WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


:: ‘SESP’

SESP intensifica limpeza de córregos e canais de drenagem

Foto: Jorge Magalhães

A fim de evitar alagamentos e entupimentos no período chuvoso, a Secretaria Municipal de Serviços Públicos (SESP) intensificou os mutirões de limpeza de ruas, sobretudo em córregos e canais de drenagem. Entre os bairros contemplados com os serviços, Santa Mônica, Tomba, Gabriela e o Viveiros.

Esse trabalho inclui limpeza de caixas, sarjetas e sistemas de drenagem, principalmente em locais apontados como críticos e recorrentes de alagamentos. A operação da SESP é feita por meio da limpeza mecanizada e manual.

“Estamos trabalhando todos os dias para evitar que problemas maiores aconteçam com o acúmulo de lixo em canais de drenagem”, disse o diretor do Departamento de Limpeza Pública, João Marcelo Gomes, apontando que há locais pontuais onde as pessoas insistem em descartar irregularmente o lixo, como próximo a feirinha da Cidade Nova e no bairro Rua Nova.

De acordo com ele, as ações acontecem initerruptamente durante todo o ano e são intensificadas com a proximidade das chuvas. “Várias localidades já foram contempladas com os serviços, como o conjunto Sérgio Carneiro, rua do México, no Tomba, conjunto Feira VII, Panorama, Parque Ipê, Campo Limpo, além das avenidas Fraga Maia, João Durval e Ayrton Senna”, acrescentou João Marcelo. :: LEIA MAIS »

Marcos Lima afirma que pode contribuir na SESP, SEMMAM ou SMT

Vereador Marcos Lima

Vereador Marcos Lima (DEM)

O vereador Marcos Lima (DEM), que não conseguiu a sua reeleição nas eleições do último dia 15 de novembro, falou com o site Política In Rosa sobre o seu futuro político e o motivo de não ter logrado êxito em sua corrida. Questionado sobre se a liderança do Governo lhe prejudicou na sua tentativa de reeleição, Marcos respondeu que com os momentos difíceis que a cidade vem passando nesses últimos anos, principalmente com a pandemia, houveram muitas manifestações, muitos ataques ao Governo Municipal. Mesmo assim ele sempre confiou e defendeu o Governo.

“De certa forma, a gente acaba sendo prejudicado. Todos que nos acompanham sempre nos alertaram para isso, mas temos uma lealdade e um compromisso com o grupo político que nós trabalhamos, que é o grupo do ex-prefeito José Ronaldo e do prefeito Colbert Martins Filho. Acreditamos que estávamos dando a nossa contribuição para que o grupo permanecesse firme e forte para poder quando chegar nas eleições não ser decepcionado. Sabia que poderia ser prejudicado? Sabia. Mas mesmo assim permaneci firme, busquei os objetivos, fiz minha campanha e a do prefeito buscando votos também para ele. Sempre acreditei no grupo e o importante é que fomos vencedores”, disse.

Legislativo, Secretaria ou Superintendência

Marcos Lima informou que ainda não sentou com o prefeito para tratar sobre o seu futuro no Governo Municipal. Ele disse que o Democratas tem a sua participação, como sempre teve. “É um partido que esteve firme e forte com o prefeito. Acredito que o partido terá o seu espaço e dentro dele poderei ser contemplado, porém, se me perguntarem o que eu prefiro, escolheria uma Secretaria ou até mesmo uma Superintendência para que eu possa atuar e fazer um bom trabalho para a população. Me coloco a disposição. Não estou pedindo nada nem exigindo nada, mas me coloco a disposição do Governo como sempre me coloquei sendo líder do Governo, base, apoiador e cabo eleitoral do Governo. Então, continuo batalhando pelo que acreditamos”, declarou.

Ele não escondeu as suas preferências. “Tem a Secretaria de Serviços Públicos (SESP), que me identifico muito; a Secretaria de Meio Ambiente (SEMMAM), pois já fui presidente da Comissão de Meio Ambiente na Câmara e tenho conhecimento; a Superintendência de Trânsito (SMT), que sou formado na área como instrutor de trânsito e também tenho conhecimento da área. São locais que acho que poderia contribuir com a cidade. Não adianta estar em uma Secretaria que não possa contribuir. Quero um local que possa contribuir e ajudar a cidade”, finalizou.

Secretaria de Serviços Públicos reinicia Projeto Bota Fora

Secretaria de Serviços Públicos reinicia Projeto Bota Fora

Foto: Divulgação / PMFS

O bairro Brasília será o primeiro a ser atendido na retomada do Projeto Bota Fora, nesta segunda-feira, 13, que é desenvolvido pela Prefeitura de Feira de Santana, por meio da SESP (Secretaria de Serviços Públicos).

A iniciativa tem como objetivo recolher das vias públicas ou dos quintais das casas móveis e outros utensílios que não mais estão sendo usados e que podem estar sendo locais de desova do mosquito aedes aegypti.

O inseto transmite a dengue, zika e chikungunya e a Brasília é um dos bairros que apresentam maiores índices de dengue na cidade, com quase 400 casos positivos. Os moradores deste bairro devem colocar os bens considerados inservíveis nos passeios que os veículos e prepostos da SESP passarão para pegá-los e dar a correta destinação. :: LEIA MAIS »

Transportadores de resíduos sólidos têm prazo de 60 dias para se cadastrarem na SESP

Justiniano França

Justiniano França – Foto: Jorge Magalhães

Já se encontra em vigor a Lei Municipal de nº 3.987, de 06 de dezembro de 2019, que normatiza e disciplina a ação dos geradores e transportadores de resíduos sólidos da construção civil nas etapas de transporte, manejo e destinação, no município de Feira de Santana, e dá outras providências. Com a atual legislação, foram revogadas as disposições em contrário, especialmente as Leis 266/2011 e a 3.760/2017, visando, entre outras coisas, o comprometimento dos geradores de resíduos sólidos da construção civil nas etapas de transporte, manejo e destinação. Define-se gerador de Resíduos Sólidos da Construção Civil – RSCC o proprietário ou responsável pelo imóvel, terreno ou local gerador, sendo responsável pelo seu manejo, guarda e ou descarte, identificado no Controle de Transporte de Resíduos da Construção Civil (CTRC). Os geradores obrigatoriamente devem providenciar o descarte dos RSCC através dos transportadores cadastrados na Secretaria de Serviços Públicos (SESP), mediante recebimento do recibo canhoto do Controle de Transporte de Resíduos da Construção Civil.

O secretário municipal de Serviços Públicos, Justiniano França, informou que os transportadores de resíduos sólidos da construção civil e resíduos volumosos, pessoa física e ou jurídica, terão o prazo de 60 dias para se cadastrarem na Secretaria Municipal de Serviços Públicos (SESP). “Após o cadastramento, a SESP emitirá o Controle de Transporte de Resíduos da Construção Civil (CTRC) – documento de autorização para o transportador de resíduos, fornecendo informações sobre o gerador, origem, quantidade e descrição dos resíduos e seu destino, conforme a regulamentação desta Lei e as diretrizes contidas no Anexo da Norma Brasileira NBR 15.112”, disse.   :: LEIA MAIS »

Mais de 36 mil lâmpadas substituídas no município em 2018

Foto: Divulgação

De acordo com o relatório das atividades executadas pelo Departamento de Iluminação Pública da Secretaria Municipal de Serviços Públicos (SESP), 36.140 lâmpadas queimadas ou danificadas foram substituídas no ano de 2018, em Feira de Santana.

Foram instalados também 166 braços de iluminação pública com luminárias de 70w vapor de sódio, no condomínio Solar Aeroporto, no bairro Santo Antônio dos Prazeres; 503 braços curtos de 1.000m com luminárias de 70w vapor de sódio e 155 braços de 2.000m com luminárias de 250w vapor de sódio, em diversos endereços do município.

O relatório informa que ocorreram extensões da rede de energia elétrica nos seguintes logradouros: rua Dra. Olívia, bairro Tomba; rua Maracani, no conjunto Amazonas; Fazenda Lagoa da Pedra, no distrito Maria Quitéria; avenida Eduardo Fróes da Mota; rua 4, no conjunto Jomafa; rua Nova Vitória, no bairro São João; e avenida do Canal, no bairro Rua Nova.

Também consta no documento que foi instalada iluminação em LED do mergulho da avenida João Durval com a avenida Presidente Dutra, bem como iluminação em LED com RGB no canteiro central da avenida Getúlio Vargas. :: LEIA MAIS »

Limpeza em canais de drenagem é intensificada em Feira de Santana

Limpeza em canais de drenagem é intensificada em Feira de Santana

Foto: Divulgação

Visando melhorar o escoamento das águas e combater plagas urbanas, que são atraídas pelo acúmulo de lixo, entulho e vegetação alta, a Secretaria Municipal de Serviços Públicos(SESP) vem intensificando os trabalhos de limpeza em canais de drenagem. Segundo o secretário Justiniano França, o serviço de desobstrução é realizado, normalmente, uma a duas vezes por ano, em cada canal. “No entanto, em casos emergenciais, como ocorrência de fortes chuvas, as áreas mais críticas, com predominância de entupimentos e alagamentos, são assistidas quantas vezes forem necessárias pelas equipes da SESP, por meio da limpeza mecanizada e manual, tendo à disposição uma escavadeira hidráulica de esteira, uma pá carregadeira, uma retroescavadeira com braço estendido, oito caçambas e cerca de 20 trabalhadores”, disse.

Justiniano informou que, atualmente, os serviços de limpeza estão concentrados nos canais do conjunto Luís Eduardo Magalhães (Parque Linear) e na região da Mangabeira, que abrange Conceição I e II, Parque Brasil, Parque Ipê e João Paulo. Ele fez questão de ressaltar que, este ano, todos os canais de drenagem de Feira de Santana já passaram por manutenção. Porém, alguns, a exemplo do canal do conjunto Feira X, do bairro Aviário e da avenida do Canal, no bairro Rua Nova, vêm causando mais transtornos aos moradores, por conta do intenso volume de chuvas e, sobretudo, pelo descarte irregular de lixo e entulho.

De acordo com secretário de Serviços Públicos, somente no Canal das imediações do Centro de Abastecimento (avenida do Canal), foram retiradas cerca de 280 toneladas de resíduos sólidos e vegetação. “Infelizmente, um grande número de pessoas não tem colaborado com a limpeza pública. Temos encontrado, com frequência, lixo de várias espécies nos canais e córregos, a exemplo de entulho, eletrodomésticos, eletroeletrônicos, móveis e até animais domésticos mortos, como gatos e cachorros”, lamentou Justiniano França, alertando que o descarte inadequado de resíduos traz prejuízos financeiros e ambientais, além de colocar em risco à saúde pública.

Camaçari tem um dos melhores desempenhos em limpeza pública do Nordeste

Camaçari tem um dos melhores desempenhos em limpeza pública do Nordeste

Foto: Angelo Pontes

Com base em indicadores dos municípios brasileiros do Ministério das Cidades, Camaçari, juntamente com a capital baiana, tem um dos melhores desempenhos no Nordeste, na adesão à Política Nacional de Recursos Sólidos (PNRS), segundo dados de 2017 do Sindicato Nacional das Empresas de Limpeza Pública (Selurb). De acordo com os dados divulgados pelo Índice de Sustentabilidade da Limpeza Urbana (ISLU), a cidade apresenta desempenho médio no destino correto do lixo. O balanço, que está na 3ª edição, avaliou que dos 3.374 municípios que participam do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS), 1.731 atingiram o índice médio referente à cobertura do serviço de coleta de lixo. Isso reflete na saúde das famílias e na mobilidade urbana.

Os números positivos da avaliação nacional são resultados da preocupação da gestão da Prefeitura de Camaçari, através da Secretária de Serviços Públicos (SESP), que tem trabalhado por uma cidade mais limpa e organizada. “A pasta fez um mapeamento da cidade, tanto sede quanto orla, onde programamos para cada localidade um tipo de trabalho, de acordo com a demanda. Além disso, realizamos capinação, roçagem e varrição em todo o município”, destacou o secretário, Armando Mansur.

Em torno de 750 trabalhadores atuam na SESP e vale salientar que os horários de coleta nas residências acontecem diariamente, a partir das 18h na sede e 6h da manhã na Costa. Em tempo, é importante que a população se atente para a forma correta de descarte de produtos ou utensílios que possam causar acidentes para os agentes de Limpeza Pública.

Mais de 30 mil lâmpadas foram substituídas em todo o município este ano

A Secretaria Municipal de Serviços Públicos de Feira de Santana (SESP) divulgou o relatório das atividades executadas pelo Departamento de Iluminação Pública, que tem como principal objetivo proporcionar maior segurança e comodidade, permitindo que a população desfrute, plenamente,  do espaço público no período noturno.

De acordo com o diretor do setor, José Wilton, este ano, a SESP atendeu 33.384 pontos do município realizando 30.303 trocas de lâmpadas queimadas, 11.994 substituições de reatores fixados em postes, 2.898 substituições de luminárias, 327 substituições de suporte em iluminação para fixação de braço em poste, 6.526 substituições de bases para relé, 23.317 substituições de relés, 6.935 substituições de conectores, 10.521 substituições de cabos e 25 substituições de disjuntores.

“Também foram instalados 1000 braços curtos de 1m com luminárias de 70w vapor de sódio; 500 braços longos de 2m com luminárias de 250w vapor de sódio e  250 braços curtos de 1m reutilizados com luminárias de 70w vapor de sódio”, informou José Wilton, acrescentando que o Departamento  realizou 39 mutirões da iluminação pública em diversos bairros e nos oitos distritos.

Com relação a festividades, José Wilton disse que o Departamento de Iluminação Pública prestou serviço em diversos eventos, entre eles: Festa de Reis, no distrito de Tiquaruçu; Micareta; São João dos distritos de São José e Tiquaruçu, São Pedro dos distritos de Jaíba, Bonfim de Feira e Humildes; Festa do Cavalo Campolina, no Parque de Exposições João Martins da Silva; Forró do Sabiá, no bairro Parque Ipê; Marcha para Jesus; Exposição do Jegue Pêga, no Parque de Exposição, Expofeira; Festa do Vaqueiro em Alecrim Miúdo, no distrito da Matinha; Festa do Vaqueiro, no distrito de Jaguara; Outubro Rosa, Novembro Azul e Natal Encantado.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia