WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


PMFS - Mobilidade - Pavimentação EMBASA - SITE POLÍTICA IN ROSA

:: ‘vereador Isaias de Diogo’

José Carneiro diz que declaração de Isaías foi infeliz

Vereador José Carneiro Rocha

Vereador José Carneiro Rocha (MDB)

O vereador e presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana, José Carneiro Rocha (MDB), falou ao site Política In Rosa sobre as declarações do vereador Isaías de Diogo de que alguns edis estão insatisfeitos com o líder do Governo, Marcos Lima (DEM). “Declaração infeliz. Essa é uma prerrogativa exclusivamente do prefeito Colbert Filho. Pode não está sendo bom para Isaías, mas está sendo útil para o prefeito. Então, eu acho que ele foi muito infeliz e tem que respeitar que essa decisão não é dele, nem minha nem de ninguém. É do Poder Executivo”, declarou.

Vereador diz que líder do Governo não tem ‘postura de líder’

Vereador Isaías de Diogo

Vereador Isaías de Diogo (MDB)

O vereador Isaías de Diogo (MDB), em entrevista ao site Política In Rosa, teceu várias críticas ao vereador e líder do Governo, Marcos Lima (DEM). Isaías afirmou que Marcos Lima deveria ter “postura de líder” e explicou o que seria. “Postura de liderança é trazer as pessoas para perto, fazer com que o Legislativo e o Executivo andem em harmonia. Quando temos um posicionamento de ser ‘mensageiro de recado’, acabamos tirando o espírito de liderança e querendo vestir uma outra farda: a farda dos Correios.”, disparou.

De acordo com Isaías, a indignação é por que eles querem um líder do Governo que assuma a responsabilidade. “Fizemos um discurso na tribuna e, logo após, peguei o líder ligando para o prefeito e relatando o que aconteceu aqui. Isso ele é rápido pra fazer, mas ele não tem postura para marcar uma audiência com a gente e o prefeito”, disse.

E continua reclamando. “Ele (o líder) tem que dar satisfação aos vereadores, chamar para participar das decisões junto com o prefeito, pois apoiamos e concordamos com as decisões que o gestor toma. Como vereador, temos obrigação de participar e não participamos em nada”, finalizou Isaías de Diogo.

Cobranças de vereadores

Na sessão desta quarta-feira (20), em aparte, os vereadores Cadmiel Pereira (DEM) e Ron do Povo (MDB) confirmaram a dificuldade dos edis despacharem com prefeito Colbert Martins e destacaram a importância do Poder Legislativo e dos vereadores para que haja uma boa administração de um município.

Já o vereador Zé Filé (PSD) relatou as “dificuldades de falar com o prefeito” e cobrou a marcação de reuniões para despachar suas indicações. Ele explicou que os vereadores são “agentes do povo” e, por esta razão, estão “mais próximos das pessoas”, escutando as suas demandas e reivindicações. Entretanto, o parlamentar afirmou que, nas últimas semanas, os edis encontraram “dificuldades” para marcar reuniões e despachar suas indicações. E lamentou: “é muito chato quando a gente chega em um bairro, faz a uma indicação e não tem a oportunidade de despachar diretamente com o prefeito”.

Vereador governista tece críticas ao diretor do Departamento de Esportes de Feira de Santana

Vereador Isaías de Diogo

Vereador Isaías de Diogo (PDT)

A presidente da Associação de Surdos de Feira de Santana, Elaine Vasconcelos, utilizou a tribuna livre do Legislativo feirense a fim de pedir o apoio financeiro para a participação de 40 surdoatletas em eventos esportivos. Elaine relatou que a associação está enfrentando dificuldades e limitações para custear os valores do biênio de 2020 e 2021, que somam cerca de R$ 4.000,00 e possibilitarão que estes atletas participem dos eventos esportivos promovidos pela Federação Baiana de Desportos dos Surdos. Ela acrescentou que parte dos surdos integrantes da associação está em situação de vulnerabilidade e os valores das taxas são onerosos para custear com recursos próprios.

Após o pronunciamento da presidente da Associação de Surdos de Feira de Santana, o vereador Isaías de Diogo (PDT), que é aliado do Governo Municipal, teceu críticas ao diretor do Departamento de Esportes do Município, Emerson Brito, ao questionar o seu engajamento nas programações esportivas da região.

O parlamentar ressaltou que a Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer tem um setor específico para fomentar e promover as práticas esportivas no município e região, no entanto, de acordo com Isaías de Diogo, o diretor “não está sensível para as programações da cidade”. E questionou: “já que é um campeonato com pessoas que tem deficiências, por que não atender? Por que não olhar para esse povo?”.

“Nós vereadores precisamos ter políticas públicas para defender as pessoas que dependem do poder público, mas, muitas vezes estamos omissos porque existe um diretor que deveria fazer este serviço. Vocês vêm até a Câmara pela ineficiência do departamento”, finalizou.

Vereador critica prática de “rateio” do 13º salário

Vereador Isaías de Diogo

Vereador Isaías de Diogo (PDT)

O vereador Isaías de Diogo (PDT) em seu discurso na sessão ordinária desta segunda-feira (02), na Câmara Municipal de Feira de Santana, disse que está atento à prática de ‘rateio’ do 13º salário realizado pelas cooperativas de Feira de Santana. “Estou de olhos abertos para as cooperativas. Chega de enganar esse povo sofrido. Não justifica esse rateio não. Pagam apenas R$ 200 a título de 13º salário, com a justificativa de que esse valor é o que cabe a cada cooperado quando da divisão dos lucros da cooperativa. Estou atento para defender os direitos dos trabalhadores. Não existe rateio de 13º, este é um direito do trabalhador, é um bônus que ele recebe”, defendeu Isaías. :: LEIA MAIS »

Isaías de Diogo pede que Colbert Filho construa um Hospital Municipal em Feira de Santana

Vereador Isaías de Diogo

Vereador Isaías de Diogo (PDT)

O vereador Isaías de Diogo (PDT) em seu discurso na sessão ordinária desta terça-feira (22), na Câmara Municipal de Feira de Santana, sugeriu ao prefeito Colbert Martins Filho a construção de um Hospital Municipal em Feira de Santana. “Meu querido prefeito, seu pai durante o tempo que geriu essa cidade construiu o Hospital da Mulher, peço que trilhe o mesmo caminho e construa um Hospital Municipal para atender a nossa população que tanto precisa”, pediu.

Vereador denuncia descaso em cemitérios de Feira de Santana

Vereador Isaías de Diogo

Vereador Isaías de Diogo (PDT)

O vereador Isaías de Diogo (PDT) em seu pronunciamento na sessão ordinária na sessão ordinária desta quarta-feira (16), na Câmara Municipal de Feira de Santana, denunciou a proliferação de mosquitos, queima de ossos e odor exalado em cemitérios da cidade. De acordo com Isaías, a população que reside no entorno dos cemitérios São Jorge e Piedade reclama constantemente do forte odor exalado pelos corpos em decomposição depositados nas urnas. “A maior parte das reclamações que recebemos é, infelizmente, do cemitério São Jorge, pela forma em que os seus entes queridos são depositados naquelas urnas, quem mora ao redor sofre com o odor” explicou.

O edil completou, “infelizmente, você observa um quantitativo de mosquito voando naquele local, principalmente nas alas que dão acesso às gavetas criadas, na minha opinião, de forma irregular e esta Casa precisa tomar providências. Nós não aceitamos que alguns desses cemitérios de Feira de Santana venham poluir o meio ambiente”.

Isaías ainda denunciou o acúmulo e queima das ossadas e caixões no fundo do cemitério Piedade, solicitando que a Casa, “através da Comissão de Meio Ambiente, veja como está sendo feita toda a preparação desses cemitérios para poder receber os corpos”.

Vereadores evangélicos tecem duras críticas a Marcha para Jesus

Isaías de Diogo, Edvaldo Lima e Neinha Bastos

Isaías de Diogo, Edvaldo Lima e Neinha Bastos – Foto: montagem site Política In Rosa

O vereador Isaías de Diogo (PDT) em seu discurso na sessão ordinária desta segunda-feira (14), na Câmara Municipal de Feira de Santana, teceu duras críticas a Marcha para Jesus, realizada no último sábado (12), principalmente pela falta de convite aos vereadores. “Venho me manifestar em relação ao que aconteceu em Feira no último sábado, na 26ª Marcha para Jesus. Incrível o que todos os vereadores da bancada evangélica dizem: nós não fomos comunicados da realização da Marcha. A manchete do Jornal Folha do Estado diz que o evento conta, mais uma vez, com o apoio da Prefeitura e na foto mostra o secretário de Relações Interinstitucionais, Nau Santana, e o vereador Cadmiel Pereira em reunião com o organizador do evento, o apóstolo Edson. O secretário não nos comunicou da realização do evento e Cadmiel foi o único vereador convidado”, pontuou Isaías.

E continuou. “Apóstolo Edson, você conseguiu desfazer uma conquista da cidade, um projeto desta Casa em tornar a Marcha um patrimônio imaterial da cidade. Conhece a palavra de Deus e não cumpriu. Secretário Nau, deveria respeitar os vereadores, principalmente os evangélicos; muito me admira essa postura que o senhor e o vereador Cadmiel adotaram. O vereador Edvaldo Lima se sentiu ofendido porque Cadmiel foi o único convidado para representar o Legislativo”, disse.

Em aparte, o vereador Edvaldo Lima (PP) disse ter se sentido humilhado no evento. “Estive presente na Marcha, juntamente com o deputado José de Arimatéia e, para nossa surpresa, não fomos convidados para participar da oração. Fiquei até preocupado com essa atitude, pois entendo que pastor Edson é uma pessoa respeitosa, mas não entendi ele convidar apenas um vereador para representar a cidade. Só vi lá eu, o deputado e o vereador Cadmiel, então ele poderia chamar todos para fazer a oração. Atitude equivocada do pastor e deve rever seus conceitos. Vou encaminhar um ofício pedindo os gastos com essa Marcha”, prometeu.

Participando do debate, a vereadora Neinha Bastos (PTB) também não concordou com a falta de convite aos vereadores e afirmou que o Reino de Deus nunca foi dividido. “Alguém queria a gloria só para si e Deus disse que a glória Dele não será de ninguém. Quem está cumprindo as orientações de Deus mandaria um ofício para esta Casa convidando a todos. Não entendi essa postura dos organizadores, limitou a classe evangélica sem necessidade nenhuma. Não vejo uma Marcha para Jesus, e sim um evento para tratar do ego e do poder. Onde não tem paz, Jesus não habita. Se faz uma Marcha e não convida as autoridades, não foi feito para Deus. Minha Igreja não foi convidada, ficamos sabendo pelas redes sociais. Antes de qualquer coisa, primeiro agregue, convide, junte, una. Lamento, pois todos os anos somos convidados e este ano não”, criticou. :: LEIA MAIS »

Isaías de Diogo diz que não é traidor e declara apoio a Colbert Filho

Vereador Isaias de Diogo

Vereador Isaías de Diogo (PDT)

O vereador Isaías de Diogo (PDT) usou a tribuna da Câmara Municipal de Feira de Santana, durante a sessão ordinária desta segunda-feira (16), para desmentir um boato de que ele poderia apoiar a oposição ao governo Colbert Filho. O edil afirmou ainda que tem sofrido perseguição por parte dos seus colegas, em especial o vereador Lulinha (DEM). “No último sábado participei do aniversário da Igreja Nova Jerusalém, no bairro Jomafa. Na festa estava o deputado federal Zé Neto (PT) e o representante do também deputado José de Arimateia (PRB). Tiramos fotos juntos, até porque não somos inimigos. A foto foi motivo para Lulinha fazer chacota com minha cara nas redes sociais. Dizendo por aí que sou traidor. Eu não sou traidor, exijo respeito”, disse.

Isaías questionou a lealdade do edil Lulinha ao atual prefeito. “Eu me pergunto se José Ronaldo não declarar apoio a candidatura de Colbert, Lulinha se manterá fiel? Sua atitude me envergonha. Para falar de mim tem que ter respaldo. Na política não devemos ter inimigos. Quem não se lembra o quanto Fernando Torres atacava o governo de José Ronaldo? Hoje eles são amigos”, comentou.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia