WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


PMFS-Trabalho Infantil

:: ‘Uefs’

UEFS avança em desempenho no Ranking Universitário Folha

UEFS avança em desempenho no Ranking Universitário Folha

Foto: Divulgação

De acordo com pesquisa, a Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) galgou várias posições, saindo do 63º para o 60º lugar no cenário nacional, obtendo a pontuação de 62,5. Entre as universidade públicas obteve a posição de número 51. Foram avaliadas 107 instituições públicas e 89 privadas. Nas avaliações específicas, que fazem parte do conceito geral do RUF, alguns cursos da Uefs se destacam nacionalmente. O curso de Enfermagem ocupa o 20º lugar, Farmácia o 22º, História o 28º e Odontologia o 21º. O curso de Agronomia é o 53º e avançou 61 posições em relação a 2015, tornando-se o segundo melhor avaliado da Bahia. Os cursos de Enfermagem, Farmácia, Física, História, Odontologia e Pedagogia estão posicionados como os melhores entre as universidades públicas estaduais da Bahia. E Administração, Agronomia, Biologia, Ciências Contábeis, Computação, Engenharia Civil, Geografia, Letras, Medicina e Química em segundo lugar neste ranking.

O reitor da Uefs, professor Evandro do Nascimento, encara os resultados com uma importante reflexão. “Apesar dos cortes orçamentários, da perda de docentes com titulação de mestre e doutor devido a aposentadorias, do impacto da redução de verbas de pesquisas oriundas da Capes, da Fapesb e do CNPq, a Uefs segue como uma universidade de boa reputação acadêmica. Mas é preciso fazer um alerta: essa situação adversa não sustentará essa reputação indefinidamente. É preciso reverter o ciclo recente de financiamento inferior ao necessário”, disse.

O ranking avalia, anualmente, os cursos de graduação de universidades e faculdades públicas e particulares de todo o Brasil com base em dados nacionais e internacionais, analisados nos seguintes aspectos: pesquisa, ensino, mercado, internacionalização e inovação.

Uefs abre concurso público para professor neste mês de outubro

Concurso Público

Concurso Público

Estarão abertas, no período de 1 de outubro a 31 de outubro de 2018, as inscrições para o Concurso Público de Provas e Títulos destinado ao provimento de cargos permanentes de Professor Auxiliar, nível “A”, da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs). O candidato deverá se inscrever no Site da Coordenação de Seleção e Admissão.

As disciplinas são o Ensino de Química e Química Geral (2 vagas), regime de trabalho de 40h, vinculadas ao Departamento de Exatas (DEXA/Uefs), com formação exigida de Licenciatura em Química com Especialização em Ensino de Química, Ensino de Ciências ou Educação; e Médico – Medicina da Família e Comunidade (1 vaga), regime de trabalho de 40h, vinculada o Departamento de Saúde (DSAU/Uefs), com formação exigida de Graduação em Medicina com Especialização em Medicina Geral de Família e Comunidade ou residência em Medicina Geral de Família e Comunidade. Registro do Conselho Profissional. Acesse o Edital Completo.

Aluno de Educação Física é o primeiro estudante trans a se graduar na Uefs

Aluno de Educação Física é o primeiro estudante trans a se graduar na Uefs

Bruno Silva de Santana

Pesquisas indicam que pessoas trans e travestis estão entre os grupos historicamente excluídos de toda esfera da educação, desde a Educação Básica até o Ensino Superior. Contudo, essa realidade está começando a mudar. O ano de 2018, na Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), é um momento histórico para esta luta. O aluno de Educação Física, Bruno Silva de Santana, é o primeiro estudante transgênero a concluir o curso de graduação na Instituição. A Cerimônia de Colação de Grau ocorreu na última quinta-feira (20). “Essa conquista não é apenas minha, é também de toda população trans e travesti que tem seus diretos negados. Como disse no discurso de formatura, apenas 2% da população trans estão nas universidades. Expulsas da escola, da família e do mercado de trabalho, vivem às margens de um ‘cis-tema’ que nos silencia, invisibiliza e nos extermina cotidianamente”, afirmou Bruno Santana.

Desde 2015, a Uefs assegura aos estudantes, servidores-técnicos e docentes, cujo nome oficial não reflita adequadamente sua identidade de gênero, a inclusão nos registros acadêmicos do seu nome social. Antes de ter seu registro civil retificado para nome e gênero, Bruno Santana utilizou o nome social na Uefs. “Ao adotar essa possibilidade, a Uefs deu um grande passo no sentido de reconhecer a existência dessa população. Ações como essa, refletiram não somente na minha trajetória acadêmica dentro do curso de Educação Física, mas também reverberam na vida de todas as pessoas que passaram a conviver com a transgeneridade dentro da universidade. Mas, ainda é necessário criar políticas públicas que possibilitem a permanência desse grupo historicamente marginalizado e excluído de todas as esferas da nossa sociedade”, ressaltou.

De acordo com a pró-reitora de Políticas Afirmativas e Assuntos Estudantis da Uefs, professora Ana Maria Carvalho, “o que motiva a Universidade a desenvolver políticas afirmativas para os grupos historicamente excluídos é o compromisso da Instituição com a defesa da democracia, do reconhecimento das diferenças e da necessidade de combater as práticas que reforçam as desigualdades”. Durante a cerimônia de colação de Grau, Bruno Santana proferiu um discurso acerca dos desafios de concluir o Ensino Superior, que pode ser acessado AQUI, na íntegra.

Ex-servidores de Uefs são denunciados pelo recebimento de quase 50 mil em vantagens indevidas

Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs)

Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs)

Os ex-servidores da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), Everaldo de Oliveira Santana Júnior e Caroline Nunes da Silva, foram denunciados pelo Ministério Público estadual pelo recebimento de R$47.542,98 em vantagens indevidas. De acordo com a denúncia apresentada pelo promotor de Justiça Tiago de Oliveira Quadros, os valores eram creditados por Everaldo, então assessor administrativo encarregado pela gerência de admissão e acompanhamento de pessoal da Uefs, na folha de pagamento de Caroline. O desvio de recursos aconteceu entre os meses de julho de 2014 e outubro de 2017.

De acordo com o promotor de Justiça, “os valores indevidos eram, posteriormente, repartidos por ambos, que eram amigos pessoais”. A denúncia revela que o montante desviado era de cerca de R$2.500 por mês, com algumas interrupções. A irregularidade só se tornou conhecida quando outro servidor tentou inserir na folha de Caroline dados referentes a um adicional noturno, ao qual ela fazia jus, e detectou valores referentes a uma substituição que ela não havia feito, reportando o fato aos seus superiores. A Uesf abriu um Processo Administrativo Disciplinar (PAD) e os dois servidores, que ocupavam cargos temporários, foram demitidos.

Uefs inscreve para vagas remanescentes do Vestibular 2018.2

No período de 7 a 14 de agosto estarão abertas as inscrições para o preenchimento de vagas remanescentes do Prosel 2018.2 da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs). Poderão se inscrever apenas os candidatos que tenham sido classificados como “excedente de vaga” no resultado do Vestibular 2018.2 e que não tenham sido convocados para a matrícula. Será permitida a inscrição, exclusivamente, para vagas remanescentes em cursos da mesma área do curso optado pelo candidato na inscrição do Prosel 2018.2.

Ao todo, 105 vagas estão sendo disponibilizadas, divididas nos seguintes cursos: Licenciatura em Matemática, Licenciatura e Bacharelado em Física, Licenciatura em Química, Bacharelado em Ciências Econômicas, Licenciatura e Bacharelado em Filosofia, Licenciatura e Bacharelado em Geografia, Licenciatura em Letras com Francês, Licenciatura em Letras / Português e Espanhol.

O candidato classificado para o preenchimento de vaga remanescente deste Edital ingressará na Uefs no semestre letivo 2018.2. Mais informações podem ser acessadas no Site da Coordenação de Seleção e Admissão, onde o Edital de Vagas Remanescentes será publicado na terça-feira (07).

Celebração do Dia da Mulher Negra Latino-americana e Caribenha será nos dias 18 e 19

Celebração da Mulher Negra Latino-americana e Caribenha

Celebração da Mulher Negra Latino-americana e Caribenha

“Saberes e viveres das mulheres negras: ancestralidade, família e afetividade” é o tema do Celebrando o 25 de Julho, data que foi instituída pela Organização das Nações Unidas (ONU) como o Dia Internacional da Mulher Negra Latino-americana e Caribenha. Aqui no Brasil, a data inspirou a criação do Dia Nacional de Tereza de Benguela e da Mulher Negra.

Celebrando a data pela segunda vez consecutiva na Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), o LECADIA (Laboratório de Estudos Conexões Atlânticas e Diáspora Africana: Culturas Afro-brasileira e Indígena), promove a celebração juntamente com as seguintes parcerias: MULIERIBUS (Núcleo interdisciplinar de estudos sobre as mulheres e relaçóes de gênero-Uefs), Coletivo de Mulheres de Feira de Santana, NUAS (Núcleo de estudos da Saúde-Uefs) e o GT Gênero e História da ANPUH/BA.

O evento será realizado nos próximos dias 18 e 19 de julho, com atividades concentradas no auditório do mestrado em História, módulo 7 do campus universitário, e contará com mesas-redondas, debates, relatos de experiências, conferências, intervenções culturais, entre outras atividades, com o objetivo de refletirmos sobre a história de luta das mulheres negras em Feira de Santana e na Bahia, reverenciando nossa ancestralidade e em busca das encruzilhadas afetivas necessárias para manter acesa nossa resistência diária contra o machismo, o racismo e a violência.

Uefs integra comitê do Plano Municipal de Abastecimento de Água e de Esgotamento Sanitário

A utilização de água de chuva no abastecimento rural e urbano, o que resulta em diversos ganhos ambientais tais como menor consumo de energia, redução de alagamentos nas ruas, redução da despesa da conta de água, e metas de despoluição dos rios urbanos já que muitos deles passam por áreas onde já existe rede de esgotamento sanitário. Essas são algumas das contribuições para o Plano Municipal de Saneamento Básico de Feira de Santana, com a inserção da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) no comitê de coordenação.

De acordo com o professor Silvio Roberto Orrico, vinculado ao Departamento de Tecnologia (Detec) da Uefs, o Plano de Saneamento tem como metodologia de construção, amparado na Lei Federal 11.445/2007, a mobilização e participação da população no sentido de subsidiar o diagnóstico e as proposições de planos e projetos e, sobretudo se apropriar do produto para que futuramente sua execução seja melhor acompanhada pela sociedade. Silvio Orrico ressaltou que houve reuniões com a comunidade, bairros da cidade e distritos, tanto na fase do diagnóstico para a construção do prognóstico, planos e metas. No momento qualquer cidadão ou organização pode acessar o plano e sugerir melhorias.

Disponível para consulta pública, até o dia 17 de julho, no site da Prefeitura, o Plano Municipal de Saneamento Básico de Feira de Santana é fruto do Comitê de Coordenação para Elaboração do Plano Municipal de Abastecimento de Água e de Esgotamento Sanitário de Feira de Santana que foi formado por representantes da prefeitura municipal, governo do Estado da Bahia, organizações não governamentais, associação de moradores e a Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs).

Bando Anunciador levou cor e alegria às ruas de Feira de Santana

Bando Anunciador de Feira de Santana

Foto: Julia do Monte

Embalados pela tradição e encanto que a festa tem os foliões extravasaram alegria e se vestiram nas mais variadas cores  para tomar as ruas do centro de Feira de Santana em mais uma edição do Bando Anunciador da Festa de Sant’Ana. A praça Padre Ovídio, novo local de concentração, logo cedo começou a abrigar mascarados e fantasiados dos mais diversos tipos. Quando o foguetório anunciou a saída, já havia um mar de gente se embalando ao som das tradicionais marchinhas que marcam a história do Bando Anunciador.

O reitor da Uefs, professor Evandro do Nascimento lembrou que o Bando Anunciador é uma manifestação da cultura popular que foi proibida de se expressar em um determinado momento, e foi resgatado por iniciativa da Universidade em 2007. “Hoje, o Bando Anunciador é composto por múltiplos bandos que vem dos bairros, mostrando que a população se identificou com ele e participa da festa popular. O Bando já  é do povo novamente. A Uefs é apenas a mediadora da reconstrução da identidade dessa importante manifestação popular”, destacou. O evento é realizado pela Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), através do Centro Universitário de Cultura e Arte (Cuca).

Resultado do vestibular da Uefs é adiado

Primeiro dia de vestibular da Uefs

Foto: Edvan Barbosa

A Coordenação de Seleção e Admissão (CSA) da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) informou que o resultado do Vestibular 2018.2 que iria ser divulgado nesta quarta-feira (27)  está previsto para a próxima sexta-feira (29). O vestibular da Uefs foi realizado nos dias 10 e 11 de junho. Em torno de 14.475 pessoas se inscreveram para as 1.007 vagas dos 28 cursos de graduação.

Uefs finda vestibular e José Carneiro se mostra contra atitude da instituição

Vereador José Carneiro

Vereador José Carneiro (PSDB)

No uso da tribuna, na sessão ordinária desta segunda-feira (11), na Câmara Municipal de Feira de Santana, o presidente da Casa, vereador José Carneiro (PSDB) repercutiu a possibilidade de a Universidade Estadual de Feira de Santana- Uefs findar com o vestibular e adotar o processo seletivo do Enem. O presidente sugeriu que a universidade discuta o assunto com a sociedade e entidades de classe antes de tomar qualquer decisão. Antes de argumentar sobre os percalços dessa decisão, o presidente lembrou a historia da Uefs em Feira de Santana, bem como os benefícios que ela traz a sociedade feirense. “A Uefs é mantida com o dinheiro dos baianos, é bom que isso seja ressaltado e a reitoria dela está tentando adotar uma posição sem discutir com a população e entidades envolvidas. Não consigo me convencer de que há motivos para suspender o vestibular e adotar o processo seletivo através do Enem. Estamos muito aquém de outras universidade e, se isso se concretizar, tenham certeza de que muitos baianos ficarão de fora, pois concorrerão com estudantes de outros estados”, pontuou.

E continuou. “O nordestino não tem condição de concorrer de igual com estudantes do sul do país, pois entendo que o ensino do sul é diferente do nordeste. Hoje na Uefs há grande quantidade de estudantes nordestinos e até defendo que nas provas hajam questões de conhecimentos locais, para que os estudantes do estado tenham mais oportunidade de adentrar em universidade do nível da Uefs. Somos de um único país, mas de situações diferentes e não há como negar que há grandes desníveis, como na educação”, avaliou.

Para finalizar, o presidente José Carneiro sugeriu que a reitoria da Uefs abra um debate com a sociedade e entidades de classe envolvidas, para saber a opinião delas em relação a possibilidades da mudança. “Fico confiante de que a reitoria abrirá uma ampla discussão sobre o assunto. Espero também que o reitor repense esta decisão antes de determinar a mudança, que ele dê oportunidade de a sociedade de manifestar. Peço ainda que a Comissão de Educação desta Casa faça uma reunião com a reitoria da universidade para que traga o assunto à discussão”, finalizou.

Resultado do Vestibular da Uefs será divulgado até 27 de junho

Primeiro dia de vestibular da Uefs

Foto: Edvan Barbosa

De acordo com a Coordenação de Seleção e Admissão (CSA) da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), até o dia 27 de junho será divulgado o resultado do Vestibular 2018.2 da Instituição. No geral, com a abstenção de domingo, primeiro dia de provas, o percentual de ausentes neste Processo Seletivo foi de 18,40%.

Nesta segunda-feira (11) foram aplicadas as provas de Matemática, Biologia, Física e Química. De acordo com a candidata Bruna Cardoso, que concorre a uma vaga de medicina, “os assuntos foram bem diversificados e há expectativa de aprovação. Eu sempre fui apaixonada pela Uefs”. A estudante Evelly Hanna Lopes, que mora em Rodelas (BA), veio à Uefs para disputar uma vaga no curso de Engenharia Civil e também está sonhando com a aprovação. “Gostei das provas e acredito que vou estudar aqui. Tenho boas referências da Universidade”, disse.

De acordo com a pró-reitora de Graduação da Uefs, professora Amali Mussi, a avaliação do vestibular é positiva. “A trajetória dos processos seletivos da Uefs sempre foi marcada pela seriedade, compromisso e zelo. E esse não foi diferente. Um processo tranquilo e sem intercorrências”, pontuou.

O Vestibular 2018.2 contou com 14.475 inscritos que disputam 1.007 vagas em 28 cursos de graduação. Ainda nesta segunda os gabaritos das provas serão divulgados no Site da Vunesp.

Primeiro dia do vestibular da Uefs teve abstenção de 16,80%

Primeiro dia de vestibular da Uefs

Foto: Edvan Barbosa

Cerca de 12.115 candidatos fizeram a prova do Vestibular 2018.2 da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) neste domingo (10), primeiro dia do processo seletivo. A abstenção foi de 16,80%, índice considerado abaixo da média em relação aos últimos vestibulares da Instituição. Desta vez, o tema da prova de Redação foi “Penas alternativas em lugar do encarceramento: combate à criminalidade ou incentivo à impunidade?”. O assunto foi considerado atual e interessante por quem está concorrendo a uma vaga na Uefs.

“Achei o tema bastante interessante e bem discutido atualmente. A abordagem proposta possibilitou a defesa de argumentos. Este é um assunto que interessa a todo mundo e, por isso, de grande relevância”, disse Camila Pereira, que é de Vitória da Conquista e está concorrendo a uma vaga no curso de Medicina.

Neste domingo foram aplicadas as provas de Língua Portuguesa, Literatura, Língua Estrangeira, História, Geografia e Redação. Amanhã, último dia do Vestibular, os candidatos farão provas de Matemática, Física, Química e Biologia.

Este foi o Vestibular da Uefs com maior número de candidatos de outros municípios o que, segundo o reitor da Universidade, professor Evandro do Nascimento, é reflexo do reconhecimento que a Universidade tem em todo país. “A Uefs é referência também em outros estados. A grande quantidade de candidatos de tantos municípios do país é um reconhecimento da competência e da qualidade do ensino que a Universidade tem”, destacou.

O Prosel 2018.2 teve 14.475 inscritos que disputam 1.007 vagas em 28 opções de cursos. Ainda neste domingo, os gabaritos das provas serão divulgados no Site da Vunesp, empresa responsável pelo Vestibular.

Atividades da Uefs serão retomadas segunda-feira

A Administração Central da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) informa a retomada das atividades acadêmicas e administrativas a partir da próxima segunda-feira (04), tendo em vista a normalização das condições necessárias de mobilidade urbana.

Informa ainda que os roteiros de transporte de servidores que circulam em Feira de Santana e os que trazem servidores de Salvador estarão funcionando regularmente.

Universidade Para Todos inscreve até o dia 23 de maio

Projeto Universidade Para Todos

Projeto Universidade Para Todos

O Projeto Universidade Para Todos da Universidade Estadual de Feira de Santana (UPT/Uefs) inscreve, no período de 16 a 23 de maio, candidatos para estudar no Cursinho Preparatório para ENEM e Processos Seletivos no ano de 2018. As inscrições devem ser efetivadas AQUI.

O programa é voltado a estudantes da rede pública matriculados em 2018, no 3º ano do Ensino Médio regular estadual ou municipal que tenham cursado em escola pública, municipal ou estadual no Estado da Bahia, o Ensino Fundamental II do 6º ao 9º ano ou modalidades correspondentes, e 1ª e 2ª séries do Ensino Médio regular ou modalidades correspondentes.

Seminário discute os 10 anos da política de ações afirmativas na Uefs

Seminário discute os 10 anos da política de ações afirmativas na Uefs

10 anos da política de ações afirmativas na Uefs

Em comemoração aos 10 anos da implantação de reserva de vagas, a Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) realiza nos dias 15 e 16 de maio, o “Seminário 10 anos de Ações Afirmativas”. O objetivo é fazer uma avaliação do Sistema de Reserva de Vagas e discutir perspectivas futuras. O evento pretende, também, contribuir com a discussão que deverá ocorrer nos Conselhos Superiores, órgãos que aprovarão a próxima resolução que substituirá a Resolução Consu 034/2006.

A comissão organizadora do seminário, composta pela Organização da Comissão de Ações Afirmativas (CAA) e Pró-reitoria de Políticas Afirmativas e Assuntos Estudantis (Propaae), destaca que a participação de toda comunidade interna e externa é importante para que se pense, de forma democrática, um sistema de acesso que seja cada vez mais inclusivo.

As mesas de debate serão formadas por professores e estudantes da Instituição e convidados, a exemplo da promotora de justiça Lívia Vaz, da coordenadora de Ações Afirmativas da Universidade Federal do Recôncavo Baiano (UFRB), Dyane Brito, e Manoel Messias Rodrigues Santos, professor do Instituto Federal de Sergipe . Será emitido certificado de 20h para aqueles que estiverem presentes em pelo menos 70% das atividades. A programação será realizada no Anfiteatro, localizado no módulo 2 do campus universitário.

Vestibular da Uefs com inscrições abertas até 9 de abril

Vestibular da Uefs

Vestibular da Uefs

Estão abertas as inscrições para o Processo Seletivo para Acesso ao Ensino Superior (Prosel 2018.2) da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs). O prazo vai até 9 de abril e a taxa de inscrição é de R$110,00. Vale ressaltar que este é o último vestibular a ser realizado pela instituição devido à adesão pelo Sisu a partir de 2019.

Nesta última edição, foram disponibilizadas 1.007 vagas para 28 cursos, das quais 56 são destinadas a membros de grupos indígenas e/ou quilombolas, contando, também, com a seleção anual para Medicina, Farmácia e Música. As provas serão aplicadas nos dias 10 e 11 de junho e os inscritos poderão consultar os locais da realização do processo seletivo a partir do dia 29 de maio.

No primeiro dia de avaliação, os candidatos farão provas de Redação, Língua Estrangeira, Português, História e Geografia. Já no segundo dia, serão as questões de Matemática, Física, Química e Biologia. Para efetuar a inscrição e leitura do edital, acessar o Site  da Coordenação de Seleção e Admissão (CSA) da Uefs.

Uefs celebra acordo internacional com universidade cubana

A Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) e a Universidad de la Habana (UH/Cuba) assinaram convênio de  cooperação internacional que tem como característica fundamental envolver todas as áreas do conhecimento de ambas instituições. O desenvolvimento será em forma de Termos Aditivos: projetos específicos entre as Unidades Acadêmicas e de Pesquisas.

Cada termo aditivo prevê a execução de “Instrumentos de Cooperação”, que envolvem intercâmbio acadêmico, intercâmbio científico, incluindo estadas para desenvolver pesquisa, cursos de graduação e pós-graduação, elaboração de projetos bilaterais, desenvolvimento de eventos internacionais no Brasil e/ou em Cuba para promover os resultados da cooperação.

O departamento de Física da Uefs, através de gestões realizadas pelos professores doutores Milton Souza Ribeiro e Juan Leyva Cruz, está viabilizando um termo aditivo na elaboração de projeto de intercâmbio científico para desenvolver pesquisas na área de Ciências de Materiais com o Centro de Pesquisa da Faculdade de Química da Universidade de la Habana. Inclusive já foi feita uma visita técnica da instituição.

Segundo Juan Leyva, “hoje em dia a cooperação internacional é um requisito presente nas grandes Universidades para a promoção da ciência moderna e de qualidade. O QS World University Ranking coloca a Universidade de la Habana (UH) na posição número 59 na lista das melhores Universidades de América Latina. A UH é uma das primeiras universidades criadas no continente americano fundada no ano de 1728, e é constituída por 16 faculdades e 14 centros de pesquisa em diferentes campos do conhecimento. No total, são mais de 25 especialidades regulares na universidade. Atualmente conta com 4.081 docentes e 24.247 estudantes.

Contrato de cooperação técnica pode viabilizar ampliação de internet banda larga na UEFS

Contrato de cooperação técnica pode viabilizar ampliação de internet banda larga na UEFS

Implantação de internet de alta conectividade no campus da Universidade Estadual de Feira de Santana

A reunião que aconteceu nesta terça-feira (07), por iniciativa do deputado estadual Angelo Almeida (PSB), abriu uma nova perspectiva para implantação de internet de alta conectividade no campus da Universidade Estadual de Feira de Santana. Com participação de representantes da Universidade, USE Telecom e Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação, foi debatida a viabilidade de um contrato de cooperação técnica que pode garantir mais qualidade para rede da instituição.

De acordo com o Assessor de Informática da UEFS, Prof. Dr. Delmar Broglio Carvalho, atualmente a instituição possui um link de 100 M que já está com 100% de taxa de ocupação, o que restringe o acesso da demanda crescente da universidade que possui 31 cursos de graduação e 32 de pós-graduação.“Temos o acesso à Rede Nacional de Pesquisa (RNP) através do link atual mas não podemos usufruir de todos os conteúdos oferecidos em virtude da limitação da banda. O mesmo problema acontece com diversos projetos de pesquisa em parceria com outras instituições que demandam um volume significativo de dados”, explica.

Ele informa ainda que por conta disso o campus não possui amplo acesso à Internet. “A reunião permitiu prospectar possibilidades junto aos Programas da SECTI para interiorização da Banda Larga na Bahia e colocar a UEFS como parceira para projetos futuros que venham contribuir no avanço dessa política”, celebrou.

O reitor Evandro Silva fez uma avaliação positiva da reunião. “Com intermediação da Secti e do deputado estadual Angelo Almeida, tivemos a oportunidade de apresentar demandas para ampliação da banda larga de internet que serve o campus, onde prospectamos possibilidades de parceria e cooperação que eu considero promissoras para a UEFS”, ressaltou.

De acordo com Alexandre Loiola, gerente de projetos especiais da USE Telecom, a estratégia de implantação já deve começar a ser desenvolvida após cumpridos alguns protocolos técnicos e contratuais. “O mais importante é que todas as partes estão comprometidas, o que é essencial para o desenvolvimento desse novo projeto”, declarou.

O deputado Angelo Almeida lembrou que desde o início do seu mandato se comprometeu com a problemática. “Agora que encontramos uma solução viável vamos continuar acompanhando os encaminhamentos para que a UEFS possa ser, de fato, incluída na era digital de qualidade”. O deputado aproveitou para destacar o comprometimento e empenho do secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, José Vivaldo Mendonça, em resolver a questão. “A importância desse acordo de cooperação técnica é levar acesso à informação e inclusão digital para os alunos da UEFS. A USE apoia essa iniciativa e acredita na parceria público-privado para levar melhorias para a sociedade”, enfatizou o CEO da USE, André Costa. O consultor de relações institucionais da empresa, Marco Costa, também participou do encontro.

CÂMARA DE VEREADORES_somos parceiro_banner de site Política in Rosa - 500x500 gif


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia