WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


:: ‘Câmara de Feira de Santana’

Com ressalvas, contas da Câmara de Feira de Santana são aprovadas

Câmara Municipal de Feira de Santana

Câmara Municipal de Feira de Santana

Na sessão desta terça-feira (08/12), realizada por meio eletrônico, a 2ª Câmara do Tribunal de Contas dos Municípios aprovou, com ressalvas, as contas da Câmara Municipal de Feira de Santana, da responsabilidade do vereador José Carneiro Rocha, referente ao exercício de 2019. O vereador e presidente do Legislativo feirense foi penalizado com multa de R$ 1,5 mil em razão das ressalvas apontadas no relatório técnico.

Conforme o TCM, o relator do parecer, conselheiro substituto Cláudio Ventin, destacou, como ressalvas, a admissão de servidores sem a realização de prévio concurso público; pagamentos de gratificações a alguns servidores efetivos, de maneira acumulada e sem comprovação de legalidade e/ou justificativas para tanto, no montante de R$232.346,92; e ausência de processo licitatório na locação de 30 vagas de estacionamento, no valor de R$60 mil. O presidente do Legislativo, vereador José Carneiro Rocha, foi multado em R$1,5 mil. :: LEIA MAIS »

Feira foi o único município que aprovou piso em projetos separados, diz Beldes

Foto: Danillo Freitas

Foto: Danillo Freitas

O vereador Beldes Ramos (PT) falou sobre a situação dos agentes de endemias que mais uma vez se fizeram presentes nas galerias da Câmara de Feira de Santana. “Solicitei que a Comissão pudesse interagir com a categoria e fizesse uma intermediação com a Prefeitura. Não há motivos para se alongar mais com esse reajuste que é garantido por lei”, disse. De acordo com o vereador, Feira de Santana foi o único município do estado que aprovou o piso salarial dos agentes de saúde e agentes de endemias em projetos separados. “Todos os outros municípios fizeram o projeto casado, mesmo sendo categorias diferentes”, concluiu.

Karoliny Dias

Roque apoiou, mas não participou das manifestações. Saiba por quê

Vereador Roque Pereira (DEM)

Vereador Roque Pereira (DEM)

Sobre as manifestações do dia 13/03, o vereador Roque Pereira (DEM) ressaltou o numero recorde de pessoas que participaram. Roque ressaltou que não pode participar da última por seguir conselho de algumas pessoas. “Conselho e café só na hora certa. Para evitar o que aconteceu com Aécio Neves e Geraldo Alckmin, que foram chamados de oportunistas, não fui”, explicou.

Roque ressaltou também a vida difícil de empresário que tem levado pagando muitos impostos ao governo federal.

Karoliny Dias

Beldes confirma candidatura à reeleição

Vereador Beldes Ramos (PT)

Vereador Beldes Ramos (PT)

Após a dúvida propagada nos bastidores da política, o vereador Beldes Ramos (PT) confirmou que é candidato à reeleição e pelo Partido dos Trabalhadores, por onde se elegeu. O vereador ressaltou que realmente chegou a repensar sua vida e cogitou a possibilidade de não se candidatar a reeleição por causa de problemas pessoais, mas que havia tomado a sua decisão.

“Ouvi das pessoas que eu não poderia fazer isso com a sociedade e não farei. Existem aqueles que querem que eu não cresça e querem me derrubar, e se querem me derrubar é por que eu sou forte”, explicou. Sobre questões partidárias que o impediriam, Beldes disse que estão todas resolvidas e que o PT tem sim interesse de sua candidatura.

Karoliny Dias

Carneiro comenta confusão entre Tom e Lulinha

Vereador José Carneiro (PSL)

Vereador José Carneiro (PSL)

O líder do governo, o vereador José Carneiro (PSL) falou sobre a confusão entre os vereadores Tom (PEN) e Lulinha (ainda no PEN, mas de saída para o DEM). De acordo com o vereador, a briga política agora está entre os suplentes e ressaltou que a discussão entre os dois não é salutar. É, está chato mesmo.

Karoliny Dias

Lulinha diz que voltará ao Democratas

Vereador Lulinha ainda está no PEN

Vereador Lulinha ainda está no PEN

O vereador Lulinha (PEN) afirmou que voltará para a sua antiga casa, o Democratas. De acordo com o vereador, ele não dará “o gostinho” ao novo presidente municipal do PEN, o vereador Tom, de expulsá-lo. “Vou entregar a Tom e ao juiz eleitoral a minha carta de desfiliação. Na próxima quinta-feira, às 8h, no gabinete do prefeito José Ronaldo farei a minha filiação ao Democratas, ficha essa que será abonada pelo próprio prefeito. Essa será uma das maiores bancadas de vereadores que essa Casa já teve”, disse. lulinha confia que na próxima Legislatura voltará a Casa da Cidadania.

Karoliny Dias

Ronny convida diretores de Secretarias e secretários para participarem de chapão: “Questão de justiça”

Presidente da Câmara de Feira de Santana, vereador Ronny (PSDB)

Presidente da Câmara de Feira de Santana, vereador Ronny (PSDB)

De acordo com o vereador Ronny (PSDB), os vereadores têm apenas oito dias para decidirem o seu futuro político para as eleições desse ano. O presidente da Câmara de Feira de Santana lembrou ainda que o chapão combinado entre todos os vereadores e ainda suplentes de vereador e candidatos que tem voto

“Não é justo que disputemos com candidatos que não tem a estrutura que temos. Vamos para o enfrentamento mesmo sabendo que oito colegas não voltarão para essa Casa. Não aceitamos também diretores e secretários disputarem conosco, já que muitos deles têm mais estrutura que qualquer vereador desta Casa”, disparou. Ronny disse que não aceitaria que, de última hora, eles colocassem seus nomes para apreciação nas próximas eleições. “Se fizerem isso, terão o meu repúdio”, destacou.

Motivo do discurso

Ronny ressaltou que tem chegado na casa de amigos e tem recebido a informação de que pessoas ligadas ao governo municipal, que negam que serão candidatos nas próximas eleições, ter passado por lá e pedido votos. “Como, se eles negam que serão candidatos?”, questionou.

Karoliny Dias

Tom se declara novo líder do PEN na Câmara e causa polêmica com Lulinha

Vereadores Tom (agora líder do PEN) e Lulinha

Vereadores Tom (agora líder do PEN) e Lulinha

O vereador Tom declarou na manhã desta segunda-feira (07) na Câmara de Feira de Santana que é o novo líder do Partido Ecológico Nacional (PEN) na Casa. A afirmação do vereador não deixou o outro componente do PEN, o vereador Lulinha, muito feliz. “Isso é uma falta de ética do vereador. Ele deveria ter conversado comigo antes de ter se declarado líder do partido”, disse. o vereador Roque Pereira (DEM) relembrou a Lulinha que Tom é o presidente municipal do diretório do partido e que poderia sim o fazê-lo.

Tom respondeu a Lulinha dizendo que tem independência para agir da forma que está agindo e que a sua presença não faz mais bem, pedindo então que ele se retirasse. “Só saio quando eu quiser”, disparou Lulinha, malcriado.

Karoliny Dias



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia