WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


:: ‘UTI’

Bahia vacina mais de 2 milhões e tem queda nas solicitações de UTI para idosos acima de 70 anos

Foto: Camila Souza/GOVBA

Após três meses do início da vacinação contra o coronavírus (Covid-19), em 19 de janeiro, a Bahia ultrapassou a marca de 2 milhões de baianos com a primeira dose da vacina e registra queda na solicitação de UTIs para idosos acima de 70 anos. O secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, ressalta que isso é resultado do planejamento estadual na aquisição de insumos, do esforço logístico na distribuição e do empenho dos municípios em imunizar rapidamente a população.

“Em dezembro do ano passado, adquirimos 19,8 milhões de seringas e agulhas e, já no mês seguinte, tínhamos disponíveis 10 milhões para iniciar a imunização, só aguardando a chegada das vacinas. Essa era uma realidade completamente diferente dos outros estados, que não se planejaram adequadamente e não tinham estoque”, afirma Vilas-Boas.

Mesmo diante de um cenário de imprevisibilidade na entrega das vacinas por parte do Governo Federal, a Bahia montou uma operação logística que distribui os imunobiológicos para os 417 municípios em até 24 horas, a partir da utilização de aviões, helicópteros, caminhões e caminhonetes. :: LEIA MAIS »

Abertos 20 novos leitos para atendimento a pacientes com Covid-19 na região norte

Hospital São Francisco – Campo Formoso – Foto: Divulgação / Sesab

Com a atenção voltada à ampliação do número de leitos exclusivos para atendimento de pacientes com Covid-19, 10 leitos de terapia intensiva (UTI) e 10 clínicos foram abertos no Hospital São Francisco, do município de Campo Formoso, no norte da Bahia, nesta terça-feira (13). A ativação dos leitos foi feita por meio de contratualização entre a unidade municipal e a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab).

Com estes, já são mais de 3.400 leitos disponibilizados na Bahia, entre clínicos e de terapia intensiva, apenas para tratamento de pacientes com o novo coronavírus. “Continuamos com os esforços em reduzir a taxa de ocupação de leitos para que os pacientes sejam atendidos com o suporte necessário”, comenta o secretário da Saúde da Bahia, Fábio Vilas-Boas. :: LEIA MAIS »

Em Feira de Santana, a cada dez internados na UTI quatro morrem por Covid-19

Foto: Ascom / Hospital de Campanha

O número de pacientes contaminados pela Covid-19 que dão entrada, em estado grave, na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital de Campanha de Feira de Santana continua alto. O médico Francisco Mota, diretor da unidade hospitalar, alerta que a cada dez internados quatro não resistem às complicações provocadas pelo vírus.

Outro dado preocupante é o número de leitos ocupados, sendo 28 dos 44 clínicos (média de 70%) e lotação nos de UTI. “A comunidade deve colaborar respeitando os protocolos preventivos, como distanciamento social e uso de máscara, principalmente jovens que estão sendo contaminados por novas variantes”, adverte.

O médico também afirma que, atualmente, 5% da população feirense (cerca de 35 mil pessoas) foi diagnosticada com a doença, representando um sinal de alerta. “Se não tomarem cuidado, o índice pode subir até dez vezes devido a variante P1, por exemplo, possuir alto grau de letalidade”. :: LEIA MAIS »

Fabíola Mansur reforça necessidade de leitos de UTI para a Santa Casa de Misericórdia

Foto: Divulgação / Ascom

Implantação emergencial de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no município de Cachoeira foi o Projeto de Indicação 24916/2021 feito pela deputada estadual Fabíola Mansur, para o governador Rui Costa, na tarde desta quarta-feira (10). Aproveitando a doação de 32 respiradores, realizada recentemente pela mineradora Bamin, a parlamentar, que tem defendido a necessidade crescente de novos leitos de UTI na região, deu entrada em proposição que indica ao Governo da Bahia, através da Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab), a destinação de parte desses respiradores para a Santa Casa de Misericórdia, localizada no município de Cachoeira.

“Muito importante o reforço que será feito com os respiradores em Caetité e Ilhéus. Entendendo a complexidade do difícil momento em que a Bahia passa, demos entrada em solicitação, através da Assembleia Legislativa, reforçando para que uma parte dessa doação da mineradora possa ser dirigida ao município de Cachoeira, para atender às necessidades urgentes da região do recôncavo no tratamento de pacientes com Covid-19”, explica Fabíola que evidencia ainda o agravamento dos casos em todo o país, especificamente em razão dos efeitos nefastos decorrentes das novas variantes da Covid-19. :: LEIA MAIS »

Governador prorroga medidas restritivas

Governador Rui Costa – Foto: Reprodução / Redes Sociais

Devido ao alto número de ocupação de leitos de UTI na maioria das regiões do estado, o governador Rui Costa, o prefeito da capital Bruno Reis e o presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB) Eures Ribeiro, chegaram a um acordo no sentido de prorrogar as medidas restritivas por mais 48h, a contar do dia 1º de março. As medidas estabelecidas pelo novo decreto serão publicadas ainda neste domingo (28) na versão digital do Diário Oficial do Estado.

Clique aqui e leia publicação na íntegra: Decreto Nº 20.259 de 28 de fevereiro de 2021

“Infelizmente a situação continua muito grave, só nos últimos três dias foram 320 óbitos na Bahia. Apenas no dia de hoje estavam na fila, aguardando pela regulação para um leito de UTI, mais de 190 pessoas. É a pior situação desde o início da pandemia, portanto tomamos uma medida absolutamente necessária, de prorrogar por 48h o funcionamento de apenas atividades essenciais”, afirmou o governador Rui Costa. Estão fora do decreto veiculado neste domingo (28), as regiões Oeste, Norte e Nordeste, onde o índice de ocupação de leitos de UTI é inferior a 80%.

Até as 5h da manhã do dia 3 de março de 2021, é permitido somente o funcionamento dos serviços essenciais, em especial as atividades relacionadas a saúde e comercialização de gêneros alimentícios, o transporte e o serviço de entrega de medicamentos e demais insumos necessários para manutenção das atividades de saúde. :: LEIA MAIS »

Prefeitura de Feira de Santana reativa oito leitos de UTI no Hospital de Campanha

Hospital de Campanha de Feira de Santana começa a funcionar

Foto: Washington Nery

Devido ao aumento de pacientes hospitalizados por Covid-19, o Governo Municipal decidiu reativar os oito leitos de UTI no Hospital Campanha de Feira de Santana, arcando com os custos da manutenção. Com a medida, o número de leitos de UTI aumentou de 10 para 18. A unidade também conta com 40 leitos clínicos.

A Prefeitura de Feira de Santana já havia solicitado ao Ministério da Saúde a reativação dos leitos, com recursos federais. O pedido foi feito desde o dia 03 de novembro, mas como ainda não houve a autorização, o Município resolveu reativar o atendimento com recursos próprios. A desativação aconteceu em outubro, quando houve uma queda acentuada no número de casos, reduzindo a quantidade de internações.

“Manter os leitos abertos seria um desperdício de recursos públicos, já que não estavam sendo utilizados”, explica a secretária de Saúde, Denise Mascarenhas. O município atingiu o pico de contágio em julho com 3.204 casos positivos, quatro meses depois, apresentou uma queda de 39,57%, com 1.936 casos confirmados em outubro.

O Hospital Campanha foi implantado no dia 4 de junho, com 10 leitos de UTI e 50 enfermaria. No dia 7 de julho, a Prefeitura implantou mais 8 leitos de UTI para atender a demanda dos pacientes com Covid-19. Desde a abertura, a unidade já atendeu 405 pacientes.

De acordo com o painel Epidemiológico da Sesab (Secretaria da Saúde do Estado da Bahia), até esta terça-feira, 24, a taxa de letalidade do coronavírus no município é 1,68%, o que é considerado um índice baixo em comparação com o Brasil (2,8%) e a Bahia (2,10%). :: LEIA MAIS »

Bahia amplia em 41% o número de leitos de UTI no SUS

Foto: Paula Fróes/GOVBA

A Bahia possuía 2.134 leitos de terapia intensiva (UTI) disponíveis ao Sistema Único de Saúde (SUS) em setembro deste ano, o que representa um aumento superior a 41% no comparativo com o mesmo período do ano anterior. Os dados foram apresentados pelo secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, durante o Fórum de Inovação e Gestão em Saúde, que ocorreu nesta terça-feira (27), em formato digital, como exemplo do esforço do Governo do Estado para garantir a assistência aos pacientes com diagnóstico de coronavírus (Covid-19) e que, atualmente, tornou-se um legado da pandemia.

“Nossa capacidade diagnóstica saltou de dezenas de exames do tipo RT-PCR, que é o padrão ouro na detecção da Covid-19, por dia, para cerca de 5 mil análises diárias. Também ampliamos e descentralizamos a triagem e assistência hospitalar para todas as macrorregiões de saúde, possibilitando que não fosse necessária a transferência de pacientes para a capital”, destacou o secretário.

Vilas-Boas acrescenta que “optamos por fazer uma expansão dentro da capacidade máxima possível, sem definição de teto orçamentário, de modo que nenhum baiano ficasse sem atendimento ou fossemos acusados de termos feito menos do que era possível”. :: LEIA MAIS »

Prefeitura de Feira decide flexibilizar atividade econômica

Feira de Santana

Foto: Divulgação/PMFS

A partir de terça-feira (21), o funcionamento do comércio e serviços em Feira de Santana será mais flexibilizado, com alguns setores passando a funcionar todos os dias e acabando o limite de 200 metros quadrados.  A decisão foi tomada neste domingo (19) pelo prefeito Colbert Martins Filho, levando em conta uma queda no índice de internamentos por Covid 19, principalmente em UTI.

“Chegamos neste domingo com ocupação de 50% nos leitos de UTI do Hospital de Campanha e dos 40 leitos do Hospital Geral Clériston Andrade apenas cinco estão com pacientes. Nós temos que administrara a crise com essa maleabilidade, observando sempre a questão da saúde, da vida. Se lá adiante for preciso reduzir mais as atividades econômicas, voltaremos a reduzir”, explica o prefeito.

O decreto estadual estabelecendo a restrição de circulação termina à meia noite deste domingo. Amanhã (19) prevalece o decreto municipal com o escalonamento e o limite de 200 metros quadrados. Já na terça começa a valer o novo decreto, com mais flexibilização. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia