WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


PMFS-Mutirão de Negociação de Dividas 2019

:: ‘Vereador José Carneiro Rocha’

“O negócio não é da China, mas é da Feira”, diz José Carneiro

Vereador José CarneiroNo uso da tribuna da Casa da Cidadania, na sessão ordinária desta quarta-feira (07), o presidente do Legislativo feirense, vereador José Carneiro Rocha (PSDB), expressou sua indignação com os altos valores das propostas apresentadas pelos participantes do processo de licitação para exploração por meio de permissão, a título precário, de 105 vagas/itens no Serviço de Transporte Público Alternativo e Complementar (STPAC) do município de Feira de Santana.

O edil considerou o ramo de atividade como bastante rentável e informou que em meio às propostas, 18 interessados pagaram mais de R$ 100 mil e 15 pagaram mais de R$ 80 mil. “Quem tem R$ 195.121,00 para pagar por uma linha no sistema de transporte alternativo não é nenhum coitadinho. A licitação para o transporte alternativo foi uma briga de valores altos e esse não é um negócio pequeninho. Nesse processo licitatório a prefeitura conseguiu outorgar apenas R$ 8 milhões”, pontuou.

Em aparte, o vereador Fabiano da Van (PPS) informou que as referidas propostas foram apresentadas por empresários do Feiraguai. “Essas pessoas que apresentarem essas propostas nesses valores não são permissionários do ramo do transporte alternativo”, afirmou.

Para o vereador José Carneiro, é considerado crime a utilização de nome de terceiros para participar de processo de licitação. “É inaceitável que  empresários de outros ramos tenham participado do processo licitatório fazendo uso do nome de trabalhadores do sistema de transporte alternativo. Isso é crime”, afirmou.

O vereador Alberto Nery (PT) considerou infundada a afirmação do colega Fabiano da Van e lembrou que o processo licitatório para exploração do sistema de transporte coletivo do município foi de R$ 3 milhões. “A informação de Fabiano da Van não procede. As propostas foram apresentadas e se há irregularidade é preciso averiguar a denuncia”, pontuou.

Para finalizar, José Carneiro destacou o valor da menor proposta efetuada. “O menor valor pago para exploração do sistema de vans foi de R$ 34.300,48. Esse foi o menor valor apresentado para ter direito a atuar no sistema. O negócio não é da China, mas é da Feira”, concluiu.

“Edvaldo Lima está se apequenando numa coisa irrisória”, declara Carneiro

Vereador José Carneiro e Vereador Edvaldo Lima, montagem Política In RosaDurante pronunciamento, na sessão ordinária desta quarta-feira (06), na Casa da Cidadania, o presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana, vereador José Carneiro Rocha (PSDB), rebateu as críticas do colega Edvaldo Lima (PP) que teve um requerimento rejeitado. Segundo o presidente, o requerimento foi rejeitado de forma legal, seguindo o que dita o Regimento Interno na Casa.

“Não poderia me calar diante da interpretação que o vereador Edvaldo Lima faz de parágrafos do Regimento Interno. Vou continuar respeitando sua opinião, mas não posso me submeter aos seus caprichos e não tenho culpa se Vossa Excelência não consegue interpretar corretamente o que está no Regimento e também não tem flexibilidade de analisar o que, de fato, está escrito nele. Sei que não fui arbitrário e o que vereador está se apequenando numa coisa irrisória. O requerimento de autoria de Edvaldo diz que solicita que o prefeito avalie a possibilidade de redução de 90% dos gastos na Micareta de Feira. Isso é muito pequeno para querer polemizar. Sem contar que isso é objeto de indicação e não de requerimento” observou José Carneiro.

O presidente revelou mais que tem humildade de voltar atrás e pedir desculpas quando comete um erro e que está faltando esta atitude no colega. “Vossa Excelência diz que é um homem de Deus e não faz isso. Não tem humildade de reconhecer um erro e isso não é bom para um parlamentar nem aqui nesta Casa nem em lugar nenhum. Nós, seres humanos, temos que ter humildade para reconhecer os erros. Tenho procurado fazer autocríticas e corrigir erros cometidos”, disse se direcionando ao edil Edvaldo Lima.

Para finalizar, Carneiro fez questão de ressaltar que nunca usou o cargo de presidente para burlar qualquer lei a seu favor. “Edvaldo está tão radical que quer mudar a redação do Regimento Interno, quando pretende permanecer na liderança na minoria”, findou.

José Carneiro critica fechamento de leitos pediátricos

Vereador José Carneiro RochaO vereador José Carneiro Rocha (PSDB), em seu discurso na manhã desta terça-feira (28), na Câmara Municipal de Feira de Santana, falou sobre o fechamento de dez mil leitos pediátricos em todo o Brasil. “Além de nossas parturientes passarem por situações constrangedoras por falta de maternidades, estão prejudicando nossas crianças”, lamentou.

De acordo com o vereador, na Bahia em 2010 havia 5.118 leitos pediátricos e hoje há apenas 495 leitos. “Pasmem: isso é algo assustador. Será que há falta de interesse pela pediatria, por construção de hospitais pediátricos e por leitos de maternidade? Será que essa especialidade não rende economicamente como as outras?. A ganância, a vontade de ganhar dinheiro prevalece. A situação é, no mínimo, calamitosa”, criticou.

O edil prometeu que voltaria a discutir este assunto, pois para ele é de fundamental importância. “Vejo com muita tristeza a falta de compromisso dos nossos governantes com as nossas parturientes e agora com as nossas crianças, que acreditamos ser o futuro do nosso país”, finalizou.

Liderança do Governo continuará com José Carneiro

José CarneiroNo dia em que anunciou quem fica e quem sai do seu secretariado para o próximo mandato, o prefeito Jose Ronaldo  de Carvalho (DEM) informou também quem ficará a frente da liderança do Governo na Câmara de Vereadores de Feira de Santana. No anúncio, nenhuma novidade. Como foi ventilado na imprensa feirense, a liderança irá continuar nas mãos do vereador reeleito José Carneiro Rocha (PSDB).

Líder acredita que Legislativo feirense tem crédito perante a sociedade

Vereador José Carneiro Em entrevista à TV Câmara da Casa da Cidadania, o líder do Governo, vereador José Carneiro Rocha (PSDB), fez uma avaliação positiva dos trabalhados no Legislativo feirense durante o primeiro semestre do corrente ano, ressaltando a apresentação de proposições e de reivindicações ao poder público de interesse da coletividade.

“Estamos vendo uma Câmara Municipal com 21 vereadores apresentando uma quantidade de projetos, diga-se de passagem, muito boa e indicações importantes no que diz respeito ao Governo do Município. A população, embora esteja no descrédito no que diz respeito ao político no Brasil, eu tenho certeza de que, em Feira, a Câmara Municipal não esteja tão desacreditada quanto na capital do país”, acredita.

No que concerne à sua atuação como vereador, José Carneiro  diz preferir ser avaliado pelos municípes. “Não costumo fazer avaliação do meu mandato. Meu mandato está exposto, quem tem que fazer avaliação do meu mandato é a população, é a imprensa, são as pessoas que acompanham o nosso mandato”, pontuou.

Apesar disso, o líder governista acredita que esteja atendendo aos anseios da comunidade. “Eu espero e acredito firmemente que esteja correspondendo à expectativa de Feira de Santana, da população de Feira, desenvolvendo e realizando meu mandato com coerência, com responsabilidade e com o compromisso de fazer o melhor e dar, sem dúvidas, minha parcela de contribuição com a minha cidade, a cidade que escolhi para morar e criar os meus filhos”, afirmou.

Levante a Voz - Todos contra a Dengue


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia