WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


PMFS-Peixaria

:: ‘líder do governo’

“Se fosse pelo seu mérito você não estaria vereador hoje”, diz líder do Governo para Cadmiel

Lulinha e Cadmiel

Lulinha (DEM) e Cadmiel (PSC) / montagem Política In Rosa

O vereador e líder do Governo na Câmara Municipal de Feira de Santana, Lulinha (DEM), após seu projeto de lei 714/18 que suprime e acrescenta dispositivos do artigo 46 do Regimento Interno ser reprovado, disparou contra o seu colega Cadmiel Pereira (PSC). Lulinha acusou Cadmiel de entrar com uma proposta idêntica a sua fazendo com que se pareça uma briga política. “Desde que ele entrou nesta Casa não me aceita como líder do Governo. Se ele quiser a liderança, pode pegar. O senhor quer ser sábio demais, inteligente demais porque estudou, mas não é assim que se consegue as coisas. A pessoa tem que ser humilde”, afirmou.

Ainda de acordo com Lulinha, Cadmiel conseguiu o seu mandato não por mérito próprio, diferente dele que trabalhou pelo povo que o colocou como vereador. “O senhor sabe como chegou a esta Casa. Se fosse pelo seu mérito não estaria vereador hoje”, disparou.

Líder do Governo espera verbas do Fundo Partidário para campanha

Vereador Lulinha

Vereador Lulinha (DEM)

O líder do Governo na Câmara Municipal de Feira de Santana, Lulinha (DEM), falou sobre suas expectativas para as próximas eleições. O vereador, que é candidato a deputado estadual,  tratou da distribuição de verbas oriundas do Fundo Partidário. “Espero que dessa vez não destinem verbas apenas para as candidaturas de deputado federal e lembrem o vereador que os candidatos a deputados estaduais também precisam de recursos para suas campanhas”, concluiu.

Líder do Governo alfineta presidente da Câmara

Vereador Lulinha

Vereador Lulinha (DEM)

A votação que aprovou o projeto de lei de autoria do vereador Alberto Nery (PT) que dispõe sobre a divulgação das listagens dos pacientes que aguardam por consultas com especialistas, exames e cirurgias na rede pública do município de Feira de Santana foi apertada. Após um empate, o presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana, José Carneiro (PSDB), teve que usar o seu voto de minerva. Carneiro optou pela aprovação da matéria para que ela não ficasse prejudicada, já que vários vereadores tinham simpatia pela mesma.

O líder do Governo, vereador Lulinha (DEM), orientou a bancada governista que não aceitasse a sua aprovação porque algumas pessoas poderiam não gostar de ver o seu nome exposto. Chateado com o voto do colega, Lulinha disparou: “José Carneiro já tem quatro votos garantidos para a sua reeleição de presidente desta Casa”. O presidente não deu importância ao seu colega e disse que não responderia a sua fala infeliz.

Primeira etapa da nova emergência do HGCA será entregue em julho, garante líder do Governo

Mais de 80 % da ampliação e reforma da emergência do HGCA está concluída

Ampliação e reforma da emergência do HGCA .

Questionado pelo site Política In Rosa sobre quando será entregue a nova emergência do Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA), o líder do Governo na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), deputado estadual Zé Neto (PT), afirmou que a primeira etapa será inaugurada no dia 4 de julho. “Essa é uma intervenção muito importante naquela unidade. Triplicamos a urgência e emergência e vamos fazer o Clériston 2 que trará uma nova dinâmica para o Município”, disse.

Líder do Governo lê o Salmo em sessão na Câmara para “afugentar o mal”

Vereador Lulinha

Vereador Lulinha (DEM)

O líder do Governo na Câmara Municipal de Feira de Santana, vereador Lulinha (DEM),  precisou recorrer a Bíblia para o que ele chamou de espantar o mal. “Você está bem aí vem alguém com o encosto do mal para provocar Guerra, briga e inimizado, o que eu não quero. Tenho conquistado amigos. Vou começar a ler um Salmo para ver se afugenta o mal que está dentro de algumas pessoas”, disse, logo em seguida lendo o Salmo 7. Mais cedo Lulinha disse que Isaías de Diogo (PSC) estava com o mal no corpo porque ele pediu que lesse a ata da sessão anterior com mais calma para que os profissionais de imprensa pudessem prestar a atenção já que o som não estava muito bom.

Colbert convida Lulinha para continuar como líder do Governo

José Ronaldo, Colbert Martins e o vereador Lulinha

José Ronaldo, Colbert Martins e o vereador Lulinha

O novo prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins, convidou o vereador Lulinha (DEM) para continuar como líder do Governo na Câmara Municipal de Feira de Santana. O convite foi feito durante o discurso de posse do novo prefeito.

Vereador diz que líder do Governo não tem equilíbrio e nem traz harmonia para a Casa

Vereador Isaías de Diogo

Vereador Isaías de Diogo (PSC)

O vereador Isaías de Diogo (PSC) em entrevista ao site Política In Rosa, disse que pediu ao atual prefeito, Colbert Martins (MDB), que substitua o vereador Lulinha (DEM) na liderança do Governo na Câmara Municipal de Feira de Santana. “Em minha opinião Lulinha não tem equilíbrio para ser líder. Já tinha dito isso ao ex-prefeito José Ronaldo”, afirmou Isaías.

Ainda de acordo com o edil, o líder do Governo não tem equilíbrio, não tem harmonia com a Casa e tenta atropelar e descaracterizar o mandato dos colegas. “Um líder tem a finalidade de representar o Executivo, trazer harmonia para que os projetos do Governo sejam aprovados e respeito. Nada desses requisitos que estou falando é de característica de Lulinha”, reclamou.

Isaías sugeriu que Colbert Martins indique o vereador Roberto Tourinho (PV) para substituí-lo. “Precisa o mais rápido possível tirar essa imagem que a Casa tem de um líder desequilibrado que tira a harmonia para com os pares e colocar um com equilíbrio e que conduza a Casa”, finalizou.

‘’Líder quem escolhe é o prefeito’’, diz Lulinha

Vereador LulinhaO vereador e líder do Governo, Lulinha (DEM), após receber críticas de seu colega, disse ao site Política In Rosa que Isaías de Diogo (PSC) não tem competência para ser presidente da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara Municipal de Feira de Santana. Isaías teceu duras críticas a Lulinha sugerindo inclusive ao novo prefeito, Colbert Martins, que o substitua o mais rápido possível. “Todos os projetos que se referem a Isaías são inconstitucionais. Ele dá o parecer favorável quando o projeto é dele e quando é dos colegas vereadores o parecer contrário”, reclamou.

De acordo com Lulinha, o vereador Isaías quer que as pessoas sejam subservientes a ele e que apoiem os projetos que de alguma forma são inconstitucionais. “Quando não há apoio o vereador não merece ser líder. Isso aqui é passageiro. Líder quem escolhe é o prefeito e no dia que ele quiser colocar outro pode ficar a vontade. A decisão é dele, mas estou a disposição’’, ressaltou.

Líder do Governo anuncia emenda no valor de R$ 1 mi para Feira de Santana

Vereador Lulinha

Vereador Lulinha (DEM)

O vereador e líder do governo, Lulinha (DEM), anunciou novos recursos para Feira de Santana, no valor de R$ 1 milhão cento e cinquenta mil, frutos de emendas impositivas destinadas pelo deputado federal José Nunes (PSD) para este ano de 2018.

De acordo com Lulinha, as emendas serão revestidas em obras para sede e zona rural, sempre em parceria com o governo municipal, bem como: R$ 300 Mil para construção da Praça Esportiva, no bairro Conceição I; R$ 250 Mil para pavimentação da estrada de Quixabeira até o Baixão, distrito de Matinha; R$ 100 Mil para investimentos para o São Pedro de Jaíba; R$ 250 Mil aquisição de dois tratores agrícolas com implementos e R$ 250 Mil para custeio da saúde.

Líder do Governo se sente perseguido por colega de bancada

Vereador LulinhaO líder do Governo na Câmara Municipal de Feira de Santana, vereador Lulinha (DEM), acusa do seu colega, o vereador Isaías de Diogo (PSC) de tentar a todo custo lhe tirar do seu cargo de liderança. Lulinha garantiu que vem cumprindo com o papel que lhe foi dado fazendo a defesa do Executivo, conseguindo inclusive aprovar projetos com voto da oposição. Ainda de acordo com o edil, Isaías nunca aceitou que ele se tornasse líder e por trás faz motim, tentando lhe tirar do sério.  “Ele coloca projetos e quer que aceitemos tudo que ele quer. É um direito meu votar ou não. Ele é o único vereador que procura celeuma comigo. Ele é pré-candidato a deputado federal e faz isso para aparecer na mídia”, afirmou.

Descortesia do líder do Governo com prefeito em exercício chama a atenção na volta dos trabalhos legislativos

Vereador LulinhaO líder do Governo, vereador Lulinha (DEM), foi escolhido pelo presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana, o vereador José Carneiro (PSDB), para fazer saudação ao prefeito em exercício Colbert Martins na abertura dos trabalhos legislativos do ano de 2018. Ao invés disso, Lulinha passou quase meia hora só criticando o Governo do Estado e elogiando os feitos do prefeito José Ronaldo. Mas a sua atitude não passou despercebida. O vereador Roberto Tourinho (PV) além de atentar a descortesia do colega com Colbert Martins, pediu para que a mesma fosse constada em ata.

Em contato com o site Política In Rosa, o líder do Governo disse que fez sim elogios ao trabalho realizado pelo prefeito em exercício e destacou que descortês e deselegante foi o seu colega Roberto Tourinho que parou a sessão para lhe chamar a atenção.

“Isso é ciúme porque tenho me destacado”, diz Lulinha

Vereador LulinhaO líder do Governo, vereador Lulinha (DEM), respondeu as afirmações do seu colega, o vereador Isaías de Diogo (PSC). Em entrevista ao site Política In Rosa,Isaías chama Lulinha de fantoche e que considerava como seu líder o vereador Cadmiel Pereira (PSC). Lulinha destacou ao Política In Rosa que quem tem boca fala aquilo que quer. “Quem está presente nas sessões vê as defesas que eu faço dos projetos do Governo. Tudo que foi enviado para esta Casa consegui a aprovação porque tenho um laço muito bom de amizade. Eu acho que isso é ciúme porque tenho me destacado nesta Casa”, afirmou.

Lulinha disse ainda que Cadmiel tem um conhecimento vasto porque estudou mais e trabalhou em diversas Secretarias e em assessorias direta. “Ele defende alguns projetos e eu deixo que ele faça isso porque ele tem maior conhecimento que eu. Eu também fazia assim quando o líder era o vereador José Carneiro. Quando tinha conhecimento defendia”, completou.

Ele concluiu sua fala dizendo que está tranqüilo e que a opinião do seu colega não o afeta. “O meu trabalho está sendo feito e graças a Deus o prefeito tem reconhecido. Ficarei aqui até o dia em que ele achar necessário. No dia que ele quiser colocar outro lider isso é normal, é uma decisão do Executivo”, finalizou.

Zé Filé critica abandono de posto de saúde do Jussara; líder do Governo dá fora

Zé Filé e LulinhaO vereador Zé Filé (PROS) denunciou que o posto de saúde do bairro Jussara está abandonado e cheio de mato. De acordo com o vereador os responsáveis nada faz para mudar essa situação. Ele ainda disse que na semana passada teve que pedir ao secretário de Serviços Públicos, Justiniano França, para fazer a limpeza de outro posto, o do Viveiros. “Ele me informou que iria fazer, mas que essa não era obrigação sua”, afirmou.

Em aparte ao colega, o líder do Governo, vereador Lulinha (DEM) soltou uma frase enigmática e que causou estranheza aos presentes. “O senhor sabe o que está acontecendo com aquele posto vereador”, disparou. Zé Filé negou que soubesse de algo e desafiou Lulinha a dizer ao povo o que estava acontecendo. Lulinha silenciou.

Líder do Governo fala sobre Centro de Convenções de Feira de Santana

Deputado Zé NetoApós várias críticas de vereadores governistas de que as obras da construção de um Centro de Convenções em Feira de Santana estão há quase 20 anos paradas e o lançamento da construção de um Centro de Convenções pelo prefeito da capital baiana ACM Neto, o deputado estadual Zé Neto afirmou ao site Política In Rosa que desde agosto de 2015 pediu ao prefeito José Ronaldo que desse o comprovante da doação do terreno para que fosse para o Governo do Estado.

De acordo com Neto, sem essa comprovação não se consegue fazer empréstimos. “Não foi dado porque de forma mesquinha não deram porque queriam trocar por outros prédios do Estado que não podem ser doados. O governador Rui Costa ainda deixou para o Município o comando do local, como foi feito pelo ex-governador Paulo Souto, mas mesmo assim não aceitaram a doação do terreno”, criticou.

O deputado ainda pediu a imprensa feirense que questionasse o prefeito sobre essa doação do terreno que foi feito para Paulo Souto, mas não foi concretizada para o governo petista. “É só doar o terrenos que fazemos o Centro de Convenções”, finalizou.

Zé Filé “aconselha” Lulinha desistir de ser líder do Governo

Zé Filé e LulinhaApós o líder do Governo, o vereador Lulinha (DEM) defender as ações do prefeito José Ronaldo de Carvalho, o vereador Zé Filé (PROS) chamou a sua atenção: “Se conselho fosse bom não se dava, se vendia, mas desista de se líder do Governo pois desta forma o senhor vai perder seus votos para deputado”, alertou.

Eremita dispara contra líder do governo

Vereadora Eremita e Vereador José CarneiroA vereadora Eremita Mota (PSDB), que é também professora, saiu em defesa do colega, o vereador Zé Filé (PROS), que foi chamado de mentiroso pela diretora da Escola Professor Antonio Alves Lopes. A diretora contou com o apoio do líder do governo, o vereador José Carneiro (PSDB).

Eremita pediu que Filé mantivesse a sua postura de oposicionista e lembrou que as crianças chegam às escolas e é a própria diretora que informa não tem merenda escolar na unidade. “Aí os pais procuram o vereador que está mais próximo, como fizeram com o senhor, e faz a denúncia. O que não podemos é aceitar que lhe tratem desta forma. Todos nós aqui temos o mesmo valor, quem teve cinco ou mil votos. Nenhum líder que trate o colega desta forma me representa”, disparou contra Carneiro.

Zé Filé agradeceu o apoio da colega e lamentou que tenha sido chamado de mentiroso pelos seus próprios colegas. “Graças a Deus não sou homem de duas palavras. Mantenho o que eu disse. Estão querendo me jogar contra a opinião pública. O vereador tem o direito de defender, mas não tem direito de ofender o colega vereador”, disse.

Karoliny Dias

Líder do governo diz que Orçamento Impositivo é perigoso

Vereador José Carneiro RochaEm resposta ao questionamento sobre o Orçamento Impositivo proposto pelo vereador Alberto Nery (PT), o vereador e líder do governo, José Carneiro (PSDB), ressaltou que ele é perigoso. “Até entendemos e respeitamos por ser uma questão de valorização do vereador, mas precisamos tomar cuidado com ele porque conheço vereadores que conseguem calçamento de um metro de rua e fazem a propaganda o ano inteiro tentando com isso tirar proveito político-eleitoral”, concluiu.

Líder do Governo pede saída de Marlede da direção da APLB

O vereador e líder do Governo, José Carneiro Rocha (PSDB), durante pronunciamento na tribuna da Câmara Municipal de Feira de Santana, nesta quarta-feira (22), teceu duras críticas à postura de alguns professores diante da votação do projeto 02/2017, de autoria do Executivo, que foi votado em primeira discussão na última terça-feira (21). O PL prevê alteração na alíquota do Regime Geral da Previdência Municipal.
“Eu venho do movimento estudantil e por diversas vezes comandei nesta cidade manifestações defendendo ideias, direitos da categoria que representei, já que fui presidente da Casa do Estudante desta cidade por três anos. Em nenhum momento nós incentivamos o estudante a fazer bagunça. Queria dizer isso porque Feira de Santana lamenta profundamente quando vê, a nível nacional, matérias de uma manifestação de professores, homens e mulheres que estudaram, aprenderam a educar, e eu não quero e não posso ser irresponsável em generalizar e dizer que os professores são responsáveis por essa baderna, mas nós podemos dizer que tem sim, professores infiltrados no movimento, despreparados para participar de movimentos democráticos em busca do seu direito”, observou.

O edil continuou: “O que vimos ontem foi uma barbaridade, um professor por nome Jean Carlos Barbosa dos Santos, peço que conste em ata o nome do professor, e quero senhor presidente, pedir à Vossa Excelência, que encaminhe um ofício à Secretaria de Educação para abertura de inquérito administrativo, porque não podemos aceitar que um despreparado psicologicamente como esse cidadão, esse professor se é que pode ser chamado de professor, que já agrediu fisicamente um colega ou alguém da Secretaria de Educação quando foi realizada uma Jornada Pedagógica, então comprovadamente os pais estão colocando seus filhos em risco com esse professor, que saiu como um fugitivo”, lamentou.

Para José Carneiro, a direção da APLB demonstra posicionamento partidário. “É preciso que tomemos consciência que às vezes a cor partidária, a tendência partidária do Sindicato comandando por Marlede é mais forte do que a defesa da sua categoria”, avaliou.

O vereador lembrou que o percentual proposto para pagamento do funcionalismo público municipal à Previdência de 12%, já é cobrado há muito tempo pelo Governo do Estado. “O Governo do Estado já cobra 12% há anos e anos e essa entidade nunca levantou a voz para repudiar ou fazer qualquer crítica ao Governo. A professora Marlede, com todo respeito, às vezes usa de forma rasteira para denegrir a imagem de alguns”, disse, citando um episódio ocorrido no início da manhã de hoje quando foi impedido de entrar na Casa da Cidadania pela sindicalista.

Carneiro lamentou a postura demonstrada pelos professores durante a mobilização. “Confesso que fico triste quando vejo pessoas educadoras com tanta falta de educação. Lamento presenciar a falta de educação daqueles que se dizem, e eu acredito que são verdadeiramente, educadores nessa cidade”, ressaltou.
O líder governista reiterou que o projeto supracitado será aprovado pelos edis. “Quero mais uma vez afirmar que o Governo Municipal vai, juntamente com os vereadores desta Casa, aprovar na manhã de hoje este projeto”, informou.

O vereador acredita que a postura de Marlede é partidária e defendeu a saída da mesma, da direção da APLB. “A intenção da professora Marlede é fazer cavalo de batalha, não defender a categoria, mas tentar de alguma forma denegrir a imagem do prefeito que teve mais de 70% de aprovação popular, um Governo que teve mais de 70% de aprovação popular para um Sindicato que defende cor partidária. Fora Marlede da APLB, que merece outro representante”, findou.

CÂMARA DE VEREADORES_somos parceiro_banner de site Política in Rosa - 500x500 gif


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia