WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


PMFS-Novas obras

:: ‘meio ambiente’

Segurança, Saúde e Meio Ambiente no Trabalho Rural e Urbano serão discutidos em seminário

Nos dias 6 e 7 de novembro será realizado o I Seminário Segurança, Saúde e Meio Ambiente no Trabalho Rural e Urbano de Feira de Santana, no Sesi/Senai, na avenida Eduardo Froes da Motta, bairro Campo Limpo. As inscrições devem ser efetuadas através do site www.fundacentro.gov.br. A realização é da Prefeitura, Ministério do Trabalho e Emprego e a Fundacentro (Fundação Jorge Duprat Figueiredo de Segurança e Medicina do Trabalho). A abertura está prevista para as 8h30 com a palestra “A Questão do Uso de Agrotóxicos e a Necessidade da Preservação Ambiental e a Sustentabilidade”, que será ministrada pelo promotor de Justiça Substituto da Regional Ambiental do Recôncavo Sul, Julimar Barreto. Às 10h haverá relatos de experiências, entre eles, a atuação do SAMU 192 em Feira de Santana. Ainda no primeiro dia constam na programação as palestras “Impactos Causados por Agrotóxicos X Agroecologia X Experiências Exitosas no Território”, às 11h, e “Segurança e Saúde em Estabelecimentos de Saúde”, 14h.

Já no dia 7, quarta-feira, às 8h, haverá a apresentação das atividades educacionais promovidas pela Unamacs (Universidade Aberta do Meio Ambiente e Cidadania Sustentável), com as gestoras Elisângela Lucena e Erika Teles. Na sequência as apresentações do projeto Nascentes Vivas, do Departamento de Educação Ambiental, da Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Naturais (Semmam), e a Regulamentação Municipal do Transporte Rodoviário de Produtos na Legislação de Feira de Santana. Nesse dia também haverá mesa redonda temática: Agravos a Saúde e ao Meio Ambiente.

O seminário tem como objetivo “contextualizar saúde, segurança e meio ambiente no trabalho rural e urbano, a apresentando dados que possam dimensionar os efeitos do trabalho no desencadeamento de doenças e acidentes no trabalho”. O público alvo são profissionais da área de segurança e saúde do trabalho; associações e sindicatos; trabalhadores rurais e urbanos; gestores de instituições governamentais, ambientalistas e interessados em prevenção de acidentes.

Unamacs promove Curso Georreferenciamento Ambiental

Oficinas e cursos promovidos pela Unamacs serão retomados

Unamacs

Nesta quinta-feira, 27, e sexta-feira, 28, a Universidade Aberta do Meio Ambiente e Cidadania Sustentável (Unamacs) dará continuidade ao cronograma de atividades com o curso Georreferenciamento Ambiental. A atividade vai transcorrer das 8h às 12h, na Faculdade de Tecnologia e Ciência (FTC), e será ministrada por um técnico do Inema (Instituto do Meio Ambiente). O curso é aberto a toda comunidade. Contudo, a participação será garantida mediante inscrição através do e-mail unamacs.semmam@pmfs.ba.gov.br, onde deve constar o nome e o número do CPF do interessado, ou através de contato telefone (75) 3322-9314. Já em outubro, dia 3, a Unamacs vai promover a Oficina de Reaproveitamento de Resíduos Solídos, no Cras Santo Antônio dos Prazeres, das 8h às 12h. No dia 13, a realização da Oficina Propagação de Mudas por Estaquia e Alporquia. A atividade será ministrada por Fábio Bittencourt Figuerêdo.

Ainda estão previstas a realização do Curso de Perícia Ambiental, nos dias 22 e 23, no CETEP, das 8h às 12h, e a Oficina de Robótica, cuja data será definida. Já em novembro, a Unamacs programou a realização de cursos sobre apicultura, e meio ambiente do trabalho: análise e controle, bem como oficinas e o I Seminário de Educação Socioambiental (7 e 8/10).

Técnicos da Semmam identificam nascentes na Rocinha

Técnicos da Semmam identificam nascentes na Rocinha

Foto: Jorge Magalhães

Dando continuidade ao projeto “Nascentes Vivas”, técnicos do Departamento de Educação Ambiental, da Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Recursos Naturais (Semmam), estiveram no bairro Rocinha, na manhã de quarta-feira, 1º de agosto. No local identificaram e fizeram o georreferenciamento das nascentes que sobreviveram à ação do homem. Eles contaram com a ajuda de moradores mais antigos que relataram as ruas onde existia chafariz.

Em duas horas de trabalho, encontraram duas nascentes vivas e outras duas foram aterradas. No local foram construídas residências. A identificação das nascentes transcorreu até o final do dia. A partir da identificação será elaborado um plano de recuperação com a limpeza e a arborização do local. Uma das dez nascentes vivas do município, que já foram identificadas e já recuperada pela Prefeitura, foi a nascente da Fonte dos Milagres, localizada no bairro Gabriela. As demais serão recuperadas gradativamente.

Segundo o chefe do Departamento de Educação Ambiental, João Dias, as demais nascentes já  identificadas são: Fonte do Lili e do Filipe, ambas na Queimadinha; a nascente do conjunto Cordeirópolis, na avenida Fraga Maia, da Balança, no Parque Getúlio Vargas, além de duas nascentes situadas no São João do Cazumbá. “As nascentes serão recuperadas gradativamente. A próxima será do conjunto Cordeirópolis”, afirma João Dias, acrescentando que no projeto constam a construção de uma praça, serviços de urbanização e arborização. Ainda conforme João Dias, o projeto “Nascentes Vivas” também contempla os distritos. Na próxima semana, a equipe vai se deslocar para a Terra Dura, no distrito de Humildes.

Semmam recolheu 400 peças publicitárias no primeiro semestre

SEMMAN - SECRETARIO -ARCENIO OLIVEIRA - FOTO SARA SILVA (4) copy(1)

Secretário Arcênio Oliveira-Foto: Sara Silva

A Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Recursos Naturais (Semmam) recolheu, no primeiro semestre deste ano, cerca de 400 peças publicitárias colocadas em locais indevidos e sem a licença ou autorização, que é concedida pelo órgão municipal. Foram removidos cavaletes, outdoor, placas, faixas e banners, fixadas em postes, troncos de árvores e expostas em passeios. O combate à poluição visual está assegurado na Lei Municipal de número 041/09, combinada com o decreto 8.300/11. Neste sentido, prepostos da Semmam saem diariamente percorrendo ruas e avenidas da cidade, inclusive nos distritos, recolhendo esse tipo de material colocado em local impróprio.

Nos primeiros meses do ano, o trabalho resultou na remoção de peças publicitárias nas avenidas Transnordestina, Ayrton Senna, Maria Quitéria, João Durval Carneiro, Getúlio Vargas, Noide Cerqueira, no Anel de Contorno, além dos bairros Limoeiro, Papagaio e conjunto Feira VII. “Todo e qualquer material publicitário deve ter a autorização da Semmam para ser fixado em área pública. O responsável deve solicitar a autorização e efetuar o pagamento da TLP (Taxa de Licença e Publicidade)”, afirma Arcênio Oliveira, secretário municipal do Meio Ambiente, informando ainda que, em 2017, foram removidas quase três toneladas de materiais publicitários.

Quem tem o material apreendido tem o prazo de 30 dias para apresentar defesa ou justificativa através de ofício, que será analisada para recuperação das peças junto a Semmam, que está localizada na rua Leolinda Bacelar, 224, Kalilândia. A reincidência nesta infração caberá multa que varia de R$ 500 a R$ 3 mil. A lei também assegura a Semmam fiscalizar a distribuição de materiais publicitários (panfletos) nas sinaleiras. No objeto de divulgação deve constar o número da autorização fornecida pelo órgão municipal, o nome da empresa que confeccionou o material e constar a informação “de que a cidade deve ser mantida limpa”. Quem identificar poluição visual na cidade pode acionar a Semmam através dos telefones (75) 3322-9306 ou pelo Serviço 156.

Casa dos Conselhos firma parceria com ONG

Casa dos Conselhos firma parceria com ONG

Casa dos Conselhos firma parceria com ONG

A Casa dos Conselhos de Feira de Santana está abraçando a campanha do Movimento Água é Vida (MAV), visando contribuir para a preservação do meio ambiente. A parceria foi reforçada nesta terça-feira (3) com a visita de membros da ONG para apresentar os projetos Árvore Viva, voltado para a coleta de papel, livros e caixas, e Óleo e Gorduras Residuais (OGR).

Durante a apresentação dos projetos, os representantes da ONG orientaram os membros da Casa dos Conselhos a participar intensamente das campanhas. Para tanto basta trazerem de suas residências o OGR e também papel para doarem à ONG, que se responsabilizará pela destinação ecologicamente correta dos resíduos. Os projetos foram apresentados pelo presidente do MAV, Carlos Souza, que destacou o empenho da ONG em incentivar a população feirense a praticarem a reciclagem através da destinação correta dos resíduos sólidos e líquidos.

A presidente do Conselho Municipal da Igualdade Racial, Lurdes Santana, ressaltou a importância da parceria visando preservar o meio ambiente e conscientizar a população sobre a importância de adotar hábitos que venham garantir a destinação correta de resíduos e evitar, assim, tanto a poluição ambiental quanto o desperdício de recursos. Lurdes Santana alertou ainda para a necessidade das pessoas abraçarem a causa e manterem o hábito saudável de colaborarem com a reciclagem de diversos produtos que podem ser reaproveitado e beneficiar assim o meio ambiente.

Unamacs é selecionada para participar de projeto do Ministério do Meio Ambiente

Oficinas e cursos promovidos pela Unamacs serão retomados

Universidade Aberta do Meio Ambiente e Cidadania Sustentável (UNAMACS)

A Universidade Aberta do Meio Ambiente e Cidadania Sustentável (UNAMACS) foi selecionada para participar do Projeto Salas Verdes, do Ministério do Meio Ambiente. Com isso, Feira de Santana estará articulada e conectada a outros municípios do país que desenvolvem ações socioambientais reconhecidas pelo órgão federal. Além de Feira, mais vinte e uma cidades baianas foram selecionadas. Foram ao todo 309 projetos. A Unamacs foi implantada em 7 de junho de 2017, através da Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Recursos Naturais, e está situada no Parque da Cidade Frei José Monteiro Sobrinho, conjunto Feira VII. Durante esse período, tem promovido cursos de formação em educação ambiental, teóricos e práticos, para a comunidade feirense e também de outros municípios da região, assim como oficinas, exposições, reuniões e mostras. As atividades são gratuitas.

Para Elizângela Lucena, educadora ambiental da Semmam, responsável pela elaboração do projeto enviado para o Ministério do Meio Ambiente, a seleção demonstra o reconhecimento dos trabalhos que vem sendo desenvolvidos pelo Departamento de Educação Socioambiental. “Fazer parte de um projeto desenvolvido pelo Ministério do Meio Ambiente fortalece as nossas atividades, além de facilitar a articulação e o estabelecimento de parcerias com outras iniciativas”, afirma.

Ela considera que a Unamacs tem cumprido seu papel como centro de informação e formação ambiental, estimulando a reflexão e construção do pensamento/ação ambiental. Elisângela Lucena destaca que já  foram promovidas trinta e uma atividades, entre cursos e oficinas. Através do projeto Salas Verdes, as atividades da Unamacs vão ganhar maior visibilidade; estará articulada com outras iniciativas; o Departamento de Educação Ambiental terá acesso a publicações e materiais do Departamento de Educação Ambiental, do Ministério do Meio Ambiente.

Universidade Aberta do Meio Ambiente divulga cursos gratuitos do trimestre

Oficinas e cursos promovidos pela Unamacs serão retomados

Unamacs

Os cursos promovidos pela Unamacs (Universidade Aberta do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável) serão retomados nesta quinta-feira, 10, com a oficina “Vivências Lúdicas e Sustentabilidade”, das 8h ao meio-dia, no Parque da Cidade Frei José Monteiro Sobrinho. O cronograma de atividades do trimestre foi divulgado pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Recursos Naturais e está disponível no site da Prefeitura (www.feiradesantana.ba.gov.br). No dia 17, quinta-feira, no Parque da Lagoa Radialista Erivaldo Cerqueira, situado às margens da avenida José Falcão da Silva, nas Baraúnas, haverá a oficina “Maquetes Geoambientais”, das 8h às 12h. Na sexta-feira, 18, haverá uma mesa redonda sobre alimentação saudável, no auditório do Centro Integrado de Educação Assis Chateaubriand, das 8h às 10h e das 14h às 16h.

Ainda no mês de maio, no dia 21, será promovida a oficina “Produção de Biofertilizantes”, na sede da Unamacs, das 8h às 12h. Nos dias 24 e 25 haverá o “Curso de Economia Verde: Mercado de Trabalho e Meio Ambiente”, das 8h às 12h, também no Parque da Cidade.

As atividades prosseguem nos dias 28 e 29, com a realização da “Oficina Horta Vertical”, também no período da manhã. Já no mês de junho, nos dias 4 e 5, será realizada a III Feira de Educação Socioambiental do Município de Feira de Santana, no Parque da Lagoa. No dia 7, consta na programação II Seminário de Educação Socioambiental e Sustentabilidade – Oficina Robótica com Resíduos Eletrônicos e Hortas Suspensas. A atividade vai ocorrer na Reserva Ecológica Traripe, em Oliveira dos Campinhos, das 8h às 17h.

Nos dias 8 e 9 de junho, por sua vez, haverá o “Curso de Prevenção de Incêndios”, na comunidade de São José. O “Curso de Paisagismo Sustentável” está previsto para os dias 11 e 12, e o “Curso de Pericia Ambiental”, nos dias 14 e 15. Ambos vão ocorrer na sede da Unamacs, das 8h às 12h. Já no mês de julho, entre as atividades, haverá o “Curso de Direito Ambiental” (5 e 6/07); “Oficina de Compostagem” (7/07); “Noções de Vigilância Epidemiológica por Animais Peçonhentos e Identificação do Agente Etiológico” (13 e 14/07). Mais informações podem ser obtidas através do número (75) 3322-9318.

CÂMARA DE VEREADORES_somos parceiro_banner de site Política in Rosa - 500x500 gif ZÉ NETO - BOAS FESTAS - BANNER SITE - POLÍTICA IN ROSA - 500X500PX - FINAL Deputado José Nunes Boas Festas 2018 RON DO POVO Luiz da Feira Boas Festas Gerusa Boas Festas 2018 Vereador Bililiu Natal e Ano Novo Gilmar Amorim Boas Festas


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia