WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia


:: ‘Legislativo Feirense’

Vereador critica Governo do Estado por média superior a um assassinato por dia em Feira

Vereador Marcos Lima

Vereador Marcos Lima (DEM)

O vereador Marcos Lima (DEM) em seu pronunciamento na manhã desta segunda-feira (26), na Câmara Municipal de Feira de Santana, apresentou informações sobre a média de assassinatos registrados em Feira de Santana.

De acordo com Marcos, é superior a um por dia, a média de assassinatos registrados em Feira de Santana, de janeiro a outubro deste ano. Ele responsabiliza o governador Rui Costa, pela incidência elevada de crimes. “O número de policiais nos bairros é muito pequeno, insuficiente para atender a população”.

O edil ainda diz que o Governo do Estado utiliza a pouca quantidade de policiais militares para realizar ações como a blitz do IPVA. “Enquanto isso, a população está morrendo nos bairros, o tráfico de drogas aumentando, o crime organizado tomando conta da cidade”. :: LEIA MAIS »

Vereadores advertem para boatos do tipo “esse já está eleito”, por candidatos à Câmara

Vereadores que buscam a reeleição, no próximo pleito, reclamam de uma estratégia que está sendo usada principalmente por postulantes à primeiro mandato no Legislativo feirense, junto ao eleitorado. Trata-se de uma abordagem, ao cidadão, dizendo-lhe que determinado candidato “já está com a eleição garantida”, diz o vereador Edvaldo Lima (MDB), que iniciou o debate sobre o assunto na Câmara. É uma tática antiga usada com o objetivo de convencer o eleitor a desistir de votar naquele que estaria “garantido” e optar pelo apoio ao “autor da mentira”. Edvaldo diz que, ultimamente, esse trabalho que visa atingir a campanha de determinados vereadores tem sido ainda mais forte. “Onde chego, escuto que já estou eleito. Pergunto se já ocorreu a eleição e não estou sabendo. Tenho certeza e já tenho dados em mãos de onde parte esta tática”.

Ele adverte as pessoas de que não existe a possibilidade de “eleição de véspera” para quem quer que seja. “Em 2018, todos tinham a reeleição do deputado estadual Carlos Geílson como certa, mas não foi o que aconteceu”. O vereador Eli Ribeiro reforça: “É golpe baixo de quem fala mal da Câmara mas quer ocupar uma cadeira aqui. Quem vai decidir é o povo, no dia 15 de novembro”. Para o vereador Josafá Ramos (Patriotas), trata-se de “sabotagem”. Ao espalhar esse tipo de boato, candidatos “lançam uma armadilha para o eleitor”, diz ele. (CMFS)

Vereador governista reclama de “difícil acesso” a secretários e superintendentes da Prefeitura de Feira

Vereador Edvaldo Lima

Vereador Edvaldo Lima (MDB)

O vereador Edvaldo Lima (MDB), em seu pronunciamento na semana passada, na Câmara Municipal de Feira de Santana, reclamou de não ter “acesso fácil” aos secretários e superintendentes da Prefeitura, na busca por solução de problemas que lhe são apresentados pela comunidade.

“Não consigo resolver nenhuma questão dentro do grupo de gestores do poder público, embora sejam do mesmo Governo que apoio”, criticou Edvaldo Lima, que é integrante da base do Governo Municipal no Legislativo feirense.

Para Edvaldo, o quadro desfavorece a população, que busca a sua intermediação com o Governo, para a resolução de demandas as mais diversas. “Evidentemente estas pessoas são frustradas em suas expectativas. Não quero tratamento privilegiado, mas a necessária, adequada para um representante legítimo da sociedade”. :: LEIA MAIS »

Orçamento de 2021 para Feira tem previsão de crescer sete vezes menos que o deste ano

Foto: Divulgação / CMFS

Enquanto em 2019 a previsão de crescimento da receita orçamentária de Feira de Santana atingia 15,43%, visando o exercício 2020, a estimativa para 2021, conforme projeto do Poder Executivo apresentado nesta quarta-feira (30) à Câmara é de um aumento muito inferior, de apenas 1%.

O secretário de Planejamento do Município, Carlos Brito, esteve na Casa da Cidadania para entregar o Projeto de Lei Orçamentária Anual (LOA) para apreciação dos vereadores. O documento foi entregue ao presidente José Carneiro Rocha (MDB).

O Orçamento de Feira para o ano em curso é de R$ 1.461.798.378,00 (1 bilhão, 461 milhões, 798 mil e 378 reais). A proposta para 2021 prevê aproximadamente R$ 25 milhões mais, R$ 1.486.000.000,00 (1 bi e 486 milhões). Para que se tenha uma ideia do tamanho da perda, em 2019 a previsão de aumento da receita foi de cerca de R$ 195 milhões (de R$ 1.266.366.238 para R$ 1.461.798.378, algo  em torno de sete vezes mais que o estimado agora para o futuro exercício). :: LEIA MAIS »

Câmara determina investigação imediata sobre servidores inscritos no auxílio emergencial

Vereador José Carneiro foto Política In Rosa Anderson Dias

Vereador José Carneiro – Foto: Política In Rosa / Anderson Dias.

Serão exonerados, caso comprovada a irregularidade, após o amplo direito de defesa, servidores comissionados, lotados em gabinetes de vereadores, que tenham feito inscrição e recebido o auxílio emergencial – valor destinado pelo Governo Federal para pessoas que estejam sem renda durante a pandemia de coronavírus.  O compromisso é do presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana, vereador José Carneiro (MDB).

Ele falou sobre o assunto na abertura da sessão desta terça-feira (29) da Casa, informando à sociedade sobre notificação do Tribunal de Contas dos Municípios quanto a existência de oito funcionários de caráter temporário, mais três efetivos, que teriam indevidamente se utilizado do programa de auxílio financeiro. A documentação que está sendo encaminhada imediatamente à Procuradoria Jurídica da Casa da Cidadania, para as necessárias providências. Sobre esses servidores concursados, também responderão a sindicância, podendo sofrer penalidades administrativas previstas na legislação, uma vez confirmado seu envolvimento. “Não vamos tolerar, absolutamente, que servidores atentem contra a legalidade impunemente. É preciso apurar, antes da adoção de medidas punitivas, pois existem notícias de que indivíduos utilizam nome e documento de terceiros para ter acesso ao benefício de maneira fraudulenta”, diz José Carneiro. :: LEIA MAIS »

“Dizem que existe secretário de Governo. Eu nunca vi”, diz Cadmiel Pereira

Vereador Cadmiel Pereira

Vereador Cadmiel Pereira (DEM)

O vereador Cadmiel Pereira (DEM) afirmou na última terça-feira (22), na Câmara Municipal de Feira de Santana, que matérias e requerimentos que irão tramitar no Legislativo feirense tem que ser desde o primeiro horário discutido, conversado e apresentado aos edis os argumentos. De acordo com Cadmiel, esse diálogo é muito importante para os vereadores saberem ou terem noção de qual é o sentimento do Governo referente a tramitação da matéria.

“Dizem que existe secretário de Governo. Eu nunca vi. Pelo menos não tem relação com a Câmara. Se tem secretários municipais que podem estar articulando e vendo os projetos de lei que estão na Casa, isso seria muito importante”, disparou.

Ex-secretário, vereador diz que pasta municipal estaria orientada a não atender suas indicações

Vereador Eli Ribeiro

Vereador Eli Ribeiro (Republicanos)

Sem mencionar nomes, o vereador Eli Ribeiro (Republicanos) fez uma queixa no Legislativo feirense, esta semana, em relação a postura de determinada secretaria da Prefeitura de Feira de Santana.

De acordo com Eli, assessores do seu gabinete lhe informaram que funcionários da referida pasta municipal teriam recebido ordens para não atender a pedidos feitos pelo vereador, mesmo se tratando de reivindicações da comunidade. “Foram orientados a não receber minhas indicações, apesar dos 20 anos em que caminhamos juntos”, lamenta o vereador.

Eli Ribeiro observa que a solicitação de soluções para problemas do povo não é algo que deva ser misturado com política. “Vou verificar, pois não acredito que isso vem do prefeito Colbert Martins”, assinala.

Valer ressaltar que, por muitos anos, o edil fez parte do grupo político que se encontra no poder e chegou a estar licenciado da Câmara para ocupar o cargo de secretário de Habitação, na atual gestão.

Esclarecimentos do líder do Governo

Quanto às queixas apresentadas por Eli Ribeiro, o líder da bancada governista, Marcos Lima (DEM), esclareceu que não há nenhuma ordem por parte de Colbert Martins para que as solicitações do membro do Republicanos sejam evitadas, em qualquer secretaria.

Marcos lembrou que o parlamentar “sempre fez parte da base” e garantiu que o Governo Municipal irá atender às demandas por ele apresentadas, na medida do possível.

Vereadora diz que mulher feirense não tem prioridade em cirurgia eletiva pelo Governo do Estado

Vereadora Neinha Bastos

Vereadora Neinha Bastos (DEM)

A vereadora Neinha (DEM) em discurso na sessão desta segunda-feira (24), na Câmara Municipal de Feira de Santana, afirmou que as mulheres residentes no município de Feira de Santana não tem prioridade, por parte do Governo do Estado, para fazer cirurgias eletivas (sem caráter de urgência, agendadas e atendidas em nível ambulatorial). “Eu tenho certeza que as mulheres de Feira de Santana, lavradoras, da roça, estão sofrendo com isso. Onde elas estão fazendo cirurgias de hérnia, mioma, histerectomia, vesícula?” questiona a vereadora, que é assistente social por formação.

Segundo Neinha, existe uma “fila única para cirurgias eletivas em Salvador”, mas o mesmo não ocorre no município feirense. “Vocês sabem quantas mulheres nós temos em Feira de Santana hoje, necessitando fazer uma cirurgia? Essa é a pergunta. Ninguém sabe, ninguém viu”.

Ela diz ainda que não basta fazer movimento contra violência à mulher (referindo-se a campanha lançada pela Secretaria Estadual de Políticas para as Mulheres). “A falta de atendimento médico também é uma violência. Quando uma mulher pena sem realizar uma histerectomia ou de retirada de um mioma, por exemplo, é uma violência”. :: LEIA MAIS »



WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia