WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


PMFS-Intereduc SECOM - HGCA2

:: ‘Prefeitura de Feira de Santana’

Plano de investimento em água e esgoto para Feira de Santana é apresentado

Plano de investimento em água e esgoto para Feira de Santana é apresentado

Foto: Washington Nery

A Prefeitura e a Embasa apresentaram, na tarde desta terça-feira (11), o plano de investimento para melhorar o abastecimento de água e o esgotamento sanitário em Feira de Santana, previsto em contrato para os próximos 30 anos. Até 2050, o município deverá saltar de 97,6% para 99% na cobertura com abastecimento de água enquanto o esgotamento sanitário deverá passar de 68% para 90% neste mesmo período.

A minuta do contrato foi apresentada em live, realizada pelo prefeito Colbert Martins Filho em seu gabinete, com participação dos representantes da Embasa, o diretor de Operações do Interior, Ubiratan Cardoso; o superintendente de Operações Norte, Raimundo Bezerra Lopes Neto; e o gerente da Unidade Regional de Feira de Santana, Euvaldo Ferreira dos Santos Neto.

O prefeito Colbert Martins Filho ressaltou a importância do contrato firmado entre a Prefeitura e a Embasa. Ressaltou que é um contrato de serviço público, previsto no Marco Legal de Saneamento, determinando a partir de agora um contrato, visando beneficiar todos os cidadãos, estabelecendo metas a serem alcançadas nos próximos 30 anos. “A partir de agora, a relação com a Embasa será bem mais madura e a Prefeitura passa a fiscalizar o cumprimento de todo o contrato, cobrando quando for necessário”, afirmou.

Para atingir as metas, a Embasa já está investindo no abastecimento de água para os próximos 30 anos, conforme o diretor de Operações do Interior, Ubiratan Cardoso, cerca de R$ 1,3 milhões no projeto de ampliação do sistema produtor; está investindo R$ 49,8 milhões na ampliação do sistema de reservação e também em andamento investimentos da ordem de R$ 10,8 milhões na primeira etapa de ampliação da adutora de água tratada. :: LEIA MAIS »

Prefeitura diz que SAMU não recebeu relatório de inspeção do MPT e Comitê de Enfermagem

Samu de Feira de Santana

Samu de Feira de Santana – Foto: Reprodução

A Prefeitura de Feira de Santana, por meio do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), informa que até o momento não recebeu relatório da inspeção realizada pelo Ministério Público do Trabalho e Comitê de Enfermagem, sinalizando ajustes e adaptações necessárias.

Antemão, o órgão municipal reforça que estratégias para reduzir os riscos de contaminação por Covid-19 foram traçadas pela instituição, entre outras, com horários de descanso alternado para reduzir as chances de aglomeração. Todos os locais de repouso do SAMU possuem janelas e aparelhos de ar-condicionado, proporcionando a ventilação.

A respeito de profissionais estarem colocando colchão no chão para dormir, o órgão reitera que não é essa a orientação, uma vez que o SAMU possui local específico destinado para o repouso da equipe.

Salienta que a Central de Material e Esterilização (CME) está sendo utilizada em sua função original. Portanto, não procede a informação de que o local estaria servindo como depósito.

O órgão municipal ressalta que todos os profissionais fazem uso de EPIs (Equipamentos de Proteção Individual), respeitando o período indicado para descarte. E acrescenta que a respeito do técnico auxiliar de regulação médica foi feita adaptação de distanciamento hoje, 4. O profissional da recepção, por sua vez, trabalha com máscara e face Shields. :: LEIA MAIS »

Vereador chama de “arcaica” estruturas da Câmara e Prefeitura

Vereador Marcos Lima

Vereador Marcos Lima (DEM)

O vereador e líder do Governo na Câmara Municipal de Feira de Santana, Marcos Lima (DEM), participando de uma live do jornalista Girlanio Guirra nesta quarta-feira (29), falou sobre a possibilidade de que, caso logre êxito nas eleições, colocará seu nome a apreciação para concorrer à presidência do Legislativo feirense.

Marcos Lima disse que tem uma visão diferente do presidente José Carneiro. “Não tenho nada contra o presidente, mas tenho uma visão diferente da dele. Uma visão mais moderna e mais participativa.  No futuro, pretendemos contribuir mais com a Câmara mais aberta, que as pessoas tenham mais acesso, que possa ser mais flexível com a população e, infelizmente, nós percebemos que isso está longe de acontecer da maneira que está. Mas nada contra a sua administração”, ressaltou.

Presidência da Câmara

Lima lembrou ainda que já tentou em outras vezes ser candidato a presidência da Câmara. “Já ensaiamos em dois momentos ser candidato, mas não tivemos o apoio necessário. Por esse motivo, abrimos mão para o vereador José Carneiro, que hoje é o presidente. O prefeito me pediu que eu conversasse com ele e ele também conseguiu me convencer com a justificativa que com a idade dele não seria mais candidato em outra oportunidade, que a sua oportunidade era naquele momento. Ele disse ainda que eu era jovem e teria outras oportunidades. Acabei cedendo. Mas, se Deus me der oportunidade de retornar a Casa, colocarei meu nome a apreciação para candidato a presidente do Legislativo feirense”, relatou.

Mudança de local

O edil ainda falou sobre uma possível mudança de sede para a Casa da Cidadania. Na opinião do vereador, Feira de Santana ainda está muito arcaica e, pela importância e pelo tamanho da cidade, entende-se que a Câmara não cabe mais naquela localidade, pois não tem estacionamento para as pessoas que vão visita-la e até a estrutura para os vereadores é muito ruim. “Percebemos que ainda é arcaica e precisa se modernizar. Não adianta você entrar como presidente da Câmara em fim de carreira. Tem que colocar pessoas que tem uma visão diferenciada”, disse.

Estrutura da Prefeitura :: LEIA MAIS »

Prefeitura de Feira diz que vai negociar aumento da frota de transporte público

Prefeitura de Feira diz que vai negociar aumento da frota de transporte público

Foto: Divulgação / PMFS

A Prefeitura de Feira de Santana negocia com as empresas Rosa e São João a ampliação da frota neste período de flexibilização das atividades econômicas, bem como entre o serviço complementar, feito por vans, que atende a demanda da zona rural. Será natural que com a reabertura do comércio a quantidade de pessoas – tanto de Feira de Santana como das várias cidades baianas que buscam mercadorias e serviços nas ruas do centro da cidade – aumente.

Segundo a Prefeitura, a ampliação na quantidade de veículos seria ofertada nos períodos de pico e para que não haja aglomeração, veículos lotados, o encerramento das atividades diárias deverá acontecer de maneira gradual, escalonada. :: LEIA MAIS »

Prefeitura de Feira decide flexibilizar atividade econômica

Feira de Santana

Foto: Divulgação/PMFS

A partir de terça-feira (21), o funcionamento do comércio e serviços em Feira de Santana será mais flexibilizado, com alguns setores passando a funcionar todos os dias e acabando o limite de 200 metros quadrados.  A decisão foi tomada neste domingo (19) pelo prefeito Colbert Martins Filho, levando em conta uma queda no índice de internamentos por Covid 19, principalmente em UTI.

“Chegamos neste domingo com ocupação de 50% nos leitos de UTI do Hospital de Campanha e dos 40 leitos do Hospital Geral Clériston Andrade apenas cinco estão com pacientes. Nós temos que administrara a crise com essa maleabilidade, observando sempre a questão da saúde, da vida. Se lá adiante for preciso reduzir mais as atividades econômicas, voltaremos a reduzir”, explica o prefeito.

O decreto estadual estabelecendo a restrição de circulação termina à meia noite deste domingo. Amanhã (19) prevalece o decreto municipal com o escalonamento e o limite de 200 metros quadrados. Já na terça começa a valer o novo decreto, com mais flexibilização. :: LEIA MAIS »

Prefeitura realiza testagem rápida para coronavírus em Humildes e Maria Quitéria neste sábado

Prefeitura realiza testagem rápida para coronavírus em Humildes e Maria Quitéria neste sábado

Foto: Divulgação / PMFS

A Prefeitura de Feira de Santana por meio da Secretaria Municipal de Saúde estará promovendo testagem rápida para diagnóstico do coronavírus nos distritos de Humildes e Maria Quitéria neste sábado (18), das 8h às 13h.

No distrito de humildes a ação será realizada nas duas Unidades de Saúde da Família e no Colégio Antônio Brandão. Atualmente, segundo o último boletim divulgado pela Vigilância Epidemiológica, o distrito possui 70 casos da doença.

Já no distrito de Maria Quitéria a ação será realizada na Unidades de Saúde da Família. Até o momento o distrito possui 19 casos registrados. :: LEIA MAIS »

Vereador apresenta denúncia ao MP para apurar gastos da Prefeitura com a Covid-19

Vereador Alberto Nery

Vereador Alberto Nery (PT)

Ter acesso aos gastos públicos é um direito do cidadão e é um dever dos vereadores, fiscalizá-los. Baseado nisso, o vereador Alberto Nery (PT) apresentou uma denúncia ao Ministério Público da Bahia (MPBA) requerendo da Prefeitura Municipal de Feira de Santana providências que possibilitem à população acompanhar, com transparência, a utilização dos recursos destinados ao combate da Covid-19.

Segundo o vereador, mais de 50 milhões já foram repassados ao Município e não é possível ter acesso a como e com o quê foram gastos efetivamente. “Acompanhando as matérias veiculadas nos meios de comunicação local, bem como os diversos pronunciamentos de políticos ligados ao município, verifica-se a destinação de recursos para combate da Covid-19 que já ultrapassam 50 (cinquenta) milhões de reais, se contarmos com as emendas parlamentares. Conforme apurado através do Portal da Transparência e noticiado pela imprensa local, mais de 42 (quarenta e dois) milhões em recursos já foram destinados ao município. Entretanto, até o momento, não é possível acompanhar, de forma clara, a utilização desses recursos. A necessidade de total transparência na divulgação desses gastos é uma exigência do momento e principalmente uma obrigação dos governantes envolvidos”, afirma Nery.

Ainda segundo o vereador, os gastos com o Hospital Municipal de Campanha, evidenciados através da imprensa local, não representam nem 20% do montante recebido. “Considerando todos os gastos para funcionamento do Hospital de Campanha até o presente momento, pouco mais de R$ 8 milhões, ainda estão muito distantes do montante total recebido pela Prefeitura especificamente para ser utilizado no combate ao Covid-19”. :: LEIA MAIS »

Prefeitura de Feira de Santana estabelece restrição de circulação noturna

Prefeitura de Feira de Santana estabelece restrição de circulação noturnaPrefeitura de Feira de Santana estabelece restrição de circulação noturna

Foto: Divulgação / PMFS

Através de parceria com o Governo do Estado da Bahia, o Governo Municipal está estabelecendo medida de restrição de locomoção noturna em Feira de Santana, das 18h às 5h do dia seguinte. A medida passa a valer a partir da noite desta quarta-feira, 15, até as 24h do próximo dia 19, quando somente poderão funcionar serviços essenciais, como farmácias e unidades de saúde.

A decisão foi anunciada pelo prefeito Colbert Martins Filho, na tarde desta terça-feira, 14, durante coletiva on line à imprensa em função do crescimento dos números de coronavírus Covid-19 no município e seguindo Decreto Estadual baixado pelo Governo da Bahia. Também participaram o Major Lúcio José, representando a Polícia Militar e o Governo do Estado, o secretário de Comunicação Social, Edson Borges; o secretário de Prevenção à Violência, Moacir Lima; o secretário de Transportes e Trânsito, Saulo Figueiredo; de Desenvolvimento Social, Denilton Pereira de Brito; o superintendente do Procon, Cleudson Almeida, e o chefe de Gabinete do prefeito, Paulo Aquino.

O prefeito Colbert Martins Filho explicou que a medida de restrição de circulação já vinha sendo colocada pelo governador Rui Costa há alguns dias e que na sexta-feira, 10, a Prefeitura de Feira de Santana fez uma das duas opções colocadas pelo Estado, com a restrição de circulação noturna. Na oportunidade, o prefeito também apelo à população que fique em casa, evitando assim o aumento da contaminação do Covid-19.

Representando o Estado, o Major Lúcio lembrou que o Decreto é respaldado nas Leis Penais 268 e 330, dando assim o lastro jurídico necessário para que será realizada a restrição de circulação noturna no município de Feira de Santana, com apoio da Polícia Militar. E alertou que quem descumprir a medida poderá ser encaminhado à Delegacia para responder, respectivamente, por crime de desobediência da ordem legal de funcionário público e por infringir determinação de evitar propagação de doença. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia