WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


:: ‘Música brasileira’

Com recursos próprios, Prefeitura de Salvador iniciará obras do Museu da Música Brasileira

Com recursos próprios, Prefeitura de Salvador iniciará obras do Museu da Música Brasileira

Foto: Reprodução / Google Street View

A Prefeitura de Salvador deverá iniciar, com recursos próprios, as obras para instalação do Museu da Música Brasileira no imóvel conhecido como Casa dos Azulejos Azuis, no Comércio. O anúncio foi feito pelo prefeito ACM Neto, durante cerimônia de assinatura da ordem de serviço para realização das obras de requalificação da Avenida Sete de Setembro, ocorrida nesta quinta-feira (25), na Praça Castro Alves. Na ocasião, a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult) foi autorizada a elaborar o termo de referência para elaboração do edital de licitação para restauração completa do imóvel. “Primeiro foi feita a estabilização o imóvel, que consistiu na primeira etapa da ação, e já estamos com o projeto pronto para revitalização do local. As obras devem custar cerca de R$10 milhões de reais e será autorizada a licitação inicialmente com recursos próprios. Depois, com a aprovação do financiamento, a obra será contratada para, futuramente, instalado o museu. O processo já está na Casa Civil do governo federal e, em novembro, deverá ser encaminhado para aprovação no Congresso”, afirmou o prefeito.

Os recursos para a instalação do Museu da Música Brasileira fazem parte do financiamento de cerca de US$60 milhões, através do Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF), que possibilitará uma série de investimentos na capital baiana. As intervenções fazem parte do megaprograma municipal Salvador 360, de desenvolvimento econômico e geração de emprego e renda.

Memórias do teatro feirense e música brasileira nesta Quinta dos Bossais

Depois do sucesso de público e crítica de todo o mês de setembro, a Quinta dos Bossais segue durante o mês de outubro com mais novidades. O projeto de música brasileira com atividades formativas e artes integradas do Coletivo Culturas é protagonizado pela Baiana Bossa que faz show nesta quinta (5), às 21h, com a roda de conversa “Memórias do Teatro Feirense. O evento acontece na Cúpula do Som, espaço intimista e com infraestrutura de som, iluminação e palco apropriada para bons espetáculos musicais.

Os convidados dessa noite “discussônica” são o ator e diretor Geovane Mascarenhas, a atriz e diretora Elizete Destèffani e o jornalista e escritor do livro “O Teatro em Feira de Santana”, Geraldo Lima, que ficam disponíveis para responder as curiosidades do público. Os interessados em certificado podem solicitar previamente pelo e-mail contato@culturasss.com.br.

O show da Baiana Bossa invade a cena com um repertório de bossa nova, jazz, música do nordeste, samba, música brasileira. Na formação, a cantora Lorena Porto assume o vocal com o guitarrista Cid Fiuza, que também assina a direção musical, além de Anselmo Roberto no contrabaixo e César Miranda na bateria.

Música brasileira e conteúdo na noite da Quinta dos Bossais

Baiana Bossa“Que banda maravilhosa! Um repertório sensacional que me emocionou muito. Minha agenda de quinta já está fechada com esse projeto porque eu sei que não demora para esse grupo ir embora de Feira”, declara a empresária Dilma Portugal que esteve presente na primeira noite da Quinta dos Bossais, projeto de música brasileira, atividades formativas e artes integradas que tem a banda Baiana Bossa como protagonista. O lançamento aconteceu no dia 14.09, às 20h, na Cúpula do Som e segue a primeira temporada toda quinta-feira até o dia 05.10.

A Baiana Bossa trouxe seu jeito todo especial de tocar bossa nova para o público de jornalistas, estudantes, empresários e admiradores presentes. “Nossa bossa está nos arranjos, no sotaque, no jeito de interpretar as canções. Trouxemos as clássicas e esperadas como Chega de Saudade, é claro. Mas também entrou o samba e a música do nordeste com arranjos mais bossados, eu diria. Tudo regado à essa baianidade que não sai da gente”, conta Cid Fiuza, guitarrista e diretor musical deste projeto.

A cantora da Baiana Bossa, Lorena Porto, destaca os compositores que busca para apresentar no show do grupo: Dorival Caymmi, Chico Buarque, Vinícius de Moraes, Adoniran Barbosa, Noel Rosa, Dominguinhos, Carlos Lyra, João Bosco e muitos outros compositores da música brasileira. “No palco, a gente faz o que gosta muito e isso contagia as pessoas que nos prestigiam. Acho que é por isso que funciona. Foi lindo! Ainda bem que quinta-feira tem mais”, diz a cantora.

Nesta quinta (21), na segunda noite da Quinta dos Bossais, além do show da Baiana Bossa, o evento conta com a Roda de Conversa MARKETING: O ESTUDANTE, O PROFISSIONAL E O MERCADO mediada por Thiago Oliver, cantor e diretor de marketing do Grupo Nobre, e o empresário Peterson Carvalho com o case Aiktemaki.

A atividade formativa desta semana se propõe a provocar reflexões sobre o que o mercado espera do profissional que sai da graduação nas áreas da comunicação social e marketing. Os interessados nos certificados de duas horas podem enviar e-mail com nome completo para contato@culturasss.com.br.

O evento conta ainda com o apoio dos publicitários à frente do projeto I Love My Jobs (Vinívius Lima, Pedro Carvalho e Sérgio Magno) e da equipe da Notre Assessoria, sob o comando das jornalistas Beatriz Ferreira e Eveline Cordeiro.

A Quinta dos Bossais nasce do intento de formar público para as mais diversas linguagens artísticas ali integradas, sobretudo, para a música brasileira. É mais uma ação colaborativa do Culturasss, coletivo liderado pela produtora cultural e cantora Lorena Porto e pelo jornalista e músico Cid Fiuza.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia