WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


PMFS - Mobilidade - Pavimentação EMBASA - SITE POLÍTICA IN ROSA

:: ‘líder do governo’

Vereador diz que líder do Governo não tem ‘postura de líder’

Vereador Isaías de Diogo

Vereador Isaías de Diogo (MDB)

O vereador Isaías de Diogo (MDB), em entrevista ao site Política In Rosa, teceu várias críticas ao vereador e líder do Governo, Marcos Lima (DEM). Isaías afirmou que Marcos Lima deveria ter “postura de líder” e explicou o que seria. “Postura de liderança é trazer as pessoas para perto, fazer com que o Legislativo e o Executivo andem em harmonia. Quando temos um posicionamento de ser ‘mensageiro de recado’, acabamos tirando o espírito de liderança e querendo vestir uma outra farda: a farda dos Correios.”, disparou.

De acordo com Isaías, a indignação é por que eles querem um líder do Governo que assuma a responsabilidade. “Fizemos um discurso na tribuna e, logo após, peguei o líder ligando para o prefeito e relatando o que aconteceu aqui. Isso ele é rápido pra fazer, mas ele não tem postura para marcar uma audiência com a gente e o prefeito”, disse.

E continua reclamando. “Ele (o líder) tem que dar satisfação aos vereadores, chamar para participar das decisões junto com o prefeito, pois apoiamos e concordamos com as decisões que o gestor toma. Como vereador, temos obrigação de participar e não participamos em nada”, finalizou Isaías de Diogo.

Cobranças de vereadores

Na sessão desta quarta-feira (20), em aparte, os vereadores Cadmiel Pereira (DEM) e Ron do Povo (MDB) confirmaram a dificuldade dos edis despacharem com prefeito Colbert Martins e destacaram a importância do Poder Legislativo e dos vereadores para que haja uma boa administração de um município.

Já o vereador Zé Filé (PSD) relatou as “dificuldades de falar com o prefeito” e cobrou a marcação de reuniões para despachar suas indicações. Ele explicou que os vereadores são “agentes do povo” e, por esta razão, estão “mais próximos das pessoas”, escutando as suas demandas e reivindicações. Entretanto, o parlamentar afirmou que, nas últimas semanas, os edis encontraram “dificuldades” para marcar reuniões e despachar suas indicações. E lamentou: “é muito chato quando a gente chega em um bairro, faz a uma indicação e não tem a oportunidade de despachar diretamente com o prefeito”.

“Em off já me falaram que iriam me apertar para poder chegar no prefeito”, diz líder do Governo sobre insatisfações

Vereador Marcos Lima

Vereador Marcos Lima (DEM)

O vereador e líder do Governo, Marcos Lima (DEM), questionado pelo site Política In Rosa sobre as críticas do vereador Isaías de Diogo (MDB) com relação a sua postura na liderança do Governo. Lima declarou que Isaías quer tumultuar a situação e o governo do prefeito Colbert no Legislativo feirense. “Estamos vivendo um momento preocupante e não podemos ficar aqui fazendo politicagem. O prefeito não está podendo atender os vereadores nesse momento porque está dedicado no combate ao coronavírus”, disse. 

Marcos informou que muitas vezes o vereador, por ser período de campanha eleitoral, está querendo buscar melhorias próprias para eles. “Com relação a reunião que alguns vereadores fizeram, a insatisfação não é comigo. Estão tentando me atingir como líder do Governo para poder chegar até o prefeito. Em off já me falaram isso: ‘vou apertar você para poder chegar no prefeito’. Não tiveram coragem de ir direto ao prefeito e vieram através de mim”, declarou. 

Marcos disse ainda que já comunicou ao prefeito sobre as insatisfações. “Comuniquei na semana passada ao chefe de gabinete do prefeito que as audiências não estavam acontecendo e que os vereadores estavam reclamando. Inclusive estive na semana passada e ele não teve como me atender. Os vereadores tem que ter um pouco de paciência e entender que o momento agora é de realmente muita cautela e de dar um fôlego ao prefeito para ele trabalhar em prol do combate ao coronavírus ”.

Líder do Governo cobra mais defesa dos vereadores do MDB para com o Governo Municipal

Vereador Marcos Lima

Vereador Marcos Lima (DEM)

O vereador e líder do Governo, Marcos Lima (Democratas), em seu pronunciamento nesta terça-feira (28), na Câmara Municipal de Feira de Santana, cobrou mais empenho na defesa do Governo Municipal por parte dos vereadores do partido MDB, mesmo partido do prefeito Colbert Martins Filho.

“Não vejo muitos colegas da base fazendo a defesa. Gostaria da participação dos colegas governistas, que ficam só esperando o líder se pronunciar. Gostaria de ver o MDB vir aqui fazer a defesa do Município”, declarou Marcos Lima.

Líder do Governo diz que Targino só conseguiu votação expressiva em Feira com apoio do grupo político

Vereador Marcos Lima

Vereador Marcos Lima (Patriota)

O vereador e líder do Governo na Câmara Municipal de Feira de Santana, Marcos Lima, comentou sobre a pré-candidatura do deputado estadual Targino Machado (DEM). Ele afirmou que é a favor da unidade do grupo, ou seja, que estejam todos juntos como nos últimos anos e nas últimas eleições obtendo diversas vitórias. Segundo Lima, é a união quem faz a força. “Chegar nesse momento, próximo às eleições, e o grupo rachar perde todo mundo do grupo. O momento agora é de muita conversa para buscar a unidade. É legítimo Targino ser candidato, mas a unidade é o principal. Ele [Targino] conseguiu essa votação em Feira de Santana com apoio do grupo. Sem esse apoio ele não teria essa votação expressiva, sendo o mais votado na cidade. Pode não ser como ele achou que era, mas teve o apoio do grupo. Claro que ele tem uma independência, um trabalho sólido e foi dado o espaço que ele buscou”, declarou ao site Política In Rosa.

Líder do Governo rebate críticas de vereadores da oposição

Vereador Marcos Lima

Vereador e líder do Governo, Marcos Lima.

O vereador e líder do Governo, Marcos Lima (Patriota), em seu pronunciamento na sessão ordinária desta segunda-feira (09), na Câmara Municipal de Feira de Santana, rebateu as críticas de vereadores da oposição e tratou sobre ações realizadas pelo Município na cidade. “O vereador Zé Filé usou a tribuna querendo jogar a responsabilidade da regulação para o Governo Municipal. Fica difícil ver o Município trabalhar, dar todo o suporte e o vereador querer que as ambulâncias sejam usadas pelo Governo Municipal. Isso não pode acontecer, pois existe uma Central de Regulação, que é de competência do Estado. O Município não pode intervir, pois se acontecer algo durante esse traslado a culpa é do Município”, rebateu Marcos Lima.

Em aparte, o edil Lulinha (DEM), informou que há um paciente internado na policlínica do HGCA, há 15 dias, á espera de regulação. “Está com o fêmur quebrado. Conseguiram a regulação, mas quando a maca chegou não coube o paciente e por isso perdeu a regulação. Voltou para a policlínica, onde permanece no aguardo”, relatou.

De volta com a palavra, o líder governista lembrou que a Bahia fecha o ano com um número expressivo de assassinatos. “Bahia bate recorde em mortes por assassinato e, infelizmente, o que vemos é o descaso do Governo do Estado”. :: LEIA MAIS »

Líder do Governo rebate crítica de colega governista

Marcos Lima e Edvaldo Lima-montagem-Política-In-Rosa

Marcos Lima e Edvaldo Lima – montagem: Política In Rosa

Em resposta a matéria veiculada no site Política In Rosa com o titulo: Líder do Governo faz um péssimo trabalho, critica vereador, o vereador e líder do Governo, Marcos Lima (Patriota) rebateu a declaração do seu colega Edvaldo Lima (PP). Confira a nota encaminhada a nossa redação:

Em fevereiro do corrente ano, fui designado pelo prefeito Colbert Martins Filho para o papel de líder da bancada governista na Câmara Municipal. De lá para cá, tenho tido a preocupação de buscar um diálogo com todos, inclusive da oposição, e uma unidade do nosso grupo.

Tenho plena consciência de que estou passível de todo tipo de crítica e sempre me coloquei à disposição dos meus colegas para qualquer esclarecimento. Todavia, quando a crítica não possui qualquer fundamento, contexto ou provas, a gente recebe com certa surpresa e indignação.

É preciso trabalhar com a verdade. E é isso o que tenho buscado. Em minha visão como político, compreendo que um péssimo trabalho é trazer notícias falsas para a Câmara e ainda nos expor nacionalmente de maneira negativa por conta de uma fake news. Um péssimo trabalho é não respeitar a cultura e a diversidade que temos. Sou um homem íntegro, um pai de família, um cristão, mas tenho a plena consciência de que como vereador preciso respeitar a todos e buscar diálogo. Exatamente como Jesus Cristo nos ensinou, o amor e o respeito ao próximo é que devem nortear as nossas vidas.

O meu compromisso na Câmara Municipal é com todos os cidadãos feirenses, independente da vida particular de cada um. Sou um vereador de todos! Acredito que esse deve ser o papel de cada um de nós vereadores. Vamos seguir trabalhando para que a nossa cidade evolua cada vez mais. Sempre com idéias, diálogos, sensatez e, principalmente, a verdade.

Vereador Marcos Lima

Marcos Lima questiona líder do Governo sobre pacote de obras: “Vai ter?”

Vereador Marcos Lima

Vereador Marcos Lima (PRP)

“Já que é um governo de continuidade, vai ter pacote de obras no final do ano?”. O questionamento foi feito pelo vereador Marcos Lima (PRP) à liderança do Governo na Câmara Municipal de Feira de Santana. Ele argumentou que já foi aprovado o Orçamento do Município para 2019 e não houve redução de recursos, por isso está sendo aguardado o anúncio, como tem ocorrido nos últimos anos.

A resposta do líder do Governo, vereador Lulinha (DEM), que de antemão garantiu que todos os pleitos da comunidade serão atendidos. Segundo ele, caso o anúncio das obras a serem realizadas no próximo ano não seja feito ainda no mês de dezembro, certamente ocorrerá no início de janeiro.

Vereador diz a líder do Governo que foi eleito pelo povo e não por cargos

Vereadores Ron do Povo e Lulinha-montagem Política In Rosa

Ron do Povo e Lulinha da Conceição – montagem Política In Rosa

O vereador Ron do Povo (PTC), na discussão de um projeto de lei de sua autoria, se dirigiu ao líder do Governo, o vereador Lulinha (DEM), e disse que não foi eleito através de vários cargos. Ron pediu mais respeito ao colega. “O líder do Governo bate muito a cabeça. Às vezes nós vereadores precisamos da sua ajuda e ele não retribui com o prefeito Colbert Martins. Estamos sofrendo um pouco nesta Casa. Mesmo assim vou em frente porque não fui eleito com vários cargos, mas com trabalho e meu nome”, disse Ron.



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia