WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


PMFS-Expofeira2019

:: ‘Madre de Deus’

Inaugurado Centro de Atenção Psicossocial em Madre de Deus

Inaugurado Centro de Atenção Psicossocial em Madre de Deus

Foto: Paula Fróes

O município de Madre de Deus, situado na Região Metropolitana de Salvador (RMS), recebeu, na manhã desta segunda-feira (12), um importante reforço no atendimento público de pessoas com transtornos mentais graves. O governador Rui Costa inaugurou uma unidade do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) tipo I, no bairro Cururupeba, que contou com um investimento de mais de R$ 2,1 milhões, entre obras e equipamentos. “O objetivo do Governo em construir esse tipo de equipamento é ampliar o atendimento e dar atenção especial a pessoas que têm algum distúrbio mental, dando acolhimento, carinho e tratamento especializado. Por isso, outras unidades estão sendo construídas no estado. A próxima a ser entregue será em Candeias”, revelou o governador.

O CAPS é constituído por uma equipe multiprofissional e que atua com uma ótica interdisciplinar e realiza, prioritariamente, atendimento a pessoas de todas as idades com transtornos graves e persistentes. O atendimento também inclui pessoas com necessidades decorrentes do uso de álcool e outras drogas, seja em situações de crise ou nos processos de reabilitação psicossocial, sendo substitutivo ao modelo asilar. As unidades são instaladas em cidades e ou regiões com pelo menos 15 mil habitantes. :: LEIA MAIS »

Rodovia entre Candeias e Madre de Deus será restaurada

Rodovia importante para a economia da Bahia, a BA-523, entre Candeias e Madre de Deus, vai passar por restauração. O aviso de licitação para a realização dos serviços foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE), no último sábado (5). Realizada pela Secretaria de Infraestrutura da Bahia (Seinfra), a obra vai beneficiar cerca de 150 mil moradores da Região Metropolitana de Salvador (RMS).

Com 600 metros de extensão, a via se destaca pela presença de indústrias e pela exploração de petróleo. A obra proporcionará melhor fluidez no transporte de cargas em Candeias, Madre de Deus e no distrito de Mataripe, em São Francisco do Conde. “As intervenções vão ajudar no escoamento da produção industrial e na atração de novos investimentos nos setores petroquímico, automotivo, alimentício e eletrônico”, destaca o secretário estadual de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti.

Governo investe R$ 2 milhões em obras de saúde para Madre de Deus

Governo investe R$ 2 milhões em obras de saúde para Madre de Deus

Foto: Manu Dias

O governador Rui Costa autorizou a implantação de um Centro de Atenção Psicossocial (Caps), com investimento de R$ 1,8 milhão, em Madre de Deus, na Região Metropolitana de Salvador (RMS). Em visita ao município, nesta segunda-feira (9), ele ainda assinou ordem de serviço para construção de uma unidade do Programa Academia de Saúde, que receberá recursos de R$ 198,5 mil. “Nós estamos investindo quase R$ 800 milhões na nossa saúde. Eu tenho orgulho porque, entre os 27 estados, somos o que mais está investindo em saúde. Essas obras fazem parte desse investimento”, afirmou o governador durante passagem pelo bairro Cururupeba, onde vai funcionar o Caps.

O secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas-Boas, também destacou a importância dos equipamentos para a população. “O Sistema Único de Saúde [SUS] prevê alguns serviços complementares ao atendimento básico de saúde e hoje nós estamos dando a ordem de serviço para dois deles”.

O Caps será construído em um prazo de oito meses. Ele oferecerá atendimento a pessoas com transtornos mentais severos e persistentes, buscando a reinserção social pelo acesso ao trabalho, lazer, exercício dos direitos civis e fortalecimento dos laços familiares. A unidade vai funcionar em cinco dias na semana, das 8h às 18h. Já a Academia de Saúde ficará na Praça de Lazer, local visitado por Rui, com prazo de conclusão em quatro meses. O programa contribui para a promoção da saúde da população a partir da implantação de polos com infraestrutura, equipamentos e quadro de pessoal qualificado para a orientação de práticas corporais, atividade física, lazer e modos de vida saudáveis.

“O Brasil vive hoje nas trevas”, diz Coronel no encontro de vereadores em Madre de Deus

Coronel no encontro de vereadores em Madre de Deus

Coronel no encontro de vereadores em Madre de Deus

Em um discurso contundente, na abertura nesta quinta-feira (22) do I Encontro dos Vereadores da Região Metropolitana e Recôncavo Baiano, o presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), Angelo Coronel (PSD), disse que o apagão de ontem que levou o caos para milhares de cidades do norte e nordeste do país não foi só elétrico. “O Brasil vive hoje nas trevas. Nem durante a ditadura militar houve tanto obscurantismo. No mesmo dia em que os nortistas e nordestinos tiveram que reabilitar a vela, o fifó e o candeeiro, o Supremo Tribunal Federal – a mais alta corte de justiça do país e guardiã-mor da nossa sagrada Constituição – dava mais uma demonstração de maus modos e decrepitude”, disparou o presidente da ALBA.

No evento de Madre de Deus, promovido pela União dos Vereadores do Brasil – UVB, e a convite da sua presidente, Edylene Lopes Ferreira, Coronel, disse que o entrevero entre os dois ministros do Supremo é mais um episódio que mancha a casa maior do judiciário brasileiro. “Dois ministros quase se estapeiam, reflexo de uma grave crise política em que justiceiros de toga demonizam a política e os políticos, para serem eles os ‘reformadores da natureza’. Já assistimos a esse filme na Alemanha nazista e bem sabemos que o final foi pavoroso. Querem fazer política? Tirem a capa e a espada e venham duelar conosco, nas urnas, disputando voto a voto, segundo o desejo do povo”, disse Coronel.

Angelo Coronel defendeu a ideia de uma Constituinte para discutir as reformas política e tributário-fiscal. “Acho que é hora de uma Constituinte específica, porque o que acontece hoje é que todo mundo acha que tudo está errado, mas quem está dentro não quer absolutamente é mudar nada. A população exige mudanças da classe política. Enquanto ainda não temos uma Constituinte, comecemos por mudar a relação entre os poderes: mais harmonia, menos submissão”, pregou o chefe do Legislativo da Bahia.

Município de Madre de Deus completa seis meses sem homicídios

Visitado por baianos e turistas, principalmente no verão, o município de Madre de Deus (a 64 quilômetros de Salvador) completou, na última quarta-feira (28), seis meses sem homicídios. O último registro deste tipo de delito foi computado no dia 28 de agosto de 2017. O resultado, decorrente das ações integradas de prevenção e repressão realizadas pela 10ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Candeias) – unidade também responsável pela área -, e pela Delegacia Territorial (DT), tem garantido mais tranquilidade para a região.

Conforme destacou a titular da DT, delegada Marcele Guerra, as prisões dos primos Rafael Bezerra e Daniel Bezerra, ocorridas em setembro do ano passado, foram essenciais para a redução dos assassinatos na região. “São homicidas perigosos e que matavam a mando de um dos líderes do tráfico da cidade. Já tínhamos mandado de prisão contra eles, e, no dia do cumprimento, também foram autuados por porte ilegal de arma, já que foram flagrados com armamentos”, disse.

Com as operações ‘Bloqueio’ e ‘Alvorada’, equipes da 10ª CIPM realizam diariamente atividades de abordagens a pessoas e veículos, tendo como principal finalidade a prevenção e redução da criminalidade. “A partir das 4h30, as guarnições já estão nas ruas com radiopatrulhamento. Sabemos que é um horário que muitas pessoas já estão saindo para trabalhar, praticar atividades físicas e os estudantes indo para os colégios. Sendo assim, reforçamos as abordagens em diversos pontos da cidade”, explicou o comandante da 10ª CIPM, major Paulo César Luz Nunes.

A frente das unidades, a delegada e o major, além de exaltarem a importância do trabalho conjunto das polícias Civil e Militar, pontuaram o efeito positivo das ações. “Tivemos as festas de final de ano, o tradicional ‘Madre Music’, o Carnaval, e não registramos nenhum tipo de crime grave”, recordou Marcele.

Agentes públicos de Madre de Deus são acionados por improbidade administrativa

Cinco integrantes de um esquema de “enriquecimento ilícito” perpetrado na Câmara Municipal de Vereadores de Madre Deus, durante os anos de 2011 e 2012, acabam de ser acionados pelo Ministério Público estadual na Justiça. Promotoras de Justiça que integram o Grupo de Atuação Especial de Defesa do Patrimônio Público e da Moralidade Administrativa (Gepam) ingressaram com uma ação civil pública por ato de improbidade administrativa contra os então vereadores e atuais prefeito de Madre de Deus, Jeferson Andrade Batista; vereador Anselmo Duarte Ambrozzi; secretário municipal Jibson Coutinho de Jesus; chefe de Gabinete da Câmara, Adailton Cosme dos Santos; a assessora municipal Tânia Mara Pitangueira de Jesus. A ação solicita o afastamento imediato dos acionados dos seus atuais cargos.

Segundo as promotoras de Justiça Célia Boaventura, Patrícia Medrado e Rita Tourinho, em dezembro de 2010, os cinco acionados formularam um acordo, no qual ajustaram que a eleição da chapa vencedora para a mesa diretora da Casa Legislativa estaria condicionada ao rateio de verbas públicas entre eles. Essas verbas, apuraram as promotoras, seriam usadas em benefício deles próprios. As integrantes do Gepam explicam que o objetivo dos envolvidos no acordo era fazer com que Jeferson pudesse assumir a Presidência da Câmara e, por conseguinte, a Prefeitura, ainda que interinamente (o que de fato acabou acontecendo). Dessa forma, continuam as promotoras de Justiça, ele teria a oportunidade de distribuir benesses entre os seus aliados de forma ilícita.

As investigações indicam que, da prática dos atos ímprobos efetivados no âmbito do ajuste estabelecido entre os acionados, resultou “enriquecimento ilícito” dos mesmos. Foi apurado ainda um “inconteste prejuízo ao erário decorrente do acordo”, registram Célia Boaventura, Patrícia Medrado e Rita Tourinho, esclarecendo que a concretização do ajuste gerou pagamentos indevidos aos mesmos. Elas assinalam que documentos oriundos do Tribunal de Contas dos Municípios indicam o cumprimento dos termos do “ilícito” ajuste. No “Termo de Acordo” assinado pelos cinco participantes do esquema, observa-se a distribuição de vantagens ilícitas de verbas públicas entre os mesmos, complementam as integrantes do Gepam, elencando: a criação de cargos comissionados; o superfaturamento de contratos; o recebimento ilícito de 5% para cada vereador envolvido, com relação aos valores dos contratos firmados para reforma e construção do prédio da Câmara, aniversário da cidade, bem como de outros eventos; a manutenção das cotas de combustível em proveito próprio, inclusive com acréscimo de valor em dinheiro; e o aumento do duodécimo da Câmara no exercício posterior. As promotoras de Justiça solicitam como sanção final a perda da função pública dos acionados.

Câmara Municipal de Feira de Santana - Lado a Lado


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia