WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


PMFS-Fala Feira 156

:: ‘Unidades de Saúde’

Lei pode obrigar unidades de saúde a fornecerem cópias de laudos dos exames complementares a pacientes

Vereadora Gerusa Sampaio

Vereadora Gerusa Sampaio (DEM)

Entrará em votação na próxima segunda-feira (10) o projeto de lei de nº 167/18 que dispõe sobre a obrigatoriedade das unidades de saúde pública e privadas sediadas no Município de Feira de Santana a fornecerem cópias de laudos dos exames complementares aos pacientes, uma vez comprovada a necessidade. O projeto de lei é de autoria da vereadora Gerusa Sampaio (DEM).

Vereador denuncia insatisfação de funcionários das unidades de saúde

Vereador Zé Filé

Vereador Zé Filé (PROS)

O vereador Zé Filé (PROS) denunciou a insatisfação de trabalhadores da saúde de Feira de Santana. Segundo o vereador, o salário baixo é a principal reclamação. “Nos PSF’s as pessoas estão trabalhando insatisfeitas. Feira de Santana é o município que paga o pior salário aos profissionais da assistência social. Infelizmente, o desemprego é grande e essas pessoas se sujeitam a esse tipo de exploração”, afirmou.

Violência faz Alagoinhas elaborar ações estratégicas para segurança nas unidades de saúde

Prefeitura de Alagoinhas

Prefeitura de Alagoinhas

A Prefeitura de Alagoinhas, preocupada com a integridade física dos funcionários e usuários das Unidades de Saúde da Família, elaborou medidas preventivas para inibir novos atos criminosos. Durante uma reunião realizada entre a Secretaria Municipal de Saúde (SESAU) e a Guarda Civil Municipal (GCM) foram deliberadas ações estratégicas, como intensificação de rondas em todos os postos de saúde e, nas unidades que apresentam maiores índices de vulnerabilidade haverá efetivo fixo da GCM. A conversa contou com a participação de representantes das equipes de cada unidade de saúde, do secretário de saúde, Moacir Lira e do Comandante da Guarda, Allan Matos. “A segurança pública é de responsabilidade do estado, na figura institucional da Polícia Militar, de todo modo, nós estamos preocupados com a situação e prestaremos suporte reforçando a segurança nos locais mais críticos. Não podemos ficar alheios a isso e vamos atuar dentro das nossas possibilidades”, afirma Allan Matos.

Para além das medidas emergências a Secretaria Municipal de Saúde e a Guarda Civil Municipal discutiram a viabilidade de criação da Ronda SUS, que seria o direcionamento de uma guarnição e veículo específico para realizar as vistorias e rondas nos postos de saúde. “Precisamos pensar em proteger a todos e, por isso, nosso olhar está lá na frente e não só cuidar de maneira emergencial. Entendemos que a segurança pública não é de responsabilidade da SESAU ou da Guarda, mas também compreendemos que podemos e devemos colaborar, visto que a região tem enfrentado uma onda de violência constante”, diz Moacir Lira.

Outro direcionamento oriundo da discussão foi a solicitação de uma audiência pública para tratar da segurança em Alagoinhas e região, ainda sem data definida.

Mais duas unidades de saúde será inaugurada em Feira de Santana

Mais duas unidades de saúde será inaugurada em Feira de SantanaO acesso à saúde da população de Feira de Santana ganhará reforço com a inauguração da Unidade de Saúde da Família Dr. Hilarião Gomes da Silva Filho, no próximo dia 7, às 19h30, no bairro Queimadinha. A USF foi construída na rua Rio Grande, S/N, próximo à Fonte do Lili, com recursos do Tesouro Municipal.

Além desta USF, a Prefeitura de Feira de Santana, através da Secretaria Municipal de Saúde, vai inaugurar uma USF no George Américo, transferindo duas equipes de Saúde da Família (II e a IV), que funcionavam em casas alugadas, para um imóvel próprio.

De acordo com a Leilane Lacerda, coordenadora adjunta da Atenção Básica, outras unidades que estão sendo construídas nos bairros Parque Ipê e Santo Antônio dos Prazeres já estão em fase de conclusão.

“O município já conta com 107 equipes de saúde da família. Além destas que ainda serão entregues, o Governo Municipal já inaugurou mais vinte USF, que foram construídas nos últimos quatro anos”, afirma. Também foram ampliadas oito USF; quatorze passaram por reforma e três foram reformadas e ampliadas.

Camaçari: Prefeitura investe R$ 1,5 milhão em unidades de saúde

Conforme anunciado pelo prefeito Antônio Elinaldo, até o final de 2017 18 unidades de saúde passarão por obras de reforma e manutenção. Iniciadas em maio, até o momento já foram concluídas as obras do Centro de Especialidades Odontológicas (CEO), das Unidades de Saúde da Família (USF) dos bairros Gleba E, Burissatuba, Parque Verde I e da localidade de Catú de Abrantes, na orla do município. Atualmente estão em andamento as obras das USF’s do Phoc III, Areias, Parafuso, Piaçaveira e Cachoeirinha. No total serão investidos cerca de R$ 1,5 milhão nas 18 unidades.

Entre os serviços realizados estão intervenções na rede elétrica e hidráulica, pintura geral, revisão do telhado, troca de portas e fechaduras, troca de toda comunicação visual, tratamento anticupim, tratamento antimofo, dedetização e desratização, colocação de gradis, recuperação da fachada, melhorias no sistema de ventilação, recuperação do piso, melhoramento do sistema de drenagem, substituição e revisão de esquadrias, impermeabilização das calhas e lajes e revisão da rede de cabeamento de informática e telefonia.

“Encontramos as unidades de saúde com problemas sérios em sua estrutura física. No início da nossa gestão encaminhamos ao prefeito um relatório completo. De imediato, ele pediu um plano emergencial para reforma dessas unidades. Iniciamos com 18 unidades, mas o trabalho acontecerá em todas. Além dos serviços de reforma e manutenção, estamos investindo também na manutenção e troca de equipamentos, assim como garantindo a presença de médicos em todas as equipes das unidades de saúde”, afirma o secretário da Saúde, Elias Natan.

Para evitar bloqueio do Bolsa Família, usuários devem comparecer nas unidades de saúde

As crianças de zero a sete anos e mulheres com idade entre 14 e 44 anos, beneficiárias do Programa Federal Bolsa Família, devem comparecer a Unidade de Saúde o mais breve possível para realizar acompanhamento de saúde, que consiste na checagem do peso, altura e estado nutricional. Para o atendimento o usuário deve levar o cartão do programa e o cartão do SUS. As famílias que não realizarem esse procedimento podem ter o benefício suspenso.

Kátia Simões, coordenadora do Setor de Nutrição, da Atenção Básica, salienta que “o recebimento do benefício do programa está atrelado ao cumprimento de compromissos da família com a educação, saúde e assistência social. Por isso, não fique de fora, vá até sua unidade para realizar o acompanhamento e garantir o seu benefício”, destaca.

Ela ressalta que as mulheres que estão gestantes também devem realizar o pré-natal para assegurarem a continuidade do beneficio.

“Encontramos o município abandonado”

Prefeito de IbicaraíNa Saúde, segundo o relatório apresentado, os problemas vão desde a questão estrutural das Unidades de Saúde até a falta de medicamento nas farmácias municipais. “Recebemos os postos em péssimo estado de conservação, todas as carências estruturais foram detectadas e algumas já foram sanadas, restando obras que aguardam a finalização de processos licitatórios para começarem. Também encontramos um estoque baixo ou quase inexistente de remédios na farmácia básica do Município de Ibicaraí”, esclareceu Brandão.

Ainda durante a sessão, o prefeito destacou a situação precária que foi encontrada a secretaria de Infraestrutura, prejudicando o desenvolvimento das atividades atribuídas à pasta. “Cabe expor a inexistência de ferramentas para a realização dos serviços, bem como equipamentos de execução e de segurança para os servidores realizarem as atividades, a exemplo de luvas, botas, cintos de segurança, alicates, escadas e outros materiais simples, gerando assim, diversos transtornos na execução das ações”, informou o prefeito.

Teve destaque no setor, a questão das ruas que precisam de calçamento ou pelo menos cascalhamento e patrolamento, praças abandonadas, ruas extremamente esburacadas, a Av. São Vicente de Paula, principal avenida da cidade, precisando de recapeamento asfáltico, a rede de esgoto com sérios problemas, bairros desprovidos de saneamento básico, feira livre desprezada, estradas vicinais com necessidade de restauração e cemitérios superlotados e necessitando de uma atenção especial. “Quanto à limpeza pública, encontramos uma cidade “jogada às traças” e uma enorme falta de respeito com o cidadão ibicaraiense, que presenciava diariamente sujeira e amontoados de lixo espalhados pela cidade. Nesses 50 dias de governo, mesmo com toda a dificuldade e falta de equipamento, já conseguimos resolver diversos problemas e eliminar pontos viciados de entulho”, citou Brandão.

Sendo composta por 1 caçamba do PAC, 1 caçamba Mercedes, 1 caçamba Ford F11000, 2 motos niveladoras, 2 retroescavadeiras, 1 F4000 e 1 pá carregadeira, a frota de veículos também foi encontrada em estado de deterioração. “Todos os veículos foram recebidos com necessidade de troca de pneus, revisão e manutenção mecânica, sendo que alguns já estavam no nível de sucata. A caçamba F11000 estava com a parte elétrica e mecânica inexistente e necessitando de uma reforma em toda a chaparia, assim como a F4000. A pá carregadeira foi encontrada, assim como uma das motos niveladoras, sem a bateria de alimentação e necessitando de reparos na parte mecânica, enquanto que a outra moto niveladora demanda a aquisição da lâmina de patrolamento, do escarificador e da manutenção do sistema de refrigeração. Concluindo, as 2 retroescavadeiras foram deixadas com a necessidade de revisão, manutenção e aquisição de peças para recuperação mecânica” informou o gestor.

Por fim, o prefeito expôs a situação do Serviço Autônomo de Água e Esgoto-SAAE, que foi encontrado em situação similar ao da Administração Direta, necessitando de interferências urgentes na estrutura, como reforma e pintura na sede, além de péssima situação financeira e dívidas, como o INSS, salário de dezembro, férias, fornecedores e energia elétrica que, somadas, chegam a mais de R$ 200.000,00.

CÂMARA DE VEREADORES_somos parceiro_banner de site Política in Rosa - 500x500 gif


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia