WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


PMFS-Copa de Bairros 2018

:: ‘Uefs’

Uefs finda vestibular e José Carneiro se mostra contra atitude da instituição

Vereador José Carneiro

Vereador José Carneiro (PSDB)

No uso da tribuna, na sessão ordinária desta segunda-feira (11), na Câmara Municipal de Feira de Santana, o presidente da Casa, vereador José Carneiro (PSDB) repercutiu a possibilidade de a Universidade Estadual de Feira de Santana- Uefs findar com o vestibular e adotar o processo seletivo do Enem. O presidente sugeriu que a universidade discuta o assunto com a sociedade e entidades de classe antes de tomar qualquer decisão. Antes de argumentar sobre os percalços dessa decisão, o presidente lembrou a historia da Uefs em Feira de Santana, bem como os benefícios que ela traz a sociedade feirense. “A Uefs é mantida com o dinheiro dos baianos, é bom que isso seja ressaltado e a reitoria dela está tentando adotar uma posição sem discutir com a população e entidades envolvidas. Não consigo me convencer de que há motivos para suspender o vestibular e adotar o processo seletivo através do Enem. Estamos muito aquém de outras universidade e, se isso se concretizar, tenham certeza de que muitos baianos ficarão de fora, pois concorrerão com estudantes de outros estados”, pontuou.

E continuou. “O nordestino não tem condição de concorrer de igual com estudantes do sul do país, pois entendo que o ensino do sul é diferente do nordeste. Hoje na Uefs há grande quantidade de estudantes nordestinos e até defendo que nas provas hajam questões de conhecimentos locais, para que os estudantes do estado tenham mais oportunidade de adentrar em universidade do nível da Uefs. Somos de um único país, mas de situações diferentes e não há como negar que há grandes desníveis, como na educação”, avaliou.

Para finalizar, o presidente José Carneiro sugeriu que a reitoria da Uefs abra um debate com a sociedade e entidades de classe envolvidas, para saber a opinião delas em relação a possibilidades da mudança. “Fico confiante de que a reitoria abrirá uma ampla discussão sobre o assunto. Espero também que o reitor repense esta decisão antes de determinar a mudança, que ele dê oportunidade de a sociedade de manifestar. Peço ainda que a Comissão de Educação desta Casa faça uma reunião com a reitoria da universidade para que traga o assunto à discussão”, finalizou.

Resultado do Vestibular da Uefs será divulgado até 27 de junho

Primeiro dia de vestibular da Uefs

Foto: Edvan Barbosa

De acordo com a Coordenação de Seleção e Admissão (CSA) da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), até o dia 27 de junho será divulgado o resultado do Vestibular 2018.2 da Instituição. No geral, com a abstenção de domingo, primeiro dia de provas, o percentual de ausentes neste Processo Seletivo foi de 18,40%.

Nesta segunda-feira (11) foram aplicadas as provas de Matemática, Biologia, Física e Química. De acordo com a candidata Bruna Cardoso, que concorre a uma vaga de medicina, “os assuntos foram bem diversificados e há expectativa de aprovação. Eu sempre fui apaixonada pela Uefs”. A estudante Evelly Hanna Lopes, que mora em Rodelas (BA), veio à Uefs para disputar uma vaga no curso de Engenharia Civil e também está sonhando com a aprovação. “Gostei das provas e acredito que vou estudar aqui. Tenho boas referências da Universidade”, disse.

De acordo com a pró-reitora de Graduação da Uefs, professora Amali Mussi, a avaliação do vestibular é positiva. “A trajetória dos processos seletivos da Uefs sempre foi marcada pela seriedade, compromisso e zelo. E esse não foi diferente. Um processo tranquilo e sem intercorrências”, pontuou.

O Vestibular 2018.2 contou com 14.475 inscritos que disputam 1.007 vagas em 28 cursos de graduação. Ainda nesta segunda os gabaritos das provas serão divulgados no Site da Vunesp.

Primeiro dia do vestibular da Uefs teve abstenção de 16,80%

Primeiro dia de vestibular da Uefs

Foto: Edvan Barbosa

Cerca de 12.115 candidatos fizeram a prova do Vestibular 2018.2 da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) neste domingo (10), primeiro dia do processo seletivo. A abstenção foi de 16,80%, índice considerado abaixo da média em relação aos últimos vestibulares da Instituição. Desta vez, o tema da prova de Redação foi “Penas alternativas em lugar do encarceramento: combate à criminalidade ou incentivo à impunidade?”. O assunto foi considerado atual e interessante por quem está concorrendo a uma vaga na Uefs.

“Achei o tema bastante interessante e bem discutido atualmente. A abordagem proposta possibilitou a defesa de argumentos. Este é um assunto que interessa a todo mundo e, por isso, de grande relevância”, disse Camila Pereira, que é de Vitória da Conquista e está concorrendo a uma vaga no curso de Medicina.

Neste domingo foram aplicadas as provas de Língua Portuguesa, Literatura, Língua Estrangeira, História, Geografia e Redação. Amanhã, último dia do Vestibular, os candidatos farão provas de Matemática, Física, Química e Biologia.

Este foi o Vestibular da Uefs com maior número de candidatos de outros municípios o que, segundo o reitor da Universidade, professor Evandro do Nascimento, é reflexo do reconhecimento que a Universidade tem em todo país. “A Uefs é referência também em outros estados. A grande quantidade de candidatos de tantos municípios do país é um reconhecimento da competência e da qualidade do ensino que a Universidade tem”, destacou.

O Prosel 2018.2 teve 14.475 inscritos que disputam 1.007 vagas em 28 opções de cursos. Ainda neste domingo, os gabaritos das provas serão divulgados no Site da Vunesp, empresa responsável pelo Vestibular.

Atividades da Uefs serão retomadas segunda-feira

A Administração Central da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) informa a retomada das atividades acadêmicas e administrativas a partir da próxima segunda-feira (04), tendo em vista a normalização das condições necessárias de mobilidade urbana.

Informa ainda que os roteiros de transporte de servidores que circulam em Feira de Santana e os que trazem servidores de Salvador estarão funcionando regularmente.

Universidade Para Todos inscreve até o dia 23 de maio

Projeto Universidade Para Todos

Projeto Universidade Para Todos

O Projeto Universidade Para Todos da Universidade Estadual de Feira de Santana (UPT/Uefs) inscreve, no período de 16 a 23 de maio, candidatos para estudar no Cursinho Preparatório para ENEM e Processos Seletivos no ano de 2018. As inscrições devem ser efetivadas AQUI.

O programa é voltado a estudantes da rede pública matriculados em 2018, no 3º ano do Ensino Médio regular estadual ou municipal que tenham cursado em escola pública, municipal ou estadual no Estado da Bahia, o Ensino Fundamental II do 6º ao 9º ano ou modalidades correspondentes, e 1ª e 2ª séries do Ensino Médio regular ou modalidades correspondentes.

Seminário discute os 10 anos da política de ações afirmativas na Uefs

Seminário discute os 10 anos da política de ações afirmativas na Uefs

10 anos da política de ações afirmativas na Uefs

Em comemoração aos 10 anos da implantação de reserva de vagas, a Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) realiza nos dias 15 e 16 de maio, o “Seminário 10 anos de Ações Afirmativas”. O objetivo é fazer uma avaliação do Sistema de Reserva de Vagas e discutir perspectivas futuras. O evento pretende, também, contribuir com a discussão que deverá ocorrer nos Conselhos Superiores, órgãos que aprovarão a próxima resolução que substituirá a Resolução Consu 034/2006.

A comissão organizadora do seminário, composta pela Organização da Comissão de Ações Afirmativas (CAA) e Pró-reitoria de Políticas Afirmativas e Assuntos Estudantis (Propaae), destaca que a participação de toda comunidade interna e externa é importante para que se pense, de forma democrática, um sistema de acesso que seja cada vez mais inclusivo.

As mesas de debate serão formadas por professores e estudantes da Instituição e convidados, a exemplo da promotora de justiça Lívia Vaz, da coordenadora de Ações Afirmativas da Universidade Federal do Recôncavo Baiano (UFRB), Dyane Brito, e Manoel Messias Rodrigues Santos, professor do Instituto Federal de Sergipe . Será emitido certificado de 20h para aqueles que estiverem presentes em pelo menos 70% das atividades. A programação será realizada no Anfiteatro, localizado no módulo 2 do campus universitário.

Vestibular da Uefs com inscrições abertas até 9 de abril

Vestibular da Uefs

Vestibular da Uefs

Estão abertas as inscrições para o Processo Seletivo para Acesso ao Ensino Superior (Prosel 2018.2) da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs). O prazo vai até 9 de abril e a taxa de inscrição é de R$110,00. Vale ressaltar que este é o último vestibular a ser realizado pela instituição devido à adesão pelo Sisu a partir de 2019.

Nesta última edição, foram disponibilizadas 1.007 vagas para 28 cursos, das quais 56 são destinadas a membros de grupos indígenas e/ou quilombolas, contando, também, com a seleção anual para Medicina, Farmácia e Música. As provas serão aplicadas nos dias 10 e 11 de junho e os inscritos poderão consultar os locais da realização do processo seletivo a partir do dia 29 de maio.

No primeiro dia de avaliação, os candidatos farão provas de Redação, Língua Estrangeira, Português, História e Geografia. Já no segundo dia, serão as questões de Matemática, Física, Química e Biologia. Para efetuar a inscrição e leitura do edital, acessar o Site  da Coordenação de Seleção e Admissão (CSA) da Uefs.

Uefs celebra acordo internacional com universidade cubana

A Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) e a Universidad de la Habana (UH/Cuba) assinaram convênio de  cooperação internacional que tem como característica fundamental envolver todas as áreas do conhecimento de ambas instituições. O desenvolvimento será em forma de Termos Aditivos: projetos específicos entre as Unidades Acadêmicas e de Pesquisas.

Cada termo aditivo prevê a execução de “Instrumentos de Cooperação”, que envolvem intercâmbio acadêmico, intercâmbio científico, incluindo estadas para desenvolver pesquisa, cursos de graduação e pós-graduação, elaboração de projetos bilaterais, desenvolvimento de eventos internacionais no Brasil e/ou em Cuba para promover os resultados da cooperação.

O departamento de Física da Uefs, através de gestões realizadas pelos professores doutores Milton Souza Ribeiro e Juan Leyva Cruz, está viabilizando um termo aditivo na elaboração de projeto de intercâmbio científico para desenvolver pesquisas na área de Ciências de Materiais com o Centro de Pesquisa da Faculdade de Química da Universidade de la Habana. Inclusive já foi feita uma visita técnica da instituição.

Segundo Juan Leyva, “hoje em dia a cooperação internacional é um requisito presente nas grandes Universidades para a promoção da ciência moderna e de qualidade. O QS World University Ranking coloca a Universidade de la Habana (UH) na posição número 59 na lista das melhores Universidades de América Latina. A UH é uma das primeiras universidades criadas no continente americano fundada no ano de 1728, e é constituída por 16 faculdades e 14 centros de pesquisa em diferentes campos do conhecimento. No total, são mais de 25 especialidades regulares na universidade. Atualmente conta com 4.081 docentes e 24.247 estudantes.

Contrato de cooperação técnica pode viabilizar ampliação de internet banda larga na UEFS

Contrato de cooperação técnica pode viabilizar ampliação de internet banda larga na UEFS

Implantação de internet de alta conectividade no campus da Universidade Estadual de Feira de Santana

A reunião que aconteceu nesta terça-feira (07), por iniciativa do deputado estadual Angelo Almeida (PSB), abriu uma nova perspectiva para implantação de internet de alta conectividade no campus da Universidade Estadual de Feira de Santana. Com participação de representantes da Universidade, USE Telecom e Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação, foi debatida a viabilidade de um contrato de cooperação técnica que pode garantir mais qualidade para rede da instituição.

De acordo com o Assessor de Informática da UEFS, Prof. Dr. Delmar Broglio Carvalho, atualmente a instituição possui um link de 100 M que já está com 100% de taxa de ocupação, o que restringe o acesso da demanda crescente da universidade que possui 31 cursos de graduação e 32 de pós-graduação.“Temos o acesso à Rede Nacional de Pesquisa (RNP) através do link atual mas não podemos usufruir de todos os conteúdos oferecidos em virtude da limitação da banda. O mesmo problema acontece com diversos projetos de pesquisa em parceria com outras instituições que demandam um volume significativo de dados”, explica.

Ele informa ainda que por conta disso o campus não possui amplo acesso à Internet. “A reunião permitiu prospectar possibilidades junto aos Programas da SECTI para interiorização da Banda Larga na Bahia e colocar a UEFS como parceira para projetos futuros que venham contribuir no avanço dessa política”, celebrou.

O reitor Evandro Silva fez uma avaliação positiva da reunião. “Com intermediação da Secti e do deputado estadual Angelo Almeida, tivemos a oportunidade de apresentar demandas para ampliação da banda larga de internet que serve o campus, onde prospectamos possibilidades de parceria e cooperação que eu considero promissoras para a UEFS”, ressaltou.

De acordo com Alexandre Loiola, gerente de projetos especiais da USE Telecom, a estratégia de implantação já deve começar a ser desenvolvida após cumpridos alguns protocolos técnicos e contratuais. “O mais importante é que todas as partes estão comprometidas, o que é essencial para o desenvolvimento desse novo projeto”, declarou.

O deputado Angelo Almeida lembrou que desde o início do seu mandato se comprometeu com a problemática. “Agora que encontramos uma solução viável vamos continuar acompanhando os encaminhamentos para que a UEFS possa ser, de fato, incluída na era digital de qualidade”. O deputado aproveitou para destacar o comprometimento e empenho do secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, José Vivaldo Mendonça, em resolver a questão. “A importância desse acordo de cooperação técnica é levar acesso à informação e inclusão digital para os alunos da UEFS. A USE apoia essa iniciativa e acredita na parceria público-privado para levar melhorias para a sociedade”, enfatizou o CEO da USE, André Costa. O consultor de relações institucionais da empresa, Marco Costa, também participou do encontro.

Uefs adere ao Sisu

Uefs adere ao SisuPor maioria dos votos dos membros do Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe), a Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) decide aderir ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu) do Governo Federal, como forma de ingresso para os cursos de graduação. A partir do Processo Seletivo 2019.1, previsto para acontecer no início do próximo ano, 100% das vagas da Uefs será preenchida através da avaliação do desempenho dos candidatos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

De acordo com o reitor da Uefs, professor Evandro do Nascimento, a nova forma de acesso aos cursos de graduação da Universidade representa um avanço para Instituição. “É fruto de um processo de ampla discussão que levou em conta, sobretudo, a democratização do acesso ao ensino superior que o Sisu propicia. Foi uma decisão responsável e madura”, considerou.

A reunião do Consepe aconteceu nessa terça-feira (27), na Sala dos Conselhos, localizada no Prédio da Administração Central da Uefs.

Uefs mantém ponto de coleta de óleo vegetal

Em parceria com a ONG Movimento Água é Vida, a Equipe de Estudo e Educação Ambiental da Universidade Estadual de Feira de Santana (EEA/Uefs) mantém em funcionamento o ponto de coleta de óleo vegetal usado na preparação de alimentos. O óleo utilizado em casa ou em restaurantes deve ser acondicionado em garrafas PET e entregue na sede da EEA, no campus da Uefs, das 8h30 às 12h e das 14h30 às 18 horas.

A Equipe também recebe doações de papel impresso, embalagens de papel, papelão, livros, jornais e revistas, além de materiais que estejam limpos e sem contaminação, para o reaproveitamento e descarte correto. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (75) 3161-8789 ou pelo e-mail eea@uefs.br

Uefs realizará concurso em 2018

Uefs realizará concurso em 2018A Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) realizará, no primeiro semestre de 2018, concurso para 135 novas vagas, dentre docentes e técnicos-administrativos. O compromisso foi assumido pelo governador do estado, Rui Costa, na última semana, durante reunião com o Fórum dos Reitores das Universidades Estaduais da Bahia. O encontro aconteceu na Governadoria, em Salvador.

De acordo com o reitor da Uefs, professor Evandro do Nascimento, a realização dos concursos será de grande valia para Universidade já que, nos últimos anos houve um número alto de aposentadorias e exonerações. “Os concursos, que são esperados desde 2015, vão suprir essa carência de profissionais na área administrativa e acadêmica. Conseguimos aprovar a realização de concurso para 63 vagas de docentes e 72 vagas para técnicos-administrativos, em ambos os casos já com carga horária de 40h semanais”, explicou.

O concurso para docentes deverá ocorrer no primeiro trimestre de 2018, já o concurso para servidores técnicos-administrativos está previsto para o primeiro semestre do próximo ano. Durante a reunião, o governador Rui Costa também se comprometeu em fazer a liberação dos processos de vários servidores técnicos-administrativos da Uefs, que estão pleiteando aumento de carga horária de 30h para 40h semanais.

A reunião contou com a presença dos reitores José Bites de Carvalho (Uneb), Adélia Carvalho Pinheiro (Uesc), Paulo Roberto Santos (Uesb), do secretário estadual de Administração (Saeb), Edelvino Góes Filho, e do subsecretário de Educação (SEC), Nildon Carlos Pitombo.

Sistema de gestão de processos e documentos eletrônicos será implantado na Uefs

Sistema de gestão de processos e documentos eletrônicos será implantado na UefsMaior produtividade, rapidez, transparência e mais segurança aos trâmites administrativos são alguns benefícios do Sistema Eletrônico de Informação (SEI), que começa a operar na Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), e em todos os órgãos do estado, ainda neste mês de dezembro. O SEI, conforme Decreto 17.983/2017, é o sistema oficial de gestão de processos e documentos administrativos eletrônicos e digitais, de utilização obrigatória para todos os órgãos da administração direta, autarquias, fundações, fundos especiais e empresas estatais dependentes do Estado da Bahia.

O processo de implantação do Sistema na Uefs tem sido conduzido por um grupo de trabalho constituído, especificamente, para tal finalidade. “O principal desafio da gente é quebrar o paradigma do uso do papel e disseminar essa cultura dos documentos eletrônicos. Estamos massificando as informações em relação à obrigatoriedade do SEI e, junto com a Pró-reitoria de Gestão de Pessoas, vamos viabilizar treinamentos para os usuários. Toda a infraestrutura necessária para que o Sistema funcione na Uefs já está sendo providenciada”, garantiu Jasmo Dantas, membro do grupo de trabalho.

A eliminação do papel como suporte físico para documentos e a padronização da gestão dos processos administrativos são as principais razões de implantação do SEI. Já utilizada por vários órgãos da esfera federal, a ferramenta permite a produção, edição, assinatura e trâmite de documentos dentro do próprio sistema, possibilitando a atuação simultânea de unidades, mesmo distantes fisicamente. Redução do tempo de realização das atividades é o reflexo dos resultados trazidos pelo SEI.

“O SEI trará uma enorme mudança na gestão dos processos administrativos da Uefs. Um número considerável de processos tramitam entre a Universidade e secretarias do Estado em Salvador, demandando custos no envio dos mesmos. Há também um tempo maior na tramitação física. Com a tramitação eletrônica, através do SEI, haverá redução de custos com papel, impressão, transporte dos processos, bem como tramitação instantânea e mais célere.

O SEI é ao mesmo tempo um grande desafio e uma grande oportunidade”, considerou o professor Evandro do Nascimento, reitor da Uefs.

Em todo estado da Bahia o SEI começa a ser operado no dia 18 de dezembro. Inicialmente, apenas os seguintes tipos de processos passarão a tramitar, obrigatoriamente, através do SEI: aquisição de Materiais Comuns em Registro de Preços; Aditamento de Contrato com Concessionárias de Serviço (água, energia, e telefonia, correio, gás e publicação oficial); Contratação de Trabalho Temporário (Reda); Prorrogação de Contrato de Trabalho Temporário (Reda); Recontratação de Trabalho Temporário (Reda); Prorrogação de Recontratação de Trabalho Temporário (Reda); e Aquisição de Passagem Aérea.

O Sistema Eletrônico de Informação (SEI), desenvolvido pelo TRF4, foi cedido ao Estado da Bahia, de forma inteiramente gratuita, por meio de um Acordo de Cooperação Técnica assinado entre a União, por meio do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPDG) e da Secretaria de Administração do Estado da Bahia (Saeb).

Uefs investe R$ 500 mil em iluminação pública

Uefs investe em iluminação públicaQuem circula à noite pelo campus da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) já pode perceber as melhorias quanto à revitalização da iluminação que está sendo realizada. A primeira etapa do projeto, que inclui intervenções na iluminação externa, na iluminação da biblioteca e dos pavilhões de aulas teóricas, deve ser concluída até o dia 10 de dezembro.

Dentre as mudanças adotadas, estão a troca da antiga iluminação externa por equipamentos em LED, implantação de 22 novos postes, e instalação de leds tubulares nas salas de aula e na biblioteca, em substituição às antigas lâmpadas fluorescentes. Ao todo, 500 mil reais estão sendo investidos para a revitalização da iluminação da Universidade.

O novo posteamento será instalado ao longo da Alameda dos Oitis. Desta forma, a avendida principal da Uefs, passará a ter iluminação dos dois lados, atendendo a uma antiga expectativa da comunidade acadêmica. A rua do módulo 7, que liga a avenida principal à avenida dos laboratórios, também receberá novos postes.

De acordo com Saulo José Rocha, chefe da Unidade da Infraestrutura (Uninfra) da Uefs, a iluminação instalada tem tecnologia de ponta, conhecida como ‘luz branca’. “Isso traz uma sensação de bem-estar, além de promover melhor visualização dos ambientes, sem sombras. Certamente, essas intervenções vão trazer para as pessoas mais tranquilidade, já que interfere, de forma direta, na melhoria da segurança no campus”, afirmou.

Uefs oferece vagas para reintegração nos cursos de graduação e reingresso para bacharelado ou licenciatura

A Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) oferece 131 vagas para o Processo Seletivo para Reintegração dos Alunos dos Cursos de Licenciatura e Bacharelado. A inscrição deve ser realizada na Divisão de Assuntos Acadêmicos, localizada no Prédio da Administração Central, térreo, campus universitário, no período de 27 de novembro a 1 de dezembro de 2017.

As vagas são destinadas a alunos que já estudaram na Uefs, mas não concluíram o curso de ensino superior. Os demais critérios são: não ter sido desligado da Instituição por exceder o tempo máximo de conclusão do curso ou em razão de outro tipo de sanção administrativa; ter cursado pelo menos 20% da carga horária total, e não ter sido desligado há mais de cinco anos.

A seleção para reintegração terá, como critérios, o maior percentual de disciplinas aproveitáveis no curso, no currículo em vigor, e maior coeficiente de rendimento no curso de origem.

Reingresso na modalidade Bacharelado ou Licenciatura

A solicitação de reingresso pode ser requerida por alunos que tenham concluído a Licenciatura ou Bacharelado, ou estar cursando o último semestre da primeira modalidade. A inscrição deve ser realizada na Divisão de Assuntos Acadêmicos, localizada no Prédio da Administração Central, térreo, campus universitário, no período de 27 de novembro a 1 de dezembro de 2017. O reingresso terá validade para matrícula relativa ao semestre 2018.1.

Os procedimentos para as inscrições, número de vagas e cursos ofertados de Reintegração e Reingresso estão disponíveis nos Editais 003/2017 e 004/2017.

Conferências debatem literaturas e culturas afro-americanas na Uefs

O Centro de Estudos em Literaturas e culturas franco-afro- americanas (CELCFAAM) da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), coordena no período de 12 a 18 de novembro, o Ciclo de Conferências sobre Literaturas e Culturas afro-americanas, com a presença da professora doutora Cécile Ébosse Dolesani Nyambé, da Université de Yaoundé 1, da República de Camarões, e com tradução simultânea pelo professor doutor Humberto de Oliveira (DLA/Uefs).

O evento é promovido pelo Programa de Pós-Graduação em Literatura e Diversidade Cultural e tem o apoio da Assessoria Especial de Relações Interinstitucionais, Colegiados dos Cursos de Francês e de Vernáculas, além de contar com o apoio do PIBID, Núcleo de Estudos Canadenses, do Departamento de Letras e Artes e do Setor de Francês. Serão emitidos certificados de participação aos ouvintes. Inscrições devem ser efetivas no MT 23.

As atividades serão realizadas no Auditório 1, localizado no mólulo 1 do campus universitário, nos seguintes horários:

14/11 – 9h -“Intercâmbios culturais e interações discursivas na literatura

africana de língua francesa”

16/11 – 9h – “De Tout-Monde à mundialização de Edouard Glissant:

confrontos e reflexos do processo de crioulização”

17/11 – 9h – “Conhecimento Feminino e Criatividade da Memória em Hemley

Boum e Leonora Miano”

Uefs e Sudene tratam propostas de futuros convênios

Uefs e Sudene tratam propostas de futuros convêniosApresentar aos representantes da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene) propostas de parcerias para promoção de pesquisas e desenvolvimento tecnológico na região do semiárido, foi o objetivo principal da reunião que ocorreu na Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) na última sexta-feira (27), promovida pela Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-graduação da Instituição.

Além de professores da Uefs e do coordenador de Pesquisa, Dagoberto Freitas, o reitor da Uefs, professor Evandro do Nascimento, também participou da atividade e destacou a importância dessa parceria. “Acredito que a pesquisa na universidade precisa se voltar para resolução de problemas concretos. Nesse contexto, temos aqui na Uefs grupos de pesquisas com trabalhos consolidados. Certamente, estreitar esse diálogo com a Sudene vai permitir que possamos encontrar interesses comuns em desenvolvermos futuras parcerias”, disse.

Durante o encontro, o superientendente da Sudene, Marcelo de Almeida, falou do trabalho desenvolvido por eles, ressaltando detalhes das competências da superintendência, área de atuação e expectativas em relação à parceria com a Uefs. “Esta universidade sempre foi uma grande referência, é uma honra estar aqui hoje para conhecer propostas de parcerias que vão trazer benefícios para região do semiárido. Vamos ajudar no que for preciso”, ressaltou.

De acordo com o pró-reitor de Pesquisa e Pós-graduação da Uefs, professor Aristeu Vieira, a minuta para assinatura de convênio está sendo finalizada.

Uefs e SEI firmam Acordo de Cooperação Técnica

Uefs e SEI firmam Acordo de Cooperação TécnicaNa manhã desta quarta-feira (18), a Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) e a Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI) celebraram um Acordo de Cooperação Técnica, que tem como objeto a realização de ações para implantar a pesquisa do Custo da Cesta Básica no município de Feira de Santana. A assinatura do Acordo ocorreu na Sala dos Conselhos, situada no Prédio da Reitoria da Uefs.

Para o reitor da Uefs, professor Evandro do Nascimento, iniciativas como esta destacam o compromisso da Universidade em manter sintonia com a realidade em que está inserida, podendo, de fato, contribuir para o desenvolvimento da região de Feira de Santana.

Na oportunidade, a diretora da SEI, Eliana Boaventura, destacou que esse foi o primeiro passo da parceria com a Uefs mas que, certamente, ela está somente começando. “Vamos fazer com que a sociedade se integre a esses estudos e que passe a utilizar eles em seu dia a dia. A expectativa é de um trabalho bem elaborado em conjunto com a Uefs”, disse.

Dentre as responsabilidades da SEI estão: repassar a metodologia da pesquisa da cesta básica para a Uefs; oferecer apoio técnico e metodológico para o nivelamento da equipe da Universidade, envolvida com a pesquisa proposta; treinar os entrevistadores da pesquisa; e desenvolver plataforma de disseminação dos resultados de todas as pesquisas de cestas básicas realizadas.

Já a Uefs ficará responsável em disponibilizar equipe de trabalho e estrutura física do campus para operacionalização da pesquisa; criar um sistema de banco de dados para as informações coletadas; desenvolver tecnologias e aplicativos para coleta de dados; e estabelecer intercâmbio de conhecimento técnico e científico com a SEI.

As atividades do referido Acordo Técnico, no que diz respeito à Uefs, serão desenvolvidas através do Departamento de Ciências Sociais Aplicadas (Dcis), com a colaboração do Colegiado do Curso de Economia, sob coordenação da professora Márcia Pedreira.

CÂMARA DE VEREADORES_somos parceiro_banner de site Política in Rosa - 500x500 gif


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia