WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


:: ‘vândalos’

Escola é invadida novamente por vândalos

Escola Municipal Irmã DulceDe acordo com a Prefeitura de Teixeira de Freitas, um fato lamentável voltou a acontecer na Escola Municipal Irmã Dulce, entre os bairros Irmã Dulce e Castelinho, em Teixeira de Freitas neste último fim de semana. Vândalos ignoraram as câmeras de segurança da unidade, invadiram a escola e danificaram móveis. O fato aconteceu pela terceira vez neste mês de janeiro.

Ainda segundo a prefeitura, os vândalos jogaram livros no chão, quebraram móveis da unidade e reviraram materiais A Prefeitura Municipal de Teixeira de Freitas, através da Secretaria Municipal de Educação e Cultura, lamenta o ocorrido, que prejudica, principalmente, a população do bairro.

A Administração pede que a população ajude a proteger a unidade e caso perceba alguma atitude suspeita acione a polícia. Pois a Escola Municipal é fundamental para a comunidade e é de grande importância que os moradores do bairro tenham o sentimento de pertencimento à escola e ajudem a evitar a depredação do patrimônio escolar.

Ação dos vândalos nos espaços públicos é intensa, diz diretor

Deodato PeixinhoA depredação de espaços públicos em Feira de Santana é contínua e intensa. Ação deliberada dos vândalos atingem bancos de praças, lixeiras e a iluminação pública.

São furtadas bombas usadas para aguar os jardins, plantas destinadas ao paisagismo e árvores de pequeno porte, de acordo com o diretor de Áreas Verdes, Deodato Peixinho.

“Há uma inversão sobre o uso destes espaços”, comenta o diretor, responsável pela manutenção de mais de 350 destes espaços destinados aos cidadãos.

Na opinião dele nos últimos tempos também houve uma mudança no perfil social urbano, com a chegada de um novo público que frequenta estes espaços.

Em praticamente todos eles pode-se vir a mão pesada dos vândalos. Daí a necessidade de manter uma equipe para fazer a manutenção e a recuperação de praças e jardins.

Além da manutenção e recuperação, o DAV manter-se atento às ações fiscalizando estes espaços, prevenindo a ação dos vândalos.

Para Deodato Peixinho, os moradores próximos destes espaços também devem participar ativamente da preservação, bem como se manter atento a ação que os destrua.

Comenta que as pessoas devem adotar uma postura com foco na conservação destes espaços. Existem iniciativas pontuais na cidade, onde o cidadão participa ativamente.

 



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia