WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


PMFS-Sarampo

:: ‘Policiais Militares’

Dois mil policiais militares já participaram de programa contra estresse

Dois mil policiais militares já participaram de programa contra estresse

Foto: Elói Corrêa

Desde 2016, a Polícia Militar da Bahia (PMBA) oferece à tropa um curso com técnicas de respiração que ajudam a lidar com o estresse, tanto na vida pessoal quanto na profissional. O curso é baseado no Happiness Program (‘Programa da Felicidade’, em tradução livre), ministrado pela organização internacional Arte de Viver, que desenvolveu uma abordagem específica para os militares. “Cerca de dois mil policiais militares já participaram do curso. O efeito do Programa Arte de Viver na corporação tem sido positivo. Os depoimentos são ótimos, os policiais relatam que os benefícios são grandes, tanto para a atividade de policial militar quanto no dia a dia deles com a família e amigos”, destaca a coordenadora do curso Arte de Viver na PMBA, major Claudia Mara.

A policial militar Milena Celina participou de uma das turmas e percebe os benefícios na saúde. “Eu roncava e parei. A minha convivência com meus colegas melhorou, porque a gente fica mais concentrado, calmo e alegre. Foi muito bom”, afirma a cabo.

O coordenador de projetos estratégicos da Arte de Viver, Marcel Queiroz, explica que “o trabalho é específico para o policial militar, no sentido de que o curso é formatado para lidar com algumas questões vividas por ele”. Queiroz acrescenta que “nos cursos regulares, nós também falamos sobre estresse e técnicas para gerenciá-lo, mas, no caso da polícia, nós nos aprofundamos em algumas questões típicas da profissão, para que os profissionais tenham mais qualidade de vida e melhor desempenho profissional”. :: LEIA MAIS »

Deputado critica envio de PMs da Bahia ao Ceará: ‘Um absurdo sem precedentes’

Deputado Targino Machado

Deputado Targino Machado (DEM)

O deputado estadual Targino Machado (DEM), provável futuro líder da oposição na Assembleia Legislativa da Bahia, em nota, fez duras críticas ao envio, através de um Decreto do governador do estado, Rui Costa, de cem Policiais Militares ao Ceará nesta última sexta-feira.

Confira a nota:

Um absurdo sem precedentes. O governador Rui Costa resolve, por Decreto, enviar cem Policiais Militares do Estado da Bahia, utilizando-se de ônibus e viaturas oficiais em socorro ao colega governador petista do Ceará. 

A Bahia é o estado campeão de homicídios e estará desfalcado, em pleno verão, de cem policiais de elite, inclusive diversos oficiais. Qual a justificativa para isto, deixando-se de fora o desejo de ajudar o colega petista, até mesmo porque a União já está cumprindo este papel? Será que a vitória retumbante mexeu com o juízo do governador, fazendo-o imaginar-se dono da Bahia e, por último, ufanar-se de xerife do Nordeste? 

Ao meu ver cabe uma CPI – Comissão Parlamentar de Inquérito – para apurar este desvio de dinheiro público do orçamento da Secretaria de Segurança Pública da Bahia. 

Targino Machado

Policiais que reduziram a criminalidade são premiados pelo Governo do Estado

Policiais que reduziram a criminalidade são premiados pelo Governo do Estado

Foto: Raul Golinelli

Policiais civis e militares que conseguiram reduzir a criminalidade nas suas áreas de atuação receberam R$ 95,7 milhões por intermédio do Prêmio por Desempenho Policial (PDP), nos últimos três anos (2016-2018). Concedido pelo Governo do Estado, o PDP distribuiu mais de 81 mil prêmios para policiais civis e militares, nesse período, como forma de estimular, reconhecer e valorizar o desempenho dos servidores no combate ao crime. Criado em 2011, Prêmio por Desempenho Policial já se consolidou como relevante política pública de combate a criminalidade. No último triênio, o número de policiais beneficiados no PDP aumentou significativamente. Entre 2016 e 2018, a quantidade de prêmios saltou de 16,3 mil para 42,6 mil, um crescimento de 160%. “Mais do que uma forma de premiar os esforços dos nossos policiais, o PDP se apresenta como um estímulo a mais para os profissionais da segurança pública. Vamos fechar 2018 com uma redução expressiva na maioria dos indicadores criminais, graças ao trabalho integrado da polícia baiana”, afirma o secretário da Segurança Pública, Maurício Teles Barbosa.

O aumento da quantidade de prêmios e de verbas investidas no PDP ocorreu em função da redução dos índices de criminalidade e ampliações promovidas no programa, realizadas pelo Governo Rui Costa. Em 2016, a premiação passou a ser realizada duas vezes ao ano (abril e outubro), ao invés de somente uma. No ano seguinte, o Governo aprovou uma lei, fazendo novas modificações no PDP.  A ideia foi ampliar a premiação aos agentes civis e militares que conseguissem reduzir os índices de criminalidade nas áreas onde atuam. As mudanças reduziram o número de faixas de premiação, permitindo que um número maior de unidades de segurança e policiais fosse contemplado com os maiores valores do Prêmio.

Com as mudanças, passaram a ser premiados todas as unidades que alcançam 100% da meta de redução de crimes violentos letais intencionais. Anteriormente, apenas os dez primeiros colocados tinham direito ao prêmio mais alto. Em outra alteração da lei, as unidades que atingem a metade da meta passam a receber um prêmio maior, assim também como para aquelas unidades quem reduzem entre 20% e 50% da meta. :: LEIA MAIS »

Policiais militares são homenageados na Câmara de Feira

Policiais militares são homenageados na Câmara de Feira

Policiais militares são homenageados na Câmara de Feira

A noite desta quarta-feira (04) foi de festa na Câmara Municipal de Feira de Santana, que realizou sessão solene para entrega do Título de Cidadã Feirense à Cabo Andréa Costa Souza e da Comenda Maria Quitéria à Subtenente Ana Paula da Paixão Silva e ao Tenente Felipe Assis de Jesus, todos policiais militares. A iniciativa foi do vereador Ewerton Carneiro da Costa e contou com aprovação unânime. Na saudação aos homenageados e convidados, o vereador Ewerton Carneiro afirmou que, como policial militar, identificou a carência de valorização profissional nesse segmento. “Sem desmerecer os oficiais, nunca vi um soldado, cabo, sargento ou subtenente ser homenageado”, disse o vereador, que considerou um privilégio homenagear os colegas de farda. “Precisamos reconhecer o valor do policial, que muitas vezes sai para trabalhar e não retorna para sua casa, sua família”, destacou Ewerton Carneiro, atribuindo tudo o que conquistou ao longo de sua trajetória à Polícia Militar. Ele falou da falta de condições de trabalho em muitas unidades da corporação em contraponto ao empenho e à responsabilidade dos policiais.

A nova cidadã feirense Cabo PM Andréa Costa Souza, que é natural de Salvador e ingressou na Polícia Militar em 1997, fez um discurso de agradecimentos. Ela contou que em veio para Feira de Santana em 2005. Integrante do 4º Pelotão, atua no Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA). Agradeceu ao vereador pela iniciativa e aos familiares e colegas pelo apoio na atividade profissional.  “A todos, o meu muito obrigada e o meu respeito”, finalizou.

Igualmente emocionada, a subtenente PM Ana Paula da Paixão Silva falou da sensação de ser homenageada com uma honraria tão importante como a Comenda Maria Quitéria. Ela ingressou na corporação como Sargento e disse que cada vitória alcançada foi um desafio vencido, com apoio de muitas pessoas, que foram citadas nominalmente. “De alguma forma todos são responsáveis por esse momento”, afirmou a policial, que destacou a importância de valorizar os amigos e familiares. “A palavra é gratidão”, resumiu.

O último homenageado a falar na noite festiva, o Tenente PM Felipe Assis de Jesus foi também o mais breve. Falou de reconhecimento, emoção e gratidão e agradeceu especialmente a Feira de Santana. “Sou reflexo das minhas experiências na família, na medicina e na Polícia Militar, que me disciplinou”, afirmou o novo comendador.

A Mesa de Honra foi formada pelo presidente do Legislativo, vereador José Carneiro Rocha, que conduziu os trabalhos; o prefeito municipal José Ronaldo de Carvalho e os homenageados. Dentre os convidados que ocuparam o plenário da Casa da Cidadania, o Tenente Coronel PM Leoni Morais, representando o Coronel Anselmo Brandão, comandante geral da PM na Bahia.

Operação Comércio Mais Seguro vai garantir mais segurança durante o Natal

Com um aumento de 30% do efetivo de policiais militares para atuar, durante todo o período natalino, nas ruas centrais da cidade, quando é estimada a circulação diária de cerca de um milhão de pessoas oriundas de vários municípios baianos foi deflagrada, na tarde da última terça-feira, 28, a operação Comércio Mais Seguro.

Num planejamento articulado entre as forças de segurança que atuam em Feira de Santana, a operação Comércio Mais Seguro reúne esforços logísticos e estratégicos de companhias especializadas da Polícia Militar, a exemplo da Rondesp-Leste, o Esquadrão Asa Branca (policiamento motorizado), Polícia Montada, Corpo de Bombeiros e a Guarda Municipal.

De acordo com o comandante do Policiamento Regional Leste, coronel Luziel Andrade, os policiais escalados para atuar nesta operação receberão horas extras. Ele enfatizou que quatro motocicletas foram disponibilizadas para fazer rondas no centro comercial, durante o período natalino. “Este é o terceiro ano da Operação Comércio Mais Seguro, e cada vez mais nós sentimos que a comunidade está integrada com as forças de segurança, acionando a polícia a qualquer momento”, ressaltou o major Lúcio José, comandante da 64º CIPM.

Representada pelo coordenador regional, Roberto Leal, a Polícia Civil está engajada nesta operação, cujo principal objetivo é garantir a seguranças aos milhares de consumidores que estarão transitando no maior entreposto comercial do Norte e Nordeste, movidos pelo espírito de solidariedade e confraternização que a data universal inspira.

Natal Encantado

Marcelo Alexandrino, presidente da Associação Comercial e Empresarial de Feira de Santana, estima que, “aproximadamente um milhão de pessoas estarão transitando diariamente, no comércio local, durante este  período, e é necessário se fazer um policiamento ostensivo para oferecer segurança a todos que venham fazer compras e curtir a programação cultural do Natal Encantado”.

Acompanhado dos secretários do Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico, Antônio Carlos Borges Júnior; Sérgio Barradas Carneiro, do Meio Ambiente, e de Pablo Roberto Gonçalves, da Previdência à Violência (Seprev), o prefeito José Ronaldo de Carvalho parabenizou o plano apresentado pelas autoridades de segurança.

Ao convidar a população para prestigiar a programação do Natal Encantado, entre os dias 12 a 22 de dezembro, José Ronaldo afirmou que “a Seprev dispõe de 72 câmeras de vídeomonitoramento instaladas estrategicamente na área central da cidade, além de uma base móvel da Guarda Municipal, que estão inteiramente à disposição das policias civil e militar”.

Vereador denuncia ação de PM’s em Feira de Santana

Pablo RobertoO vereador Pablo Roberto (PHS) falou sobre o comportamento de alguns militantes políticos nesse período de eleição que topam fazer qualquer tipo de coisa para sair vencedor. Pablo denunciou que chegou até ele a informação de que policiais militares estão fazendo blitze na área de outra companhia que não seja a sua para atuar de forma arbitrária acuando as pessoas que fazem os chamados ligeirinhos ou pessoas que estão com a documentação irregular, fazendo abordagens irregulares e depois são enquadrados que se não votarem com “a candidata A, candidata B” os carros não serão liberados. “Eu tenho como provar o que estou falando aqui. Tenho áudio e tenho vídeo. Me coloco a disposição para apresenta-los ao Comandante Adelmário Xavier para providências sejam adotadas por que isso é um precedente muito grave que vem acontecendo em Feira”, explicou.

Pablo acredita ainda que o Comandante não sabe o que está acontecendo na cidade e por isso pediu ao presidente Ronny (PHS) que solicite uma audiência com o Comandante para que ele receba uma comissão de vereadores e toda a situação seja passada.

Karoliny Dias

Geilson critica cortes da educação e elogia postura de Rui em relação a PMs

Geilson critica cortes da educação e elogia postura de Rui em relação a PMs

Geilson critica cortes da educação e elogia postura de Rui em relação a PMs

O governador Rui Costa recebeu críticas e elogios do deputado estadual Carlos Geilson, na tarde desta terça-feira (14). Em pronunciamento na Assembleia Legislativa, o parlamentar falou sobre a postura adotada pelo gestor em relação aos policiais militares envolvidos no sequestro e estupro da adolescente em São Sebastião do Passé e sobre a suspensão de atividades realizadas na Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS) por falta de dinheiro.

O deputado ainda disse que a atitude desses policiais não condiz com a posição que eles ocupam: de zelar pelo bem da sociedade. Mas o tom amistoso, endureceu. O parlamentar criticou o governador por cortar as verbas das universidades estaduais. De acordo com ele, a Caminhada do Folclore e o Festival de Sanfoneiros, que são realizados pela UEFS há 15 anos e 8 edições, respectivamente, foram canceladas em 2015, devido a redução do orçamento da instituição, em R$ 1,8 milhão, em relação ao ano de 2014.

Câmara Municipal de Feira de Santana - Lado a Lado


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia