WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


PMFS - Mobilidade - Pavimentação EMBASA - SITE POLÍTICA IN ROSA

:: ‘zona rural’

Vereador reivindica por melhorias nas estradas da zona rural

Vereador Roberto Tourinho

Vereador Roberto Tourinho (PV)

No uso da tribuna, durante a sessão ordinária desta quarta-feira (13), na Câmara Municipal de Feira de Santana, o vereador Roberto Tourinho (PSB) teceu críticas ao Governo Municipal e condenou a “degradação” das estradas da Zona Rural, reivindicando por melhores condições e trafegabilidade.

Tourinho mencionou sua conversa com um morador da zona rural, que, indignado, destacou a grande demora para realizar o trajeto até a sede. “No dia de ontem eu atendi a um morador na localidade de Sete Portas, no distrito de Jaguara. Sabem em quantas horas está sendo feito o percurso de Sete Portas até Feira de Santana? Duas horas e meia”, relatou o edil.

De acordo com o parlamentar, as fortes chuvas “não justificam” o estado de “destruição” das estradas. “Quem conhece, pode testemunhar. Esta conversa de que está chovendo e, por causa disso, a Secretaria não conserta as estradas, é antiga. No período de chuva não faz porque está chovendo e no período  seco não faz porque as máquinas estão quebradas ou estão em licitação”, protestou.

Em aparte, o líder da bancada governista – vereador Marcos Lima (DEM) – informou que a Prefeitura já adquiriu as máquinas e caçambas que irão atuar na zona rural, destacando que cada distrito terá o maquinário disponível por 24 horas. Ele também afirmou que as equipes com profissionais capacitados para operá-las já foi contratada, e, “quando passar o período chuvoso, o prefeito vai dar início às obras”. :: LEIA MAIS »

Targino Machado denuncia falta de segurança na zona rural da Bahia

Deputado estadual Targino Machado

Deputado estadual Targino Machado – Foto: Divulgação

O deputado estadual Targino Machado (Democratas), líder da oposição na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), voltou a denunciar, nesta terça-feira (21), a falta de segurança na zona rural da Bahia, especialmente no recôncavo, onde fazendas continuam a ser roubadas e furtadas por bandidos. No início do mês, pelo menos 100 cabeças de gado foram furtadas ou roubadas em fazendas do Recôncavo num intervalo de três dias.

“Apesar das reclamações dos fazendeiros da região e da nossa crítica, nada foi feito e os roubos e furtos de animais continuam acontecendo. A comunidade rural está em polvorosa. O que acontece nas periferias da cidade em termos de violência está acontecendo também no campo. As comunidades das periferias estão mais protegidas do que as do campo”, criticou o parlamentar.

De acordo com Targino, nesta semana, fazendeiros do recôncavo voltaram a lhe procurar para denunciar o problema, que tem se intensificado neste início de ano com novos casos registrados nos últimos dias. “O campo virou terra de ninguém. Não há uma única fazenda no Recôncavo que ainda não tenha sido roubada, assaltada. Como é que cria 200, 300 cabeças de gado e perde 30, 40 ou 50? Qual o lucro que vai ter nisso?”, desabafou o fazendeiro José da Costa Falcão Júnior, conhecido como Júnior Falcão, dono da fazenda São João. :: LEIA MAIS »

“A insegurança tomou conta da zona rural na Bahia”, critica deputado

Deputado Targino Machado

Deputado Targino Machado (DEM)

Pelo menos 100 cabeças de gado foram furtadas ou roubadas em fazendas do Recôncavo da Bahia somente entre os últimos domingo (5) e terça-feira (7). De acordo com fazendeiros da região, os casos ocorreram nos municípios de São Francisco do Conde, Santo Amaro, Candeias e São Francisco do Conde e representam um grande prejuízo financeiro, uma vez que o país atravessa um momento de valorização da arroba bovina.

A situação foi criticada pelo deputado estadual Targino Machado (Democratas), líder da oposição na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), que recebeu as denúncias do fazendeiro José da Costa Falcão Junior, conhecido como Júnior Falcão, dono da fazenda Dom João. Na noite desta terça-feira (7), 20 animais da fazenda dele foram roubados. “O campo na região do Recôncavo está abandonado. De domingo para cá já foram roubadas mais de 100 cabeças de gado. Não há política de segurança para o campo. Acham que o fazendeiro tem que viver à própria sorte. A sensação é de impotência, tristeza, de saber que um negócio rentável não vai dar mais certo”, lamentou Júnior Falcão. No domingo, ele conta, outro fazendeiro teve 22 cabeças de gado roubadas.

Para Targino, estes casos ilustram a ineficiência do governo do estado no combate à violência, seja nos grandes centros urbanos ou na zona rural. “O que vemos na Bahia é uma onda de violência tomando conta da cidade e do campo, sem que o governo tome uma providência efetiva. Os baianos foram entregues à própria sorte pelo governo”, criticou. :: LEIA MAIS »

Governo discute estratégias de ação para patrolamento da zona rural

Governo discute estratégias de ação para patrolamento da zona rural

Foto: Divulgação

As estratégias para o trabalho de patrolamento das estradas da zona rural de Feira de Santana foram discutidas na manhã desta terça-feira, 08, durante encontro entre o secretário de Desenvolvimento Urbano, José Pinheiro, e administradores distritais.  “O prefeito Colbert Martins Filho autorizou uma licitação de duas mil horas de máquinas para melhorar estradas, corredores de tráfego e algumas ruas da cidade. Essa reunião com os administradores é para alinharmos o trabalho, definindo as prioridades”, disse. O secretário informou ainda que as ações de melhorias na zona rural foram iniciadas pelo distrito de Maria Quitéria.

Entre os administradores, é grande a expectativa para a conclusão dos serviços. “As pessoas cobram de nós administradores, uma solução. Estamos trabalhando dentro das nossas possibilidades e não foi possível concluir os serviços ainda, mas em breve isso ocorrerá”, afirmou a administradora de Jaguara, Eliene Brandão.

Ela acrescenta que o volume de chuvas este ano comprometeu bastante o trabalho de recuperação de estradas e corredores de tráfego. (PMFS)

“Secretário sepultou nossas estradas”, critica Zé Curuca

Vereador Zé Curuca

Vereador Zé Curuca (DEM)

O vereador Zé Curuca (DEM) fez um desabafo na sessão ordinária desta quarta-feira (25), na Câmara Municipal de Feira de Santana, sobre as péssimas condições das estradas dos distritos de Feira de Santana. O edil criticou o trabalho realizado pelo secretário José Pinheiro na pasta de Desenvolvimento Urbano. Segundo Zé Curuca, as estradas estão completamente esburacadas e, apesar dos constantes apelos feitos por ele, suas solicitações não são atendidas por José Pinheiro. “Foi uma luta para conseguir uma patrol para o distrito de Humildes, através do deputado federal José Nunes. Eu contribuí muito com o prefeito Colbert Martins, mas, sinceramente, puxaram meu tapete, quebraram as minhas pernas, tiraram a patrol de Humildes e colocaram em outra região, enquanto o povo está lá falando mal de Zé Curuca e do outro colega vereador. Nós não temos culpa, estamos cobrando. O secretário Pinheiro sepultou as nossas estradas. O povo está lá fazendo manifestação, fazendo vaquinha para comprar material para botar nas estradas”, esbravejou.

Zé Curuca cobrou do prefeito Colbert Martins uma solução para as estradas dos distritos. “prefeito Colbert Martins acorda pra vida! Quando faço reunião e peço voto para o prefeito, eu encontro dificuldade. O povo da zona rural pede pouco, quer máquina e iluminação e o povo não é atendido. Eu sou Governo, eu defendo o Governo, mas não estou aguentando mais do jeito que está”, concluiu.

Resposta

O vereador e líder da bancada governista, Marcos Lima (Patriota), em resposta ao colega, afirmou que o Governo Municipal está em processo de licitação para a aquisição do maquinário que irá recuperar estradas dos distritos feirenses. “A cidade é cheia de zona rural e não pode atender só Humildes. Peço paciência e tranquilidade. A preocupação do governo é atender todas as zonas rurais”, disse.

Zé Curuca rebateu dizendo que fez um acordo com o prefeito e José Nunes para a patrol ficar em Humildes.

 

Prefeitura de Feira publica cronograma para equipar vans que fazem o transporte para a zona rural

Prefeitura de Feira publica cronograma para equipar vans que fazem o transporte para a zona rural

Foto: Divulgação

A Prefeitura de Feira de Santana, através da SMTT (Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito), publicou cronogramas para procedimentos necessários à entrada em operação das terceira e quarta etapas do STPAC (Sistema de Transporte Público Alternativo e Complementar). Os veículos deverão ser apresentados na SMTT, nos dias úteis, com toda documentação exigida – dos veículos, proprietários e motoristas, para que a regularização seja efetivada. O cronograma pode ser lido na edição do Diário Oficial Eletrônico (www.diariooficial.feiradesantana.ba.gov.br), de sábado, dia 3 de agosto.

O prazo para a pré-vistoria das vans – padronização e a instalação do GPS, que é um rastreador do veículo, que atenderão moradores dos distritos de Governador João Durval Carneiro (Ipuaçu) começou na segunda-feira, 5, e termina dia 12. O prazo para entrada de operação será 10 de setembro. Os procedimentos para os veículos que atenderão aos moradores de Tiquaruçu, que correspondem à quarta etapa deste processo, serão iniciados no dia 18 e encerrado dia 21. A entrada de operação deste setor está previsto para o dia 19 de setembro. :: LEIA MAIS »

Parcerias são fechadas para alavancar a produção da zona rural

Parcerias são fechadas para alavancar a produção da zona rural

Foto: ACM

A Prefeitura Municipal de Feira de Santana vai estabelecer parcerias com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e o Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA), com vistas a desenvolver programas de cooperação técnica na zona rural. Presente em 34 países sob a coordenação da Organização dos Estados Americanos (OEA), o IICA se compromete a fornecer o seu aporte tecnológico para alavancar a produção de mandioca e de frutas  cultivadas em pequenas propriedades rurais, além de fazer a intermediação na captação de recursos para o setor. “Podemos manter uma agenda efetiva. Há 75 anos trabalhamos com estes temas, e entendemos que há um leque de oportunidades que podemos desenvolver com o Governo Municipal”, asseverou Cristian Fisher, diretor do Instituto Interamericano.

Dentre as etapas que considera fundamentais para melhorar a produção agrícola da região, o secretário de Agricultura, Joedilson Machado, destacou os seguintes gargalos que precisam ser resolvidos: A utilização de irrigação racional nas glebas, efetivação na mecanização agrícola; retenção das águas pluviométricas com o uso de barragens subterrâneas; melhoramento genético animal/vegetal; otimização a assistência técnica ao produtor; uso de calagem no solo, e linha de crédito especial.

Pontuando que o Nordeste é considerado alvo prioritário do Governo Federal, Alberto Duarte, da Embrapa, defendeu a realização de um diagnóstico minucioso para identificar as carências e potencialidades das áreas de produção agrícola, “para que possamos implantar um plano de ação para desenvolvermos esta parceria”, disse. :: LEIA MAIS »

Vereador denuncia precariedade nas estradas da zona rural

Vereador Roberto Tourinho

Vereador Roberto Tourinho (PV)

O vereador Roberto Tourinho (PV) em seu discurso na sessão ordinária desta segunda-feira (10), na Câmara Municipal de Feira de Santana, denunciou a precariedade das estradas na zona rural de Feira de Santana. O edil criticou a justificativa dada pela Prefeitura Municipal de que as fortes chuvas da última semana deterioraram as estradas.

Segundo Tourinho, a população já estava desassistida com as estradas abandonadas – dificultando o transporte e a passagem de veículos pelo local. O vereador ressaltou os prejuízos para a população que precisa se locomover diariamente nas vias de Jaguara, São Vicente e Alecrim Miúdo.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia