultura cacaueira, o porto ganhou um novo perfil, buscando ampliar a sua área de influência, atraindo cargas diversas e de várias regiões da Bahia e de outros estados. Em 2016, o Porto de Ilhéus movimentou 220 mil toneladas de cargas e na temporada de 2015/2016 recebeu 75 mil passageiros de cruzeiros turísticos.

Além dos consultores da LabTrans, Jece Lopes e Juliana Vieira, participaram da reunião os representantes das secretarias municipais, de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável (Seplandes); de Turismo (Setur); Indústria e Comércio (Sudic); de Cultura (Secult); de Agricultura e Pesca (Seap); de Infraestrutura e Transporte (Seintra); da Valec Engenharia e Construção de Ferrovias e da Bahia Mineração (Bamin).

III Marcha da Diversidade acontece neste domingo em Ilhéus

III Marcha da Diversidade acontece neste domingo em IlhéusA luta pelas ações afirmativas das minorias sociais no País tem mais um capítulo em Ilhéus, no próximo domingo, 29 de outubro, quando acontece a III Marcha da Diversidade 2017, a partir das 13 horas, na Avenida Soares Lopes. “Respeito sem preconceito” é o tema do movimento este ano, que pretende fazer a mobilização para levar uma mensagem de paz à sociedade diante do crescente índice de violências contra a comunidade LGBT.

O evento contará com um mutirão de informação e distribuição de preservativos visando à prevenção de doenças sexualmente transmissíveis, que terá a colaboração de uma equipe de formandos do curso de Enfermagem Faculdade de Ilhéus. A organização é da Ong Mais Você, que reuniu o apoio da Prefeitura Municipal, através da secretaria de Turismo e Esportes, Guarda Civil e Superintendência, da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, entre outras instituições.

A Marcha da Diversidade também simboliza um momento de festa e de confraternização. No início, haverá um esquenta musical com hits de paredões. Em seguida, a participação de artistas das bandas Hit da Bregadeira, Bonde da Chefia, Banda Capricho, além da cantora Jane Poeta, a convidada especial Leo kret e As Novinhas, Djs, Gogo Boys e transformistas.

Homenagens – O organizador do evento, Lindomar Souza (Ratinho), informa que durante a Marcha da Diversidade serão homenageadas a primeira dama do município e secretária de Desenvolvimento Social, Soane Galvão, eleita Rainha da Marcha, a poetisa Janete Lainha – Rainha LGBT Cultural, as médicas Valéria Campos e Katia França, e a ex-vereadora de Salvador, Leo Kret, como a Rainha Gabriela Universal LGBT, pelo apoio à causa da livre orientação sexual.

Prefeito de Ilhéus discute proposta de municipalização do Hospital Regional

Prefeito de Ilhéus discute proposta de municipalização do Hospital RegionalO prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, cumpriu agenda de trabalho nesta quinta-feira, 19, em Salvador. No Gabinete da Casa Civil do governo do Estado, reuniu-se com o secretário Bruno Dauster, para tratar da proposta de municipalização do Hospital Regional Luiz Viana Filho, e, com o secretário Maurício Barbosa, de Segurança Pública, a quem apresentou reivindicações para melhor aparelhamento da Polícia Civil no município. Ele esteve acompanhado pela deputada estadual Ângela Souza e pelos secretários municipais de Saúde, Elizângela Oliveira, e de Administração, Bento Lima.

Com a construção e funcionamento do novo Hospital da Costa do Cacau, à margem da Rodovia Jorge Amado, o governo do Estado e a Prefeitura de Ilhéus discutem o futuro do atual Hospital Geral Luiz Viana Filho, localizado no bairro da Conquista e que pertence à rede estadual de saúde. A proposta é a transformação do equipamento em uma unidade materno-infantil. Durante o encontro na Casa Civil, ficou agendada uma reunião técnica a ser realizada na próxima terça-feira, 24 de outubro, em Salvador, com a participação da secretária Elizangela Oliveira.

Concha Acústica – Ainda na Casa Civil, o prefeito Mário Alexandre tratou de um projeto para revitalização da Concha Acústica, espaço cultural situado na Avenida Soares Lopes. “A ideia é promover a integração da Concha com o Centro de Convenções”, adianta o prefeito. Nesse sentido, a Prefeitura ficou de elaborar um relatório contendo o levantamento de toda a área para subsidiar o projeto de requalificação do equipamento. O show Trinca de Ases, com os cantores Gilberto Gil, Nando Reis e Gal Costa, está programado para ser apresentado no espaço da Concha Acústica de Ilhéus no próximo dia 1º de dezembro.

Segurança – O prefeito esteve também com o secretário de Segurança Pública da Bahia, Maurício Teles Barbosa, a quem comunicou oficialmente a instalação do Gabinete de Gestão Integrada (GGI), que reúne representações de todos os órgãos de segurança no município, além do Ministério Público, Poder Judiciário, Câmara de Vereadores, entre outros.

Na oportunidade, o prefeito entregou ofício através do qual pleiteia a criação da Delegacia de Homicídios, a criação de um núcleo específico de combate a entorpecentes e a reforma da sede da 7ª Coordenadoria de Polícia (Coorpin). Além disso, solicitou a adoção de medidas extraordinárias para reforçar o trabalho da Polícia Civil durante a temporada de verão, período de intensa movimentação turística no município.

Prefeito defende fortalecimento do turismo regional

Prefeito de Ilhéus defende fortalecimento do turismo regionalAo participar do Festival o Caranguejo, em Canavieiras, neste final de semana, o prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, defendeu o fortalecimento de um calendário regional que promova o turismo das principais cidades da Costa do Cacau, criando um roteiro que faça com que o visitante permaneça por mais tempo na região. “As cidades têm singularidades que precisam obviamente ser respeitadas. Mas é importante transformar o que hoje é uma competição que mais divide do que multiplica numa oportunidade de negócio lucrativo para todos”, afirmou.

Ao lado da primeira dama Soane Galvão, o prefeito visitou estandes, participou da Cozinha Show e foi recebido pelo prefeito Clovis Roberto Almeida de Souza e pelo presidente da Câmara, Nilton Nascimento. “Esta forma de pensar do prefeito de Ilhéus, resgata, sobretudo, o processo de desenvolvimento econômico através de uma potencialidade viva da nossa região”, disse Nascimento. Para Abel Lisboa, secretário de Turismo de Canavieiras, a saída para o desenvolvimento do setor no sul da Bahia, passa prioritariamente pela integração das cidades-polo: Ilhéus, Itacaré e Canavieiras.

Carnavais na sequência – “O último carnaval, Ilhéus e Canavieiras realizaram no mesmo período, a gente dividiu público”, lembrou o prefeito Clovis Roberto Almeida. Para 2018, os dois prefeitos já anunciaram as datas da folia momesca e as cidades esperam ganhar muito com a atração do público regional, realizando a festa em datas diferentes. “Ilhéus vai realizar de 24 a 28 de janeiro. Canavieiras, de 1º a 9 e fevereiro”, exemplificou o prefeito de Canavieiras.

A retomada do Festival do Caranguejo reúne este ano 21 bares e restaurantes e promove shows com artistas nacionais e regionais.  A Cozinha Show serviu para estimular a gastronomia local com o surgimento de novos pratos através da participação de chefs baianos, entre eles, de Ilhéus, com experiência e participação no Festival Internacional do Chocolate.

PSB indica secretário e passa a compor a administração de Ilhéus

O Partido Socialista Brasileiro (PSB) oficializou ontem (10) durante encontro que manteve com o prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, o nome do seu filiado que assumirá a secretaria municipal de Agricultura e Pesca (Seap). Trata-se do ex-vereador Valmir Freitas do Nascimento. A sua nomeação deve acontecer nos próximos dias.

O PSB possui três vereadores na Câmara de Ilhéus: o presidente Lukas Paiva, Fabrício Nascimento e Nino Valverde. Sua principal liderança no município é o deputado federal Bebeto Galvão. Com a indicação de Valmir de Inema – como é mais conhecido o novo secretário – o partido passa a integrar oficialmente a base política do prefeito Mário Alexandre.

Conhecedor do campo – De acordo com o presidente do diretório municipal do partido, Diego Messias, a indicação levou em consideração o nome de uma pessoa que vive a realidade do interior e que conhece os problemas enfrentados pelo trabalhador do campo. Valmir Freitas tem 53 anos e durante 45 anos morou em Inema, distrito de Ilhéus. É neto de pequeno agricultor e foi vereador representando a zona rural de Ilhéus no período de 2008 a 2016. “Chego para somar, para contribuir com o governo e com a cidade”, disse.

Para o prefeito Mário Alexandre a aliança com o PSB reforça ainda mais as relações políticas do governo com um partido importante da Bahia. Mário Alexandre disse a Valmir que é fundamental desenvolver frente à pasta uma gestão integrada com outros setores importantes do governo, como as secretarias de Saúde, Educação e Desenvolvimento Social, construindo oportunidades para quem mais precisa.

Experiência – Secretário de Governo, o advogado Alisson Mendonça destacou o conhecimento que o novo secretário tem do interior de Ilhéus e sua experiência como homem público. “A secretaria estará em boas mãos”, disse. A secretaria municipal de Agricultura e Pesca (Seap) vem sendo dirigida interinamente por Angelito Dias Filho.

Com a definição do novo secretário, Angelito passará a se dedicar à superintendência de Ações Regionais, função ligada diretamente à Secretaria de Governo (Segov), ficando responsável, dentre outras coisas, ao programa de recuperação de estradas vicinais. Também esteve presente ao encontro o líder do governo na Câmara, vereador Paulo Carqueija.

Vereador defende continuação do Hospital Regional de Ilhéus

Vereador Gil GomesO vereador de Ilhéus, Gil Gomes (PV), segue com o seu posicionamento em não concordar com o fechamento do Hospital Regional Luiz Viana Filho, mesmo com a entrega do Hospital Costa do Cacau, localizado na Rodovia Ilhéus-Itabuna.

O parlamentar defende não apenas a continuação do Luiz Viana Filho, como a recuperação da Maternidade Santa Isabel, um aparelho importantíssimo de saúde que não existe mais. “Apenas a COCI e o Hospital São José não atendem mais a demanda. O Costa do Cacau não atenderá apenas os pacientes de Ilhéus, e sim de toda a região. Será um grande hospital, mas não fará o papel que o Regional vem fazendo há mais de quarenta anos. Continuarei nesta posição, inclusive tentarei uma audiência com  o governador Rui Costa sobre assunto” advertiu Gil Gomes.

A unidade funciona há cerca de 40 anos no bairro da Conquista e será um Hospital Materno-Infantil. Para Gil Gomes, a transformação do Hospital Regional em materno infantil acarretará um caos nas unidades e postos de saúde sediados na cidade. A preocupação do vereador tem lógica, pois com a inauguração do Hospital da Costa do Cacau, o Governo da Bahia encerrará  as atividades do Hospital Geral Luiz Viana Filho. A Prefeitura de Ilhéus assumirá as instalações do Regional para transformá-lo numa unidade de atendimento especializado apenas no tratamento infantil.

Hospital Costa do Cacau

A área construída é de 17.500 metros quadrados, mas o projeto foi pensado visando uma futura expansão. Por isso, a área total do empreendimento é de 55 mil metros quadrados. O novo hospital terá Ortopedia, Cardiologia e 30 leitos de UTI já na primeira etapa. Oito salas para cirurgias simultâneas e 180 leitos para internação. Pela primeira vez o serviço de cardiologia do Estado será implantado em uma cidade do interior com cirurgia cardíaca para atender a toda a região sul. Para uma futura etapa de ampliação estão previsto mais 120 leitos.

Governador assina contrato para duplicação da rodovia Ilhéus-Itabuna nesta segunda

O governador Rui Costa assina nesta segunda-feira (9), às 9h, contrato para duplicação da BR- 415, que liga os municípios de Ilhéus e Itabuna (Rodovia Jorge Amado), no sul do estado. O ato será realizado em Itabuna, na área do antigo Posto Cachoeira, localizada no final da Avenida Juracy Magalhães, na saída para Ilhéus.

A rodovia é um corredor de exportação, que integra o porto de Malhado, em Ilhéus, e de turismo, na Costa do Cacau. Diariamente, circulam nos dois sentidos da rodovia, 10.270 veículos. A obra vai beneficiar 511 mil habitantes, incluindo a população dos municípios de Una, Canavieiras, Buerarema, Itacaré e Uruçuca.

Prefeito de Ilhéus assina retomada das obras do Projeto Orla Sul amanhã

Projeto Orla SulO prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, assina nesta terça-feira (03), às 9h30min, ordem de serviço para a retomada imediata da primeira etapa do Projeto Orla Sul, a partir do KM 0 da rodovia Ilhéus-Olivença até a região o Ceplus. O ato acontecerá no início da rodovia Ba 001, em frente à entrada da unidade sul do Colégio Vitória, e contará com a presença de autoridades, trade turístico, empresários e comunidade residente ou com negócios no entorno daquela importante região do município.

O investimento de 2 milhões de reais inclui toda a parte de urbanização do trecho, com serviços de pavimentação, drenagem, ciclovia, calçada e será executado pela construtora NA2. A obra, iniciada em 2006, foi abandonada em 2012. Apenas 40 por cento foi executada no período de seis anos.

Logo que assumiu a administração municipal, o prefeito Mário Alexandre considerou a obra fundamental e após estudos da sua equipe técnica prestou conta ao Ministério do Turismo da reformulação da proposta elaborada pelo município – e já aprovada pela Caixa -, que possibilitou o lançamento do edital de licitação do remanescente das obras de reurbanização. A intenção da Prefeitura é ampliar a captação de recursos para a execução da segunda etapa do projeto.

Valorização – Os altos investimentos públicos e privados vão transformando a zona sul de Ilhéus. O cenário de desenvolvimento combina as ações, organizando o crescimento da cidade, a sua infraestrutura e mobilidade urbana, com a geração de empregos resultantes das diversas iniciativas. São muitos milhões de reais que aos poucos vão modificando aquele panorama. Entre estoque, novas unidades em construção e empreendimentos anunciados para terem início nas próximas semanas e meses, são cerca de duas mil unidades, sem incluir a construção de residências individuais não verticalizadas.

A construção pelo governo do estado da nova ponte estaiada – a primeira da Bahia – do centro para o Pontal, um investimento de quase 100 milhões de reais, resolverá o maior problema de mobilidade da cidade, que são os congestionamentos na única via de ligação com o centro. Mas as obras que melhoram a qualidade de vida dos ilheenses, não param por aí. A Embasa está executando o saneamento da zonal sul, mais uma grande e importante obra que consumirá 52 milhões de reais financiados pelo BNDES ao governo do estado da Bahia e alcançará mais de 7,5 mil novas ligações de esgoto doméstico que será devidamente tratado, melhorando sobretudo as condições de balneabilidade das praias e, em especial, da Baía do Pontal.

Do ponto de vista do crescimento organizado, os investimentos realizados em condomínios habitacionais, como o recente Sol e Mar, do programa “Minha Casa, Minha Vida” com 2.120 unidades, demonstram o esforço da administração pública em diminuir o crescimento desordenado na zona sul. Novos estudos para a construção de mais centenas de unidades, próximo ao bairro Hernani Sá, estão em andamento.

Governo não se acomoda – Por outro lado, Ilhéus é um dos primeiros municípios litorâneos do Brasil a assinar o termo que lhe dá o direito de gerenciar o uso das praias por 20 anos. Com isso, a Prefeitura pretende manter as cabanas de praia do sul como um importante equipamento, mas dentro de um projeto de requalificação que atenda as nossas pretensões turísticas e respeite as normas ambientais e de saúde, prestando um serviço de qualidade aos frequentadores das nossas praias. “São medidas que começam a ganhar forma graças às iniciativas do governo municipal, que não se acomoda diante das dificuldades e procura superar os óbices com muito trabalho”, destaca o prefeito de Ilhéus.

A zona sul, que já possui escolas e faculdades de ensino superior, contará ainda com uma creche para 188 crianças, investimento de 1,6 milhão de reais do FNDE, a ser construída no Santo Antônio de Pádua e mais uma quadra poliesportiva na localidade do Couto. A Secretaria estadual de Infraestrutura vai estender o projeto de iluminação pública da BA 001, do trecho entre o conjunto Ceplus até o bairro de Olivença, além de implantar uma ciclovia ao longo do percurso, antigo anseio da Associação Ilheense de Ciclismo.

Três grandes empreendimentos colocam terrenos urbanizados à disposição do mercado. Trata-se do Alphapark, do Brisa-mar e do luxuoso condomínio Cidadelle, todos pavimentados, com saneamento básico e até estruturas de lazer, a nível do que há de melhor, no país. Na praia dos Milionários, um dos mais importantes grupos empresariais o País, o Pão de Açúcar, também vai se instalar na região sul. O Grupo Assaí, uma rede brasileira investirá terá recursos da ordem de 40 milhões na construção de uma unidade no KM 6 da Ba-001 e deve gerar logo na primeira etapa 300 empregos diretos.

A segurança jurídica, as leis de zoneamento e ambiental bem definidas e um diálogo franco e aberto estabelecido entre instâncias de governo e empresários fazem de Ilhéus uma das melhores opções de investimento do interior da Bahia, de acordo com o vice-prefeito e secretario de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável, José Nazal.

CÂMARA DE VEREADORES_somos parceiro_banner de site Política in Rosa - 500x500 gif


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia