WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


:: ‘Fábio Vilas Boas’

Bahia vive uma segunda onda da Covid-19, confirma secretário de Saúde

Secretário de Saúde do Estado da Bahia, Fábio Vilas-Boas – Foto: Reprodução / Redes Sociais

O secretário de Saúde do Estado da Bahia, Fábio Vilas-Boas, confirmou nesta quinta-feira (3) que a Bahia vive uma segunda onda da Covid-19.

De acordo com Vilas-Boas, já é possível dizer que a Bahia vive uma segunda onda da pandemia da covid-19. Ele afirma ainda que as taxas atuais de crescimento dos casos da doença são iguais às que tínhamos em junho, só que com um detalhe importante: existe agora um surto geral, com os índices aumentando em todas as regiões do estado de uma vez só. :: LEIA MAIS »

Secretário de Saúde afirma que novo Clériston Andrade será entregue no primeiro semestre de 2020

Secretário de Saúde afirma que novo Clériston Andrade será entregue no primeiro semestre de 2020

Foto: Reprodução

Com 50% das obras concluídas, o novo Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA), em Feira de Santana, no centro norte da Bahia, será entregue no primeiro semestre de 2020. A informação é do secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, que conferiu de perto o ritmo acelerado nesta sexta-feira (20).

De acordo com o titular da pasta estadual da Saúde, estão sendo investidos R$ 50 milhões entre obras e equipamentos. “A nova unidade possui 8 mil metros quadrados, em três pavimentos. No andar térreo será instalado o setor de bioimagem, com dois tomógrafos e ressonância, bem como o maior Centro de Hemorragia Digestiva do interior do estado”, explicou.

Vilas-Boas acrescentou que “o primeiro pavimento será destinado a 40 leitos de Unidades de Terapia Intensiva [UTIs], e o segundo terá o segundo maior centro cirúrgico do estado, com 12 salas operatórias”. Com uma estrutura moderna, o HGCA será o primeiro hospital 4.0 da Bahia, o que evita o preenchimento de prontuários manualmente. :: LEIA MAIS »

Bahia reduz judicialização da regulação em 75%

Bahia reduz judicialização da regulação em 75%

Foto: Divulgação

O secretário da Saúde do Estado da Bahia, Fábio Vilas-Boas, anunciou nesta quinta-feira (31), durante o 3° Congresso Baiano de Judicialização em Saúde, que a Bahia reduziu em 75% o número de pedidos judiciais de regulação entre 2015 (862) e 2019 (220, até setembro). “Hoje a judicialização da saúde representa um dos maiores problemas para o sistema de saúde, porque leva a gastos sem previsibilidade, à desorganização e desestruturação dos orçamentos dos sistemas e estimula práticas inadequadas. Isso resulta frequentemente na imputação penal, cível e administrativa dos gestores”, avalia o secretário.

Para reduzir o número de processos judiciais, a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) teve que investir em múltiplas frentes. “A saúde sempre foi uma prioridade para o governador Rui Costa e além da construção de sete novos hospitais, com a abertura de mais de 1.000 leitos, investimos R$ 120 milhões em obras e equipamentos de imagem em 11 hospitais na capital e no interior, a fim de garantir o diagnóstico rápido e preciso do paciente internado, bem como aplicamos R$ 52 milhões em informatização. Assim, garantimos o aumento da eficiência da Central Estadual de Regulação”, afirma Vilas-Boas. :: LEIA MAIS »

Por descumprimento de ordem judicial, secretário de Saúde da Bahia é denunciado

Fábio Vilas-Boas

Secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas.

O Ministério Público Federal (MPF) denunciou, mais uma vez, Fábio Vilas-Boas Pinto, secretário de Saúde da Bahia, por descumprimento de ordem da Justiça Federal que determinava o fornecimento de medicamento a uma criança de 5 anos de idade para tratamento de câncer. O MPF cita descaso do agente público com a situação de saúde do menor de idade e o risco à credibilidade do Judiciário.

De acordo com o MPF, a denúncia partiu de investigação com o intuito de apurar os responsáveis pelo descumprimento de expressa ordem judicial (ID 3704298) emanada do Juízo da 6ª Vara Federal da Seção Judiciária do Estado da Bahia, em que foi deferida liminar a fim de que a União e o Estado da Bahia fornecessem o medicamento Erwinase a menor portador de leucemia linfoide aguda.

Ainda de acordo com o MPF, a decisão reconheceu o direito indisponível do menor de acesso ao medicamento, que é de alto custo, sob risco de vida. O Juízo esclareceu ainda que o menor, por questões médicas, não podia fazer uso de tratamento e medicamentos oferecidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) aos pacientes de mesma patologia.

Em resposta, não ocorreu o cumprimento da decisão judicial pelo estado da Bahia, representado pela pessoa do secretário de Saúde, Fábio Vilas-Boas, e pela União Federal, representada pelo então Ministro da Saúde, Ricardo José Magalhães Barros. :: LEIA MAIS »

Fábio Vilas-Boas visita Hospital Clériston Andrade

Secretário da Saúde do Estado da Bahia, Fábio Vilas-Boas

Secretário da Saúde do Estado da Bahia, Fábio Vilas-Boas.

Nesta quinta (26), o secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas, estará em Feira de Santana, a partir das 08h30 para participar da 7ª Mostra Integrada do Hospital Clériston Andrade, que visa incentivar e divulgar pesquisas realizadas pelo Hospital com professores, estudantes e trabalhadores da Unidade. Depois fará uma visita às obras de construção do Clériston Andrade II, que tem previsão de entrega para maio de 2020.

“Esse é um momento importante, onde inclusive será feito o anúncio de um novo veículo para o Hospital Dom Pedro de Alcântara, que servirá para transplantes renais e aos recém-implantados transplantes cardíacos. Na mesma ocasião, receberá mais uma sala de cirurgia completa cedida pelo Estado, a segunda por indicação e emenda do nosso Mandato”, afirma o deputado federal Zé Neto.

O deputado salienta que a Unidade do Hospital Dom Pedro de Alcântara é muito importante para a Saúde não só do município, como também da região e tem tido todo o apoio do Governo do Estado, com quem o seu Mandato tem mantido uma parceria permanente no sentido de atender às suas demandas e interlocuções.

Central Estadual de Regulação contabilizou mais de 2,1 mil atendimentos durante o Carnaval

Fábio Vilas-Boas

Fábio Vilas-Boas

O secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, informou que a Central Estadual de Regulação (CER) contabilizou mais de 2,1 mil atendimentos durante o Carnaval de Salvador. Fábio avaliou que a rede hospitalar e a Central têm se tornado cada vez mais eficientes. “Foram mais de 2,1 mil pacientes atendidos, sendo nove transferidos por UTI aérea e 83 por ambulâncias UTI”, detalha o secretário.

Segundo o secretário, um dos fatores decisivos para a evolução do trabalho da CER foi a Informatização do processo e o acompanhamento online de metas e indicadores. Contribuiu também a expansão da rede de atendimento. Durante o ano passado, foram implantados mais de 1 mil novos leitos hospitalares na Bahia, distribuídos em forma de rede direta, indireta e por meio de contratos. De acordo com Fábio, “outra ação que tem contribuído para a evolução do trabalho da CER é a desospitalização de pacientes crônicos, como estratégia para que se disponibilizem mais leitos para a população baiana. Com a implantação de leitos para a internação em domicílio, já foram retirados mais de mil pacientes dos hospitais, para que continuem o tratamento em casa”.

Em 2018, até o mês de dezembro, a Central registrou mais de 180 mil solicitações atendidas, número maior que o computado em todo ano de 2017. “Esse resultado só pode ser alcançado graças aos investimentos que o governador Rui Costa fez na estrutura da CER e também na expansão da rede de assistência, como a construção de novos hospitais”, pontua o secretário.

Bahia amplia em R$ 76 milhões os recursos federais para a saúde

Bahia amplia em R$ 76 milhões os recursos federais para a saúde

Foto: Divulgação

O secretário da Saúde do Estado da Bahia, Fábio Vilas-Boas, garantiu que o Ministério da Saúde ampliasse em R$ 76 milhões por ano, o custeio de serviços já em funcionamento no estado, como o diagnóstico de câncer de mama no Hospital da Mulher, neurocirurgia no Hospital Estadual da Criança, além de leitos de Terapia Intensiva (UTI) adulto e pediátrica. A reunião com o ministro em exercício, Adeílson Cavalcante, e o deputado federal Cacá Leão, aconteceu na tarde desta quarta-feira (28), em Brasília.

De acordo com o secretário, o Ministério da Saúde reconheceu e habilitou diversos serviços que o Governo da Bahia mantinha com recursos do tesouro estadual. “São serviços na capital e no interior como neurocirurgia, oncologia, doenças raras, implante coclear e UTIs. Ainda garantimos um incremento para que o Hospital das Clínicas seja referência em oncohematologia e hemodinâmica, bem como o Hospital Ana Nery amplie os atendimentos na área cardiovascular”, afirma Vilas-Boas. Com as habilitações de serviços e a ampliação dos recursos destinados ao teto de média e alta complexidade (MAC) do Estado da Bahia, o governo estadual avança na missão de expandir e descentralizar o atendimento a saúde da população.

Fábio Vilas-Boas assina contrato que beneficia saúde de municípios da região de Ribeira do Pombal

Fábio Vilas-Boas assina contrato que beneficia saúde de municípios da região de Ribeira do Pombal

Foto: Divulgação

O secretário de Saúde do Estado da Bahia, Fábio Vilas-Boas, comemorou mais uma conquista para a região de Ribeira do Pombal. Fábio assinou nesta segunda-feira (26) o estatuto consolidado do Consórcio Público Interfederativo de Saúde Nordeste II e do contrato de rateio 2019 entre os 15 municípios componentes. São eles: Adustina, Antas, Banzaê, Cícero Dantas, Cipó, Coronel João Sá, Fátima, Heliópolis, Nova Soure, Novo Triunfo, Olindina, Paripiranga, Ribeira do Amparo, Ribeira do Pombal, Sítio do Quinto.

De acordo com o secretário, os moradores destes municípios serão beneficiados com a Policlínica Regional de Saúde que será aberta em Ribeira do Pombal.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia