WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


PMFS-MaioAmarelo

:: ‘Hospital Regional Costa do Cacau’

Estado assegura assistência no Hospital Regional Costa do Cacau

Hospital da Costa do Cacau

Hospital Regional Costa do Cacau

O atendimento no Hospital Regional Costa do Cacau (HRCC) será mantido em plena capacidade operacional durante a fase de transição de gestão. Quem garante é o secretário da Saúde do Estado da Bahia, Fábio Vilas-Boas, que esteve no hospital na tarde desta sexta-feira (11) e se reuniu com os representantes do corpo clínico. Mesmo estando em fase de transição para uma nova organização social que assumirá a gestão da unidade pelos próximos 60 meses, nenhum serviço no hospital será paralisado. “Tivemos uma reunião muito boa com o corpo clínico do Hospital Costa do Cacau, asseguramos os pagamentos dos médicos e alinhamos a garantia dos atendimentos eletivos e não urgentes”, afirmou Fábio Vilas-Boas. De acordo com o Secretário, a conversa foi importante para liquidar quaisquer movimentos de paralisação dos profissionais.

Com um ano em funcionamento, completado no dia 15 de dezembro, o HRCC realizou mais de 180 mil procedimentos, dentre os quais 30 mil atendimentos e mais de 3.500 cirurgias em nove especialidades, destacando-se 1.422 em Ortopedia. O hospital oferece atendimento à população em 13 especialidades: Clínica Médica Geral, Cardiologia, Saúde Mental, Neurologia, Ortopedia, Infectologia, Urologia, Nefrologia, Terapia Intensiva e Cirurgia Geral, Ortopédica, Neurológica e Vascular. O serviço de diálise implantado na Unidade de Terapia Intensiva reduziu a necessidade de transferências para outras unidades, atendendo exclusivamente os usuários em estado grave e que apresentam quadro de insuficiência renal. A unidade de saúde é pioneira em serviços de Cardiologia ofertados pelo SUS, realizando procedimentos de colocação de marca-passo; cardiodesfibrilador implantável, além dos serviços de hemodinâmica, como cateterismo, angioplastia e arteriografia.

Localizado em Ilhéus, o HRCC também atende a outros 65 municípios da região sul da Bahia. O hospital, uma das maiores e mais modernas unidades de saúde da Rede Pública do Estado, conta com 225 leitos, 195 destinados a internação e cirúrgicos e outros 30 leitos exclusivos para Terapia Intensiva Adulto; ambulatório, centro cirúrgico, parque de bioimagem completo, com equipamentos de última geração, incluindo ressonância magnética e tomógrafo.

 

Ilhéus: Implantada Classe Hospitalar para jovens internados no HRCC

Implantada em Ilhéus Classe Hospitalar para jovens internados no HRCC

Foto: Divulgação

Jovens e adultos internados no Hospital Regional Costa do Cacau (HRCC) terão aulas durante o período de permanência na unidade. O ato inaugural do Serviço de Atendimento à Rede em Ambiências Hospitalares e Domiciliares (Programa Sarahdo) aconteceu nesta quarta-feira (26), com a presença do prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, acompanhado dos secretários estaduais de Saúde, Fábio Vilas Boas e de Educação, Walter Pinheiro. Presentes também os secretários municipais, Geraldo Magela (Saúde) e Gil Gomes (Governo); o diretor geral do HRCC, Hernani Vaz Krüger; o superintendente estadual de Políticas para a Educação Básica, Ney Campello e coordenadora do programa, Veruska Poltronier. Participaram da solenidade, ainda, a diretora do (NTE-5), Josefina Castro; diretor técnico do HRCC, Cláudio Moura Costa; diretora da Atenção Básica de Ilhéus, Érika de Jesus; representantes dos Conselhos de Educação e Saúde de Ilhéus, além dos vereadores, Fabrício Nascimento e Pastor Matos. A iniciativa se transformou em política pública assegurada por lei, a fim de garantir o direito de estudantes do Ensino Médio e Educação de Jovens e Adultos/EJA, que se encontram nos leitos hospitalares ou em atendimento médico domiciliar, a darem continuidade aos seus estudos. Segundo os coordenadores, quando um aluno da rede adoece e vai para um leito ou fica em casa por conta de um problema de saúde, ele está sendo condenado ao abandono escolar naquele período.

Melhora da autoestima – O prefeito Mário Alexandre ressaltou mais este apoio do Governo do Estado para o sul da Bahia, em especial para Ilhéus. “Este serviço cria a possibilidade de acesso ao contexto escolar, diminui os efeitos negativos da internação e contribui para a melhora da autoestima do aluno. Queremos espelhar esta ação para nas unidades de saúde do município”, destacou.

Walter Pinheiro disse que, com este programa, a escola está indo até o hospital. “A classe escolar faz a cobertura do aluno que teve de se afastar da escola comum. Estamos fazendo isso também na educação profissional, para fechar 2018 com oferta desta proposta em todos os 417 municípios baianos. Esse é o modelo de escola que entendemos e não mais a escola que só acontece somente na sala de aula”, comentou o secretário.

Direito assegurado – O secretário Fábio Vilas Boas avaliou a iniciativa como fundamental para inclusão da população no acesso à saúde. “O programa serve para pessoas que estão hospitalizadas por doenças ou consequências de acidentes ou traumas. A partir de agora, vamos poder assegurar à criança, jovem ou adulto das escolas estaduais a continuidade do processo educacional no âmbito hospitalar”, destacou. :: LEIA MAIS »

“Em dezembro, o Hospital Costa do Cacau estará funcionando”, garante secretário

Hospital Costa do CacauNa manhã do último sábado (11), o secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, esteve em Ilhéus, acompanhado da equipe técnica da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) e também do prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, para vistoriar a maior obra estruturante na saúde pública no sul da Bahia, nos últimos 35 anos – O Hospital Regional Costa do Cacau. “Vim revisar todos os detalhes para que dia 15 de dezembro, o Hospital Regional Costa do Cacau esteja em pleno funcionamento”, afirmou o titular da Sesab.

Ao percorrer por todo o hospital, Vilas-Boas observou os detalhes da estrutura de um modo geral e foi bastante criterioso quanto a revisão da unidade. Segundo ele, o Costa do Cacau é o mais moderno equipamento hospitalar implantado no sul da Bahia e um dos mais modernos do país. “O hospital possui mais de 230 leitos, e atenderá as demandas da região cacaueira em urgência e emergência. Também as cirurgias eletivas de alta complexidade, incluindo as cirurgias cardíaca, neurológica e ortopédica”, explicou.

Hospital ensino

Ainda de acordo com o secretário, “graças às políticas de integração do governo do estado, a nova unidade hospitalar servirá como um hospital ensino, e, a parceria da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) é primordial. A cada dia, os hospitais da rede estadual estão à disposição do ensino, trazendo avanços tecnológicos nas áreas da saúde”, pontuou.

O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, destacou a importância de manter uma parceria do município com o governo do estado. Na avaliação do gestor, a operação do hospital vai melhorar a saúde do município e descentralizar as demandas suprimidas nos hospitais de Ilhéus e Itabuna. “O governo do estado vai entregar para a região um grande hospital. Moderno, amplo e com um desenho arquitetônico como poucos hospitais do Brasil possuem. Esse importante equipamento, aliado com a futura Policlínica, muda o quadro da saúde em nosso município”, assinalou o prefeito.

Para a secretária municipal de Saúde, Elizângela Oliveira, a região sul da Bahia não possuía uma estrutura de alta complexidade de ponta como esta que está sendo implantado no município. “Teremos enfim, um centro de referência e atenções de alta especialidade que vai desafogar dando uma atenção melhor a população de Ilhéus, Itabuna e adjacências. Isso garante a sobrevida e o não encaminhamento à Salvador, diminuindo tempo e custos”, frisou.

Funcionamento e gestão

Segundo a Sesab, parte dos profissionais e servidores que integram o quadro de funcionários do atual Hospital Regional Luiz Viana Filho, será transferida para o novo Hospital Costa do Cacau. O Instituto Gerir é a Organização Social selecionada para administrar a unidade. “Esse formato, garante mais agilidade à gestão do hospital porque o parceiro privado não precisa seguir os mesmos trâmites burocráticos para contratação e aquisição de equipamentos. Isso garante mais rapidez no atendimento das necessidades da unidade”, disse o superintendente técnico do Instituto Gerir, José Mário Teles.

Participaram também da visita ao Hospital Regional Costa do Cacau, o prefeito e a secretaria de Saúde de Itabuna, Fernando Gomes e Lisias São Mateus, respectivamente, a reitora da Uesc, a professora Adélia Pinheiro; o vice-prefeito de Ilhéus, José Nazal Pacheco; os secretários municipais de Governo, Alisson Mendonça; de Infraestrutura Transporte e Trânsito, Hermano Fahning e de Comunicação, Alcides kruschewsky.

Câmara Municipal de Feira de Santana - Lado a Lado


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia