WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


PMFS-Copa de Bairros 2018

:: ‘vereador Alberto Nery’

Alberto Nery lamenta crescimento dos índices de violência

Vereador Alberto Nery

Vereador Alberto Nery (PT)

O vereador Alberto Nery (PT) criticou o alto índice de violencia na cidade de Feira de Santana nos últimos dias. De acordo com o vereador, se o Governo do Estado colocar uma viatura da Polícia Militar com policiais em cada esquina da cidade, ainda assim, não irá resolver a questão da violência. O edil se solidarizou ainda com a família do  PM Wagner Souza de Araújo, assassinado na madrugada do último sábado (16), em Feira de Santana.

“O problema da violência vai muito além de investimentos para a área da segurança pública. Esse combate tem que começar no seio da família. Quero lamentar a violência crescente não apenas em nosso Estado, mas em todo o país. Em um presídio localizado no estado do Acre foi preciso construir um muro para separar as duas maiores facções criminosas do país. É lamentável essa realidade”, afirmou.

Nery cobra conclusão do BRT: “Obra está a passos de tartaruga”

Vereador Alberto Nery

Vereador Alberto Nery (PT)

“Uma obra de quase 100 milhões de reais que parece não ter fim”. Assim, o vereador Alberto Nery (PT) definiu as obras do BRT de Feira de Santana. Segundo o oposicionista, em todos os locais, ou comunidades que ele transita a cobrança é uma só: a conclusão do BRT. “Não sei onde vocês andam, mas onde quer que eu vá, tem sempre uma pessoa questionando sobre essa obra. Queremos saber se está parada, e se estiver em andamento, porque está a passos de tartaruga”, questionou.

Durante o pronunciamento na sessão da Câmara Municipal de Feira de Santana desta terça-feira (12), Nery solicitou que o presidente da Casa designe uma comissão especial incluindo a Comissão de Obras, Urbanismo e Infraestrutura e demais edis interessados, para visitar as obras e entender o que está acontecendo. “Não podemos permitir que a população fique sem saber o que está ocorrendo. É uma obra de mais 90 milhões de recursos federais e ainda tem a contrapartida do município. É preciso prestar contas de como estão sendo destinados estes recursos. Ou essa obra nunca vai ter fim?”, finalizou.

 

Oposicionista critica José Ronaldo por não cumprir promessas de campanha

Vereador Alberto Nery

Vereador Alberto Nery (PT)

Repercutindo a entrevista do pré-candidato ao Governo do Estado, José Ronaldo de Carvalho (DEM), concedida ao programa Acorda Cidade, na Rádio Sociedade, o vereador Alberto Nery (PT) criticou o ex-prefeito por ter deixado o Governo Municipal sem ter cumprido todas as promessas firmadas com a população durante campanha eleitoral. Nery, ao discursar na tribuna da Câmara Municipal de Feira de Santana, cobrou a inauguração do BRT, que havia sido prometida para março deste ano. “Ouvia o ex-prefeito avaliar a pesquisa divulgada pelo Instituto Paraná Pesquisa e ele criticou o outro candidato falando de obras inacabadas como o mercado do município de Mairi. Mas, ele (José Ronaldo) não falou de suas obras inacabadas e promessas de campanha não realizadas, como a construção do Centro de Esportes no Feira Tênis Clube (FTC) que ele prometeu e o povo de Feira de Santana está cobrando”, criticou.

Para Nery, o pré-candidato está tentando descaracterizar o Governo do Estado. “O governo desse prefeito prometeu, na área da saúde, disponibilizar um tomógrafo móvel, ampliar o número de policlínicas. Fez promessas e não cumpriu. O nosso governo não se acomoda com pesquisa. Eleição só se define após o encerramento da contagem de votos das urnas”, concluiu.

“É preciso ter cautela para que não haja ninguém tirando proveito desta situação”, diz Nery

Vereador Alberto Nery

Vereador Alberto Nery (PT)

O vereador Alberto Nery (PT) em seu discurso na tribuna da Câmara Municipal de Feira de Santana, na manhã desta terça-feira (29), falou sobre a divisão de grupo de vereadores na Câmara. “Estava em congresso quando aconteceu os desdobramentos do grupo que se considera independente na Casa. Enquanto oposição, quero dizer que deveria ter nessa Casa um grupo maior da oposição para que as forças fossem equilibradas e não tão desigual, para que pudéssemos debater os problemas da cidade sem o rolo compressor, que passa por cima da oposição. Temos 19 vereadores de base e apenas dois de oposição. Poderia parabenizar este novo grupo, mas é preciso ter cautela para que não haja ninguém tirando proveito desta situação, pois sabemos que aqui há colegas que defendem os interesses das cidades. Quando soube desse ‘racha’ liguei para Zé Curuca e aconselhei cautela”, pontuou Nery.

Nery pediu que o grupo dos independentes se comprometam em defender o Município. “E, o prefeito precisa tratar esta Casa com respeito e não como se fosse um apêndice do Governo Municipal”, pediu.

Vereador questiona investimento de R$ 140 milhões em lâmpadas de LED pela Prefeitura

Vereador Alberto Nery

Vereador Alberto Nery (PT)

O vereador Alberto Nery (PT) em seu discurso na manhã desta quarta-feira (16), na Câmara Municipal de Feira de Santana, criticou a iluminação da cidade, ressaltando a demora da troca das lâmpadas atual para as lâmpadas de LED. Nery lembrou que a Câmara aprovou um PL que visa o investimento da Prefeitura de R$ 140 milhões para a troca das lâmpadas da cidade por LED e que houve ainda uma audiência pública que debateu o assunto, mas até o momento a mudança não aconteceu e que a cidade está às escuras.

“Têm ruas com lâmpadas queimadas há dias e locais que a população fez uma ‘vaquinha’ e realizou a troca, como no bairro Jardim Acácia. A falta de iluminação é a critica que mais recebo quando visito os bairros. Só houve a troca de lâmpadas por LED em poucos lugares que Ronaldo fez inaugurações. Fica aqui minha observação para o secretário Justiniano França e o novo prefeito”, pontuou o petista.

Oposicionista critica postura da bancada governista

Vereador Alberto Nery

Vereador Alberto Nery (PT)

A prática adotada por alguns vereadores da bancada governista da Câmara Municipal Feira de Santana, de usar a Tribuna somente para criticar o Governo Estadual foi questionada pelo líder da oposição, Alberto Nery (PT). Segundo o edil, os vereadores deveriam discutir a cidade de Feira de Santana e seus problemas. “Às vezes me pergunto se estou no lugar certo. Fomos eleitos para legislar por Feira de Santana. Mas os colegas sobem a tribuna apenas para criticar o Governo do Estado, simplesmente porque o ex-prefeito José Ronaldo é candidato a governador”, afirmou.

Ainda de acordo com Nery, problemas importantes da cidade deixam de ser discutidos para focar apenas no interesse de tentar desgastar o Governo do Estado e enaltecer a figura do ex-prefeito. “Isso me causa angústia. Nós estamos vivendo em uma cidade onde o ex-prefeito anunciou uma obra de R$ 97 milhões num “negócio” chamado BRT que até hoje não sabemos pra onde vai exatamente. Temos outra obra chamada Shopping Popular, que está sendo construída numa área pública doada pelo Poder Público e esta Casa aprovou mais R$ 20 milhões de investimento com dinheiro público para o local. Ao invés de debater essa situação, discutem coisas pequenas”, alertou.

Nery aproveitou para cobrar a construção de um hospital municipal. “Tantas cidades menores que Feira de Santana possuem hospital municipal e uma cidade desse porte não tem. Essa semana uma senhora me disse: – Ai de nós se não fosse o Clériston em Feira de Santana”, relatou Nery em resposta às críticas constantes que vereadores fazem ao Hospital Geral Clériston Andrade.

Transporte Público

Após os questionamentos feitos por Nery na última semana sobre uma licitação que a prefeitura pretende fazer para estudar a viabilidade econômica das empresas de ônibus, a Comissão de Obras, Urbanismo e Infraestrutura da Casa foi recebida pelo secretário João Marinho Falcão. Segundo Nery, que é membro da comissão, muitos pontos ainda precisam de esclarecimento. “Ontem mesmo estive com os empresários por conta das minhas atividades como sindicalista para discutir a campanha salarial e e eles expuseram que desde o início da operação mandam ofício para que Prefeitura se manifeste acerca do prejuízo que eles estão acumulando, por conta do não cumprimento do edital. De acordo com o documento eles só operariam com 30% dos colaboradores existentes e transportariam R$ 2,5 milhões de passageiros por mês. Hoje, na prática, transportam R$ 1,9 milhões. Eu pergunto: com esse estudo proposto pela licitação, a prefeitura vai reembolsar os cofres das empresas?”, questionou.

Nery finalizou seu pronunciamento, convocando os colegas para a realização de uma audiência pública sobre o tema. “Quero chamar os vereadores que tem preocupação com Feira para fazermos uma audiência pública. A qualquer momento a população de Feira de Santana, e principalmente as pessoas mais carentes, pagarão mais caro pela tarifa ou até poderão ficar sem transporte. Se eles estão recebendo menos que estimaram eles não vão ficar. Vamos discutir a cidade”.

Vereador critica licitação da prefeitura e cobra auditoria nas empresas de transporte

Vereador Alberto Nery

Vereador Alberto Nery (PT)

A Prefeitura Municipal de Feira de Santana pretende usar dinheiro público para oferecer às empresas de ônibus uma consultoria técnica para elaboração de uma revisão tarifaria e análise do equilíbrio-financeiro dos contratos. A informação foi apresentada pelo vereador Alberto Nery (PT) em sessão da Câmara Municipal de Feira de Santana nesta quarta-feira (02) e pode ser obtida no Diário Oficial do Município do dia 25 de abril deste ano, quando foi publicado o aviso de licitação da concorrência pública 051-2016, que será realizada no dia 14 de junho. “Isso é um absurdo. Quando as empresas chegaram à cidade elas contrataram um estudo para constatar a viabilidade da exploração. Participaram do processo de licitação e agora é a prefeitura que vai aferir, não sabemos com que propósito, se deve reduzir ou aumentar a tarifa? Isso deveria ser feito pelas próprias empresas”, afirmou o líder da oposição.

Ainda de acordo com o edil, na última audiência pública realizada pela Casa sobre o Transporte, ficou aprovado que a prefeitura faça uma auditoria nas empresas. “As próprias empresas solicitaram essa auditoria alegando não haver viabilidade econômica para continuar explorando o serviço na cidade. Logo depois a empresa Rosa teve 60 veículos tomados pelo banco Mercedes Benz por falta de pagamento. Em seguida, foi a vez da empresa São João pedir recuperação judicial que nada mais é que uma falência anunciada que as empresas tentam prorrogar. E agora, com recursos públicos, a prefeitura quer fazer essa licitação? Não podemos permitir isso. A prefeitura deve sim fazer uma auditoria”, cobrou.

Ainda durante o seu pronunciamento, Alberto Nery convocou a Comissão de Obras, Urbanismo e Infraestrutura da Casa para não somente solicitar uma audiência pública sobre o assunto, como também o acompanhamento da licitação. “Como essas empresas conseguirão operar o BRT, que por sua vez,  já deveria ter sido inaugurado e até hoje tem estações que se quer saíram do papel. Será que houve aditamento do contrato? Quando ele estará em funcionamento? Todos esses questionamentos devem ser esclarecidos pela prefeitura”, finalizou.

Alberto Nery na dúvida entre dois pré-candidatos a deputado

Vereador Alberto Nery

Vereador Alberto Nery (PT)

O vereador Alberto Nery (PT), em entrevista ao site Política In Rosa, afirmou que não disputará as eleições de 2018. E justificou a sua decisão. Segundo o vereador, é principalmente pelo momento político que o país vive. “Eu viajei muito, consultei alguns representantes e vereadores de outras cidades e em todas as conversas que tivemos as pessoas buscam sempre algum tipo de vantagem. Então como não teria a condição de atendê-los declinei da minha pré-candidatura. Pretendo apoiar o deputado estadual Angelo Almeida à sua reeleição ou o ex-prefeito de Serrinha, Osni Cardoso. Não tenho nada definido, apenas estamos conversando”, explicou.

Oposicionista elogia posicionamento de Eremita sobre Rui Costa

Vereador Alberto Nery

Vereador Alberto Nery (PT)

Após o elogio da vereadora Eremita Mota (PSDB) ao governador Rui Costa ser publicado no site Política In Rosa, o vereador Alberto Nery (PT) fez a sua análise da situação. Nery destacou que Eremita é uma edil que tem coerência e sabe reconhecer o que Governo do Estado vem fazendo por Feira de Santana e pela Bahia. A vereadora afirmou em seu discurso que considera Rui como o melhor governador que a Bahia já teve.

“Não foi a toa que o prefeito de Salvador, ACM Neto, desistiu da sua candidatura. Ele sabe que Rui Costa é um candidato imbatível, que está fazendo um belo trabalho pelo Estado. Neto estaria correndo um risco grande de se afastar da Prefeitura de Salvador para disputar uma eleição que é muito difícil. Eu entendo que é por esta razão que a vereadora Eremita tem manifestado a possibilidade de apoiar a candidatura do governador Rui Costa”, disse.

Oposicionista admite que segurança é o ‘calcanhar de Aquiles’ do governo

Vereador Alberto Nery

Vereador Alberto Nery (PT)

O vereador Alberto Nery (PT) em seu discurso na Câmara Municipal de Feira de Santana na manhã desta terça-feira (17), relatou que fez uma visita ao distrito de Ipuaçu. “Os moradores cobraram mais segurança, que é o calcanhar de Aquilies do Governo do Estado; trataram sobre os alagamentos por conta das chuvas, abandono da praça pública, a falta de iluminação, falta de ônibus e na Escola Municipal Maria de Lurdes a situação está crítica, pois encontramos banheiros precários, com mau cheiro, materiais indevidos em salas de aula, cadeiras quebradas, paredes sem revestimento e pinturas”, informou o oposicionista.

“A Democracia só existe para as elites brasileiras”, lamenta Nery

Vereador Alberto Nery

Vereador Alberto Nery (PT)

O vereador Alberto Nery (PT) lastimou a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ocorrida no último sábado (07). De acordo com o edil, a lei não foi cumprida da forma adequada e o processo foi feito para prejudicar o ex-presidente e impedi-lo de ser o candidato nas próximas eleições. “Eu não sou contra que a Lei seja para todos. Mas a forma açodada como foi conduzido esse processo nos causa estranheza. Lula foi preso sem que seja comprovada a propriedade do tríplex. Não pertence a ele, nunca morou, não está nominal a ninguém da sua relação, mas mesmo assim, Sergio Moro o condenou. No Supremo, o processo correu em velocidade recorde. Era pra revisar a prisão de segunda estância, mas se limitou a julgar o habeas corpus. Em suma, rasgaram a Constituição”, opinou.

Em seu pronunciamento, Nery reiterou a sua crença de que Lula foi injustiçado. “Condenaram o primeiro presidente de Esquerda desse país e o mais popular das últimas décadas. Chegamos ao ponto de ver um General da Reserva Militar declarar que caso o Supremo Tribunal Federal concedesse o habeas corpus, haveria uma intervenção militar. Então, que Democracia é essa? A Democracia só existe para as elites brasileiras e não para aquele que representa verdadeiramente o povo, e fez as transformações que o país mais precisava?”, questionou.

Para o petista ainda há uma possibilidade de transformação dessa realidade. “Fomos às ruas, pintamos as caras, lutamos pela Diretas Já e olha o que estamos vivendo… Esse é um momento para nós, políticos, fazermos uma reflexão sobre o que ainda chamamos de Democracia. Felizmente a maior arma do povo é o voto. E eu espero que no próximo dia 07 de outubro, consigamos fazer a transformação da qual tanto precisamos”.

Candidatura

Ainda durante sua fala, Nery anunciou que não será mais candidato a deputado estadual. “Depois de pensar muito e reunir-me com minha família, decidi que esse não é momento de me candidatar a deputado estadual. Sei que há um cenário favorável, uma lacuna com a desistência de outros candidatos, mas tudo hoje gira em torno do dinheiro. Nas minhas andanças durante o recesso, foram me oferecidos muitos acordos pautados apenas no dinheiro. E eu não tenho e não quero construir esse tipo de acordo. Peço desculpas para os que acreditavam e estavam torcendo pela candidatura, mas entendo que esse ainda não é o momento. Agradeço também aos colegas desta Casa que me apoiaram e me encorajaram. Ainda não será dessa vez”, finalizou.

Vereador Alberto Nery denuncia invasão de área pública

Vereador Alberto Nery

Vereador Alberto Nery (PT)

“Feira de Santana parece uma terra sem lei”. Assim, o vereador Alberto Nery (PT) definiu o município, ao apresentar mais uma denúncia de invasão de área pública na cidade, durante pronunciamento na Câmara nesta segunda-feira (12). Dessa vez, de acordo com o edil, uma empresa privada se apropriou de uma área pública, a Praça São Félix, localizada no bairro Conceição,  iniciando uma obra sem qualquer indicação de autorização da prefeitura. “Fomos procurados por moradores da região do loteamento Parque Santa Bárbara e ao chegarmos no local, verificamos os tapumes cercando a área pública da Praça São Félix e adesivos de identificação da construtora. Os adesivos não tem qualquer sigla ou número de autorização, ou de  alvará da Prefeitura. Agora eu pergunto: qual o interesse que uma empresa privada tem em fazer uma obra pública com recursos próprios e sem autorização?”, indagou o vereador.

Ainda de acordo com Nery – que também é membro da Comissão de Obras, Urbanismo e Infraestrutura da Casa – após a mobilização dos moradores a empresa fixou um outro adesivo informando que levaria a casa dos moradores o projeto da obra. “Além de estranho isso é ilegal. Onde estão os fiscais da prefeitura que não foram até o local para impedir  a continuidade de uma obra irregular, sem autorização e em área pública? Queremos um posicionamento da Prefeitura. Também peço que o presidente leve o fato ao conhecimento do Ministério Público, porque também há relatos de que os moradores estão sendo intimidados por um cidadão da empresa que vai até o local armado”, cobrou.

Em aparte, o presidente da Câmara, José Carneiro, afirmou já ter informado a prefeitura sobre a situação. “Eu fico ainda mais surpreso em saber que a prefeitura já tem conhecimento da invasão e os tapumes continuam lá. Já fizemos a denúncia em uma área na Santa Mônica e foi jogado no hall do esquecimento. Outro exemplo denunciado aqui, é de uma área na lateral do Clube Cajueiro. Não podemos admitir essa omissão. Sugiro que a Comissão vá até lá para buscarmos uma solução efetiva junto aos órgãos competentes. Feira não pode ser “terra de ninguém”, onde qualquer pessoa mure área pública e fique por isso mesmo”, finalizou o vereador.

Nery diz que colegas saíram “convencidos e satisfeitos” de obra no HGCA

Vereador Alberto Nery

Vereador Alberto Nery (PT)

O vereador petista Alberto Nery também participou da visita as obras de ampliação da emergência no Hospital Geral Clériston Andrade. Ele era um dos vereadores que compunham uma comissão designada pelo presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana, vereador José Carneiro (PSDB), para ir à unidade de saúde.

Nery disse ao site Política In Rosa que tentou mostrar aos colegas que o HGCA passa por uma reforma e ampliação e não a construção de um novo hospital. “Acho que todos eles saíram convencidos e satisfeitos da execução que terá novos leitos para a nossa cidade, trazendo uma melhora das instalações e prestando um bom atendimento. Ainda assim o HGCA não parou mesmo com a obra estando de vento em popa”, ressaltou. A previsão de entrega da obra é para julho.

A única, ainda de acordo com o vereador, que não saiu satisfeita foi à vereadora Neinha (PTB), mas isso não o preocupa. “Nosso papel foi demonstrar a realidade para que essa situação não esteja sendo usada na Casa como politicagem”, finalizou.

Vereadores criticam Governo do Estado porque o prefeito pode ser candidato, diz Nery

Vereador Alberto NeryO vereador Alberto Nery (PT) afirmou que os vereadores que criticam o Governo do Estado deveriam subir à tribuna para denunciar o descaso do Governo Municipal com a população de Feira de Santana. Para o edil, os discursos contra o governador Rui Costa são reflexo da possível candidatura do atual prefeito ao Governo da Bahia nas eleições deste ano.

“O governador descentralizou a saúde construindo hospitais em diversos municípios e anunciou que irá construir um novo hospital em Feira de Santana e o presidente desta Casa exigiu a construção de um hospital. Mas, as mazelas do Município não falam. Muitos vereadores usaram a saúde, inclusive o Hospital Geral Clériston Andrade para chegarem a esta Casa. Não está faltando vagas nas escolas para matrícula de novos alunos, mas cobram do governo novas escolas. Mas, ninguém fala dos problemas de iluminação pública e pavimentação das ruas”, criticou.

“Tem pessoas que usam o Hospital Geral Clériston Andrade como cabide de emprego”, diz Nery

Vereador Alberto NeryDiscursando na manhã desta segunda-feira (05) na Câmara Municipal de Feira de Santana, o vereador Alberto Nery (PT) criticou pessoas que utilizam o Hospital Geral Clériston Andrade como cabide de emprego e usam a tribuna da Casa para criticar o hospital e os seus dirigentes.

De acordo com Nery, um vereador usar a tribuna e dizer que teve a sua imagem maculada por ter aparecido em um vídeo com o deputado estadual Zé Neto (PT) e o diretor José Carlos Pitangueira. “Não podemos ouvir esse tipo de comportamento e deixar passar em branco. Deixo o meu repudio a essa fala a dois homens que vestem a camisa do Clériston Andrade”, afirmou.

Nery critica demora na entrega da UPA da Queimadinha

Vereador Alberto NeryO vereador Alberto Nery (PT) em seu discurso na Câmara Municipal de Feira de Santana, na manhã desta quarta-feira (13), criticou a demora na conclusão da obra de construção da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Queimadinha. Para o edil, a obra já se arrasta há cinco anos e servirá de ferramenta para campanha do gestor municipal nas eleições de 2017.

“Nesta última sessão ordinária de 2017 quero fazer uma crítica ao governo municipal com relação a UPA da Queimadinha, que está há cinco anos em construção. Fica claro que essa é uma obra eleitoreira, que será usada pelo prefeito durante a sua campanha para algum cargo nas eleições de 2018”, criticou.

Nery destaca interferência de chineses na construção do shopping popular

Vereador Alberto NeryO vereador Alberto Nery (PT) em seu discurso na manhã desta quarta-feira (06) no Legislativo feirense, lamentou a participação de empresários chineses no projeto de construção do Centro Comercial  Popular (shopping popular). O edil relembrou o empenho do vereador Luiz da Feira (PPL) em assegurar exclusividade de exploração do espaço aos comerciantes brasileiros.

“O nobre colega Luiz da Feira afirmou nesta Casa que tinha certeza que os chineses não ocupariam o shopping popular, que está sendo construído no Centro de Abastecimento. Mas, já sabemos que existe interferência dos empresários chineses na construção do equipamento”, criticou.

O edil questionou o uso do recurso no valor de R$ 19 milhões para execução da obra. “Esse recurso deveria estar sendo aplicado na melhoria da educação, saúde e nas demais áreas da administração municipal. Mas, está sendo aplicado em um empreendimento que conta com a interferência de empresários chineses”, concluiu.

Nery pede que Edvaldo não tenha mais direito a tempo da minoria

Vereador-Alberto-Nery-e-Vereador-Edvaldo-LimaO vereador Alberto Nery (PT) enviou um ofício à presidência da Câmara Municipal de Feira de Santana que foi lido na manhã desta segunda-feira (04) solicitando que o vereador Edvaldo Lima (PP) não tenha mais direito ao tempo da minoria porque não faz mais parte dela.

Há alguns meses o prefeito José Ronaldo já havia anunciado que Edvaldo fazia parte da sua base. Revoltado, o vereador Edvaldo Lima solicitou a cópia do ofício e disse que o vereador Nery não tem autoridade para fazer esse pedido. O presidente explicou que a minoria não quer dizer que é oposição, mas é formada pela minoria dos vereadores da Casa e que dois vereadores da minoria dizem que ele não faz mais parte. “A minoria é formada por três vereadores: Edvaldo, Zé Filé (PROS) e Nery. Dois desses vereadores são maioria e requerem o tempo da minoria. E pelo Regimento Interno da Casa tem que ser dado”, justificou.

CÂMARA DE VEREADORES_somos parceiro_banner de site Política in Rosa - 500x500 gif


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia