WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


PMFS-semana de empreendorismo

:: ‘Legislativo Feirense’

Vereadora diz que é pressionada a dar pareceres em curtos prazos

Vereadora Cíntia Machado

Vereadora Cíntia Machado (Republicanos)

A vereadora Cíntia Machado (Republicanos) em seu pronunciamento na sessão ordinária desta quarta-feira (20), na Câmara Municipal de Feira de Santana, declarou que é questionada constantemente sobre os pareceres da Comissão de Constituição, Justiça e Redação, em que preside, para dar continuidade às proposições e emendas apresentadas no Legislativo feirense.

Cíntia frisou que, apesar de sofrer com a pressão, a Comissão tem o prazo legal de 15 dias para opinar sobre o aspecto constitucional, legal e regimental das proposições e emendas que tramitarão na Casa. E criticou: “aqui sempre teve prazo, mas agora não, é na pressão”.

A edil ainda mencionou que na tercça-feira (19), o vereador Isaías de Diogo (PDT) apresentou uma emenda ao Projeto de Lei de nº 145/2019, que pretende ampliar para os servidores municipais cooperados a opção da concessão do auxílio transporte creditado em espécie no contracheque ou via cartão do sistema do transporte coletivo urbano do município de Feira de Santana. A nova alteração ao Projeto de Lei necessita do parecer da Comissão e a vereadora garantiu que irá ler e ponderar durante o tempo que tem direito. “Acabou essa história de entregar parecer de hoje para amanhã. O parecer tem prazo e a gente vai avaliar no prazo”, declarou. :: LEIA MAIS »

Vereador diz que superintendente Municipal de Trânsito está fazendo uma administração a ‘Deus dará’

Vereador João Bililiu

Vereador João Bililiu (Cidadania)

O vereador João Bililiu (Cidadania), em seu pronunciamento na sessão ordinária desta terça-feira (19), na Câmara Municipal de Feira de Santana, criticou uma ação da Superintendência Municipal de Trânsito (SMT) e chamou a atenção do superintendente Maurício Carvalho. “Sempre vou bater nesta tribuna em quem está errado. Ontem ‘bati’ nas blitze arbitrárias do Estado e hoje vou ‘bater’ na SMT. Esse superintendente está fazendo uma administração a Deus dará. Hoje, vindo para a Câmara de Feira de Santana, passei 20 minutos parado na Rua Barão de Cotegipe porque uma viatura da SMT interditou toda a via para colocar um carro em cima de um guincho. Causou transtorno e paralisou o trânsito”, relatou.

O edil ainda chamou atenção do superintendente e pediu que ele observasse seus subordinados. “Mais uma vez eu lhe peço Maurício para que ele olhe seus subordinados e não permita que causem transtornos na cidade. Líder do Governo, vereador Marcos Lima, me ajude com isso. Sou a favor do direito e vou levar isso ao conhecimento do prefeito. Eu penso que os agentes de trânsito agem de forma arbitrária, não dão chance de explicações aos motoristas e interditam vias como se fosse uma ação policial, o que não é correto. Fica aqui meu repúdio à SMT e ao superintendente”, finalizou.

Câmara de Feira implantará energia solar em prédios sede e anexo

Câmara Municipal de Feira de Santana

Câmara Municipal de Feira de Santana

A Câmara Municipal de Feira de Santana está elaborando um projeto para a implantação de energia solar fotovoltaica com potência de 84kwp para os prédios sede e anexo. A elaboração está sendo feita pela empresa A PREDITIVA ELETRICA LTDA e o valor é de R$ 7.516,40.

O presidente do Legislativo feirense, José Carneiro Rocha (PSDB), procurado pelo site Política In Rosa para falar sobre esse processo de implantação das placas de energia solar na Casa, foi enfático. “Há muito tempo que estamos falando sobre essa questão. A energia solar vem numa crescente no Brasil e Feira de Santana não é diferente”, explicou.

De acordo com Carneiro, a Câmara de Feira paga em média de R$ 6 mil mensais a Coelba. “Vamos gastar em média R$ 300 mil para fazer a implantação da energia solar e em menos de cinco ou seis anos essas placas estarão pagas. As placas de energia solar têm garantia de 25 anos. Iremos ficar em média de 20 anos gastando quase nada de energia elétrica”, ressaltou.

O presidente ressalta ainda que o projeto já está em processo de licitação. “Acredito que no primeiro semestre do próximo ano a gente esteja implantando esse sistema”, finalizou.

Vereador sugere relocação de órgãos públicos de Feira de Santana

Vereador Cadmiel Pereira

Vereador Cadmiel Pereira (PSC)

O vereador Cadmiel Pereira (PSC) em seu pronunciamento na sessão ordinária desta terça-feira (12), na Câmara Municipal de Feira de Santana, sugeriu relocação do Centro de Abastecimento, Prefeitura, Câmara e do Terminal Rodoviário de Feira de Santana. O edil ainda criticou o Governo do Estado pela inclusão das obras do Centro de Convenções e aeroporto.

“Ou Feira de Santana tem coragem para passar por uma revolução administrativa, urbanística, ou a segunda cidade da Bahia, 34ª maior cidade do país, a cidade reconhecida por lei como sede de Região Metropolitana, continuará com características de cidade provinciana. Não podemos continuar reféns de ter a Prefeitura no centro da cidade e secretarias espalhadas em bairros diversos. Nós precisamos da congregação dos órgãos públicos em um só lugar. Precisamos de um Centro Administrativo para Feira, mais que urgente”, pontuou Cadmiel. :: LEIA MAIS »

José Carneiro critica TVE pela transmissão do pronunciamento do ex-presidente Lula

Vereador José Carneiro

Vereador José Carneiro (PSDB)

A TV Educativa da Bahia (TVE), canal público vinculado ao governo do estado e a TV Brasil, mobilizou, no último sábado (09), sua programação e redes sociais para exibir o pronunciamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (Lula) em São Bernardo do Campo, cidade do ABC paulista. Quem repercutiu o acontecimento foi o presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana, vereador José Carneiro Rocha (PSDB), durante a sessão ordinária desta segunda-feira,11.

Em sua fala, Rocha lembrou que a emissora é uma estatal mantida pelo Governo do Estado e tem como principal função difundir a cultura do estado, cobrindo as festas populares, bem como ajudar na formação do telespectador. Quanto a transmissão do ex-presidente Lula, o presidente do Legislativo feirense externou seu repúdio. “A TVE não pertence ao PT, não está ali para servir a partido algum. A missão é informar a população baiana. Lula fez um discurso inflamado de ódio, criticou o atual governo de Jair Bolsonaro e atacou o plano econômico de Paulo Guedes. Isso foi uma verdadeira falta de vergonha, uma atitude descabida”, comentou.

Carneiro ratificou que é a favor da democracia e não se opõe a qualquer manifestação política. “Não sou contra o ato político organizado pelo PT. O que eu acho incoerente é a inclinação política que a TVE vem tendo nos últimos anos. Se ela fosse uma emissora privada tudo bem, mas não é. Deixo aqui meu repúdio a essa atitude imoral”, finalizou.

Dia do Radialista é celebrado na Câmara de Feira

Dia do Radialista é celebrado na Câmara de Feira

Foto: Divulgação

A noite desta quinta-feira (07) foi marcada pela comemoração do Dia do Radialista em sessão solene realizada pela Câmara Municipal de Feira de Santana. O evento teve a autoria do vereador Luiz Augusto de Jesus e contou com belas homenagens aos radialistas que passaram pela cidade. O vereador Lulinha destacou a importância dos “profissionais que fazem a notícia chegar, em tempo real, aos mais diversos lugares do Brasil e do mundo”, apresentando a origem das primeiras rádios feirenses e dos radialistas que se destacam neste cenário. O edil mencionou os profissionais que “fizeram a diferença”, apresentando um vídeo em homenagem aos radialistas já falecidos que passaram pelas rádios feirense. “Os radialistas são trabalhadores incansáveis e dignos de todas as homenagens, pois eles prestam um valoroso serviço de utilidade pública. São eles os primeiros a serem convocados pela população. Hoje, nós saudamos todos os profissionais do rádio! Eles informam, emocionam, nos fazem rir e chorar”, declarou o parlamentar.

O diretor do programa e site Acorda Cidade, Dilton Coutinho, evidenciou que o radialista é o profissional que “dedica a sua vida em prol da comunidade”. Ele também discursou sobre a convergência midiática, que transformou os radialistas em profissionais multimídia, declarando que: “hoje só sobrevive no mercado quem tem conhecimento”.

O secretário Municipal de Comunicação, Valdomiro Silva, ressaltou a importância desta homenagem e enalteceu o trabalho do radialista Dilton Coutinho, apresentando a sua trajetória e o seu currículo como profissional. O presidente da Rede Nordeste de Comunicação, Luiz Pedro Irujo utilizou a palavra para destacar o papel do radialista em “zelar pela sinceridade, pela objetividade e, acima de tudo, pela veracidade”. :: LEIA MAIS »

Orçamento impositivo é discutido entre secretário e vereadores

Orçamento impositivo é discutido entre secretário e vereadores

Foto: Divulgação

Os vereadores estiveram reunidos, na manhã desta segunda-feira (04), na sala de reuniões da Câmara Municipal de Feira de Santana, com o secretário Municipal de Planejamento, Carlos Brito, que tratou sobre o orçamento impositivo referente ao exercício de 2020.

Na oportunidade, o secretário pediu cautela e atenção aos edis no momento da destinação de recursos do orçamento impositivo para a saúde. “Gostaria de pedir a vocês que destinassem recursos para unidades que assistam um número considerável de pacientes, por exemplo. Pois, muitas vezes destinam um equipamento para uma unidade que atende um número pequeno de pacientes. O interessante é alcançar o maior número possível de pessoas”, pediu.

Já alguns edis solicitaram ao secretário a criação de uma cartilha, orientando-os como realizar a destinação de verbas da melhor forma. “Com essa cartilha poderemos saber como fazer uma destinação de valores equilibrada. Podemos ter uma noção com quanto cada segmento pode ser contemplado e uma média de valores”, sugeriu Alberto Nery (PT). :: LEIA MAIS »

José Carneiro diz que se não descontar subsídios dos colegas estará cometendo improbidade administrativa

Vereador José Carneiro Rocha

Presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana, vereador José Carneiro Rocha (PSDB).

Após a sessão ordinária da última terça-feira (29), na Câmara Municipal de Feira de Santana, ter sido suspensa por falta de quorum, o presidente do Legislativo feirense, vereador José Carneiro Rocha (PSDB), alertou que não serão pagos os subsídios do dia para os vereadores faltosos. Segundo o parlamentar, dos 21 parlamentares, seis estavam presentes no horário previsto para a abertura da sessão: os vereadores José Carneiro Rocha, Carlito do Peixe, Eremita Mota, Fabiano da Van, Isaías de Diogo e Marcos Lima.

De acordo com José Carneiro, o vereador Roberto Tourinho, que estava internado, e a vereadora Gerusa Sampaio, que estava no médico, apresentaram atestado. A vereadora Neinha também não pode estar presente. O apurado é de ela estava doente e avisou em suas redes sociais que não poderia participar de nenhuma atividade política por uma semana. Os demais são faltosos.

O site Política In Rosa questionou o presidente na manhã da quarta-feira (30) se já havia sido encaminhada a lista dos vereadores ausentes para que o setor de Recursos Humanos da Casa fizesse o desconto dos subsídios. “Já foi encaminhado para providências serem tomadas. Só que vai ser descontado no subsídios de novembro. Os senhores da imprensa estão autorizados a consultar o Portal da Transparência no mês de novembro e saber se nós descontamos ou não. Se não descontar estarei cometendo o crime de improbidade administrativa. Aí os senhores poderão ir ao Ministério Público me denunciar”, relatou.

Ainda de acordo com Carneiro, o valor que será descontado é o que manda a lei. “Se a lei mandar descontar 300 ou 500 reais, o RH irá fazer”, finalizou.

Feira de Santana necessita de um Centro de Referência para a Saúde do Homem, pede vereadora

Vereadora Gerusa Sampaio

Vereadora Gerusa Sampaio (DEM)

A vereadora Gerusa Sampaio (DEM) subiu na tribuna da Câmara Municipal de Feira de Santana, na última quarta-feira (30), para dizer que o município fechou o Outubro Rosa, mês que é dedicado a conscientização das mulheres e da sociedade sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama e do câncer de colo do útero, com chave de ouro.

A edil informou que muitas mulheres buscaram os atendimentos, realizar seus exames e com o apoio dos homens. “Observamos em alguns eventos como os homens também estimularam as mulheres a fazerem seus exames e não vai ser diferente agora no Novembro Azul (mês dedicado para reforçar a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de próstata). Nós mulheres temos também que abraçar o Novembro Azul para buscar a saúde do homem, porque tenha certeza de que, nós mulheres, somos mais felizes se tivermos um companheiro saudável, um pai saudável e um filho saudável. E alguns dos homens sentimos aquela resistência, porque muitos já estão se conscientizando”, disse.

Gerusa ainda ressaltou que é autora de algumas indicações nesta Casa solicitando que Feira de Santana tenha um Centro de Referência para a Saúde do Homem. “Feira precisa também dá essa assistência ao homem. Vou continuar cobrando para que a cidade venha ter um Centro de Referência para a Saúde masculina, pois isso só vai ampliar esse cuidado para com a saúde do homem e também fazer com que ele perceba que não pode adiar. Tem que fazer esses exames, tem que ter essa detecção precoce dos seus exames, principalmente, quando está vunerável a um câncer e doenças que precisam de um acompanhamento rápido”, finalizou.

Oposicionista rebate crítica feita por diretor de esportes de Feira de Santana

Vereador Alberto Nery

Vereador Alberto Nery (PT)

Após matéria veiculada no site Política In Rosa com o título “Diretor de esportes questiona qual benefício Alberto Nery fez pela população e desafia alguém citar uma ação”, o vereador oposicionista Alberto Nery (PT) respondeu as críticas realizadas pelo Diretor de Esportes do Município de Feira de Santana, Emerson Silva Britto, sobre sua atuação como vereador. Emerson acusou Nery de não fazer nada em benefício da população.

“Primeiro, eu não conheço esse cidadão. Não preciso dizer a ele o trabalho que eu desenvolvo em Feira de Santana. Sou filho da cidade, trabalho há muito tempo aqui e sou representante de uma classe há muitos anos. Meu papel de vereador eu cumpro. Apresento projetos que são benéficos à população e combato aqueles que são prejudiciais. Obras só podem ser realizadas quem tem a gestão Executiva. Apresentamos projetos, requerimentos e encaminhamos para que o Executivo faça. Não posso apresentar obras de uma praça, escola ou creche, afinal de contas, não foi essa é a minha atribuição de vereador. Esse cidadão deve ser uma pessoa totalmente desinformada. Não conheço e nem faço questão de conhecê-lo”, disparou Nery.

Dificuldades de ser oposição

De acordo com Nery, o ex-prefeito José Ronaldo e o atual prefeito Colbert Filho sabem que ele faz oposição com responsabilidade e com respeito às pessoas. “Me orgulho, pois tanto o ex-prefeito como o prefeito atual sabem que faço oposição com responsabilidade, com respeito as pessoas e isso tem o reconhecimento de todos eles. Tenho dificuldades de conseguir a aprovação de alguns requerimentos no Legislativo feirense porque os colegas não votam. Sei que as nossas indicações  tem dificuldades também para serem executadas porque sou vereador de oposição. Isso é natural do processo. Algumas são e outras não. Isso faz parte da política, pois se fosse para atender as reivindicações dos vereadores de oposição não valia a pena ser oposição. Feira me conhece e sabe os benefícios que eu tenho feito pelo povo naquilo que me compete e que eu posso fazer”, finalizou.

Dinho do Alternativo adere ao grupo político de Zé Curuca

Dinho do Alternativo e Zé Curuca

Dinho do Alternativo e Zé Curuca – Foto: Divulgação

O vereador Zé Curuca (DEM), fechou uma parceria com Dinho do Alternativo, que em 2016 foi candidato a vereador pelo PTC em Feira de Santana, obtendo aproximadamente 921 votos. A convite do edil, Dinho do Alternativo aceitou aderir ao grupo político de Zé Curuca.

“Infelizmente encerrei a sessão por falta de quórum e descontarei no subsídio”, garante José Carneiro

Vereador José Carneiro

Vereador José Carneiro (PSDB)

A sessão ordinária da Câmara Municipal de Feira de Santana, que iria acontecer terça-feira (29), foi suspensa por falta de quórum. Dos 21 parlamentares, seis estavam presentes no horário previsto para a abertura da sessão: o presidente da Casa, José Carneiro Rocha e os vereadores Antônio Carlos Ataíde, Eremita Mota, Fabiano Nascimento, Isaías de Diogo e Marcos Lima.

O presidente do Legislativo feirense, José Carneiro (PSDB), informou ao site Política In Rosa que o Regimento Interno da Casa é bem claro. “Temos que abrir a sessão as 8h30 com uma tolerância de mais 15 minutos. Às 8h45 apenas seis vereadores estavam no plenário. O Regimento diz que só pode abrir a sessão com sete edis. Exatamente 8h47 o vereador Lulinha chegou”, informou.

De acordo com Carneiro, ele tentou consultar o plenário para manter a sessão, mas o Regimento é mais soberano do que o plenário. “Estaríamos votando uma lei importante na manhã desta terça-feira (29), que é o orçamento do município. Se nós feríssemos o Regimento e abríssemos a sessão, qualquer cidadão que entrasse na Justiça conseguiria anular a sessão. Em decorrência disso, decidimos suspender a sessão infelizmente e vergonhosamente por falta de quórum”, relatou.

Corte de pontos dos vereadores

Zé Carneiro garantiu ainda que o ponto dos vereadores faltosos seria cortado. “A lei manda e eu irei fazer. A Câmara não vai pagar o subsídio do vereador que faltou a sessão. Infelizmente vamos ter que descontar do subsídio”, finalizou José Carneiro.

“Nery faz parte do Governo do Estado e nunca levou um benefício para a região”, rebate vereador

Vereador Lulinha

Vereador Lulinha (DEM)

No último domingo (27), o Partido dos Trabalhadores (PT), através dos mandatos itinerantes composto pelos deputados Zé Neto, Robinson Almeida e o vereador Alberto Nery estiveram no Distrito de Jaíba com o projeto “Mandatos Itinerantes, Ouvindo Feira”. Na oportunidade, o vereador Nery teceu duras críticas a um colega seu na Câmara Municipal de Feira de Santana, a quem ele denominou como o “dono da Associação” onde eles faziam a reunião. Nery não disse nominalmente nem quem era o vereador e nem qual era o nome da Associação. “Tem um vereador que se denomina como dono dessa Associação. As pessoas daqui referendaram o mandato dele para que ele fosse o vereador mais votado no Distrito, mas não faz absolutamente nada. Esse edil só faz ir a enterro ou levar nome de pessoas que morrem para que sejam lidos e feito o pedido de um minuto de silêncio na Câmara de Feira”, criticou.

Mas teve vereador que se sentiu atingido e respondeu ao oposicionista. Foi o vereador Lulinha (DEM). Em uma nota de esclarecimento, Lulinha disse ser lamentável a postura do colega que disse “inverdades a respeito do vereador mais votado na região”. Veja a nota abaixo tal qual como foi reproduzida por Lulinha em suas redes sociais.

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Lamentável a postura do vereador oposicionista, Alberto Nery (PT), que foi até o distrito de Jaíba neste domingo (27), juntamente com a caravana do deputado federal Zé Neto para dizer inverdades sobre o vereador mais votado na região, se referindo a mim. Uma FAKE NEWS descabida, desnecessária e sem fundamento. O posicionamento do edil deixa bem claro que ele não anda no distrito e não vivencia a realidade da região, principalmente por dizer de maneira bastante irônica que o ‘vereador mais votado’ , no caso, eu, só faço registrar um minuto de silêncio pelo falecimento de pessoas do distrito, na Câmara. Colocação que demonstra bastante insensibilidade e desrespeito às famílias enlutadas. Além de afirmar que ‘eu me intitulo como dono da associação local’, mais uma MENTIRA, não tenho vínculo nenhum com a presidente da associação, muito menos de intervir na mesma. Tristeza pelo seu posicionamento, caro vereador Alberto Nery, durante a reunião que teve cerca de 10 a 15 pessoas da região, sendo que o restante era da caravana, mostrando que o edil não tem credibilidade para reunir o povo. Nery faz parte do Governo do Estado e nunca levou um benefício para a região, isso sim é verdade. Eu fui o vereador mais votado não só em Jaíba, mas liderei Matinha e Tiquaruçu, pois o povo tem memória e reconhece a nossa luta, trabalho, esforço, empenho e o contato constantemente. Não sou vereador de aparecer de 4 em 4 anos apenas por interesse próprio. Eu sou vereador dos momentos alegres e tristes, apoiando meu povo no que precisar, todos sabem meu número de telefone e onde moro. Não é à toa que eu sou o vereador mais votado há 3 eleições consecutivas, na região. Poderia listar inúmeros benefícios que chegaram no distrito através de meu esforço, mas o povo da região sabe e isso é o que importa, por onde passo tenho o carinho, respeito e admiração dessa gente. Ficou muito feio, vereador Alberto Nery. Na oportunidade, agradeço a todos pelo carinho e mensagens de apoio que tenho recebido decorrente a fala do vereador Nery. E continuaremos com nosso trabalho constante, juntamente com o Governo Municipal. Não adianta nos parar!

Vereador diz que colega não faz nada além de ir a enterros

Vereador Alberto Nery

Vereador Alberto Nery (PT)

Neste domingo (27), o Partido dos Trabalhadores (PT) através dos mandatos itinerantes composto pelos deputados Zé Neto, Robinson Almeida e o vereador Alberto Nery estiveram no Distrito de Jaíba com o projeto “Mandatos Itinerantes, Ouvindo Feira”, para ouvir a comunidade, suas reclamações e ideias sobre os diversos problemas e necessidades da mesma.

O vereador Alberto Nery, em sua fala, teceu duras críticas a um colega seu na Câmara Municipal de Feira de Santana que denomina como o “dono da Associação” onde eles faziam a reunião. Nery não disse nominalmente nem quem era o vereador e nem qual era o nome da Associação. “Tem um vereador que se denomina como dono dessa Associação. As pessoas daqui referendaram o mandato dele para que ele fosse o vereador mais votado no Distrito, mas não faz absolutamente nada. Esse edil só faz ir a enterro ou levar nome de pessoas que morrem para que sejam lidos e feito o pedido de um minuto de silêncio na Câmara de Feira”, criticou.

Nery ainda falou na reunião para os presentes algumas das demandas da comunidade, mas lamentou que por ser um vereador de oposição não tem o poder de pedir ao prefeito a realização de determinadas demandas.

Câmara Municipal de Feira de Santana - Lado a Lado


WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia