WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


Micareta de Feira de Santana 2019

:: ‘Prefeitura de Vitória da Conquista’

Prefeitura de Vitória da Conquista vai renovar contrato emergencial com Cidade Verde

Prefeitura de Vitória da Conquista vai renovar contrato emergencial com Cidade Verde

Foto: Divulgação

Na tarde da última quarta-feira (13), o Governo Municipal recebeu, no Gabinete da Prefeitura da Zona Oeste, membros da empresa Cidade Verde permissionária de transporte coletivo em Vitória da Conquista. Segundo a Prefeitura, durante o encontro ficou acordada a renovação do contrato emergencial com a empresa, que, desde agosto do ano passado, assumiu todas as linhas de transporte coletivo na cidade. Além da decisão, as partes também conversaram sobre outros assuntos pertinentes para a melhoria do serviço. A Prefeitura se mostrou atenta e sensível a todas as demandas apresentadas, buscando, de imediato, soluções para atendê-las. Um dos compromissos firmados foi quanto à fiscalização do transporte clandestino. “A Cidade Verde tem a aceitação e credibilidade de Conquista, opera de maneira muito bem, cumpre o contrato”, afirma o prefeito Herzem Gusmão.

Segundo Herzem, a renovação do contrato emergencial está amparada na eficiência da empresa. O gestor também lembra que a Prefeitura tem criado condições favoráveis para sua atuação na cidade. “Nós, inclusive, com o apoio da Câmara, promovemos a isenção do ISSQN [Imposto de Sobre Serviços de Qualquer Natureza]”, completa.

O diretor da empresa Cidade Verde, Paulo Bongiovanni, reafirma a presença da empresa no efetivo de linhas em Vitória da Conquista. “Podem contar com a gente. Nós precisamos ter apenas a fluidez do serviço, e eu tenho certeza de que isso vai acontecer”, afirma. Sobre a constante abertura para o diálogo com a Prefeitura Municipal, ele avalia: “Ótimo, acho que conversando a gente se entende”. :: LEIA MAIS »

Prefeituras de Conquista e Itapetinga dialogam sobre pactuação na Saúde

Prefeituras de Conquista e Itapetinga dialogam sobre pactuação na Saúde

Foto: Divulgação

O Hospital Esaú Matos mais uma vez abriu as portas para apresentar a sua estrutura e a sua experiência a outros municípios. Na manhã da última sexta-feira (1º), o prefeito Herzem Gusmão esteve no equipamento para receber o prefeito de Itapetinga, Rodrigo Hagge, e o seu secretário de Saúde, Danylo Patês. Na visita, a comitiva conheceu serviços do Hospital que são referência em qualidade de atendimento. Dentre eles, o Banco de Leite Humano, a UTI Neonatal e o Centro Obstétrico. Além disso, os gestores discutiram a possibilidade de pactuação de Itapetinga à Rede Municipal de Saúde de Conquista, oficializando e ampliando o atendimento à população itapetinguense.

“Itapetinga é pactuada com Guanambi, e os pacientes chegando aqui ainda tem que viajar quase 300 quilômetros até chegar a Guanambi. E, devido à proximidade, nós estamos convidando o prefeito de Itapetinga para firmar essa parceria, essa pactuação com o nosso município”, explica o prefeito Herzem Gusmão, destacando os benefícios que essa parceria tem a trazer para a população.

Rodrigo Hagge lembra que o Hospital Esaú Matos já realiza atendimento ao público de Itapetinga, o que seria otimizado por meio da pactuação. Para o prefeito, a avaliação da proposta é positiva: “Nós achamos extremamente proveitosa a visita. Parabenizo toda a equipe do Hospital Esaú Matos, que faz a gestão e faz o acolhimento dessas famílias. Realmente estamos dispostos a firmar essa parceria, porque vimos aqui um atendimento humanizado, que faz jus ao que a população conquistense e da região do sudoeste merece”. :: LEIA MAIS »

Convênio de R$ 45 milhões é assinado entre Prefeitura e CEF

Convênio de R$ 45 milhões é assinado entre Prefeitura e CEF

Foto: Divulgação

“Esse dia passa a ser um marco para nossa gestão e cidade”, afirmou o prefeito Herzem Gusmão nesta sexta-feira (21). E a razão para a comemoração e alegria do Governo Municipal é que, além das inaugurações de vários equipamentos importantes* para Vitória da Conquista, a Prefeitura assinou com a Caixa Econômica Federal (CEF) o convênio na ordem de R$ 45 milhões para o município. A assinatura do Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento (Finisa) foi realizado pelo prefeito Herzem Gusmão e o superintendente da Caixa Econômica, Ismael Boaventura, no Gabinete Civil da Prefeitura da Zona Oeste, na tarde desta sexta-feira (21). “Deus está movendo muitas bênçãos para a cidade por isso em primeiro lugar o agradeço. Veja que estamos acabando o ano, acabando o governo do presidente Temer e conseguimos hoje firmar esse contrato com a Caixa. Quero agradecer também a Caixa e a Câmara de Vereadores. Estou muito feliz e comemorando”, declarou o gestor.

Na oportunidade, o prefeito anunciou as obras que serão feitas com este valor: “São obras importantíssimas como a pavimentação de todo Coveima I. Só ali serão R$ 22 milhões”. Recursos do Finisa também serão destinados para a despoluição do Rio Verruga, a implantação do Parque Ambiental, a modernização do Aterro Sanitário e a pavimentação e construção de praças nos povoados de Cabeceira e Itaipu.

Prefeitura garante pagamento do retroativo referente ao reajuste salarial dos professores

Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista

Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista

A Prefeitura de Vitória da Conquista, por meio da Secretaria Municipal de Administração, informa o calendário para pagamento do reajuste concedido pelo Governo Municipal aos professores da Rede Municipal de Ensino e aprovado pela Câmara de Vereadores, retroativo aos meses de maio, junho, julho, agosto e setembro de 2018. No dia 21 de dezembro, será pago o valor referente aos meses de maio, junho e julho. Já em 10 de janeiro de 2019, sai o retroativo dos meses de agosto e setembro. “O saldo só pode ser feito a partir deste mês devido à espera dos repasses por parte do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) e da aprovação de leis suplementares por parte da Câmara de Vereadores”, explica o Secretário de Administração, Kairan Rocha.

Aos professores de nível I, em respeito ao piso salarial estabelecido pelo Ministério da Educação e Cultura, foi dado o reajuste de 6,81%. Para os professores de nível II, o acréscimo salarial foi de 2,76%, considerando o índice de inflação do último ano. Vale destacar que, desde outubro, a Administração Municipal vem pagando os vencimentos com reajuste e aumento do vale alimentação de todos os servidores, retroativo à data base de 1º de Maio de 2018, obedecendo ao disposto no artigo 39 da Lei 1.760, de 2011.

Parceria entre Prefeitura de Vitória da Conquista e Judiciário é modelo para outras comarcas da Bahia

Parceria entre Prefeitura de Vitória da Conquista e Judiciário é modelo para outras comarcas da Bahia

Foto: Divulgação

A Prefeitura de Vitória da Conquista vai ampliar sua parceria com o Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA). Foi o que ficou definido na reunião, realizada na tarde desta quarta-feira (21), entre representantes dos dois órgãos públicos. O prefeito da cidade, Herzem Gusmão, e membros do Governo receberam, no Gabinete Civil, a juíza titular da Vara de Fazenda Pública de Vitória da Conquista, Simone Chaves, e técnicos judiciários para tratar do Programa de Governança Colaborativa, que vai ampliar a atuação do Município junto a Vara da Fazenda Pública. “Há uma interação com a Vara da Fazenda e a partir do momento que se estabelece essa parceria fortalece o Município, porque a Dívida Ativa é crédito para a Prefeitura e muitos que devem, querem pagar. A Administração Municipal está criando todas as facilidades e esse novo convênio será uma forma de dar agilidade à Vara da Fazenda, trazendo benefícios para a cidade”, ponderou o prefeito. Herzem ainda salientou que a gestão municipal está modernizando setores como a Secretaria de Finanças e a Procuradoria para dar agilidade aos processos.

Para a juíza titular da Vara da Fazenda Pública, Simone Chaves, a reunião foi proveitosa: “A Prefeitura já predispôs a aderir ao Programa de Governança Colaborativa, que visa recuperar os créditos do Município e diminuir o acervo da Vara da Fazenda Pública, cumprindo uma meta do CNJ – Conselho Nacional de Justiça”. Com este novo convênio, que será assinado, mais um servidor municipal será encaminhado a Vara da Fazenda Pública, possibilitando, além da celeridade, a troca de informações entre os órgãos. :: LEIA MAIS »

Prefeitura encerra contrato com Viação Vitória e Cidade Verde assume todas as linhas de ônibus

Prefeitura de Vitória da Conquista encerra contrato com Viação Vitória e Cidade Verde assume todas as linhas de ônibus

Foto: Divulgação

Na tarde desta terça-feira (28), o prefeito Herzem Gusmão assinou uma decisão onde declara o cancelamento do contrato com a Viação Vitória. A Viação Cidade Verde vai operar todas as linhas. O transporte público de Vitória da Conquista está, aos poucos, voltando à normalidade. Por decisão do Governo Municipal, a empresa Cidade Verde já vem assumindo algumas linhas que eram operadas pela Viação Vitória no município. Nesta terça-feira (28), a população já conta com 126 ônibus circulando – 76 veículos correspondentes às linhas regulares da Cidade Verde, e mais 50 veículos trazidos para atender, em caráter emergencial, às lacunas deixadas pela Vitória. Nos próximos 15 dias, a empresa estará com um total de 170 veículos em circulação, cobrindo todas as linhas que eram de responsabilidade da Viação Vitória. Isso inclui, ainda, uma novidade: micro-ônibus irão circular de forma gratuita por chácaras no bairro Lagoa das Flores, facilitando a locomoção das pessoas que moram mais distantes dos principais pontos de ônibus.

O Governo Municipal irá assinar nos próximos dias um decreto emergencial, que regulamenta a atuação da Cidade Verde. “Nós recebemos o transporte em sua situação gravíssima, mas já resolvemos o problema e a cidade já sente a normalização do transporte. Através de um decreto de emergência, estamos permitindo que a Cidade Verde opere todas as linhas da Vitória. Ontem eu estive na garagem da empresa acompanhando de perto, quando chegaram mais 10 ônibus”, informa o prefeito Herzem Gusmão.

O diretor da Cidade Verde, Sérgio Ubner, conta ainda outras novidades: “Estamos ampliando a garagem, alugando uma estrutura aqui ao lado, onde já funcionou uma empresa de ônibus no passado, para poder ter condições melhores. Estamos recontratando algumas pessoas, contratando uma parte dos funcionários da Viação Vitória. Já estamos chegando a quase 100 pessoas, acostumados a lidar com os clientes daquela região, onde operava a outra empresa”.

Processo de Caducidade – Desde fevereiro, o Município estava tramitando um processo de caducidade contra a Viação Vitória, objetivando a quebra de contrato em razão do descumprimento das obrigações contratuais. A decisão publicada hoje (28), no Diário Oficial do Município declara o cancelamento do contrato com a Viação Vitória, ou seja, a quebra do vínculo contratual entre a Administração e a empresa. A medida foi tomada após recomendação da comissão do processo administrativo de inadimplência n. 014/2018, que julgou as irregularidades cometidas pela concessionária de transporte coletivo.

Prefeitura investe cerca de R$ 1 milhão por ano no Restaurante Popular

Prefeitura investe cerca de R$ 1 milhão por ano no Restaurante Popular

Vitória da Conquista

Para cada bandeja no valor de R$ 3,50 reais que o usuário do Restaurante Popular paga, a Prefeitura Municipal de Vitória da Conquista paga R$ 4,14 reais. Ou seja, o custo total de cada bandeja é de R$ 7,64 reais. Com uma média de 800 refeições diárias, de segunda à sexta-feira, o investimento total por parte do Governo Municipal é de cerca de R$ 1 milhão de reais por ano. “O contrato com a empresa que serve as refeições no Restaurante Popular é para no máximo mil refeições diárias. Atualmente, a média é de 800 refeições por dia, sendo subsidiado mais de 50% do valor total da refeição com recursos da Prefeitura. Um investimento que o Governo Municipal faz para ajudar a população a ter acesso a uma alimentação balanceada, nutritiva e com baixo custo”, explicou Augusto Leal, coordenador de Segurança Alimentar e Nutricional da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social.

Com um cardápio variado organizado por uma nutricionista, cada bandeja conta com: opção de duas proteínas (carnes vermelhas, frango, peixe), salada, feijão, arroz, legumes, massas, uma sobremesa e um copo de suco. O índice de aceitação do usuário gira em torno de 95%, sendo 70% ótimo e 25% bom.

 

Prefeitura de Conquista estuda substituir carros alugados por táxis

Prefeitura de Conquista estuda substituir carros alugados por táxis

Prefeito de Conquista com representantes do Sindicato dos Condutores Autônomos de Veículos Rodoviários 

O prefeito de Vitória da Conquista, Herzem Gusmão, esteve reunido nesta terça-feira (06), no Gabinete Civil, com o Sindicato dos Condutores Autônomos de Veículos Rodoviários de Vitória da Conquista (Sincavir). A gestão municipal estuda substituir veículos alugados pelo serviço de táxi para proporcionar uma economia nos cofres públicos municipais. “A nossa intenção é dar possibilidade de mercado para a categoria, hoje com 365 motoristas de táxis”, contou o prefeito Herzem Gusmão, que já solicitou à secretária de Administração, Silvana Alves, que inicie os estudos para uma licitação referente à demanda por veículos do poder público municipal.

Experiências como esta já foram adotadas por outras cidades, como Porto Alegre e Salvador. O Governo Federal também tem trabalhado na implementação de metodologia semelhante para reduzir o custo da aquisição e manutenção da prestação de serviços dos órgãos e entidades federais, com o chamado “TáxiGov”. “O custo benefício é extraordinário. Ganha a Prefeitura, com a economia nos cofres públicos, e a categoria. É um serviço de qualidade e, por meio de um sistema GPS instalado nesses táxis, a Prefeitura terá um controle real do que ela tem de pagar mês a mês”, comentou o prefeito, assegurando: “vamos buscar o melhor modelo para implementar aqui”. O vereador Luis Carlos Dudé também participou da reunião.

Conquista: Parceria entre Prefeitura e Governo Federal vai beneficiar zonas rural e urbana

A Prefeitura de Vitória da Conquista tem buscado investimentos junto aos ministérios, em Brasília. O resultado desse trabalho foi a assinatura de quatro convênios junto à Caixa Econômica Federal, na tarde dessa quarta-feira, 20. O investimento, que totaliza mais de R$ 1,4 milhão, é fruto de uma parceria com os ministérios do Esporte e das Cidades.

Quatro localidades vão ser beneficiadas: R$ 250 mil são destinados à reforma de um campo esportivo no bairro Cruzeiro. Para a Urbis VI, haverá um investimento de R$ 398.138,79 em obras de melhoria de infraestrutura esportiva, educacional e recreativa. No povoado de Cabeceira vários trechos vão ser pavimentados com recursos da ordem de R$ 533.759,28. A comunidade de Itaipu também terá obras de pavimentação, num investimento que totaliza R$ 248.307,20.

Para garantir a agilidade na liberação desses e de outros valores, o prefeito Herzem Gusmão se reúne a cada 20 dias com a superintendência da Caixa Econômica Federal. Esse relacionamento já dura oito meses, permitindo a coordenação conjunta dos projetos e a resolução rápida de entraves que possam surgir.

De acordo com o superintendente regional do banco, Ismael Boaventura, essa aproximação está viabilizando também um financiamento na ordem de R$ 100 milhões, para investimento em obras de pavimentação e drenagem. “Quarenta e cinco milhões já estão em tramitação para contratação. E, consequentemente, isso vai viabilizar para o ano de 2018 fontes de recursos para serem usados no município”, afirma.

De acordo com o prefeito Herzem Gusmão, o objetivo do Governo Municipal é acompanhar todo o processo de perto, facilitando as resoluções das burocracias. “A Caixa está vendo o grau de interesse da equipe no sentido de buscar os recursos. A cidade merece e a administração tem que trabalhar com eficiência para não perder nem um centavo. Saio daqui hoje feliz com quatro contratos assinados. Temos muito o que comemorar este ano”.

Conquista: Prefeitura amplia investimentos em iluminação pública

Prefeitura amplia investimentos em iluminação públicaDesde janeiro, somando-se os trabalhos desenvolvidos nas áreas urbana e rural, a Prefeitura de Vitória da Conquista já realizou 15.595 atendimentos em matéria de iluminação pública. Esses números envolvem manutenção, substituição de lâmpadas e instalação de novos pontos de iluminação.

Para destrinchar os dados de investimento referentes a 2017, registre-se que, do total de serviços registrados pela Coordenação de Iluminação Pública e Posturas, vinculada à Secretaria Municipal de Serviços Públicos, 10.817 atendimentos (entre intervenções de manutenção e instalação de novos braços de luz) foram feitos apenas na zona urbana. No interior do município, esse número foi de 4.778.

Uma amostra desses serviços pode ser vista desde o último sábado, 25, por quem passa pela Avenida Bartolomeu de Gusmão, entre a Praça Vítor Brito e as proximidades do chamado “Gancho”. Somente nesse trecho, somando-se o trabalho de manutenção feito em postes e torres de iluminação, nada menos que 60 lâmpadas de vapor de sódio, com potência de 250 watts, foram substituídas por outras de vapor metálico, com 400 watts de potência. Trata-se do mesmo tipo de intervenção já feito nas avenidas Siqueira Campos, Vivaldo Mendes e Brumado, além das ruas da Granja, João Pessoa e Alziro Prates e das praças Sá Barreto e do Gil.

Nos últimos 11 meses, a Prefeitura investiu cerca de R$ 1 milhão em iluminação pública. A expectativa é de que esse valor ainda seja ampliado ao longo de dezembro. “Nossa previsão é de, até o final do ano, investirmos mais de um milhão e duzentos e sessenta mil reais. No ano passado, foram investidos quatrocentos mil”, compara o coordenador de Iluminação Pública e Posturas, José Marques.

Conquista: Prefeitura inaugura Unacon em parceira com o Hospital Samur

Prefeitura inaugura Unacon em parceira com o Hospital SamurA Prefeitura de Vitória da Conquista, em parceria com o Hospital Samur, inaugurou na noite da última terça-feira, 14, a Unidade de Alta Complexidade em Oncologia com Serviços de Radioterapia (Unacon). A solenidade contou com a presença de autoridades estaduais e municipais, da imprensa e demais convidados.

Esta parceria entre a Administração Municipal e o Samur vai ampliar a assistência e o tratamento dos pacientes com câncer de Vitória da Conquista e de toda região pelo Sistema Único de Saúde (SUS). É acesso garantido para quem, antes, precisava ir para Salvador tratar tipos de câncer que não tinham tratamento no município.

“Este serviço vai atender o sudoeste baiano, mais de 80 municípios, e até outras regiões como o norte de Minas Gerais. Estes pacientes terão uma melhor qualidade de vida e até uma sobrevida, pois será possível fazer diagnósticos precoces e um tratamento racional, bem executado”, enfatizou o diretor geral do Samur, Sebastião Castro.

O diretor reforçou ainda que este é um marco de grande importância para a comunidade. E isso só foi possível graças a vontade política do poder público: “Um serviço como este só é possível se contar com a sensibilidade da gestão municipal e nós estamos tendo isso”.

Na oportunidade, o prefeito Herzem Gusmão lembrou o processo de implantação da Unacon e como ele ficou estagnado durante a gestão anterior. Ainda quando era deputado federal, Herzem foi a Brasília em busca do credenciamento da Unidade: “E conseguimos em Brasília, com a intervenção do deputado federal Lucio Vieira Lima. Foi uma grande vitória entre outras vitórias alcançadas, este ano, na saúde do município”.

A nova gestão municipal está empenhada em fazer com que Conquista consolide cada vez mais os serviços de saúde de alta e média complexidade, por meio do Unacon. “Agradecemos a equipe da Secretaria Municipal de Saúde por todo o empenho que teve e vem tendo para fazer com que, junto à equipe do Samur, este serviço possa funcionar e ir adiante”, afirmou a secretária de Saúde, Ceres Almeida.

Sobre a Unacon – O serviço oferecido pelo Hospital conta com modernos equipamentos, inclusive, com a Radioterapia em 3D, que auxilia no tratamento, possibilitando a visualização tridimensional do tumor a ser atingido.

Outra característica do serviço é o tratamento humanizado dos pacientes.

O novo sistema conta também com registro de pacientes por meio de prontuários digitalizados e armazenados na Internet, nas chamadas nuvens. Isso, além de facilitar o acesso aos dados de pacientes, acelera também o atendimento e encaminhamento dos casos.

Prefeitura faz contrato de emergência e leva abastecimento de água à zona rural

Prefeitura faz contrato de emergência e leva abastecimento de água à zona ruralA comunidade do distrito de José Gonçalves começou o dia com uma boa notícia. Lá, na manhã desta terça-feira, 10, a Prefeitura de Vitória da Conquista iniciou o abastecimento de água de 156 localidades da zona rural do município. A medida está sendo possível graças à contratação emergencial de 10 caminhões-pipa. Além deles, mais dois caminhões que estavam cedidos à Defesa Civil também estão se somando à tarefa, totalizando 12 veículos.

A iniciativa, coordenada pela Secretaria Municipal de Agricultura, tem como propósito atender às comunidades da zona rural que não são contempladas pela Operação Carro-Pipa, mas também estão sofrendo com o efeito da estiagem. A Operação, coordenada pelo Exército em parceria com a Defesa Civil, manterá a sua rotina, dispondo de 18 veículos para abastecer outras 169 localidades.

A residência do agricultor Wilson de Oliveira foi uma das primeiras a receber a novidade. Ele conta que a seca tem trazido grande dificuldade para a vida das pessoas da região. Agora, com água saindo do caminhão-pipa da Prefeitura direto para sua caixa, ele se mostra esperançoso: “Vai dar uma força muito boa para a gente, para melhorar a situação que está.”

Segundo o coordenador municipal de Abastecimento de Água da zona rural, Deocleciano Filho, esse contrato emergencial é por tempo indeterminado. Ou seja, os veículos ficarão em operação enquanto for constatada a necessidade de abastecimento. E justifica: “Três açudes que nunca secaram nos últimos dez anos – o de Itaipu, de Roseira e de Bate-Pé – estão os dois primeiros secos, e o último está na lama. Isso mostra que a seca nunca foi tão grave nos últimos anos igual está sendo agora.”

Além disso, o coordenador garante que os caminhões-pipa da Prefeitura farão o abastecimento de casa em casa. E com isso, ele faz um apelo à população: “Que as pessoas usem essa água apenas para consumo humano. É uma água potável, a Prefeitura paga essa água à Embasa, por cada caminhão, para levar às comunidades. Então que se evite fazer outro tipo de uso para esse recurso.”

Sistemas Simplificados de Água – A Prefeitura também está buscando alternativas para solucionar o abastecimento de água na zona rural de forma permanente, com a ampliação do número de Sistemas Simplificados de Água. “Conquista tem a menor cobertura dos municípios da região Sudoeste, apenas 20% da nossa zona rural é coberta pelos Sistemas Simplificados. A média na região Sudoeste está em torno de 40%. Então vamos atuar na parte emergencial, mas também na estrutural”, revela Deocleciano.

Prefeitura de Vitória da Conquista adere ao Programa de Fortalecimento das Ouvidorias

Prefeitura de Vitória da Conquista adere ao Programa de Fortalecimento das OuvidoriasCom a assinatura do termo de adesão, nesta segunda-feira, 25, o prefeito Herzem Gusmão incluiu a Prefeitura de Vitória da Conquista no Programa de Fortalecimento das Ouvidorias (Profort), desenvolvido pelo Governo Federal através da Controladoria Geral da União (CGU).

Trata-se de uma iniciativa governamental que se propõe a auxiliar a implementação e o desenvolvimento de Ouvidorias Públicas de órgãos e entidades dos estados, do Distrito Federal e dos municípios, além de outros poderes. O programa prevê o oferecimento de cursos e treinamentos sobre atividades de ouvidoria, elaboração e distribuição de material técnico e orientações sobre o tema, entre outras opções.

A adesão ao Profort possibilitará que o município tenha acesso ao Sistema informatizado de Ouvidorias dos Entes Federados (e-Ouv Municípios). Esse serviço oferece aos gestores uma plataforma web para recebimento de denúncias, reclamações, sugestões, elogios e solicitações dos cidadãos. Com isso, pretende-se implantar um canal de comunicação simples e direto, aumentando a participação dos moradores na gestão pública.

Segundo o secretário municipal de Transparência e Controle, Diego Gomes, além da praticidade e da abrangência nacional, o programa oferece a vantagem de não gerar custos para o município. “É interessante que vai ficar de maneira mais simples, as manifestações que serão feitas pela população. É um sistema integrado das ouvidorias de todo o país. Então, a gente vai poder também acompanhar o que tem de demandas e manifestações em todas as partes do país”, analisou Gomes.

“É uma plataforma web, gratuita, que o Ministério vai disponibilizar. O Ministério já disponibiliza uma cartilha, a possibilidade de capacitação dos servidores. E a partir de um segundo momento, a gente vai trabalhar com um sistema para migrar do atual, que a gente tem hoje, para esse do Governo Federal”, acrescentou o secretário.

O ouvidor da Secretaria Municipal de Saúde, Juliano Azevedo,  acredita que a adesão deverá facilitar para os cidadãos a participação nos serviços oferecidos pela Administração Municipal. “Do ponto de vista do acesso ao cidadão, é um sistema que tem um layout muito intuitivo, o que vai trazer uma grande facilidade para que ele tenha acesso e possa fazer o registro de suas insatisfações, elogios, solicitações”, observou.

“E traz uma ferramenta, de que hoje nós não dispomos, mas que vai ser muito útil, que é a possibilidade de o cidadão anexar arquivos. O cidadão que tiver uma denúncia para ser feita, ou uma reclamação, ele vai poder anexar uma foto, algum documento de texto, com limite de até trinta megas”, informou ainda o ouvidor.

Prefeitura contrata carros-pipas em caráter emergencial

A Prefeitura de Vitória da Conquista iniciou nesta terça-feira, 7, a contratação, em caráter emergencial, de 15 carros-pipas para atender às comunidades que antes eram assistidas pela Operação Pipa, realizada pelo Exército Brasileiro. O contrato emergencial terá validade de trinta dias e a expectativa é de que, dentro de uma semana, os caminhões que já estejam com a documentação e as vistorias técnica e sanitária em dia comecem a abastecer as comunidade da Zona Rural.

O coordenador municipal da Defesa Civil, Ubaldino Figueiredo, informou que um levantamento está sendo finalizado para identificar as áreas que deixaram de ser abastecidas pela Operação Pipa. “Foi determinado pelo comando do Exército que a água só deverá ser colocada em reservatórios com capacidade de 16 mil litros para atender uma área de até 500 metros. Preocupado com a população das localidades que não tem esses tanques, o Governo Municipal vai abastecer com os carros contratados”, afirmou o coordenador, que acredita que esse reforço deve atender à demanda da zona rural.

No total, 311 povoados e assentamentos são abastecidos por meio de carros-pipas. Segundo Ubaldino, a Administração Municipal já mantinha outros cinco caminhões para distribuição de água nas localidades que não eram atendidas pela Operação Pipa.

CÂMARA DE VEREADORES_somos parceiro_banner de site Política in Rosa - 500x500 gif


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia