WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


PMFS-Vozes da Terra Gospel 2018

:: ‘São João de São José’

Após Prefeitura anunciar cancelamento de show, sanfoneira reduz cachê

sanfoneira Lucy Alves

Sanfoneira Lucy Alves

Após a Prefeitura de Feira de Santana anunciar  o cancelamento do show, a produção da sanfoneira Lucy Alves decidiu atender a exigência da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer do Município, reduzindo o valor do cachê de sua apresentação no São João de São José, maior festa junina da região, realizada  no distrito Maria Quitéria. O problema com a contratação da sanfoneira ocorreu porque dias atrás a Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer, em seu trabalho de pesquisa, descobriu que ela se apresentará em Itaberaba, a cerca de 200 km de Feira de Santana, pelo cachê de R$ 75 mil, e em Santa Terezinha, a 100 km de distância, por R$ 60 mil, enquanto o show de Feira de Santana custaria R$ 110 mil.

A Secretaria tentou renegociar o valor, mas houve resistência da produção da cantora. Então, nesta sexta-feira, o secretário Edson Borges chegou a anunciar o cancelamento da apresentação. Mas no início da noite a produção de Lucy Alves informou a Prefeitura que reduziria para R$ 80 mil, valor compatível com o cobrado em outras apresentações. Está mantido, portanto, o show da forrozeira no dia 23, sábado, véspera do São João, no palco principal do centro da festa, em Maria Quitéria, não mais sendo necessária a substituição pela banda Arreio de Ouro.

Prefeitura diz que sanfoneira cobrou R$ 50 mil a mais de cachê em relação a outras cidades

Prefeitura de Feira de Santana foto Jorge Magalhaes

Prefeitura de Feira de Santana

A banda Arreio de Ouro acaba de ser contratada para tocar no São João de São José, grande festa junina da região, promovida no distrito Maria Quitéria pela Prefeitura de Feira de Santana. Esta atração substituirá a sanfoneira Lucy Alves, na programação do dia 23. O show dela foi cancelado pela Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer (Secel) porque o cachê cobrado estava cerca de R$ 50 mil a mais em relação a suas apresentações em outras cidades próximas.

De acordo com a Prefeitura, a secretaria tentou renegociar o valor, mas houve resistência da produção da cantora. O show de Lucy Alves em Feira foi anunciado há cerca de um mês, quando o prefeito Colbert Martins Filho divulgou a programação do São João, no valor de R$ 110 mil. Acontece que na última sexta-feira a Secel descobriu que a forrozeira se apresentará em Itaberaba, a cerca de 200 km, por R$ 75 mil, e em Santa Terezinha, a 100 km, por R$ 60 mil. “Não há justificativa para que uma mesma atração se apresente num mesmo evento, em três cidades próximas, com cachês tão diferentes. Lamentamos muito o cancelamento, pois Lucy Alves é uma grande atração, mas em primeiro lugar está o cuidado com o dinheiro público”, afirma o secretário de Cultura, Esporte e Lazer, Edson Felloni Borges.

A secretaria encontrou muitas dificuldades para afazer a substituição às vésperas dos festejos juninos, mas conseguiu a contratação de Arreio de Ouro, outra grande atração, de muito sucesso em Feira em todo o Nordeste, por R$ 75 mil.

Festejos juninos já têm data definida

Festejos juninos

Festejos juninos

Os festejos juninos já têm data definida pela Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer (Secel). O fole vai roncar no São João de São José, no distrito Maria Quitéria, de 21 (quinta-feira) a 23 de junho (sábado). No distrito de Tiquaruçu, as comemorações de São João vai acontecer nos 23 e 24 de junho (domingo).

A Prefeitura também divulgou as datas do São Pedro de Humildes, Jaíba e Bonfim de Feira. No distrito de Humildes, onde a presença do público é em maior número, o forró está marcado para os dias 29 (sexta-feira), 30 (sábado) e 1º de julho (domingo).

Em Bonfim de Feira e no distrito de Jaíba, a comemoração do São Pedro está marcada para os dias 30 e 1º de julho. As atrações, que vão garantir a animação do público, ainda estão sendo negociadas pela Prefeitura.

São João de São José monitorado por câmeras de segurança da Seprev

Monitoramento no São João de São JoséNuma iniciativa inédita da Secretaria Municipal de Prevenção à Violência e Promoção dos Direitos Humanos (Seprev), o tradicional São João de São José será totalmente monitorado. O serviço começou a funcionar nesta quinta feira, 22, e prossegue durante todo o festejo.

O secretário da Seprev, Pablo Roberto, ressalta a importância da iniciativa visando proporcionar maior segurança e tranquilidade às pessoas que forem ao evento. “Com a medida esperamos inibir a violência e auxiliar no combate à criminalidade”, destacou.

O monitoramento será realizado em todo o circuito da festa, na praça da sede do Distrito, com câmeras também no palco fixo e nos acessos . Serão utilizadas as modernas câmeras speed dom e outras de grande alcance e definição de imagens.

Aliado a tudo isso, a Seprev também vai deslocar para o local o ônibus com a central movel de vídeomonitoramento. Neste veículo trabalham 20 homens em escala de revezamento ininterruptamente para garantir melhor resultado da ação.

Com o videomonitoramento, as ações serão identificadas em tempo real. E as imagens, conforme o secretário Pablo Roberto, são encaminhadas automaticamente para a polícia, além de prepostos da PM serem acionados para interferir em casos necessário. “As imagens serão utilizadas para identificar e punir a criminalidade”, alertou o secretário.

Todo sítio da festa e as principais ruas estão monitoradas.

CÂMARA DE VEREADORES_somos parceiro_banner de site Política in Rosa - 500x500 gif


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia