WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


PMFS-Operação Tapa buracos

:: ‘vereador Cadmiel Pereira’

Vandalismo contra patrimônio público vai gerar processo e multa de até R$ 1 milhão

Vandalismo contra patrimônio público vai gerar processo e multa de até R$ 1 milhão

Foto: Washington Nery

A partir de agora, quem for flagrado cometendo atos de vandalismo contra o patrimônio público municipal, seja pessoa física ou jurídica, estará sujeito a responder a processo administrativo e pagar multa entre R$ 1 mil a R$ 1 milhão. O Projeto de Lei 40/2018, de autoria do vereador Cadmiel Pereira, foi aprovado pela Câmara Municipal e sancionado pelo prefeito Colbert Martins Filho, na tarde de terça-feira,24, no Paço Municipal Maria Quitéria. De acordo com o projeto, caberá à Secretaria de Combate e Prevenção à Violência e Direitos Humanos (SEPREV), a instauração do processo e aplicação das multas, previstas para ressarcir os bens públicos deliberadamente destruídos pela ação de vândalos.

O não pagamento da multa, dentro do prazo improrrogável de trinta dias, a contar do recebimento da notificação correspondente, resultará na inclusão de pendência no Cadastro de Dívida Ativa do Município. O Município poderá firmar convênio com a Polícia Militar ou outros órgãos ou entidades públicas que possam contribuir com a fiscalização e identificação dos autores dos atos tipificados na Lei. O vereador Cadmiel Pereira afirmou que o projeto ” é basicamente uma lei que visa a defesa do bem patrimonial da coletividade”.

O prefeito Colbert Martins Filho ponderou que “agora temos um mecanismo de punição adequado, porque o patrimônio público não pode ser destruído, e quanto mais dura a lei, ela se torna mais efetiva para que possamos inibir as ações negativas contra o patrimônio público”. O evento contou com as presenças dos vereadores Lulinha da Conceição, Edvaldo Lima, Isaías de Diogo e Everton Carneiro. Os secretários Pablo Roberto Gonçalves (SEPREV), Valdomiro Silva (Comunicação) e Jayana Ribeiro ( Educação).

Vereador reclama de aumento na conta de água

vereador Cadmiel Pereira

Vereador Cadmiel Pereira (PSC)

O vereador Cadmiel Pereira (PSC) criticou o aumento de 4,09% na conta de água dado pelo Governo do Estado. Principalmente pelo fato de, segundo o vereador, a empresa prestar um péssimo serviço na cidade. A Embasa é a campeã de reclamações no Procon feirense.

Cadmiel defende criação da Federação Municipal do SUAS

vereador Cadmiel Pereira

Vereador Cadmiel Pereira (PSC)

O vereador Cadmiel Pereira (PSC), ao discursar na tribuna da Câmara Municipal de Feira de Santana, na sessão ordinária desta quarta-feira (09), destacou a mobilização dos trabalhadores do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) no sentido de criar a Federação Municipal do SUAS em Feira de Santana. De acordo com o edil, a fundação da entidade irá assegurar avanços e melhorias para os profissionais que atuam no sistema. Cadmiel convocou os profissionais a participarem da reunião agendada para o próximo dia 15 de maio no Centro Universitário de Cultura e Arte (CUCA), localizado na rua Conselheiro Franco. “Diversas categorias contam com entidades representativas para defender seus direitos e buscar melhorias. Os trabalhadores do SUAS estão se mobilizando por si mesmos e formando a Federal Municipal, para isso estão convidando para a reunião para tratar de assuntos inerentes à categoria. No ano de 2017, o então prefeito José Ronaldo implantou o SUAS municipal em Feira de Santana. Um importante avanço, dando conta de que política de assistência social deve ser prioridade de qualquer governo e os trabalhadores do SUAS precisam ter seus direitos assegurados”, destacou.

O edil ressaltou a importância do diálogo constante entre os profissionais e o Poder Público. “Que o prefeito Colbert Martins possa receber um grupo de trabalhadores da assistência social para discutires juntos melhorias nas condições de trabalho, dentre outras questões de interesse da categoria, como plano de cargos e salários, por exemplo. Esse movimento ajudará fortalecer os laços e contribuir para o desenvolvimento dos trabalhos”, pontuou.

Na oportunidade, o vereador do PSC convidou a população feirense para prestigiar a sessão solene, na próxima terça-feira (15), às 19h30, em comemoração ao Dia do Assistente Social, atendendo ao Requerimento nº 18/2018, de sua autoria.

Vereadores cobram conclusão das obras da Lagoa Grande

Cadmiel, Carlito, Bililiu e Lulinha

Cadmiel (PSC), Carlito do Peixe (DEM), João Bililiu (PPS) e Lulinha (DEM)

O vereador Cadmiel Pereira (PSC), em seu discurso na Câmara Municipal de Feira de Santana, nesta quarta-feira (28), denunciou o descaso do Governo do Estado e cobrou a conclusão dos serviços de esgotamento sanitário dos bairros do entorno da Lagoa Grande. “Não poderia deixar de destacar a gravidade do problema sobre a obra da Lagoa Grande, denunciado pelo Folha do Estado. Feira de Santana não pode ter um tratamento tão vergonhoso, não podemos aceitar tanto descaso com a legislação ambiental. Já se passaram 11 anos e a Lagoa Grande continua sendo depósito de esgoto. A denúncia demonstra que a ordem de serviço dada em 2007 tinha previsão de término em 2014, então completará 4 anos de atraso sem conclusão e sem perspectiva”, resumiu.

O edil questionou, ainda, os valores já aplicados no projeto de revitalização da Lagoa. “O que será dos R$ 78 milhões investidos em nada. Isso é um desrespeito ao erário público. Não podemos aceitar essa situação. As ruas dos bairros vizinhos à Lagoa Grande estão com a pavimentação destruída, com esgoto correndo a céu aberto. Quem tem direito que responda: o que será feito para resolver essa situação?”.

Em aparte, o vereador Carlito do Peixe (DEM) afirmou que o Governo do Estado quis transferir para o Governo Municipal a responsabilidade sobre a realização da obra de esgotamento sanitário do local. “Queriam passar para ao Município uma responsabilidade que cabia exclusivamente ao Estado. Enganaram a população e não concluíram uma obra que é apenas de fachada”, afirmou.

vereador João Bililiu (PPS) parabenizou o colega Cadmiel Pereira (PSC) pelo discurso questionando o atraso na conclusão das obras da Lagoa Grande e agradeceu o apoio de mais um membro da Casa à luta em defesa dos moradores dos bairros vizinhos à lagoa que sofrem com os transtornos ocasionados pela falta de esgotamento sanitário na região. “Hoje ganhamos mais uma força nessa luta contra essa má administração do Governo do Estado, que vive de aparências, fantasias e gabolices. Precisamos nos unir em defesa dos moradores daqueles bairros Caseb, Rocinha, Ponto central, que ficam vizinhos à Lagoa Grande e estão sofrendo com o esgoto correndo a céu aberto e derramando os dejetos na lagoa”, afirmou.

Já o líder governista, Luiz Augusto de Jesus- Lulinha (DEM), na sessão desta quarta-feira (28), na Casa da Cidadania. “Deram início aos trabalhos há 11 anos e até hoje ainda não foram concluídos. O Governo do Estado está enganando o povo. Os moradores da Rocinha, que sofrem com o esgoto, estão sendo enganados. Aquela água está contaminada com o esgoto dos bairros adjacentes. O vereador João Bililiu (PPS) vem cobrando a conclusão da obra, a população sofrendo, as ruas esburacadas pelos serviços mal feitos de esgotamento”, reclamou.

Cadmiel elogia governo Lula e não fala sobre Temer

vereador Cadmiel Pereira

Vereador Cadmiel Pereira (PSC)

Diferente do seu colega e líder do Governo, vereador Lulinha (DEM), o vereador Cadmiel Pereira (PSC) admitiu que o ex-presidente Lula fez um bom governo para os mais pobres. Mas nenhuma palavra só foi dada sobre o atual presidente, Michel Temer, que tem o maior índice de reprovação da história e conta com o apoio de algumas autoridades baianas.

“Centro Industrial do Subaé está abandonado pelo Governo do Estado”, denuncia vereador

Centro Industrial do Subaé

Centro Industrial do Subaé (CIS)

O vereador Cadmiel Pereira (PSC) em seu discurso na tribuna da Câmara Municipal de Feira de Santana na sessão desta terça-feira (06), afirmou que o Centro Industrial do Subaé (CIS) está abandonado pelo Governo do Estado.

Cadmiel lamentou a falta de incentivos para o setor e cobrou providências por parte do Governo do Estado. “Muitas empresas deixaram de se instalar Centro Industrial do Subaé por falta de incentivos. O CIS está abandonado, são ruas esburacas, sem iluminação e tomadas pelo lixo e sujeira”, denunciou.

Ainda segundo o edil, foi estabelecido um valor que deveria ser pago pelos empresários instalados no complexo para realização de melhorias na infraestrutura do local. “Os empresários passaram a pagar mais para ter o asfalto, mas as ruas continuam esburacadas. Foram realizadas várias reuniões, as entidades que representam a classe empresarial se mostraram contrárias à cobrança, mas nada foi feito”, criticou.

Vereador critica redução da projeção do salário mínimo para 2018

vereador Cadmiel PereiraO vereador Cadmiel Pereira (PSC), durante seu discurso na tribuna da Câmara Municipal de Feira de Santana, na sessão da última quarta-feira (01), criticou o Governo Federal pelo anuncio da redução da projeção para o valor do salário mínimo no ano de 2018. O edil também questionou o reajuste dos planos de saúde para os idosos, comprometendo o acesso digno ao atendimento à saúde da população idosa brasileira.

“É uma tristeza ver o retrocesso no país do valor do salário mínimo pago ao trabalhador brasileiro. O Governo Federal anunciou reajuste do salário para R$ 969,00 e agora, alegando a inflação, reduziu a projeção para R$ 965,00. O que era para crescer, será reduzido”, criticou, lembrando que os aposentados e pensionistas do INSS, que aguardam a reajuste, também não serão contemplados.

Na oportunidade, o vereador solicitou que o Procon proceda fiscalização nos planos de saúde, tendo em vista os reajustes considerados absurdos nos valores das mensalidades cobradas aos idosos. “Os planos de saúde estão brincando com a população brasileira. Agora aplicaram aumento de 50% para os idosos. O salário mínimo tem que respeitar a inflação, mas os planos de saúde não”, finalizou.

“Repasses atrasados prejudicam andamento de programas sociais”, reclama vereador

vereador Cadmiel PereiraO vereador Cadmiel Pereira (PSC) criticou o atraso no repasse de verbas para as políticas públicas de assistência social. “Os repasses estão atrasados prejudicando o andamento dos programas. O IGD Bolsa está atrasado deste março, o IGD Suas desde maio e o Cofinanciamento do Estado desde junho. Assim, não há como o Dispensário Santana, Lar do Irmão Velho, Orfanato Evangélico, CRAS, CREAS e outros darem continuidade à suas atividades, independentemente de quem seja o gestor da cidade”, reclamou.

Ainda segundo o vereador, no último dia 6 de setembro houve um reunião do Conselho Nacional de Assistência Social, onde foi colocada a proposta de redução de mais de 40% do orçamento de 2018 para as políticas públicas nacionais de políticas sociais, o que é um retrocesso.

Cadmiel critica falta de segurança pública em Feira de Santana

vereador Cadmiel PereiraO vereador Cadmiel Pereira (PSC) lamentou a violência sofrida pela equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e familiares de um paciente idoso durante prestação de socorro no bairro Brasília, em Feira de Santana, na última terça-feira (22).

“Chegamos ao cúmulo da insegurança pública em Feira de Santana. Onde vamos parar? Uma pessoa enferma em busca de atendimento encontra pela frente a violência. Isso é lastimável. Onde está o amor do ser humano que não respeita nem o momento de dor do seu próximo? Como vamos acreditar num amanhã melhor se a esperança no hoje está sendo abrotada?”, refletiu o edil.

Vereador do PSC convida Targino para visita a instituto de ação social em Tiquaruçu

Targino Machado e CadmielO vereador Cadmiel Pereira (PSC) convidou o deputado estadual Targino Machado (PPS) para uma reunião no Instituto de Ação Social Quebrando Barreiras que é situado na Fazenda Jenipapo, distrito de Tiquaruçu, em Feira de Santana. Vale ressaltar que Targino já se declarou como candidato a reeleição nas próximas eleições. E o PSC, partido de Cadmiel, tem candidato próprio para deputado estadual. É o atual deputado federal Irmão Lázaro. Que balaio de gato…

Política In Rosa

“A cidade de Salvador consegue ter dois prefeitos”, diz vereador

vereador Cadmiel PereiraO vereador Cadmiel Pereira (PSC) em seu discurso na manhã desta segunda-feira (26), na Câmara Municipal de Feira de Santana reclamou da falta de “atenção” do governador Rui Costa (PT) para com as cidades do interior da Bahia, incluindo o município de Feira de Santana.

“Nós estamos vivendo um momento em que no processo político do estado da Bahia a cidade de Salvador hoje consegue ter dois prefeitos: o prefeito ACM Neto e o governador Rui Costa, que vem  tentando ser prefeito da cidade de Salvador, tentando fazer obra todos os dias dentro de Salvador, para alavancar o nome; fazendo uma grande festa de São João pra Salvador, para poder fazer nome, enquanto as cidades do interior não receberam do governador apoio para nada”, queixou-se.

O edil ainda acrescentou que: “se ACM Neto faz um viaduto, Rui Costa quer fazer um viaduto e meio. Se ACM Neto pavimenta uma rua, Rui Costa quer pavimentar uma rua e meio dentro de Salvador. Se tem festa grandiosa em Salvador feita pela Prefeitura Municipal, o governador também entra investindo. Já os municípios do interior da Bahia, os outros 416, nenhuma contratação cultural se viu agora no período do São João”, afirmou.

Na oportunidade, o vereador Cadmiel cobrou do governador Rui Costa a construção do novo hospital geral e de mais escolas de ensino médio para Feira de Santana, inclusive nos distritos,  bem como uma pista alternativa na BR-324, que  em período de festas, segundo o edil, causa inúmeros transtornos aos motoristas devido aos enormes engarrafamentos. “Uma viagem que foi feita de Salvador para Feira de Santana, agora, no período junino, durou de quatro a seis horas, porque só temos duas pistas na BR-324”.

Em aparte, o vereador José Carneiro (PSDB) se pronunciou sobre a BR-324, afirmando que cabe a Via Bahia construir a pista alternativa na rodovia supracitada, como determina o contrato de privatização. Ele observa que o Governo do Estado tem sido omisso quando não exige da concessionária essa obrigação contratual.

Vereador Cadmiel lamenta situação da UEFS

vereador Cadmiel PereiraLamentando profundamente a situação em que se encontra a Universidade Estadual de Feira de Santana, onde teve a oportunidade de estudar e se formar, o vereador Cadmiel Pereira (PSC) destacou que ainda há condições de torná-la novamente uma das referencias do Norte e Nordeste. Segundo o vereador, nem mesmo papel higiênico tem para os alunos. A creche, mantida pela entidade e referência de ensino, pode fechar a qualquer momento. “A quem interessar possa, socorro. Acudam. Salvem a UEFS. Isso é uma vergonha”, reclamou o vereador.

Karoliny Dias

Vereador Cadmiel fala sobre ida da Comissão de Saúde ao Núcleo Regional de Saúde

vereador Cadmiel PereiraA Comissão de Saúde da Câmara de Feira de Santana, presidida pelo vereador Cadmiel Pereira (PSC), a pedido do presidente da Casa, vereador Ronny (PHS), esteve na manhã desta terça-feira (30) na Casa de Saúde Santana para averiguar a sua interdição pelo Núcleo Regional de Saúde Centro-Leste (antiga 2ª Dires).

Em entrevista para o site Política In Rosa, Cadmiel disse ter questionado a diretoria da unidade o que levou a essa interdição por parte da Vigilância Sanitária da NRS, que afirma que havia a ausência de responsáveis de alguns setores.

O edil disse que o diretor, Carlos Germano, disse que os devidos esclarecimentos foram dados antes da interdição, por isso a Comissão se dirigiu ao NRS conversa com o direito, Edy Gomes. “Ele nos mostrou um relatório com mais de dez páginas, citando as dificuldades de cada setor e informou que há algum tempo vinha dialogando com a unidade. A nossa preocupação é que não haja a interrupção de atendimento de mais uma unidade de saúde do Município”, explicou.

Cadmiel justificou ainda que pediu ao NRS que quando vá se fazer uma interdição que haja um prazo para a adequação para que não haja uma descontinuidade de prestação de serviço que, independente de ser um hospital particular, tem o atendimento pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Karoliny Dias

Vereador critica vinda do Uber a cidade mesmo não estando legalizado

vereador Cadmiel PereiraSobre a chegada do Uber a Feira de Santana, o vereador Cadmiel Pereira (PSC) pediu ao Governo Municipal, em nome da Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), que haja com rigor e faça valer as leis do Município. O edil destacou ainda que o prefeito José Ronaldo não aceitará que um sistema clandestino atue na cidade. “Não podemos aceitar uma imposição sorrateira, calada e sombria, que só aparece através de um aplicativo sem saber quem são, de onde vem, para onde vai e quem está a frente”, criticou.

Mesmo assim, Cadmiel disse não ser contra o desenvolvimento e crescimento da sociedade, a instalação de equipamentos com sistema de tecnologia que traga avanços. “Há que se respeitar uma cidade, uma gestão, um prefeito, a Câmara de Vereadores”, completou.

Karoliny Dias

Vereador pede pagamento de Garantia Safra ao homem do campo

vereador Cadmiel PereiraNa sessão desta segunda-feira (10), o vereador Cadmiel Pereira (PSC) destacou que o homem do campo, mesmo com a Bahia com estado declarado de emergência por conta da seca, não estão recendo o Garantia Safra do Governo do Estado.

“O homem do campo precisa ser respeitado pelo Poder Público, pois paga os impostos a ele imputado. É sabido por todos que quando o Estado decreta situação de emergência os agricultores são beneficiados pela Garantia Safra e desde dezembro do ano passado que eles não recebem, aumentando ainda mais as dificuldades, pois as chuvas que caíram nos últimos dias não foram suficientes para suprir as necessidades das lavouras. Muitos estão sem produzir até mesmo o que comer”, denunciou Cadmiel.

Karoliny Dias

Cadmiel reclama da falta de juízes e atrasos de processos nas comarcas baianas

vereador Cadmiel PereiraO vereador Cadmiel Pereira (PSC) chamou atenção do Governo do Estado para a  falta de serventuários e o andamento processual nas comarcas do estado da Bahia, sobretudo em Feira de Santana. “Nós estamos vivendo dias em que o direito do cidadão e cidadã está complicado em poder o requerer, em virtude da dificuldade do atendimento dado pelo Poder Judiciário. Os advogados em  Feira de Santana, que têm o papel de ir até as comarcas, para poder representar o interesse de cada cidadão e de cada cidadã que o dá procuração para resolver problemas, têm encontrado hoje, no Fórum Filinto Bastos e nas comarcas Bahia afora, uma dificuldade de atuação, porque tem até comarca que não tem juiz”, queixou-se.

Cadmiel Pereira declara apoio a Ronny

Vereador Cadmiel PereiraEm consonância com 18 vereadores, o vereador eleito pelo PSC, Cadmiel Pereira, também declarou apoio ao edil Reinaldo Miranda (PHS) à presidência da Câmara Municipal de Feira de Santana para o biênio 2017/2018, justificando que Ronny tem administrado o Legislativo de forma democrática.

Na oportunidade, Ronny agradeceu, reiterou que confia plenamente na palavra de cada vereador que já anunciou apoio a sua candidatura e ressaltou que, com o seu voto e com os 18 já anunciados, tudo está se encaminhando para disputar mais uma vez a eleição em chapa única.

Ele foi eleito presidente da Câmara para o biênio 2015/2016, por unanimidade dos vereadores, com 18 votos. Os edis Beldes Ramos (PT), Tonhe Branco (PHS) e Eremita Mota (PSDB) não estavam presentes no momento da eleição.

Vereador eleito, Cadmiel Pereira chora copiosamente ao receber diploma

Vereador CadmielNão tinha como passar despercebido no evento de diplomação dos vereadores, suplentes, prefeito e vice-prefeito eleitos o choro copioso do vereador Cadmiel Pereira (PSC) ao receber o diploma das mãos do juiz eleitoral da 157ª Zona Eleitoral, Gustavo Rubens Hungria. Após várias tentativas frustradas, finalmente Cadmiel conseguiu realizar o seu sonho de ser vereador.

CÂMARA DE VEREADORES_somos parceiro_banner de site Política in Rosa - 500x500 gif


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia