WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


PMFS-Sarampo

:: ‘segurança pública’

Alto índice de violência em Feira de Santana é tema de debate

Alto índice de violência em Feira de Santana é tema de debate

Foto: Divulgação

O vereador Luiz Augusto de Jesus – Lulinha (DEM), presidente da comissão de Obras, Urbanismo e Infraestrutura, participou de uma audiência bastante produtiva, na tarde da última quinta-feira (03), na cidade de Salvador com secretário de Segurança Pública do Estado da Bahia, Maurício Barbosa, juntamente com o deputado federal José Nunes e os colegas vereadores Zé Curuca, João Bililiu, Neinha Bastos (membro da Comissão), além do diretor do Centro de Abastecimento Cristiano Gonçalves e a Presidente da Associação dos Feirantes, Edmaria Medeiros.

Na pauta, foram tratados assuntos referentes a violência que vem se alastrando no município de Feira de Santana e a falta de segurança na cidade, com ênfase no Centro de Abastecimento, onde na oportunidade a comissão convidou o secretário para participar da Audiência Pública, que acontecerá no dia 18 de outubro na Câmara Municipal de Feira com finalidade de discutir sobre a segurança pública e a falta de segurança no Centro de Abastecimento, assim como o melhoramento da infraestrutura do local. O secretário foi bastante receptivo e atento aos pleitos apresentados. “A Comissão de Obras, Urbanismo e Infraestrutura, a qual estou como presidente estará empenhada em buscar junto aos órgãos competentes mais segurança para Feira de Santana”, enfatizou Lulinha.

Comitê Interinstitucional em Segurança Pública é reativado em Paulo Afonso

Comitê Interinstitucional de Segurança Pública é reativado em Paulo Afonso

Foto: Divulgação

O Comitê Interinstitucional de Segurança Pública (Cisp) de Paulo Afonso foi reativado na última terça-feira (26), em uma reunião realizada no Fórum Adauto Pereira. O projeto, desenvolvido pelo Ministério Público estadual, reúne diferentes instituições para criar estratégias conjuntas para reforçar a segurança da população na cidade. Mais de 15 órgãos da região marcaram presença na reunião, que foi aberta pelo promotor de Justiça e coordenador do Cisp de Paulo Afonso Igor Silva. Em seguida, o promotor de Justiça Gilber Santos, que coordena o projeto Cisp no estado, ressaltou os possíveis resultados da colaboração promovida pelo comitê. “O engajamento destas instituições pode resultar em ganhos positivos para a sociedade a médio e longo prazo, sem a necessidade de alocação de recursos públicos, que são escassos”, afirmou. Já o promotor de Justiça Carlos Augusto Machado pontuou que a atuação do grupo não deve ser apenas para combater a criminalidade já existente: “a atuação coordenada entre as instituições deve enfrentar as causas primárias dos problemas sociais, já que combater apenas as consequências não resolve os índices de violência urbana”. O promotor de Justiça Moacir Silva também colaborou para o evento. :: LEIA MAIS »

Secretaria da Segurança Pública assina contrato para aquisição de mais de 10 mil pistolas Glocks

Secretaria da Segurança Pública assina contrato para aquisição de mais de 10 mil pistolas Glocks

Foto: Divulgação

Bahia é o primeiro estado do país a adquirir maior quantidade de armamentos da marca Glock com recursos próprios, após contrato firmado na manhã desta quinta-feira (1), no Centro de Operações e Inteligência. O secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa, assinou o documento de aquisição de 10.168 novas pistolas da marca austríaca, tornando a polícia baiana a primeira maior compradora da Glock no Brasil. “Demos o primeiro passo e, com certeza, ele é muito importante. Parabenizo a todos pelo esforço durante um ano para que essa negociação acontecesse. Quando tivemos a ideia de fechar esse contrato foi pensando não só na compra de novos armamentos, mas principalmente na valorização do servidor”, ressaltou o secretário.

Barbosa também pontuou que antes da entrega dos materiais, pretende visitar a sede onde são fabricados os armamentos. “Tenho total interesse em conhecer a fábrica e o todo o processo, e, se a empresa permitir, faço questão que uma comissão de policiais também esteja presente”, disse. :: LEIA MAIS »

Comitê Interinstitucional em Segurança Pública é reativado em Senhor do Bonfim

Comitê Interinstitucional em Segurança Pública é reativado em Senhor do Bonfim

Foto: Divulgação

Uma reunião ocorrida no último dia 15, reativou a atuação do Comitê Interinstitucional em Segurança Pública (Cisp) no município de Senhor do Bonfim. Iniciativa do Ministério Público estadual, o projeto realiza uma integração entre autoridades e órgãos locais para elaborar estratégias que reforcem a segurança da população. Em 2013, Senhor do Bonfim havia sido o primeiro município a aderir com sucesso ao projeto. Atualmente, ele está presente em outras 29 Promotorias Regionais na Bahia. A promotora de Justiça Joseane Mendes destacou no encontro a importância de reativar o projeto na cidade, o que permitiria a criação de mecanismos que diminuam a criminalidade e melhorem a região para seus moradores. A promotora também recordou a necessidade de criar-se um Plano Municipal de Segurança Pública em Senhor do Bonfim, com foco na redução e na prevenção da violência.

Coordenador geral do Projeto CISP em todo o estado, o promotor de Justiça Gilber Santos ressaltou que a integração entre diferentes órgãos promovida pelo projeto tem apresentado bons resultados. Foi o que aconteceu, explicou o promotor, na Promotoria de Justiça Regional de Serrinha: desde a implementação do CISP, o número de homicídios caiu em 54% nos munícipios da região. Também estiveram presentes no encontro e aderiram ao Comitê: representantes da Câmara de Vereadores de Senhor do Bonfim, da Câmara de Vereadores de São Domingos, da Universidade Estadual da Bahia (Uneb), do Conselho Municipal de Saúde, do Conselho Municipal de Educação, do Centro de Referência de Assistência Social (CAS), da Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização (Seap) e membros do Tribunal de Justiça, da Defensoria Pública, do Conselho Tutelar, da Polícia Civil, da Polícia Militar e de Secretarias Municipais.

Deputado defende carreira única para os policiais

Deputado Hilton Coelho (PSOL)

Deputado Hilton Coelho (PSOL) – Foto: Juliana Andrade

Em seu primeiro pronunciamento na Assembleia Legislativa da Bahia, o deputado Hilton Coelho (PSOL) tratou da Segurança Pública e defendeu a carreira única para os policiais. “É um absurdo que tenhamos policiais que começam o trabalho nas ruas, os chamados praças, que não têm como ascender à condição de oficiais, porque os concursos são fragmentados”, criticou. Para ele, é necessário também estabelecer um ciclo completo de polícia nas corporações, um processo único com início, meio e fim, “para dar efetividade à Segurança Pública no Brasil”.

Plano deve unificar ações de Segurança Pública na Região Metropolitana de Salvador

Plano deve unificar ações de Segurança Pública na Região Metropolitana de Salvador

Foto: Divulgação

Um plano unificado para as ações de segurança pública na Região Metropolitana de Salvador poderá ser firmado em fevereiro de 2019 pelos municípios de Camaçari, Lauro de Freitas, Mata de São João, Catu, Pojuca e Dias d’Ávila. O objetivo do documento é estabelecer diretrizes para a implementação de medidas previstas no Sistema Único de Segurança Pública (SUSP) de forma integrada pelos municípios, como a criação da Guarda Municipal. A iniciativa está sendo proposta pelo Ministério Público estadual, por meio do Comitê Interinstitucional de Segurança Pública (Cisp) regional, aos prefeitos municipais. A previsão, de acordo com o promotor de Justiça Everardo Yunes, coordenador do Cisp Regional de Camaçari, é que os prefeitos municipais assinem um compromisso para implementação do plano unificado durante o ‘Seminário do Cisp’, que acontecerá em fevereiro do próximo ano em Camaçari. O evento será promovido com parte da verba destinada a ações do Cisp na Lei Orçamentária Municipal em 2019. Segundo Yunes, Camaçari é o primeiro município a prever em orçamento recursos específicos para ações de segurança pública, no valor de R$ 2,7 milhões, e para a gestão e projetos do Cisp, no valor de R$ 300 mil.

O Comitê Interinstitucional de Segurança Pública já desenvolveu importantes ações na região, informa o promotor de Justiça, dentre elas quatro cursos de bombeiros mirins, que capacitou 40 alunos da rede pública municipal, que possuem entre 09 e 14 anos de idade. Além disso, todos os porteiros e vigilantes dos condomínios da orla de Camaçari estão sendo cadastrados e treinados para gerenciamento de crises. Yunes informa, ainda, que o Cisp apoiará a ampliação da Central de Inteligência e Monitoramento Virtual, que recentemente instalou 900 câmeras no município, para reconhecimento de eventos e pessoas. “Esperamos avançar ainda mais, em 2019, com os objetivos do Cisp, para obter efetividade em nossa segurança pública”, afirmou.

Bahia apresenta redução de 9,9% no número de mortes violentas

Secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa

Secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa. Foto: Reprodução

Com a mesma tendência registrada no início do ano, 2018 segue com redução nos índices de Crimes Violentos Letais Intencionais, chegando a marca de 9,9% de casos a menos, no período entre 1º de janeiro e 18 de novembro. Em comparação com 2017, 552 vidas foram preservadas, com esforço conjunto das polícias Militar, Civil e Técnica. Em números absolutos, a maior redução ocorreu no interior do estado, com -233 mortes, uma diminuição de 6,4%. Já Salvador apresentou diminuição de 17,3%, com -211 registros. Também houve queda de CVLIs na Região Metropolitana de Salvador, que passou de 711 mortes violentas para 693 (-15,2). A motivação continua sendo, na maioria, relacionada ao tráfico de drogas.

“Sem dúvidas esse é o resultado do trabalho de milhares de profissionais. Não é uma tarefa fácil, principalmente por conta do código penal defasado do nosso país. Tenho orgulho de dizer que a polícia baiana não se curva diante da bandidagem e dá o seu melhor para oferecer uma Bahia cada vez mais segura para todos”, afirmou o secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa. Segundo ele, embora a margem de queda seja maior do que a meta estabelecida de -6%, as operações policiais serão intensificadas até o final do ano. A expectativa é de que, até o final de dezembro, os índices reduzam ainda mais.

Prefeito de Alagoinhas se reúne com autoridades de segurança pública do Estado

Prefeito de Alagoinhas se reúne com autoridades de segurança pública do Estado

Foto: Divulgação

Na última sexta-feira (28), o prefeito de Alagoinhas Joaquim Neto se reuniu com representantes da Promotoria de Justiça, da Polícia Militar, do Conselho Municipal de Segurança Pública, presidente da Câmara de Vereadores, Roberto Torres e secretários para discutir ações integradas no combate à violência e o sistema de monitoramento do município. A reunião aconteceu na sede do Ministério Público Estadual em Alagoinhas. Apesar de a segurança pública ser constitucionalmente uma atribuição dos governos estaduais, tem sido também uma preocupação da gestão, que tem atuado por meio da Guarda Civil Municipal (GCM).

“É muito importante para a Prefeitura se reunir com os representantes da segurança pública do estado para debater estratégias e também avaliar o que já está sendo feito”, disse o prefeito. “Estamos construindo um planejamento que a prefeitura vai executar por meio dos órgãos responsáveis. Será um trabalho integrado”, explicou Joaquim Neto.

Guarda Municipal é reconhecida como órgão de segurança pública

Guarda Municipal é reconhecida como órgão de segurança pública

Foto: Divulgação

A Guarda Civil Municipal (GCM) agora faz parte do Sistema Único de Segurança Pública (SUSP), passando a ser reconhecida como órgão policial. Instituído pela Lei Federal nº13.675, de 11 de junho de  2018, o Susp foi criado com o objetivo de combater o crime organizado de forma mais eficiente, por meio da  integração dos serviços da Polícia Federal (PF), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Polícia Civil (PC), Polícia Militar, Corpo de Bombeiros Militar, guardas municipais, agentes penitenciários, agentes socioeducativos e peritos. O sistema estabelece a integração de dados de inteligência e sobre criminalidade, a padronização da formatação de informações, a troca de conhecimentos técnicos e a execução de operações conjuntas entre os órgãos de segurança pública, respeitando os limites de suas atribuições constitucionais e legais.

De acordo com o comandante da GCM de Alagoinhas, Allan Matos, a sanção do Susp representa uma vitória para a categoria ” Trata-se de um reconhecimento aos serviços da guarda no âmbito da segurança pública. O efetivo já realiza  operações conjuntas com outros órgãos, no entanto, a partir de agora, teremos acesso ao compartilhamento de informações estratégicas e contaremos com um aporte de recursos federais para serem usados em cursos, treinamentos e na aquisição de equipamentos , o que vai trazer avanços significativos para a segurança pública do município”, informou Matos.

Trancoso ganhará delegacia e nova sede para o Pelotão do 8° BPM

Trancoso ganhará delegacia e nova sede para o Pelotão do 8° BPM

Foto: Divulgação

Trancoso, atualmente um dos locais mais visitados por turistas brasileiros e estrangeiros, ganhará uma Delegacia Territoral e nova sede para o Pelotão do 8° Batalhão da Polícia Militar (BPM/Porto Seguro). O terreno doado por um empresário local, na entrada do distrito, permitirá as implantações das novas estruturas.

O Pelotão, que funciona atualmente no centro de Trancoso, ganhará a nova sede neste espaço cedido. Já o imóvel utilizado pelos militares, após adaptações, abrigará a Delegacia Territorial. O terreno foi visitado, na tarde desta quinta-feira (26), pelas cúpulas da Secretaria da Segurança Pública (SSP) e da Prefeitura de Porto Seguro, além do empresário dono do espaço.

Maragogipe: Inaugurado 31º Distrito Integrado de Segurança Pública

Inaugurado 31º Distrito Integrado de Segurança Pública

Foto: Alberto Coutinho

O novo Distrito Integrado de Segurança Pública (Disep) de Maragogipe, no Recôncavo baiano, foi inaugurado nesta quarta-feira (27). A unidade vai abrigar as Polícias Civil e Militar. O investimento total foi de R$ 3,1 milhões. Construído em um terreno de aproximadamente 2.500 metros, o complexo hospedará a Delegacia Territorial do município, integrante da 4ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/ Santo Antônio de Jesus) e o 4º Pelotão da 27ª Companhia Independente de Polícia Militar (Cruz das Almas).

Presente no ato de entrega da unidade, o governador Rui Costa falou sobre os investimentos do Governo no município. “O Disep se soma às outras ações realizadas pelo Estado aqui em Maragogipe, e amplia a estratégia de segurança pública que está sendo desenvolvida em cada região da Bahia”, afirmou o governador.

Os mais de 45 mil habitantes de Maragogipe e região serão atendidos por 15 servidores da Polícia Civil e 33 policiais militares, incluindo aqueles que atendem o distrito de São Roque do Paraguaçu. “A nossa expectativa com o equipamento é a melhoria do atendimento à população de Maragogipe e região, como também melhorar a estrutura de segurança pública dos nossos policiais”, explicou o secretário da Segurança Pública, Maurício Barbosa, ressaltando que este é o 31º Disep da Bahia, o próximo a ser entregue será o de Caetité.

Targino chama de caos o momento atual da segurança pública na Bahia

Targino Machado

Deputado Targino Machado (DEM)

Mais uma vez denunciando o que ele chama de “caos na segurança pública da Bahia”, o deputado estadual Targino Machado (DEM), abordou os dados alarmantes da violência no Estado e as mortes cruéis de policiais. Na oportunidade, o parlamentar relatou a morte do cabo Luiz Gonzaga e criticou o descaso do Governo do Estado. “Um estado que não tem condição sequer de dar segurança aos seus operadores da segurança pública é um estado falido, um governo incompetente, um governo acabado”, enfatizou.

 

“Secretário de Segurança Pública já desembarcou na Bahia trazendo na bagagem a formação de quadrilha”, diz deputado

Deputado Targino Machado

Deputado Targino Machado (DEM)

Reafirmando preocupação com a insegurança pública na Bahia, o deputado estadual Targino Machado (DEM), em seu discurso na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), criticou nesta terça-feira (05) a gestão do governador Rui Costa e do secretário de Segurança Pública da Bahia, Maurício Barbosa, ao falar sobre os altos índices de violência, divulgados hoje pelo Atlas da Violência de 2018, produzido pelo IPEA e pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP). “Não compreendo a lógica do governador Rui Costa. Não é possível que ele não tenha misericórdia de tantos jovens, tantos negros, tantas pessoas morrendo na Bahia. O estado da Bahia lidera o número de homicídios no Brasil, segundo o Atlas da Violência. É o estado onde mais se morre por arma de fogo. A taxa de homicídio cresceu 97,8% em 10 anos no governo do PT. Destes 10 anos, mais de 7 anos com o mesmo secretário de Segurança Pública, Maurício Barbosa, que não sai dali. Acho que ele sabe demais dos governos de Jaques Wagner e Rui Costa, que não puderam demiti-lo. A Bahia é o estado que mais mata jovens, taxa cresceu 123,8% em 10 anos. Os números não mentem, a Bahia contabiliza 1993 mortes violentas no primeiro quadrimestre. 498 mortes violentas por mês na Bahia este ano, quase 2 mil mortes e não botam pra fora esse secretário, que além de não conhecer nada de segurança pública, para tomar conta e dar ordens a oficiais de diversos escalões e a delegados de carreira, que entendem muito de segurança pública, mas que estão impedidos de atuar por causa da inoperância deste governo e deste secretário. Contrataram um estagiário e o nomearam secretário de Segurança Pública”, discursou o parlamentar.

Na oportunidade, Targino lembrou de grave denúncia feita contra o secretário de Segurança Pública e que até o momento ainda não houve pronunciamento do governador. “O que esse secretário entende bem é de corrupção. Eu comprei um televisor de 55” por R$4.049,10 dividido em 10 parcelas no cartão, ao passo que a SSSP/BA comprou 44 unidades do mesmo aparelho por R$17.418,24 cada. Isto é roubo! O secretário de Segurança Pública, Maurício Barbosa, já desembarcou na Bahia trazendo na bagagem a acusação feita pela deputada do Rio de Janeiro, Cidinha Campos, que o acusou de prevaricação e formação de quadrilha. Pense num absurdo, na Bahia tem precedente. Só falta na Bahia governador com vergonha na cara. Toma vergonha na cara, Rui Costa! Vem tomar conta do que lhe cabe. A segurança pública é o dever de vossa excelência. As famílias clamam por segurança pública!”, finalizou.

Secretário de Segurança Pública realizará palestra em evento mundial na China

Secretário de Segurança Pública, Maurício Barbosa

Secretário de Segurança Pública, Maurício Barbosa.

O secretário de Segurança Pública, Maurício Barbosa, viaja nesta sexta-feira (4) para a China, onde será palestrante no Safe City Summit 2018. Realizado na cidade de Shenzen, o evento vai discutir inovações tecnológicas para cidades inteligentes, em diversas áreas. Barbosa falará sobre os desafios no combate à violência no Brasil e como são empregadas novas tecnologias de combate à criminalidade na Bahia.

Juntamente com os superintendentes de Gestão Tecnológica e Organizacional (SGTO) e de Telecomunicações (Stelecom) da SSP, tenentes-coronéis Marcos Oliveira e Antônio Carlos Magalhães Silva, respectivamente, o secretário também conhecerá novas tecnologias nos ramos de identificação facial e de placas, além de computação em nuvem e otimização do uso de câmeras.

Depois da palestra, Barbosa seguirá para a cidade chinesa de Pequim, onde participa do China International Exhibition on Police Equipment (Ciepe 2018). Serão exibidas no evento novas soluções para segurança pública. “Recebi o convite e fiquei muito lisonjeado de poder mostrar como o trabalho vem sendo realizado na Bahia e um panorama do cenário nacional”, afirma.

O secretário acrescenta que a palestra é importante, mas o principal objetivo é saber como tornar a polícia baiana ainda mais moderna.

Câmara Municipal de Feira de Santana - Lado a Lado


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia