WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


Micareta de Feira de Santana 2019

:: ‘Policlínica Regional’

“Continuamos em recesso de pagamento”, diz Colbert sobre repasses para a Policlínica Regional

Colbert Martins Filho-Foto Política In Rosa Anderson Dias

Foto: Política In Rosa / Anderson Dias

O prefeito da cidade de Feira de Santana, Colbert Martins Filho (MDB), questionado pelo site Política In Rosa sobre o corte dos repasses para a Policlínica Regional, respondeu que os repasses de R$ 215 mil continuam cortados. Segundo o prefeito, faltam ainda quatro mil procedimentos que não foram prestados ao povo de Feira de Santana. “E mais, dia 21 de dezembro a Policlínica Regional fechará por 15 dias porque entrará em recesso. Temos quatro mil exames nosso lá. Não pago um centavo mais, pois acho um desrespeito. Tenho primeiro que receber em termos de prestação de serviços para Feira de Santana”, afirmou.

Colbert ainda disse que a justificativa para que a Policlínica entre em recesso é porque os funcionários do local não terão férias já que ela abriu em julho desse ano. “Ao invés de esperar as férias em julho do ano que vem resolveram que todo mundo vai entrar em recesso. Então também continuaremos em recesso dos pagamentos”, disse.

Prefeito de Feira suspende repasse de R$ 215 mil para Policlínica Regional

Prefeito de Feira suspende repasse de R$ 215 mil para Policlínica Regional-foto Política In Rosa Anderson Dias

Foto: Política In Rosa / Anderson Dias

O prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins Filho (MDB), durante coletiva realizada na tarde desta terça-feira (23), no Centro de Atendimento ao Feirense (CEAF), suspendeu o repasse de R$ 215 mil ao consórcio composto por 28 municípios. De acordo com Colbert, o Governo do Estado arca com 40% dos custos de manutenção da Policlínica Regional e os 60% restantes são rateados entre os municípios consorciados, proporcionalmente à demanda populacional. A medida adotada pelo prefeito Colbert Filho visa equacionar os serviços previamente pactuados entre a Prefeitura e o equipamento, ou seja, 2.700 atendimentos/mês. “Como a Policlínica não opera com toda a sua capacidade, ela só está entregando cerca de 800 atendimentos por mês, Feira de Santana está pagando, portanto, mais que o dobro em relação à quantidade de atendimento a que tem direito”, destacou o prefeito.

O prefeito ressaltou ainda que espera que a direção da Policlínica Regional  “estabeleça um valor compatível com os serviços que estão sendo entregues, salvaguardando o interesse do Município, e em respeito ao dinheiro do contribuinte”, disse.

Oitava Policlínica Regional será inaugurada

Concebida para atender a 13 municípios da Baixo Sul, a Policlínica Regional em Valença será inaugurada nesta sexta-feira (29), pela manhã, com a presença do governador Rui Costa. As policlínicas fazem parte dos Consórcios Públicos de Saúde, formados pelo governo estadual para levar atendimento especializado e exames de alta complexidade ao interior. A unidade instalada em Valença é resultado de um investimento de R$ 22,6 milhões e vai atender mais de 340 mil pessoas.

Até o momento, já estão em funcionamento sete policlínicas regionais instaladas em Teixeira de Freitas, Guanambi, Irecê, Jequié, Feira de Santana, Alagoinhas e Santo Antônio de Jesus. Outras oito policlínicas já tiveram suas obras civis autorizadas (Barreiras, Itabuna, Jacobina, Juazeiro, Salvador, Vitória da Conquista, Simões Filho e Paulo Afonso).

A nova unidade implantada em Valença vai atender os seguintes municípios consorciados: Cairu, Camamu, Gandu, Igrapiúna, Itaparica, Ituberá, Nilo Peçanha, Nova Ibiá, Piraí do Norte, Taperoá, Teolândia, Valença e Wenceslau Guimarães.

Governo Municipal investirá mais de R$ 200 mil mensais na nova Policlínica Regional

Policlínica Regional de Feira de Santana

Policlínica Regional de Feira de Santana

Um investimento de mais de R$ 200 mil mensais será feito pelo Governo Municipal na mais nova Policlínica Regional, inaugurada nesta segunda-feira, 28, em Feira de Santana. A contrapartida do município, através do Consórcio Público Interfederativo de Saúde da Região, garantirá o acesso a consultas e exames com diversas especialidades médicas para a população feirense. A Policlínica Regional é resultado de uma parceria entre o Governo do Estado e 27 municípios formados pelos Consórcios Públicos de Saúde. De forma proporcional ao tamanho de sua população, os municípios consorciados irão cobrir 60% dos custos e o Governo Estadual ficará responsável por 40%.

Diferente das Policlínicas Municipais, que são unidades de pronto atendimento de urgência e emergência com demanda espontânea (conforme a portaria nº 2048/GM de 05 de novembro de 2002), que realizam alguns exames não obrigatórios, como o raio-X, a Policlínica Regional irá atender mediante agendamento prévio das consultas, exames e alguns procedimentos de pequena cirurgia, dentro do número de vagas de especialidades disponibilizadas pelo consórcio para cada município. “É importante que a população entenda que existe um número mensal a ser agendado via central de regulação. Por exemplo para Feira de Santana serão 103 consultas de oftalmologia/mês, 309 de otorrinolaringologia, 154 de ortopedia, e assim sucessivamente com outras especialidades”, informa a Secretária de Saúde, Denise Lima Mascarenhas.

Além das consultas, a população feirense terá direito aos seguintes exames mensais: mamografia (193), ultrassonografia (193), ergometria (103), ecocardiograma (103), eletrocardiograma (193), eletroencefalograma (51), endoscopia digestiva (39), colonoscopia (19), raio X (232), biopsia (80), ressonância magnética (129), tomografia (257), mapa (51) e holter (51).

Mesmo tendo direito as vagas mensais citadas, o agendamento para o município será mediante a liberação semanal de cotas pela Policlínica Regional. A administração de medicamentos, como anti-hipertensivos, antialérgicos, anti-inflamatórios, injetáveis, soluções sorológicas, remédio para diabetes e medicamento controlado são feitos nas unidades do município, que funcionam como estruturas de complexidade intermediária entre as unidades hospitalares de atendimento às urgências e emergências.

Lulinha fala sobre policlínica regional inaugurada por Rui Costa

Vereador Lulinha

Vereador Lulinha (DEM)

O líder do Governo, vereador Lulinha (DEM), falou sobre a policlínica regional, inaugurada pelo governador Rui Costa na segunda-feira (28) em Feira de Santana. O vereador elogiou a ação, destacou a importância da unidade, mas fez um pedido. “Esperamos que ela não seja como a policlínica que fizeram em Irecê, onde as pessoas demoram para marcar os exames e demoram mais ainda para receber o resultado”, afirmou. Já o vereador Isaias de Diogo (PSC) alertou a comunidade feirense que não se empolguem com a nova unidade, já que ela não atenderá emergência.

Autorizado início das obras de policlínica regional em Barreiras

Autorizado início das obras de policlínica regional em Barreiras

Barreiras

Foram iniciadas as obras da Policlínica Regional de Saúde que vai atender a região oeste. O governador Rui Costa foi a Barreiras na manhã desta segunda-feira (14), e assinou a ordem de serviço que garante o início imediato das intervenções da unidade que vai atender o Consórcio Público Interfederativo da Região de Barreiras e Ibotirama. “O governo e os municípios conseguiram se unir e os habitantes do oeste vão ter acesso a uma unidade dotada de total infraestrutura, conforto e equipamentos de primeira linha. Isso tudo custa caro, mas o povo merece ser atendido com o que há de melhor. A Bahia, graças a Deus, virou uma exceção à regra nacional, pois o Brasil é um país que amarga uma severa recessão. Apesar de não termos uma grande arrecadação, estamos fazendo muitos investimentos, liderando a aplicação de recursos em vários segmentos, como é o caso da Saúde”, comemora o governador Rui Costa.

O consórcio ainda será formalizado e ficará responsável pela manutenção da Policlínica, construída exclusivamente com recursos próprios do Governo do Estado. Obras e equipamentos de ponta somam um investimento de mais de R$ 25 milhões. A nova instalação, construída em uma área de quase três mil metros quadrados vai beneficiar os cerca 655 mil habitantes das 22 cidades participantes, dentro de 12 meses.

A Policlínica é um equipamento para realização de procedimentos de média complexidade e tem a missão de regionalizar a Saúde, desafogando a procura por atendimentos nos hospitais e agilizando o tratamento dos mais de 12 milhões de baianos que vivem no interior. São diversas especialidades e oferta de exames como ressonância magnética e eletroencefalograma, realizados em 12 consultórios amplos, equipados com dispositivos de última geração. “Essa é a primeira policlínica do Oeste que, assim como em outros municípios, vai levar atendimento de dezoito especialidades e realizar até pequenas cirurgias para o povo dessa região”, detalha o secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas.

Os municípios que devem formar o Consórcio são Angical, Baianópolis, Barreiras, Brejolândia, Catolândia, Cotegipe, Cristopólis, Formosa do Rio Preto, Luís Eduardo Magalhães, Mansidão, Riachão das Neves, Santa Rita de Cássia, São Desidério, Tabocas do Brejo Velho, Wanderley, Brotas de Macaúbas, Buritirama, Ibotirama, Morpará, Muquém de São Francisco, Oliveira dos Brejinhos e Paratinga. A Policlínica Regional de Saúde em Barreiras é a décima a ter as obras em execução. Milhares de baianos já foram atendidos nos quatro equipamentos inaugurados pelo governador Rui Costa no final do ano passado, nas Policlínicas que atendem as regiões de Teixeira de Freitas, Guanambi, Irecê e Jequié.

Prefeituras da RMS se reúnem para tratar da policlínica regional

Prefeituras da RMS se reúnem para tratar da policlínica regional

Saúde RMS

O prefeito de Candeias, Dr. Pitágoras e a Secretária de Saúde, Soraia Cabral, estiveram na manhã desta segunda-feira (16), em reunião com o secretário de Saúde do Estado, Fabio Vilas-Boas, juntamente com o prefeito de São Sebastião do Passé, Dr. Breno, a prefeita de Saubara, Marcia Mendes, além dos Secretários de Saúde, José Reginaldo de São Sebastião e Eleuzina Falcão, de São Francisco do Conde.  A pauta da reunião foi a criação do consórcio de saúde para tratar da policlínica da região que será montada para atender as respectivas cidades.

Construção da policlínica regional em Vitória da Conquista é autorizada

Construção da policlínica regional em Vitória da Conquista é autorizada

Foto: Mateus Pereira

O Governo do Estado concretizou mais um passo para viabilizar o acesso mais rápido da população aos serviços de saúde no sul do estado. Em visita a Vitória da Conquista, nesta sexta-feira (6), o governador Rui Costa autorizou o início imediato das obras de construção da Policlínica Regional de Saúde da região de Vitória da Conquista. O equipamento contará com investimento de R$ 22,6 milhões e oferecerá atendimento para 18 especialidades.

“A Policlínica vem para completar os serviços dos postos de saúde. Eu entendo que a melhor política pública de saúde é aquela que faz prevenção, ou seja, que evita que as pessoas fiquem doentes ou evita que o problema se agrave. Muitos municípios não possuem determinadas especialidades ou não dispõem de serviços de exames mais complexos. É aí que entra a Policlínica Regional, que vai funcionar neste modelo que eu acredito muito, que é o consórcio de saúde, reunindo as cidades da região para que cada população tenha acesso ao atendimento nesta unidade”, destacou Rui.

A policlínica contará com salas de atendimento ambulatorial, apoio diagnóstico e terapia (raio x, ultrassonografia, tomografia, mamografia, ressonância magnética, endoscopia, ergometria, eletrocardiograma, ecocardiograma, eletroencefalograma), sala para tratamento de diabéticos e coletas laboratoriais, e uma sala para procedimentos ambulatoriais, apoio técnico e logístico.

Sesab prevê ampliação do atendimento na Policlínica Regional em Jequié

A possibilidade de permutar consultas e exames entre os 28 municípios consorciados da Policlínica Regional em Jequié foi uma das vantagens apontadas por prefeitos e secretários municipais de saúde, durante reunião que avaliou o desempenho da unidade, nesta segunda-feira (19). Na ocasião, o secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas-Boas, informou que a perspectiva é ampliar ainda mais o número de consultas e exames oferecidos nos próximos 30 dias. “Avaliamos que é possível otimizar a rota dos ônibus que buscam os pacientes nos municípios e trazem para a Policlínica, bem como criar um banco de permutas entre os entes consorciados, pois, às vezes, alguém precisa de mais consultas com neuropediatras do que cardiologistas, e o ideal é manter a agenda da unidade sempre cheia e atendendo a necessidade de todos”.

Novas especialidades como angiologista, mastologista e neurologista serão integradas ao quadro de serviços em breve. Atualmente, a Policlínica Regional oferece consultas com cardiologista, cirurgião geral, endocrinologista, gastroenterologista, ginecologista, otorrinolaringologista, oftalmologista, urologista, ortopedista e pneumologista.Entre os exames disponíveis, destaque para ressonância magnética, tomografia, ultrassonografia, radiografia, ecocardiograma, mapa e endoscopia.

Policlínicas regionais

As policlínicas regionais são resultado de uma parceria entre o Governo do Estado e os municípios formados pelos Consórcios Públicos de Saúde. Nelas não serão atendidas urgências e emergências e nem qualquer tipo de demanda espontânea.
O Governo investe na construção e aquisições de equipamentos e micro-ônibus, que, no caso específico de Jequié, foram R$ 22 milhões. Além disso, o Estado é responsável pelo custeio de 40% do gasto mensal e os outros 60% são divididos entre os municípios consorciados de acordo com o número de habitantes.

Secretária de Juazeiro vai a Uauá em busca de apoio para implantação da Policlínica Regional

Buscando o apoio do legislativo e do executivo dos 10 municípios integrantes do Consórcio Sustentável do Território Sertão do São Francisco (Constesf) para a implantação da Policlínica Regional, um projeto do Governo do Estado, a secretária de Saúde de Juazeiro, Fabíola Ribeiro, esteve nesta terça-feira, 19, no município de Uauá, a convite do executivo municipal, apresentando o funcionamento e a importância desse projeto para a população do interior do Estado.

A secretária que esteve acompanhada da Assessora de Planejamento, Ianni Almeida e da Superintendente de Atenção Especializada Cilene Duarte, expôs a vereadores, funcionários da saúde de Uauá e para a sociedade presente sobre o funcionamento da Policlínica e qual o papel dos municípios nesse projeto que trará para as cidades serviços de alta complexidade, descentralizando e regionalizando a saúde no Estado.

“Hoje o município de Juazeiro já recebe pacientes das cidades do nosso território, sobretudo pela nossa localização. A saúde pública no país passa por sérias dificuldades, por isso não tenho dúvida de que as policlínicas possibilitarão um maior acesso do usuário que vive nos municípios menores, principalmente por ofertar serviços de média e alta complexidade. Estamos aqui hoje em Uauá para mostrar aos gestores e à população o quanto esse projeto trará de benefícios para nossa região”, argumentou Fabíola Ribeiro.

Construídas com recursos 100% do governo baiano, as novas policlínicas têm o custeio dividido entre a administração estadual (40%) e os municípios que integram os Consórcios Regionais de Saúde (60%). Como não haverá atendimento por demanda espontânea, para utilizar seus serviços, o paciente precisará de um agendamento prévio feito através das Secretarias da Saúde dos municípios que fazem parte do Consórcio.

“Outras cidades que já receberam a Policlínica apresentam uma melhoria no acesso a esses serviços tão complexos e de alto custo para municípios pequenos como o nosso. Acreditamos no apoio do legislativo para que Uauá também seja contemplado e queremos agradecer a atenção da equipe da Prefeitura de Juazeiro que se disponibilizou como município pólo, a vir aqui esclarecer todas as dúvidas da nossa população”, expôs a secretária de Saúde de Uauá, Aline Ribeiro.

O prefeito de Uauá, Lindomar Dantas, disse que há seis meses conseguiu com muito esforço oferecer a seus munícipes um centro de especialidades, mas que a participação do município na consolidação da Policlínica Regional trará um ganho muito maior para atender as demandas, otimizando assim os recursos locais. “A questão fundamental hoje aqui apresentada é sensibilizar a sociedade uauaense, sensibilizar o poder público, especificamente a Câmara Municipal para que a gente dê atenção especial a essa lei autorizativa para Uauá participar dessa realidade, do contrário apenas haveremos de assistir a estrutura da policlínica funcionar em Juazeiro e não podermos participar. A pactuação é dizermos que estamos no jogo, que vamos saber quais as regras e saber como poderemos cada vez mais avançar nos serviços de alta complexidade ofertados”, colocou o prefeito de Uauá.

Vereador do município, Emerson Morais, agradeceu a presença da secretária de Saúde de Juazeiro e disse que aguarda que Uauá possa integrar esse projeto que só trará beneficio para a população. Já Benedito Reis, presidente do Conselho Municipal de Saúde externou seu apoio ao projeto das Policlínicas Regionais.

Representando o prefeito de Juazeiro, o chefe de Gabinete Vilmar Ferreira, disse que o Governo do Estado não tem medido esforços para melhorar a saúde pública e que as Policlínicas representarão mais qualidade de vida, de dignidade para a população do interior do Estado.

Secretários de Saúde se reúnem para traçar logística de funcionamento de Policlínica Regional

Na tarde desta terça-feira (16), foi dado mais um passo para o funcionamento da Policlínica Regional de Saúde em Guanambi.  O secretário local, Dr. André Moitinho se reuniu com os demais colegas, que representam os municípios que compõem o Consórcio Interfederativo de Saúde do Alto Sertão para definir a pactuação de cotas de consultas e exames, bem como a logística do transporte dos pacientes dos municípios até a unidade, que será dotada  de 18 especialidades.

A reunião se deu no auditório do Hospital Regional de Guanambi – HRG, e contou também com a presença da sua diretora geral, Graça Cotrim. A Policlínica vai facilitar o acesso dos cidadãos de Guanambi e região às consultas e exames de média e alta complexidade, não havendo mais a necessidade de se deslocar aos grandes centros, como Salvador. De início, a cada dia, Guanambi terá 46 consultas nas diversas especialidades e 15 procedimentos, como Ressonâncias Magnéticas, Tomografias, Endoscopias, Colonoscopias, Ecocardiogramas e muitos outros.

Com entrega prevista para o mês de julho, a ser feita pelo governador Rui Costa, a implantação da policlínica recebe investimentos na ordem de R$ 11 milhões em estrutura física e mais R$ 6 milhões em equipamentos, com recursos do Governo do Estado. A policlínica está localizada na Avenida Messias Pereira Donato (Antiga Castelo Branco), aos fundos do Serviço de Atendimento ao Cidadão – SAC, no Bairro Aeroporto Velho, e vai cobrir 40 municípios da região, já pactuados no Consórcio Regional de Saúde, beneficiando 468 mil baianos.

Rui autoriza construção da Policlínica Regional, obras de água e entrega viaturas em Feira

Governador Rui CostaEm visita a Feira de Santana, nesta terça-feira (4), o governador Rui Costa autoriza o início das obras de construção da Policlínica Regional e de ampliação do sistema adutor de duas estações elevatórias de água tratada da Embasa no município. O primeiro compromisso do governador em Feira, na Avenida Presidente Dutra (na entrada da cidade), às 9h, é a inauguração da nova sede da Procuradoria Geral do Estado – PGE, que marca as comemorações pelo aniversário da instituição.

Em seguida, às 10h40, no terreno onde será construída a Policlínica Regional, também na Avenida Presidente Dutra, o governador autoriza o início das obras da Policlínica e da ampliação do sistema adutor da Embasa, e ainda faz a entrega de 17 viaturas para as polícias Civil e Militar de Feira e equipamentos e veículos para o 2º Grupamento de Bombeiros Militares – 2º GBM.

SAJ: Rui autoriza construção da Policlínica Regional e inaugura sistema viário

Governador Rui CostaNesta sexta-feira (31), a partir das 9h30, em Santo Antônio de Jesus, no Recôncavo baiano, o governador Rui Costa autoriza o início da construção da Policlínica Regional, inaugura obras viárias no município, dentre outras nas áreas de educação, segurança pública e entrega equipamentos e veículos para as polícias Civil, Militar e Bombeiros.

O primeiro compromisso do governador no município, às 9h30, é a inauguração do Sistema Viário do Centro Industrial de Santo Antônio de Jesus e, logo depois, a pavimentação do acesso ao Instituto Federal da Bahia – IFBA. De lá, às 10h10, Rui visita o terreno onde será construída a Policlínica Regional, cuja ordem de serviço será assinada pelo governador durante sua passagem pelo município. Após a visita, o governador segue para o no
Colégio Estadual Francisco da Conceição Menezes, onde inaugura o módulo com cinco laboratórios e quadra poliesportiva.

Após a saída do colégio, às 10h55, Rui segue para o Centro Integrado de Comunicação (Cicom), localizado no ⁠⁠⁠14º batalhão da PM (ao lado do hospital regional). No local, Rui inaugura o centro e assina autorização para a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Sudic celebrarem acordo de cooperação para transferência da gestão do Distrito Industrial à Associação do Distrito Industrial e a ordem de serviço para início das obras de construção da Policlínica Regional. No local, ele ainda entrega sete viaturas para as polícias Civil e Militar e equipamentos e veículos para o Grupamento de Bombeiros Militares (14º BPM), beneficiando os municípios de Jequié, Maragogipe, Valença, Santo Antônio de Jesus, Cairu, Igrapiúna e Taperoá.

CÂMARA DE VEREADORES_somos parceiro_banner de site Política in Rosa - 500x500 gif


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia