WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


PMFS-Mobilidade - CoronaVírus X Transporte SECOM - AÇÕES FEIRA

:: ‘vereadores’

“Prorrogar mandatos de prefeitos e vereadores é autoritarismo”, diz Marcelo Nilo

deputado federal Marcelo Nilo

Deputado federal Marcelo Nilo

O líder da bancada baiana no Congresso, deputado federal Marcelo Nilo (PSB), voltou a defender nesta terça-feira (23) que as eleições municipais sejam realizadas ainda neste ano de 2020. Ao bahia.ba, o parlamentar disse que é “terminantemente contra” a prorrogação de mandatos de prefeitos e vereadores.

Para o deputado, defender a prorrogação de mandatos é um ato de “autoritarismo”. “Eu acho que as eleições têm que ser realizadas esse ano. Pode não ser em outubro, mas que seja ainda em 2020. Eu poderia defender a prorrogação de mandato, mas sou contra, sou terminantemente contra. Como é que você vai cobrar do presidente Bolsonaro ações políticas em defesa da democracia, se você defende prorrogação de mandato?”, questionou. :: LEIA MAIS »

Gilmar Amorim reclama de vereadores que querem fazer prevalecer a sua opinião

Vereador Gilmar Amorim

Vereador Gilmar Amorim (MDB)

Depois da votação do Projeto de Lei de nº 003/20, que torna obrigatória a permissão de animais domésticos  nos interiores dos shoppings centers e outros estabelecimentos comerciais do município de Feira de Santana, de autoria do vereador Isaías de Diogo (MDB), o vereador Gilmar Amorim (MDB) afirmou ao site Política In Rosa que quando tem algum projeto na Casa existem vereadores que ficam dando “pitaco” na opinião dos colegas. “Às vezes, tem vereadores querendo que a gente siga os pensamentos deles. E não é dessa forma”, disparou. Gilmar disse ainda que cada um entende o projeto e vota a sua maneira. Ele acredita que o projeto do seu colega precisa de mudanças.

O PL foi aprovado em primeira discussão por maioria dos presentes. Os edis Lulinha (DEM) e Marcos Lima (DEM) votaram contrário à proposição. Já os vereadores Robeci da Vassoura (MDB), Fabiano da Van (MDB), Ron do Povo (MDB), Gilmar Amorim (MDB) e Zé Filé (PSD) se abstiveram da votação.

Feira: Alberto Nery propõe cancelar aumento salarial de vereadores

Vereador Alberto Nery

Vereador Alberto Nery (PT)

Diante da Pandemia do Coronavírus, governantes e políticos de todo o mundo têm buscado alternativas de combate à doença que já causou milhares de mortes. O vereador Alberto Nery (PT) defende que a Câmara Municipal de Feira de Santana também adote medidas com esse objetivo. O edil vai apresentar indicação com medidas de redução de despesas que se adequem à realidade do cenário atual.  “Estamos vivendo um momento crítico. A Pandemia já vitimou milhares de pessoas pelo mundo e tem causado danos irreparáveis na Economia. Aprovamos nesta quinta-feira (02) projeto de lei enviado pelo Executivo que proíbe cortes de luz e água, e aumento abusivo de produtos e serviços durante o período de Calamidade Pública. Além disso, a verba do orçamento impositivo foi completamente direcionada às ações do Coronavírus, o que totaliza mais de 5 milhões de reais.  Mas além de amparar a população que está sofrendo com os impactos, é preciso que todos, sem exceção, se adequem a esse triste cenário”, explica Nery.

Para o oposicionista, o Legislativo feirense deve suspender algumas iniciativas que resultem em economia de dinheiro público. “A minha sugestão é que sejam suspensas já agora em 2020, sessões solenes e viagens para congressos. A economia pode ser devolvida ao Poder Público Municipal para que este, a direcione para ações de saúde, sob a fiscalização do legislativo”, defende.

O aumento de salário dos vereadores aprovado para ser implementado na próxima legislatura, é outro ponto que deve ser cancelado de acordo com Nery. “A crise econômica indica que teremos um caminho longo para recuperação. Nesse período, toda e qualquer ação que represente redução de gastos públicos é necessária. Por isso não faz sentido um aumento de salário que já é maior do que média brasileira”, argumenta. :: LEIA MAIS »

José Ronaldo poderá ter reunião com vereadores esta semana

José Ronaldo de Carvalho

José Ronaldo de Carvalho (DEM)

Chegou uma informação ao site Política In Rosa de que os vereadores de Feira de Santana terão uma reunião com o ex-prefeito José Ronaldo de Carvalho (DEM) e que essa reunião poderá ser na próxima quinta-feira (13). Não temos informações do assunto que será tratado, mas com momentos decisivos chegando pode ser que o assunto seja as eleições deste ano. Nessa reunião pode ainda ser decidido o nome do candidato a prefeito que será apoiado pelo grupo. Vale salientar que com a divulgação dessa informação pode ser que a reunião mude de data. Vamos aguardar as cenas dos próximos capítulos.

Com presença de vereadores da base de Colbert, Arimateia é conclamado pré-candidato a prefeito

Com presença de vereadores da base de Colbert, Arimateia é conclamado pré-candidato a prefeito

Foto: Reprodução/Montagem Política In Rosa

Um encontro de líderes evangélicos foi realizado no último sábado (08), no auditório do restaurante Kilogril,  em Feira de Santana. Nesse encontro, o nome do deputado estadual José de Arimateia (Republicanos) foi conclamado como pré-candidato à prefeitura de Feira de Santana.

De acordo com Arimateia, o encontro foi para orar pela cidade e buscar um futuro melhor pra Feira. “Estivemos reunidos hoje com os líderes evangélicos de Feira de Santana para orarmos pela nossa cidade e buscarmos um futuro melhor pra nossa Princesinha do Sertão”, disse.

Arimateia ressalta ainda que nesse encontro foi conclamado pelo povo como pré-candidato à Prefeitura de Feira de Santana. “Agradeço primeiramente a Deus por este desafio e a todos os presentes nesta maravilhosa reunião”, afirmou. Estavam presentes no local o presidente Estadual da legenda, o deputado federal Márcio Marinho, os vereadores Eli Ribeiro(Republicanos), Cíntia Machado (Republicanos), Isaias de Diogo (PDT) e Edvaldo Lima (PP), além do Inspetor da Polícia Rodoviária Federal, Mizael Santana, os bispos Roque Hudson, Antônio Lima, Edson, Paulo Sérgio e o apóstolo Ribeiro.

Líder do Governo rebate críticas de vereadores da oposição

Vereador Marcos Lima

Vereador e líder do Governo, Marcos Lima.

O vereador e líder do Governo, Marcos Lima (Patriota), em seu pronunciamento na sessão ordinária desta segunda-feira (09), na Câmara Municipal de Feira de Santana, rebateu as críticas de vereadores da oposição e tratou sobre ações realizadas pelo Município na cidade. “O vereador Zé Filé usou a tribuna querendo jogar a responsabilidade da regulação para o Governo Municipal. Fica difícil ver o Município trabalhar, dar todo o suporte e o vereador querer que as ambulâncias sejam usadas pelo Governo Municipal. Isso não pode acontecer, pois existe uma Central de Regulação, que é de competência do Estado. O Município não pode intervir, pois se acontecer algo durante esse traslado a culpa é do Município”, rebateu Marcos Lima.

Em aparte, o edil Lulinha (DEM), informou que há um paciente internado na policlínica do HGCA, há 15 dias, á espera de regulação. “Está com o fêmur quebrado. Conseguiram a regulação, mas quando a maca chegou não coube o paciente e por isso perdeu a regulação. Voltou para a policlínica, onde permanece no aguardo”, relatou.

De volta com a palavra, o líder governista lembrou que a Bahia fecha o ano com um número expressivo de assassinatos. “Bahia bate recorde em mortes por assassinato e, infelizmente, o que vemos é o descaso do Governo do Estado”. :: LEIA MAIS »

TCM admite correção de subsídios de vereadores

TCE E TCM

TCM

Os conselheiros do Tribunal de Contas dos Municípios da Bahia aprovaram Instrução Cameral elaborada pela 1ª Câmara da Corte de Contas que permite a correção anual dos subsídios dos vereadores – com base no Índice de Preço para o Consumidor Amplo (IPCA), do Banco Central, que mede a variação de preços no Brasil. Nela, estabelecem as regras que devem ser seguidas pelas câmaras municipais para a aprovação do benefício.

A Instrução Cameral nº 001/2019 sobre a correção dos subsídios dos vereadores, que é estabelecido no artigo 37 da Constituição Federal, frisa que “é possível, é permitida a revisão dos valores dos subsídios, desde que efetivada por Lei e de modo indistinto em proveito dos vereadores e de todos os servidores efetivos do Legislativo, devendo ser observada sempre a viabilidade financeira e orçamentária, aplicando-se como referência, o IPCA”.

Ressalta ainda que, na efetivação da revisão – e desde que se trate de simples recomposição inflacionária e precedida de prévia lei autorizativa – deverá ser observado apenas o exercício financeiro antecedente como parâmetro para a correção. Isto porque – como ficou bem destacado na Instrução – é vedada a retroatividade a período maior que o exercício anterior para efeito de cálculo do IPCA das perdas inflacionárias a serem corrigidas. Além disso, de acordo com a Instrução Cameral que passa orientar a ação das câmaras municipais sobre o tema, é indispensável que sejam respeitadas as normas constitucionais limitadoras dos subsídios dos vereadores (Art. 29, VI e VII, e 29-A, Caput e § 1º e Art. 37, X), assim como os parâmetros estabelecidos pela Lei de Responsabilidade Fiscal (Art. 20, inciso II, alíneas “a” e “b”, e Arts. 21 e 22). :: LEIA MAIS »

Presidente da APAE solicita ajuda de vereadores

Edna Maria Amorim Queiroz

Presidente da APAE, Edna Maria Amorim Queiroz – Foto: Divulgação

A presidente da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE-Feira), Edna Maria Amorim Queiroz, usou a tribuna da Câmara Municipal de Feira de Santana, na sessão ordinária desta quarta-feira (13), para ressaltar a importância da associação e dos seus núcleos para a inclusão de pessoas com deficiência. “Subo nesta tribuna para fazer um apelo aos vereadores, a APAE está passando por uma situação muito complicada. Precisamos de verbas para continuarmos prestando auxílio para as pessoas com deficiências. Nossa responsabilidade social é grande”, frisou.

Edna Maria também informou que a instituição atende cerca de 1.200 Pessoas com Deficiência Intelectual e/ou Múltipla e Autismo, de Feira de Santana e sua macrorregião; sendo que 90% são pertencentes a uma classe socioeconômica de baixa renda. “A entidade possui uma equipe com cerca de 200 profissionais, composta por neuropediatras, ortopedistas, psiquiatras, psicólogos, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, psicopedagogos, assistentes sociais, fonoaudiólogos, musicoterapeuta, nutricionista, pedagogos, professores de educação física, professores especializados e auxiliares, enfermeiras, técnicos de enfermagem, administrador, auxiliares administrativos, pessoal de apoio, além de estagiários e voluntários”, informou. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia