WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


:: ‘estelionato eleitoral’

Vereadora acusa Herzem Gusmão de aplicar “maior estelionato eleitoral vivenciado em Conquista”

Vereadora Viviane SampaioDurante a sessão ordinária da Câmara Municipal de Vitória da Conquista (CMVC), nesta quarta-feira, 28, a vereadora Viviane Sampaio (PT) acusou o prefeito Herzem Gusmão (MDB) de vitimizar o eleitorado conquistense com o “maior estelionato eleitoral vivenciado em Vitória da Conquista”. Segundo ela o Herzem Gusmão da campanha é bem diferente do Herzem Gusmão que hoje chefia as ações do Executivo Municipal.

Para ela, a forma como tem tratado os profissionais dos carros de som publicitário é só mais uma demonstração do “estelionato”. “Pudemos ver mais uma vez a incoerência do discurso do prefeito Herzem Gusmão na época da campanha e depois que assumiu o poder”, disse a parlamentar. “A maioria da população de Vitória da Conquista foi induzida ao erro do projeto da enganação, onde as promessas de campanha foram imediatamente esquecidas pelo prefeito assim que assumiu o poder”, apontou.

Viviane apontou que Herzem Gusmão chefia um governo que desrespeita até mesmo as decisões judiciais. “Infelizmente nós estamos num Governo sem Leis, que descumpre decisões judiciais”, avaliou. “É muito vergonhoso para nós que defendemos a população de Vitória da Conquista ser todo dia abordado com escola faltando funcionários, professor, com o Conquista Criança não funcionando em tempo integral por falta de alimentação, com as unidades de saúde carecendo de insumos, de materiais de profissionais”, disse ela.

Vereador acusa gestão atual de estelionato eleitoral

vereador Valdemir Dias (PT)Na sessão ordinária desta terça-feira (14), antecipada em decorrência do feriado da Proclamação da República, o vereador Valdemir Dias (PT) voltou a criticar a posição da Prefeitura Municipal em relação ao transporte alternativo feito por vans. “O que houve foi um grande estelionato eleitoral aqui na nossa cidade. Os senhores foram um dos principais cabos eleitorais desse governo”, disse emendou: “No entanto, o tratamento que vocês recebem é um decreto, que eu já disse anteriormente, que não alcança nenhum de vocês”. No dia 20 de novembro, a gestão Herzem Gusmão publicou um Decreto Municipal com normas para a regulamentação desse tipo de transporte alternativo. “São regras que não alcançam quem colocou adesivo e quem caminhou nessa campanha, arduamente, para botar esse governo aí”, falou.

Segundo Valdemir, o mesmo aconteceu com o segmento de carros de som. “Tem gravações em mesa na campanha eleitoral com o pessoal de carro de som falando que ia ampliar o serviço, que a Secretaria de Comunicação ia contratá-los, ia melhorar. No entanto, o que os senhores recebem?”, disse, relembrando que o segmento foi proibido de circular em algumas ruas do Centro.

O parlamentar frisou ainda a situação dos servidores. Segundo ele, muitos funcionários públicos apoiaram a candidatura do atual prefeito. “O que recebem? Cortes de salários; começou cortando os salários dos monitores de creches, depois voltou [atrás]; cortes de direitos adquiridos há anos, anos e anos de luta. Na campanha salarial houve um achatamento da tabela. Então, promessas e promessas”, disse.

Valdemir criticou a situação da saúde, para ele um caos nas zonas urbana e rural.

Além disso, o vereador afirmou que Herzem vem tentando se apropriar de ações da gestão anterior, como a Unidade de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia com Serviços de Radioterapia (UNACON) que será instalada nesta terça, 14, no Hospital Samur.

Segundo Valdemir, a unidade é fruto dos esforços do ex-prefeito Guilherme Menezes que, desde 2014, vem se empenhando para trazer o serviço para o município. “O governo atual está pegando pra si, como se fosse um projeto dele”, denunciou. Valdemir deixou um recado para a gestão de Herzem. “Governo faça sua própria caminhada, faça seus próprios projetos, cumpra suas promessas de campanha”.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia