O Programa de Imunização da Secretaria Municipal de Saúde, até a manhã desta quarta-feira, 10, não existe recebido comunicado do Ministério da Saúde informando o fracionamento da vacina contra um febre amarela. Sendo assim, uma imunização do grupo prioritário contínuo em dose única sem município – 0,5 ml.

Devem receber o imunizante, pessoas entre nove meses a 59 anos de idade, que ainda não foram vacinadas. A enfermeira do Programa de Imunização, Alice Moreira, afirma que todas as unidades da rede municipal de Saúde são abastecidas com uma vacina contra a febre amarela. Há no estoque 4.500 doses do imunizante, que é considerado satisfatório.

A vacina contra a febre amarela faz parte do calendário de vacinação. Ela é contraindicada para pacientes em tratamento de câncer, pessoas com imunossupressão e pessoas com reação alérgica grave à proteína do ovo. No caso dos idosos, uma vacinação precisa ser aplicada após a avaliação dos serviços de saúde. A vacinação contra febre amarela impede uma doação de sangue por um período de quatro semanas.

A febre amarela é transmitida por meio de vetor (mosquitos dos gêneros Haemagogus e Sabethes no ambiente silvestre). O último caso de febre amarela urbana foi registrado no Brasil em 1942, e todos os casos confirmados desde então, decorrem do ciclo silvestre de transmissão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *