WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


PMFS-Intereduc SECOM - HGCA2

:: ‘Rede de saúde’

Governador afirma que investimentos na rede de saúde para combate à Covid-19 vão trazer benefícios permanentes

Governador Rui Costa

Governador Rui Costa

Em entrevista coletiva, concedida por videoconferência aos jornalistas do Baixo e Médio São Francisco, nesta quarta-feira (29), o governador Rui Costa afirmou que “os investimentos feitos na Rede Estadual de Saúde para o combate ao coronavírus, como a criação de leitos de UTI, vão beneficiar permanentemente os baianos, mesmo após o término da pandemia”. Ele também destacou que as aulas serão retomadas assim que a pandemia entrar em processo de declínio no estado e explicou que a retomada econômica nos municípios depende da situação de cada cidade.

Rui disse ainda que, em toda a Bahia, mesmo nas cidades onde não há UTI, os baianos não ficaram desassistidos. “Nós colocamos UTI aérea para buscar os pacientes e trazer inclusive para Salvador. Então, na Bahia, não houve pacientes sem UTI, mesmo nas cidades onde os leitos estavam 100% ocupados”. Ele também explicou que o Estado fez uma opção de não investir em hospitais de campanha nem em testes rápidos. “Nós preferimos investir em estruturas que ficariam permanentes para o sistema de saúde”.

Sobre a Rede de Saúde, o governador informou que o Hospital do Oeste, em Barreiras, está recebendo uma ala de cardiologia, de alta complexidade, e outra de oncologia. “No hospital de Irecê já estamos implantando a área de hemodinâmica, que está em 40% [de conclusão], e estamos concluindo a licitação da unidade de câncer. Teremos a colocação desses dois serviços no hospital de Irecê”. Em Senhor do Bonfim, além da UPA e da policlínica que já estão em funcionamento, há a previsão de entrega para 10 de agosto da primeira etapa da reforma e ampliação do hospital, “que está concluída e significa os primeiros 20 leitos de UTI para a cidade, sendo 10 adultos e 10 infantis”. :: LEIA MAIS »

Candeias: Prefeito solicita em Brasília recursos para equipar rede de saúde e implantação de UPA

Cumprindo agenda oficial na capital do País durante a semana, o prefeito de Candeias, Drº Pitágoras se reuniu no Ministério da Saúde em Brasília com o chefe de Gabinete do Ministério, Paulo Roberto Rebello Filho que representou o Ministro Ricardo Barros, acompanhado do deputado Federal, Cacá Leão. Na mesma audiência, participou também o prefeito de São Francisco do Conde, Evandro Almeida.

Drº Pitágoras solicitou ao chefe de gabinete recursos para compra de equipamentos destinados ao Hospital Ouro Negro, para o Posto Médico Luís Viana Filho, UBSs e PSFs do município. “A situação de nossa rede de Saúde era caótica. Descobrimos que até os colchões onde os pacientes deitam no hospital são alugados, assim como quase 95% dos equipamentos. Precisamos inverter essa lógica para economizarmos dinheiro público e ampliarmos a oferta de equipamentos e atendimentos” disse o prefeito ao informar que a unidade encontra-se em intervenção federal desde o ano passado.

O prefeito também solicitou ao chefe de gabinete o fortalecimento dos Programas: “Saúde na Escola (PSE)”, “PROSUS” e a implantação do “Melhor em Casa”. O prefeito disse que “o PSE é de extrema importância, pois visa integrar Educação e Saúde e contribuir para a formação integral dos estudantes com ações de promoção, prevenção e atenção à Saúde, para enfrentar vulnerabilidades que comprometem o desenvolvimento de crianças e jovens da rede pública de ensino”.

Dr Pitágoras também afirmou que o “Melhor em Casa” é uma promessa de campanha e que dezenas de pessoas na cidade precisam dessa atenção especial. “Este serviço é indicado para pessoas que apresentam dificuldades temporárias ou definitivas de sair de sua casa para ir até uma unidade de Saúde. Proporcionaremos ao paciente o conforto, uma rotina próxima à família, evitando hospitalizações desnecessárias e diminuindo o risco de infecções” disse o prefeito.

Na reunião, Drº Pitágoras solicitou apoio para a implantação da Unidade de Pronto Atendimento na Caroba, para que os distritos sejam mais bem atendidos no serviço de emergência.

Rede de saúde de alta complexidade de Vitória da Conquista será ampliada

rede-de-saude-de-alta-complexidade-de-vitoria-da-conquistaOs usuários do Sistema Único de Saúde de Vitória da Conquista contarão, a partir do próximo ano, com um atendimento ampliado para o tratamento do câncer, nos serviços de radioterapia.

Segundo portarias do Ministério da Saúde (Portarias 2.378 e 2.523), publicadas nesta quinta no Diário Oficial da União, a Unidade de Alta Complexidade em Oncologia com Radioterapia (Unacon) do Hospital Samur e três leitos de UTI do hospital servirão também à rede pública. Os leitos irão servir como apoio ao próprio serviço de oncologia. Os recursos destinados a esses serviços somam R$ 8.318.908,80.

“Esse é mais um marco para a saúde pública de Conquista, que recebe e atende pacientes de 73 cidades, pactuadas através do SUS. Com essa ampliação, Conquista vai consolidando cada vez mais os serviços de saúde de alta e média complexidade”, destaca a secretária municipal de Saúde, Karine Brito.

O novo convênio irá se somar a outros já firmados com o Ministério da Saúde, que somam um total de R$ 3.113.228,73, para a realização de obras e compra de novos equipamentos para a atenção básica e especializada.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia