WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


:: ‘Vereador Marcos Lima’

Vereador critica Governo do Estado por média superior a um assassinato por dia em Feira

Vereador Marcos Lima

Vereador Marcos Lima (DEM)

O vereador Marcos Lima (DEM) em seu pronunciamento na manhã desta segunda-feira (26), na Câmara Municipal de Feira de Santana, apresentou informações sobre a média de assassinatos registrados em Feira de Santana.

De acordo com Marcos, é superior a um por dia, a média de assassinatos registrados em Feira de Santana, de janeiro a outubro deste ano. Ele responsabiliza o governador Rui Costa, pela incidência elevada de crimes. “O número de policiais nos bairros é muito pequeno, insuficiente para atender a população”.

O edil ainda diz que o Governo do Estado utiliza a pouca quantidade de policiais militares para realizar ações como a blitz do IPVA. “Enquanto isso, a população está morrendo nos bairros, o tráfico de drogas aumentando, o crime organizado tomando conta da cidade”. :: LEIA MAIS »

Líder defende Governo da acusação de vereadores oposicionistas: “É politicagem”

Vereadores em visita ao sistema BRT no terminal central – Foto: Anderson Dias/site Política In Rosa

Logo após a visita de uma comissão dos vereadores ao Sistema BRT, que entrou em operação experimental nesta quarta-feira (14), o vereador e líder do Governo, Marcos Lima (DEM), rebateu as críticas dos colegas. Em entrevista ao site Política In Rosa, Marcos lamentou ver vereadores em plena campanha eleitoral, com um deles candidato a prefeito e outro candidato a vereador, criticar o sistema que ainda está sendo implantado em Feira de Santana, inclusive experimentalmente. “O sistema está sendo ajustado, treinando os motoristas e treinando os monitores para poder prestar esse serviço a cidade. Quem ganha com isso é a cidade, pois melhora o transporte público de nosso município”, disse.

Para Marcos, o BRT já é uma realidade em Feira de Santana. “Os ônibus e as linhas estão aí e isso que é importante. Nesse momento o que estão querendo fazer é politicagem. A oposição não está feliz em saber que o BRT vai funcionar, que o BRT está funcionando e que os ônibus vão circular. Isso incomoda quem é da oposição. Eles criticaram tanto ao longo dos anos, atrapalharam tanto e agora que estão vendo a realidade vem correndo na estação do transbordo. Isso me deixa muito entristecido e decepcionado com esses tipos de candidatos e de vereadores tentando mudar a realidade e o foco que é trazer uma qualidade melhor no transporte público de Feira de Santana”, finalizou.

Líder do Governo diz que Colbert retirou nome de Isaías de lista para não atendê-lo

Marcos Lima e Isaías de Diogo-montagem site Política In Rosa

Marcos Lima e Isaías de Diogo-montagem site Política In Rosa

O vereador Isaías de Diogo (MDB), em seu discurso nesta terça-feira (15), na Câmara Municipal de Feira de Santana, afirmou que não foi atendido pelo prefeito Colbert Martins Filho (MDB). Isaías reclamou com o líder do governo, o vereador Marcos Lima (DEM), sobre essa situação. Lima informou que seu nome foi retirado da lista de atendimento pelo próprio prefeito.

Esse atendimento com os vereadores da base governista acontece toda semana. Não pegou bem a afirmação do líder da retirada do nome do colega pelo próprio prefeito. A justificativa dada pelo líder é de que Isaías “acende uma vela para Deus e outra para o diabo”. “Ele fala mal do governo em um dia e no outro quer ser atendido”, disparou.

Isaías lembrou que quando o prefeito se nega a atendê-lo é o mesmo que negar atendimento ao povo que ele representa. “Quando ele se nega a me atender, se nega a atender a população que eu represento. Sou vereador eleito pelo povo”, criticou.

Governo do Estado abandona Centro de Cultura Amélio Amorim, critica vereador

Vereador Marcos Lima

Vereador Marcos Lima (DEM)

O vereador Marcos Lima (DEM), em discurso na Câmara Municipal de Feira de Santana, criticou a “situação de abandono” do Centro de Cultura Amélio Amorim, equipamento pertencente ao Governo do Estado.

O edil cobrou providências do governador Rui Costa. “O cidadão que de Feira de Santana que passa pela avenida Presidente Dutra vê um Centro Cultural abandonado, sucateado e isto é lamentável”.

Ele também criticou a falta de saneamento básico na Lagoa Grande, obra tocada pela Conder, órgão do governo baiano. “O saneamento básico tão esperado, tão desejado pelos moradores do Caseb, ainda não foi feito, mesmo com a cobrança de tantos vereadores nesta tribuna, representando aquele bairro”. :: LEIA MAIS »

Vereador diz que Associação de Comerciantes do Centro de Abastecimento está sendo investigada pelo MP

Vereador Marcos Lima

Vereador Marcos Lima (DEM)

O vereador e líder do Governo, Marcos Lima (DEM), em seu discurso nesta terça-feira (18), na Câmara Municipal de Feira de Santana, afirmou que a Associação de Comerciantes e Trabalhadores do Centro de Abastecimento está sendo investigada pelo Ministério Público por suposta improbidade administrativa.

“A entidade comete falhas que envergonham os comerciantes do entreposto, bem como todos os munícipes”, Marcos Lima.

Lima não deu detalhes sobre o teor da investigação no MP, mas sugere que se trate de suspeitas sobre o paradeiro de verbas recebidas pela associação: “nós sabemos dos recursos que chegam, mas não para onde vão, algo muito sério para uma associação que deveria ajudar os comerciantes do Centro de Abastecimento. Infelizmente, não estamos vendo ações efetivas para contribuir com o entreposto”.

O parlamentar ainda condenou “determinadas medidas adotadas pela associação, como o controle do estacionamento e do uso do banheiro”. :: LEIA MAIS »

Líder do Governo diz que vereadores da base “não aprovarão” requerimentos de oposição

Vereador Marcos Lima

Vereador Marcos Lima (DEM)

O vereador e líder do Governo, Marcos Lima (DEM), na sessão ordinária desta segunda-feira (10), na Câmara Municipal de Feira de Santana, falou algo que causou estranheza em seus colegas. Marcos rebateu as críticas tecidas pelo vereador Roberto Tourinho (PSB) ao Governo Municipal e afirmou que o seu discurso “já está repetitivo” e que ele “deveria buscar outro assunto” para abordar na tribuna.

Tourinho chegou a comparar, em seu discurso na manhã desta segunda-feira (10), o governo do prefeito Colbert Martins com o governo do ex-prefeito Tarcízio Pimenta, de quem foi crítico ferrenho. Ainda segundo o vereador, ambas as gestões “abandonaram” Feira de Santana com “ruas esburacadas, zona rural desassistida, obras inacabadas e a destruição da saúde”.

SAMU

O líder do Governo ainda informou que Tourinho solicitou a lista dos funcionários do SAMU e outras informações a mais. “O que ele precisar, estaremos aqui. Se ele pesquisar um pouco mais no Portal da Transparência, ele vai ter as informações que ele tanto pede”, disse.

Com os dados sobre o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) impressos em suas mãos, Marcos Lima garantiu que não é necessária a aprovação de requerimentos para que os edis tenham acesso à informações sobre os recursos públicos municipais. “Já dei a ele a resposta na semana passada e agora vou dar mais uma resposta que ele pediu, porque o Governo Municipal do prefeito Colbert Martins não tem o que esconder. Agora, nós vereadores, que temos 19 da base, vamos estar aqui aprovando requerimento de oposição? Vocês já viram isso em que parlamento? Em que local do Brasil? Nós não vamos estar aqui, vereador Roberto Tourinho, lhe dando essa oportunidade de aprovar esses tipos de requerimento, não. A resposta que vossa excelência está pedindo, nós vamos lhe dar. Agora, não para aprovar requerimento de vossa excelência”, declarou.

Marcos finalizou dizendo que os vereadores da base não vão aprovar requerimento na Câmara fazendo “politicagem” de oposição que toda semana coloca requerimento para tentar desgastar o Governo. :: LEIA MAIS »

Vereador chama de “arcaica” estruturas da Câmara e Prefeitura

Vereador Marcos Lima

Vereador Marcos Lima (DEM)

O vereador e líder do Governo na Câmara Municipal de Feira de Santana, Marcos Lima (DEM), participando de uma live do jornalista Girlanio Guirra nesta quarta-feira (29), falou sobre a possibilidade de que, caso logre êxito nas eleições, colocará seu nome a apreciação para concorrer à presidência do Legislativo feirense.

Marcos Lima disse que tem uma visão diferente do presidente José Carneiro. “Não tenho nada contra o presidente, mas tenho uma visão diferente da dele. Uma visão mais moderna e mais participativa.  No futuro, pretendemos contribuir mais com a Câmara mais aberta, que as pessoas tenham mais acesso, que possa ser mais flexível com a população e, infelizmente, nós percebemos que isso está longe de acontecer da maneira que está. Mas nada contra a sua administração”, ressaltou.

Presidência da Câmara

Lima lembrou ainda que já tentou em outras vezes ser candidato a presidência da Câmara. “Já ensaiamos em dois momentos ser candidato, mas não tivemos o apoio necessário. Por esse motivo, abrimos mão para o vereador José Carneiro, que hoje é o presidente. O prefeito me pediu que eu conversasse com ele e ele também conseguiu me convencer com a justificativa que com a idade dele não seria mais candidato em outra oportunidade, que a sua oportunidade era naquele momento. Ele disse ainda que eu era jovem e teria outras oportunidades. Acabei cedendo. Mas, se Deus me der oportunidade de retornar a Casa, colocarei meu nome a apreciação para candidato a presidente do Legislativo feirense”, relatou.

Mudança de local

O edil ainda falou sobre uma possível mudança de sede para a Casa da Cidadania. Na opinião do vereador, Feira de Santana ainda está muito arcaica e, pela importância e pelo tamanho da cidade, entende-se que a Câmara não cabe mais naquela localidade, pois não tem estacionamento para as pessoas que vão visita-la e até a estrutura para os vereadores é muito ruim. “Percebemos que ainda é arcaica e precisa se modernizar. Não adianta você entrar como presidente da Câmara em fim de carreira. Tem que colocar pessoas que tem uma visão diferenciada”, disse.

Estrutura da Prefeitura :: LEIA MAIS »

Líder do Governo pede ações mais enérgicas por parte do Governo do Estado no combate à Covid-19

Vereador Marcos Lima

Vereador Marcos Lima (DEM)

O vereador e líder do Governo, Marcos Lima (DEM), em seu discurso nesta terça-feira (30), na Câmara Municipal de Feira de Santana, cobrou a inauguração do Hospital Geral Clériston Andrade II (HGCA2) e pedir por “ações mais enérgicas” por parte do Governo do Estado no combate à Covid-19.

O parlamentar chamou atenção do Governo do Estado para o “momento difícil” que Feira de Santana atravessa e destacou que o HGCA2 “já era para ter sido inaugurado, porque ele é esperado há oito anos”. E opinou: “o que nos deixa preocupados, mesmo sabendo da importância do Clériston II, é que o prefeito está trabalhando sozinho para dar conta de uma cidade tão grande”.

Marcos Lima ainda reivindicou pela ampliação da testagem no município, e justificou: “existem pessoas infectadas que estão assintomáticas, por isso, precisamos aumentar o número de testagem. O Lacen, laboratório do Governo do Estado que tem capacidade para fazer milhares de testes, precisa intensificar a testagem no nosso município espalhar nos bairros e unidades de saúde para que as pessoas possam fazer. Então, esperamos que as ações que venham para Feira de Santana sejam mais enérgicas”, concluiu.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia